Nós usamos cookies em nossos sites. Informações sobre cookies e sobre como você pode se opor ao uso de cookies a qualquer momento, ou encerrar seu uso, podem ser encontradas em Política de Privacidade.

Android puro é a solução para atualizações mais rápidas?

Android puro é a solução para atualizações mais rápidas?

Cada vez que se fala em atualização de Android e na demora das empresas em entregar a que você deseja, sempre tem alguém para falar do chamado "Android puro". Aposto que já apareceram alguns por aí. Muita gente gosta de falar que o Android puro é a solução para a rapidez nessas entregas, mas será mesmo?

Eu gosto do Android mais próximo do puro. Para mim, a interface da Motorola é uma das mais fáceis e intuitivas. Ela é mais vazia, eu coloco o que eu quiser nela. Mas muita gente odeia isso, e considera um sistema incompleto, sem recursos. Já temos aí o primeiro problema, o de que nunca ninguém está satisfeito.

samsung galaxy s9 plus hero c2vx
A interface da Samsung é uma das mais customizadas / © AndroidPIT

Em segundo lugar, existe a diferenciação de mercado. Atualmente, temos na briga apenas o iOS e o Android, que ocupa a memória de toda fabricante que não seja Apple. Agora, imagine se todas essas fabricantes resolvessem usar o chamado Android puro? Sem recursos extras, sem diferenciais, sem funções que personalizam a marca.

Suas escolhas ficariam mais em design, mas até coisas como qualidade de foto e som sairiam prejudicadas, já que itens assim também dependem de software, não apenas hardware, peças físicas. Ficaria tudo tão igual que logo algumas marcas cairiam e ficaríamos com umas quatro ou cinco no mercado. Chato e muito perigoso para a inovação.

Android puro não é Android puro

Mas é importante esclarecer. O que você chama de Android puro não é o Android puro mesmo, aquele raiz. Esse está mais para um Nutella. Explico. O Android é um sistema gratuito e Open Source, ou seja, tem seu código aberto. Mas essa abertura é bem mais ou menos.

As fabricantes têm acesso a esse Android, que é chamado de AOSP, Android Open Source Project. É uma versão simples do Android, sem muitos recursos. Muitas coisas ainda precisam ser colocadas para que o sistema fique legal de verdade.

androidpit hero moto z
Faz um tempo que a Motorola já não é mais próxima do Android mais puro / © AndroidPIT

Mas e o Android One? E o sistema dos Pixels? São tão legais e cheios de recursos! Eles são, mas eles não são o Android AOSP, e sim versões do Android desenvolvido pela Google especialmente para os Pixels e para os aparelhos com Android One, um AOSP melhorado. Então nem esses, no fundo, são Android puro, quem diria.

E como funciona: a fabricante baixa esse Android AOSP, e até mesmo uma Motorola, que tem um sistema bem parecido com o puro, mexe bastante no Android para chegar ao que você recebe. Ela coloca funções especiais, configurações extras de tela, aplicativos próprios (como o de câmera e o Moto App, com aquelas coisas extras de girar para abrir a câmera) e muito mais, principalmente drivers que não enxergamos e que servem para que o Android funcione com o hardware em especial.

Lógico, ajuda ser próximo do Android AOSP, ele fica bem mais leve, sem camadas de temas e excesso de funções, e é mais rápido para a fabricante desenvolver a atualização para os seus produtos, ou até mesmo para que a Google traga a nova versão, como é o caso do Android One. Mas não é a única solução.

AndroidPIT xiaomi android one 2048
Será que o Android One é a solução? Ainda não sabemos / © AndroidPIT

Algumas fabricantes, como a Samsung, personalizam tanto o Android que em versões mais antigas ele quase não parecia o Android. Hoje, isso já melhorou, mas ainda há tanta personalização que elas até ganham nomes, como Grace UI, ZenUI, Samsung Experience, essas coisas. E isso não é ruim, depende do que você procura.

Mas o Android AOSP não vêm, por exemplo, com os apps da Google, sabia? Então por que as fabricantes colocam? Porque todas querem ter acesso à Play Store, a loja de apps. E para isso elas são obrigadas a embarcarem um pacote básico de apps oficiais da Google em seus aparelhos.

