Nós usamos cookies em nossos sites. Informações sobre cookies e sobre como você pode se opor ao uso de cookies a qualquer momento, ou encerrar seu uso, podem ser encontradas em Política de Privacidade.

2 min para ler 3 Comentários

Walter Isaacson: Steve Jobs detestava o Android

(Imagem de: Bloomberg)

Steve Jobs odiava o sistema Android, certo?

Nas últimas semanas, Larry Page (co-fundador da Google) alegou que o ódio pessoal de Steve Jobs para com o Android era apenas um show e que não era um ódio a nível pessoal, mas antes uma farsa para provar aos acionistas que as duas companhias eram realmente rivais. Page admite que manteve uma relação cordial com Jobs até à sua morte.

No entanto, segundo o biógrafo de Jobs, Walter Isaacson, o antigo CEO da Apple realmente odiava a plataforma Android a um nível pessoal e profundo.

Falando ontem à noite no Royal Institution no Reino Unido, Isaacson disse que Jobs achava que os dispositivos da Apple foram "quase literalmente copiados pelo Android. Depois a licença foi dada a outras companhias promiscuamente e consequentemente o Android começa a superar a Apple na quota de mercado de smartphones e isso enfureceu-o totalmente". O autor acrescentou que "não era uma questão de dinheiro. [Jobs] disse: "Não me podem pagar, estou aqui para vos destruir.""

Claro, todos nós sabemos onde todo esse ódio acabou: intermináveis litígios de patentes entre a Apple e os vários fabricantes de dispositivos Android. Quem sabe se Page realmente manteve uma relação "cordial" com Jobs, mas cremos que não. Jobs realmente acreditava que o Android o tinha roubado, ignorando por completo  o que define o sistema Android e que a Apple chegou a copiar muitas das melhores características do Android.

 

Fonte: CNET

3 Comentários

Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.