Nós usamos cookies em nossos sites. Informações sobre cookies e sobre como você pode se opor ao uso de cookies a qualquer momento, ou encerrar seu uso, podem ser encontradas em Política de Privacidade.

3 min para ler 7 Comentários

Anatel avança com novos bloqueios de celulares piratas no Nordeste e Sudeste

A Anatel iniciou durante o primeiro trimestre de 2018 a primeira fase do plano para bloqueio de celulares piratas que começou em Goias e no DF. Hoje, a agência dá início a nova etapa do processo de remoção de IMEI falsos das redes das operadoras.

O calendário da Anatel para bloqueio de celulares com IMEI pirata segue a todo vapor e, conforme estipulado, 7 de janeiro dá início a nova e última fase divulgada que acontece em estados do Nordeste e do Sudeste. Nestes casos, o usuário será notificado pelo SMS da Anatel com a seguinte mensagem: “Operadora avisa: Pela Lei 9.472 este celular está irregular e não funcionará nas redes celulares em 75 dias”.

Alerta similar é encaminhado em 50 e 25 dias antes do bloqueio.  Na véspera do bloqueio, o celular recebe a mensagem: “Operadora avisa: Este celular IMEI XXXXXXXXXXXXXXX é irregular e deixará de funcionar nas redes celulares”. O IMEI é o código composto por 15 números utilizado internacionalmente que permite identificar a marca e modelo do aparelho. Todas as mensagens são enviadas pelo número 2828.

No Distrito Federal e em Goiás, onde o bloqueio está implantado desde maio de 2018, já foram excluídos das redes das prestadoras móveis 108,8 mil celulares irregulares. Em dezembro, o bloqueio foi realizado nos seguintes estados: Acre, Espírito Santo, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Rondônia, Santa Catarina e Tocantins.

rimcard imei number
Consultando o IMEI do celular / © AndroidPIT

A nova etapa, iniciada em 7 de janeiro, contempla estados no Nordeste, Minas Gerais, e São Paulo. Quem receber o SMS a partir de hoje (7/1) deve ter o celular bloqueado a partir do dia 24 de março. Lembrando que celular importado não é necessariamente um produto "pirata" ou irregular, visto que a Anatel considera como pirata os aparelhos que não contam com IMEI cadastrado na base universal da GSMA.

Como consultar a situação do IMEI

Para achar o número de IMEI do celular, o consumidor pode:

  • Procurar na caixa do celular;
  • Procurar em um adesivo que fica por trás da bateria; 
  • Digitar *#06# no celular e apertar a tecla para ligar;
  • Acessar o portal da Anatel com o número do IMEI e consultar a situação.

Celulares que utilizam mais de um chip SIM possuem um IMEI para cada chip, sendo necessário verificar cada um dos IMEIs. Uma vez encontrado o número IMEI, acesse o portal da Anatel e faça a consulta da situação do mesmo.

7 Comentários

Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.

  • Poucos comentários e menos ainda na interpretação de texto...
    O alvo é bloquear aparelhos falsificados, sim aqueles Orro, Hiphone e similares... Talvez aparelhos que tenham sido roubados e circulam por aí com IMEI falso também sejam afetados.
    Aparelhos de marcas chinesas como Xiaomi, Huawei, Oneplus, Nubia e outros não terão nenhum tipo de bloqueio já que mesmo não fabricados aqui possuem IMEI válido. Só não se esqueçam de conferir as bandas de rede quando comprarem um aparelho desses pra não ficarem sem cobertura 4G.

    Apesar da Anatel gostar de prejudicar o brasileiro no que toca importação de smartphones essa atitude de bloquear aparelhos piratas é um acerto por parte deles. Só acho que deviam ter feito isso muito antes.


  • Nenhum celular importado ou de possoas de fora vão ser bloqueado, tendo selo da gsmglobal, vai funcionar perfeitamente .


  • Até por um lado eu sou a favor!! por outro lado querem selar os aparelhos importados para arrecadar mais dinheiro!! quero ver a Anatel punir as operadoras tbm q na maioria dos casos presta um péssimo serviço!!


    • Como o amigo acima falou, isso não tem nada a ver com os celulares importados, estes possuem selo internacional GSMA, o bloqueio são para aparelhos que não são cadastrados neste banco de dados e/ou com IMEI clonado. Marcas como xiaomi, huawei, oppo, oneplus e demais, todas possuem o selo internacional. Não precisa se preocupar.


  • É, esse órgão está batendo com força nessa tecla de bloqueio de celulares. Seria interessante também, bloquear as operadoras que tem um péssimo serviço e um atendimento pior ainda.


    • Nas operadoras sem chance, já que a Bostatel trabalha em prol dos interesses delas e das fabricantes. Se a Anatel estivesse preocupada com a qualidade dos serviços prestados pelas operadoras, nao exestiria serviços péssimos como tem hoje, pelo contrário, acatou o choro das fabricantes e bloqueou tudo que tinha que bloquear