A partir do momento em que a fabricante pega e mexe no Android, por menor que seja essa modificação, ele não se chama mais Android AOSP, e sim Android OEM, que significa Original Equipment Manufacturer ou Fabricante de equipamentos originais.

E muitas funções implementadas pelas fabricantes são muito boas! A S Pen, a stylus do Galaxy Note; a virada de mão para abrir rapidamente a câmera da Motorola; os dois toques na tela para ligar ou desligar o display na LG, Sony e outras. Tudo feito pelas fabricantes.

androidpit google nexus 5x
Saudades da linha Nexus? / © AndroidPIT

E é com esses recursos das fabricantes que o próprio Android vai melhorando. Quando uma função faz sucesso em uma versão de Android da fabricante, ela é implementada ao Android original tempos depois. Vide as ações e autenticações com sensor biométrico, ou ainda a divisão da tela para usar dois apps ao mesmo tempo.

A Google fornece uma base sólida para que as fabricantes possam gastar seu tempo desenvolvendo recursos inovadores, e depois pega para ela esses recursos. Ao mesmo tempo, as fabricantes têm por trás dos seus sistemas uma equipe consagrada de uma das maiores empresas de tecnologia do mundo. Se é uma troca equilibrada, eu não sei. Depende de cada empresa. Mas, por enquanto, parece estar funcionando. 

Resumindo, eu acho o Android mais próximo do puro muito bom, aprecio menos recursos de fábrica para que eu coloque o que eu quiser. Mas também gosto muito do visual das novas interfaces das fabricantes, e apoio totalmente essa inovação que expliquei agora.

É muito legal termos aparelhos com sistemas mais próximos do puro, como os Android One e os próprios Pixel. Mas acho essencial termos também os mais modificados, como os da Xiaomi, Asus, Samsung, LG e outras, para que o usuário tenha mais opções de escolha e para que a concorrência traga melhorias mais rápidas no uso desses aparelhos.

O que você acha? Queremos ler suas opiniões!

Artigos recomendados

Os comentários favoritos dos leitores

  • Deivis Schuman
    • Mod
    26/04/2018

    Se todas fabricantes lançassem seus Smartphones no mercado apenas com Android puro, eu creio que o Android não seria essa potencia que é hoje!
    Imagine um mercado de Smartphones sem a magia da Samsung Experience, ou sem o brilhante OxygenOs, ou sem a multi Zenui, ou até mesmo sem a modificadíssima MiUi que nem parece Android?
    Não eu não consigo imaginar!

  •   84
    Conta desativada 26/04/2018

    Resposta simples a questao . Sim android puro é a soluçao para atualizaçao mais rapida ....

    Agora vamos aos fatos pq android puro tem atualizaçao tao rapidamente e tantas atualizaçoes????????? pq ninguem se pergunta isso? ja pararam pra notar que 80% das atualizaçoes q o android puro recebe sao correçoes de bugs? ja passou pela cabeça de vcs q o fato de aparelhos com interface custom nao receber tanta att é pq ele simplesmente nao tem tantos bugs a corrigir e por isso nao precisa de att atoa ???

    Att de versao ja notaram q o android puro como o proprio nome diz é puro e n tem nada de interessante? ao contrario de um xiaomi ,samsung,lg,sony da vida q tem 500 recursos ???? Att de versao em android puro é essencial pq o aparelho nao tem recurso , ja em aparelhos com interface custom por ja terem varios recursos nao precisam ser atualizado tantas vezes assim Reflitam

  • Soterio Salles 26/04/2018

    Em tese aparelhos cuja ROM conta com menos modificações são atualizados mais rápidos, um bom exemplo disso é a Nokia e a Oneplus, porém há exceções a exemplo da atual Moto by Lenovo que já não atualiza tão rápido e com frequência como na época by Google.
    Porém quem quer consegue e entrega resultados indiferente da customização, deixamos como exemplo a ASUS que atualizou bastante aparelhos recentemente entregando inclusive modificações radicais na interface de uma versão pra outra.

  •   100
    Conta desativada 26/04/2018

    Ótima matéria!
    O Android puro deveria ser a solução para atualizações mais rápidas...

  • Rodrigo Dias 26/04/2018

    O que seria da Samsung sem a TouchWiz, por exemplo? Ou a Xiaomi sem a MIUI? As fabricantes colocam suas identidades nos aparelhos e uns podem gostar, e outros não. O smartphone também pode dizer muito sobre a identidade de uma pessoa.

106 Comentários

Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.
Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.

  • A solução não é o Android Puro, o negocio a google controlar apenas o cerne do kermel e fornecer atualizações do sistema e de segurança por pelo menos 4 anos, porém deve deixar as modificações por conta das fabricantes.


  • Acredito que não seria necessário que as fabricantes deixassem de lado a customização de "nossos dispositivos", (porque na verdade o dispositivo é nosso, quem paga pelos custos pelo modelo e especificações somos nós) e por esse motivo creio que deveriam nos dar uma opção e não nos obrigar, em grande parte dos casos, a fazer propaganda deles mesmos e a nós conformar com inumeros apps inúteis que na maioria das vezes não podem ser desinstalados ou desativados, se tudo que eles adicionam no Android é tão bom como dizem, não deveriam tentar nos obrigar a usá-los e sim nos provar o quão eficientes e necessários eles são, e nos dar a liberdade de decidir oque é que queremos em nossos aparelhos ou não, por esses e outros motivos mais é que, tão esperada quanto a atualização do android e a chace de poder fazer root nele, eu geralmente uso pra poder desinstalar os tão preciosos apps inuteis e depois removo o root pra poder atualizar de novo (se der sorte de lançarem mais de uma atualização pro seu smartphone) oque em alguns casos da sorte de acontecer...


  • Nunca me acostumei com a interface da motorola esse "android puro" falta muita coisa, acostumei com os recursos a mais que a samsung experience oferece mas cada caso é um caso.


  • Aguardando ansiosamente meu Mi A1...
    Já para os aparelhos de interfaces customizadas, tenho esperança que o "Project Treble" e seus aperfeiçoamentos que virão, possam agilizar/facilitar a liberação de atualizações para os aparelhos.

    CAV


    • E tudo por quê?
      Porque não são as fabricantes que vão continuar mexendo nisso.
      Quem vai mexer no Projeto Treble? A Google, em parceria com empresas de componentes como a Qualcomm.
      Quem vai mexer com a iniciativa de mandar patch pra todos os aparelhos a partir do Android P? A Google! As fabricantes só terão que exibir a notificação.

      Na prática, é a Google adotando a mesma metodologia que a Microsoft utiliza há anos no Windows PC, e que tentou implementar no Windows Mobile, sem sucesso.


  •   62
    Conta desativada 27/04/2018 Link para o comentário

    Quem usa um Android customizado, dificilmente vai querer usar o chamado puro, pois o mesmo é pobre em recursos. O único problema como se sabe é a longa espera para atualizar a versão. Diz a lenda que irá melhorar a partir do Android 9, mas sabemos que depende das fabricantes, como o Google deixa a revelia, esse cenário segue como está, afinal, é de interesse das fabricantes, que você troque de aparelho anualmente.

    Antigamente, há muitos anos atrás até exigia que a empresa atualizasse logo o Android, mas nas últimas versões, são mais polimentos e correções de bugs, nada de tão inovador assim.

    Como já comentei diversas vezes, o mundo não vai acabar porque o seu aparelho está com Android defasado. Muitas pessoas estão no 4.4 até hoje e baixando praticamente todos os aplicativos, 5.1.1, atualmente com um J1 Mini, até eu comprar outro, também funcionando bem, outros com Android 6, 7 e alguns com 8. É chata essa fragmentação, mas fazer o que? Vou ficar trocando de aparelho ou de carro todo ano por causa de um mero detalhe? Cabe a cada um refletir mais, ficar calmo, sereno, pois já fiquei 4 anos com o famoso Galaxy Y Duos e me atendeu razoavelmente bem nesse período, aposentado em 2017.


  • Ainda sou a favor de separação. Entregue on sistema na forma mais básica possível e deixe o usuário escolher o que ele quer instalar.

    CAV


  • Uso Google pixel mais não tão radical a ponto de ser contra as modificações. São necessárias e estimulam a inovação, só acho que as empresas deveriam dá uma atenção maior a todo seu portfólio de aparelhos, e não apenas aos topos de linha.


  • Artigo perfeito!! Eu particularmente só uso Smartfones com alterações feitas pelo Google, mas entendo e acho extremamente necessário que haja opções para todos os gostos. Isso que tem tornado o Android tão acessível e presente em tantos aparelhos conectados ao redor do globo.


  • todos (ou quase todos) os fabricantes fazem aparelhos com a aparência 1.000x mais bonitos que qualquer Motorola, porem entre boa aparência externa e Android próximo do puro, escolho o mais próximo do puro sem remorso, não sinto saudade nenhuma das interfaces pesadonas* dos meus antigos Samsung's

    (*) "aihmm faiz roont... o roont mandô abraçu rçrçrçrç"
    não, não quero fazer root, quero comprar o aparelho, ligar e usar, ponto


  • Android puro é a solução para atualizações mais rápidas?
    Não. O que pode tornar as atualizações mais rápidas é a boa vontade das fabricantes.


  • Confesso que ando bem cansando do "Android Puro" depois de anos com a Motorola. Seja como for quase tudo se pode instalar, mas existem funções como o "knock code" para acordar a tela (LG) e a função "desligar/ligar" (Lenovo) automaticamente em horários específicos (programo pra desligar 23:00 e ligar 7:00) que são vitais pra mim (mas, dependem um pouco do hardware). Mas, isso poderia ser solucionado com um hardware que permitisse um aplicativo gerenciar adequadamente essas funções. Fora isso, o resto a gente pega na Play Store. Inclusive launchers.

    Ou seja, o Android Puro precisa contar com determinadas funções nativas (as mais importantes para os usuários), e deixar que a Play Store faça o resto. O problema é que existem limites para a customização. Só isso. Se esses limites caírem, não há motivo para continuarmos debatendo isso.


  • Solução é, com certeza, porém eu prefiro um Samsung Experience(No caso da Linha S e Note) ou uma MIUI uma versão atrás, que tem bastante funções agregadas que um "Android Puro" capado, apenas por ser um número atualizado.


  • o que isto importa para além de ínfimo séquito de usuários? A grande maioria quer aparelhos com telas e câmeras ,uma rede social fluida , quase sempre optam por Samsung, e dificilmente sabem algo além do básico , o nome do dispositivo eo sistema , esta é realidade da grande maioria dos que compram celulares. Parabéns pelo artigo.

    CAV


  • A muito tempo já não é, e vindo das OEMs obvio que não.


    • E a Quantum, a Multilaser e a DL estão aí pra provar que Android próximo do puro não significa mais patches e atualização do Android, muito menos em menor espaço de tempo possível.


  • A grande verdade é que o Android não seria o que é hj sem as fabricantes. Muitos dos recursos que hj estão integrados no sistema foram ideias inseridas por essas empresas. Se o sistema da Google não fosse aberto para customizações, dificilmente teria sido o sucesso que foi e tomado a ponta nos equipamentos mobile. Reclamar da existência de versões customizadas do Android é renegar o diferencial que fez o sistema crescer ao ponto que estamos atualmente.
    O problema do Android não são as customizações, mas a fragmentação de suas versões. Infelizmente, uma coisa difícil de acabar quando as fabricantes precisam gerar um desejo no consumidor de troca de aparelho constante. Manter suporte por um prazo superior a 2 anos acabaria por esfriar o mercado, pois diminuiria a necessidade de se trocar de aparelho. Ou seja, é mais complexo que somente optar por um sistema menos ou mais modificado.


    • É complicado, porque qualquer decisão radical da Google nesse sentido já vai contra o que foi estabelecido em Novembro de 2007 com a Open Handset Alliance.


  •   41
    Conta desativada 26/04/2018 Link para o comentário

    Android AOSP, Android com interfaces, Android GO...

    Complicado, não? Realmente vemos o Android fatiado em várias interfaces diferentes desde 2011. O usuário sempre tem um buffet "à la carte" de firmwares e roms totalmente diferenciadas umas das outras disponível, concedendo à ele o direito de escolha do SO que mais lhe agradar. Mas o caso "atualização de software" é tema de discussão desde 2013, com a Motorola se destacando na entrega rápida de atualizações após o Google, com a apresentação da sua linha Nexus em 2011. Enfim, recolocando a frase da Stella no assunto sobre atualizações de sistema, "será mesmo"? Por que a Apple consegue sempre manter os seus dispositivos sempre atualizados praticamente no mesmo prazo de tempo com o seu iOS? Por que os dispositivos com Android mais próximo do puro recebem sempre updates com antecedência?
    Antes de tudo, é preciso entender que o Google libera o código aberto do Android para todo e qualquer tipo de fabricante e desenvolvedor, fazendo com que o próprio fabricante ou desenvolvedor seja responsável tanto pelas modificações do sistema quanto pela garantia expressa de funcionamento de todas as modificações aplicadas. E para isto acontecer, leva um certo tempo. Lembrando que: cada fabricante trabalha à sua maneira em cima do código-fonte do Android.
    No caso do iOS, não há tanta preocupação, visto que o mesmo SO equipa todos os aparelhos da linha - se algum aparelho é lançado com algum recurso diferenciado, este mesmo recurso é mantido para a próxima linha, não exigindo modificações extremas -, facilitando e muito a gestão e entrega de atualizações.
    Fabricantes conhecidas - como a SAMSUNG - que têm o seu Android trabalhado nos mínimos detalhes, precisam de muito mais tempo para criar, testar e finalizar recursos exclusivos, aplicações nativas do fabricante, e até mesmo diferenciais em hardware, e priorizam patches de segurança e módulos de funções nativas do sistema (não é qualquer uma que trabalha com recursos exclusivos de S-Pen ou Bixby, ou até mesmo o KNOX).

    Eu afirmaria que sim, um Android mais próximo do puro seria a solução mais justificada para atualizações de sistema mais rápidas para todo e qualquer tipo de smartphone, visto que não são necessárias grandes modificações, já que hoje em dia, qualquer Android "puro" a partir do 5.1 Lollipop contam com a interface de personalização OMS, lançada pela SONY e copiada pelos outros fabricantes, motores como SUBSTRATUM e centenas de temas exclusivos na Play Store, fragmentados em ícones, launchers, barras de status e navegação, teclados, até mesmo softwares de componentes como câmeras... Não há como o Android puro ser chato se o usuário for criativo.
    Porém, se uma grande parcela já vê o iOS como um sistema "chato", não é de se negar que mais de 80 fabricantes lançando dispositivos com a mesma interface de sistema também seria. O usuário procura diversidade, exclusividade, inovação então cabe aos fabricantes e desenvolvedores a responsabilidade de oferecer o que o usuário procura.


  • Não esqueçam que as empresas vendem mais smartphones apenas não atualizando os já lançados. Então não adiantaria o Android ser puro para ter atualizações mais rápidas. A fabricante simplesmente pode escolher em não atualizar determinado modelo só para comprarmos o modelo mais novo e atualizado.

    CAV


  • MIUI > resto


  • O que importa, é que Android continue nos dando liberdade para escolher. Quer Android pouco modificado? Tem. Quer interface customizada com novos recursos? Tem. Quer você mesmo modificar? Pode. Quer instalar custom Rom? Pode. Quer personalizar sem ser desenvolvedor? Também pode. É isso que me faz sempre gostar de usar cada vez mais smartphones com Android.


  • Para mim a solução para atualizações é comprar smarts que terão suporte a custom roms por longos anos. Meu Razr D3 chegou com Jelly Bean e morreu no KitKat bugado da Motorola porque era nacional/Mediatek. Já o Redmi 2 Pro chegou com KitKat e consegui atualizar até o Oreo.


  • eu acredito que por partes..... mesmo que a empresa tenha o arquivo AOSP se ele vai liberar rápido ou não aí eu não sei.... mas que na teoria seria atualizações rápidas e isso sim


  • A Motorola infelizmente vive da fama, já não atualiza tão rápido seus Androids, a LG nem se fala, já era ruim e agora está pior, a Samsung atualiza mas demora, a Asus tem um tempo médio. A única que ainda atualiza quase todos seus celulares e de forma mais rápida é a Sony, mas essa tem um público bem específico, quase não conheço pessoas que usam, embora eu já tenha usado.

    CAV


  • O Android Stock que vem nos Pixels, Nokia, Projeto One e Go pra mim é perfeito, roda liso por mais tempo, tem menos apps que não vou usar instalado e o melhor, recebo todos os meses atualizações de segurança, fora de software (Nokia 6 no 8.1) sem que eu troque de telefone tão rápido! Ele não salta de tanta beleza (eu acho bonito) mas é prático e funcional.


  • Como as opiniões e gostos são diversos e como respeito e gosto disso. Eu prefiro uma interface customizada, adoro a da Xiaomi, e olha que uso um Redmi 2 pro, imagina um top de linha da empresa. Já tive em mãos aparelhos da Motorola, com seu suposto android puro e não me apeteceu, sempre esbarrando em algum incoveniente e design duvidoso. Mas gosto e opiniões devem ser respeitados e para isso existem todas essas customizações, mesmo dos "puros".


  • Se todas fabricantes lançassem seus Smartphones no mercado apenas com Android puro, eu creio que o Android não seria essa potencia que é hoje!
    Imagine um mercado de Smartphones sem a magia da Samsung Experience, ou sem o brilhante OxygenOs, ou sem a multi Zenui, ou até mesmo sem a modificadíssima MiUi que nem parece Android?
    Não eu não consigo imaginar!


    • Todas essas citadas por você, dá um banho no Android semi-puro.
      Me lembro que no moto g2 não era possível colocar uma música como toque de chamada, uma vergonha.


      •   40
        Conta desativada 26/04/2018 Link para o comentário

        E ainda está sendo impossível colocar o MP3 como toque de chamada!


      • Pois é brothers e Sister Nied.
        Android somente puro fora de cogitação.


      • Na verdade, sempre deu pra colocar tanto uma música quanto um toque de notificação ou ainda um toque de alarme em aparelhos com Android "puro".
        Só que o procedimento é mais trabalhoso.
        E exige um gerenciador de arquivos, que aparelhos com Android semi-puro geralmente não possuem.


    •   42
      Conta desativada 26/04/2018 Link para o comentário

      Concordo mano, acho que as empresas provavelmente iriam procurar criar seus sistemas para oferecer o jeito delas ao consumidor.


    • Iria terminar como o Windows Mobile.
      Isso foi um dos motivos de ter desanimado Samsung e Huawei a lançarem mais aparelhos com o SO móvel da Microsoft: o software não tinha diferenças em relação a um Nokia Lumia, e ainda entregava menos funções extras específicas de cada fabricante.


  • Está confuso, no artigo, o limiar entre "modificações no android puro" e "acréscimo de launcher ou tela inicial".
    Poderia haver android puro + customização do launcher à parte.

    CAV


    • O problema é que isso implica na diminuição da liberdade de gerenciamento do sistema por parte das empresas que o utilizam.
      Afinal, antes fosse só a launcher que as fabricantes modificam.
      Há muitas modificações internas, também.
      E limitar isso certamente vai contra o regulamento da Open Handset Alliance.


  • O interesse das OEMs é fundamental para as atualizações , seja de OS ou patch s de segurança .precissamos de um 3o bom OS móvel para chacoalhar o mercado.


    • O problema é que o público-consumidor em sua maioria já está satisfeito só com esse duopólio.
      Isso é o que impede o crescimento de iniciativas como o Sailfish OS, o Tizen OS e o KDE Plasma Mobile.


  • Meu amor por você é puro Big G. SQN


  • Sugestão: poderia ser incorporada uma enquete à matéria para verificar a preferência dos leitores aqui do site quanto à customização do Android


  • Não gosto nem um pouco do Android puro ou semi puro , muito sem sal, gosto mais de variedades de recursos , visuais intuitivos e mais uma porção de coisas oferecidas pelas interfaces.

    P.S recursos esses que como a matéria mesmo disse vai ser incorporado no Android só mais tarde, o que justifica a não necessidade de ficar tão louco por atualizações.


  •   84
    Conta desativada 26/04/2018 Link para o comentário

    Resposta simples a questao . Sim android puro é a soluçao para atualizaçao mais rapida ....

    Agora vamos aos fatos pq android puro tem atualizaçao tao rapidamente e tantas atualizaçoes????????? pq ninguem se pergunta isso? ja pararam pra notar que 80% das atualizaçoes q o android puro recebe sao correçoes de bugs? ja passou pela cabeça de vcs q o fato de aparelhos com interface custom nao receber tanta att é pq ele simplesmente nao tem tantos bugs a corrigir e por isso nao precisa de att atoa ???

    Att de versao ja notaram q o android puro como o proprio nome diz é puro e n tem nada de interessante? ao contrario de um xiaomi ,samsung,lg,sony da vida q tem 500 recursos ???? Att de versao em android puro é essencial pq o aparelho nao tem recurso , ja em aparelhos com interface custom por ja terem varios recursos nao precisam ser atualizado tantas vezes assim Reflitam


    • Perfeito, Franco. Muita gente não consegue entender isso e só critica a falta de atualização sem se dar conta da real necessidade.


      •   84
        Conta desativada 26/04/2018 Link para o comentário

        Sim sidney unica att q concordo é de segurança mas ja saiu ate teste e pesquisa q mostra q ate o google pixel engana os consumidores nao enviando todos os patchs de segurança entao ..


    • Por um lado é completamente vdd, mas e a falta de patchs de segurança?nos LGs que tive(G4 e g5se) eles ficaram mais de um ano sem receber patchs.

      Conta desativadaMarcelo NeriConta desativadaConta desativadaDavid CD


      •   84
        Conta desativada 26/04/2018 Link para o comentário

        Atualizaçao de segurança amigo é sim essencial mas ja saiu pesquisa q mostra q ate a propria google nao coloca todos os patchs de segurança , simplesmente lança a att e só muda a data , tem um app na loja q testa as seguranças recomendo vc baixa pra testar pois pelo que vi ate o pixel n recebe todos os patches


      •   40
        Conta desativada 26/04/2018 Link para o comentário

        O nome dele é SnoopSnitch, procura lá na Play Store!


    • Não, todo mês eu recebo atualizações de segurança, e inclusive estou na pequena faixa que se encontra no 8.1 Oreo (Nokia 6), eu apenas quero o sistema rode liso por mais tempo, não quero beleza ou apps que ocupem a memória que nunca vou usar e posso baixar na loja, com dois players de música ou dois navegadores sem que eu possa desinstalar quero uma coisa funcional e prática que dure e seja atualizado sempre que possível e o puro pra mim é a solução que inclusive nem uso todos os recursos nele.


      •   84
        Conta desativada 26/04/2018 Link para o comentário

        Vc nao quer? vc tem a opçao de desativar os apps q vc n quer e em alguns casos ate excluir como rola na zenui, Agora o que e melhor vc ter a opçao de ter apps melhorados ou vc ser obrigado a ter um aparelho sem nada e ter de baixa tudo do 0 , claro apps pq recurso vc n baixa na loja


    • Já eu, discordo. Prefiro muito mais o Android puro, de preferência custom rom porque sempre foi óbvio a melhora em relação às roms da Motorola. Falam tanto da falta de recursos mas até hoje não vi uma que eu senti falta. Gosto da MIUI também, mas não consegui usar por muito tempo por causa das notificações, agora que deixaram elas igual à padrão vou tentar utilizar quando chegar meu celular.


    • Simples, é?!
      Acho que você está ignorando Quantum, DL e Multilaser nessa conta, Franco.
      E daí o seu argumento a respeito do Android "puro" já não bate.


      •   84
        Conta desativada 27/04/2018 Link para o comentário

        Nada contra essas empresas mas eu falo de empresa mais forte no setor.. essas ai são iguais chinesas de baixa qualidade

        CAV


      • Independente disso.
        Isso não justifica o "android puro é a soluçao para atualizaçao mais rapida" que você disse.
        Você generalizou essa questão, e é aí que está o problema.


  • Não vejo graça na interface da Motorola, ou de Android semi puro que seja. É muito, mas muito abaixo em recursos quando se comparado à um Samsung experience. Mas gosto é gosto.
    Em relação a atualizações acho que faz diferença sim. Agora quem diria, os pixels não trazer o famoso Android puro, isso sim, me deixou surpreso.


    •   100
      Conta desativada 26/04/2018 Link para o comentário

      Já gostei do Android mais puro, mas agora não vejo mais graça também...


      • Eu era maluco pelos aparelhos da Motorola em 2013-2014 pela ilusão da interface ser próxima do puro, brother Robô. Mas hoje passo é bem longe, prefiro interfaces super modificadas, pois é nítido uma experiência muito mais ampla do que com a interface do semi-puro.


    • E eu sai das personalizadas pra ir pro oxygen Os(da oneplus) que é basicamente puro e possui muitas funções e afins. Acho o sistema mais bonito.


    •   84
      Conta desativada 26/04/2018 Link para o comentário

      Rapaz eu tive 3 motorolas moto G X e o X2 e em todos eu nao passei 3 meses , pq eu enjoava muito rapido o aparelho n vinha com nada e eu era obrigado a por custom rom pra ter algum diferencial eu so peguei esses aparelhos pq na epoca foi um bom negocio


      •   100
        Conta desativada 26/04/2018 Link para o comentário

        No meu caso já tive o G1, G2, X2, Style e a miséria do G4 Plus 😩
        Foi aí que a Lenovo lascou tudo!


  •   40
    Conta desativada 26/04/2018 Link para o comentário

    Excelente matéria, queria que o Android puro fosse a solução mas a Motorola mesmo com Android perto do puro demora muito para atualizar!


  • Matéria muito boa, mas eu não gosto do Android próximo do puro. Estou muito acostumado com Samsung e gosto muito dos recursos que ela coloca em seus gadgets que são sempre inovadores.


  • Android puro sempre é a solução para uma atualização rápida e segura. Gosto mais assim do sistema.


  •   100
    Conta desativada 26/04/2018 Link para o comentário

    Ótima matéria!
    O Android puro deveria ser a solução para atualizações mais rápidas...


  • Excelente matéria. Muito bem explicada. Parabéns, Stella!


  • [OFF-TOPIC]

    Antes de mais nada, até vou pedir desculpas pela bola fora de ontem sobre o que comentei na matéria do Moto E5 não receber o Android P. Não era minha intenção dizer que o iOS era melhor por causa da atualização de um celular de seis anos. Eu sei que fica lento com o tempo. Eu acabei fazendo uma interpretação fria da questão. Aliás, quem me conhece, sabe que eu gosto mais do Windows Phone (sdds).

    Mas enfim, espero ter esclarecido.



  • O que seria da Samsung sem a TouchWiz, por exemplo? Ou a Xiaomi sem a MIUI? As fabricantes colocam suas identidades nos aparelhos e uns podem gostar, e outros não. O smartphone também pode dizer muito sobre a identidade de uma pessoa.


    • Isso inclusive foi um dos motivos da Samsung não ter vendido muitos smartphones da família Ativ, e do namoro da Xiaomi em disponibilizar o Windows 10 Mobile para o Mi 4 não ter virado casamento e ter se extendido para mais aparelhos ou mesmo algum saindo de fábrica com o SO da Microsoft.


  • Pode até ser, mas ainda prefiro um customizado, que não precise estar baixando tudo o que necessito no Google Play.


  • Verdade seja dita, as fabricantes estão pouco preocupadas em atualizar o Android. O que elas querem mesmo é só vender aparelhos! Só atualizam por pura obrigação, já que o prometem na propaganda ao vender o aparelho; e pelo hardware aguentar o tranco, já que seria muito descaso "matar" o aparelho sem nenhuma atualização. Pelas fabricantes você compraria um celular por mês para se manter atualizado, obsolencia programada nítida.


    • Mas é exatamente assim que o capitalismo funciona.
      Até pra fazer isso por obrigação, acaba sendo puramente alinhado com os principios desse sistema.


  • Tenho que admitir que inicialmente eu preferia o Android mais limpo.. Cheguei a ter o Nexus 6 e gostava bastante.
    Quando peguei meu primeiro Galaxy S (S7 Edge), com a odiada interface TouchWiz, comecei a perceber que ter customizações no OS não é tão ruim. A Samsung evoluiu muito a partir do Android 6.0, deixando a opção de deletarmos a maioria do blotware que ela embarcava nas versões anteriores. Hoje, além do visual bonito e agradável com a Samsung Experience, o sistema traz recursos interessantes que não temos no Android mais limpo.
    Na linha S ela tem tentado acelerar a entrega dos patchs de segurança, mensalmente recebo a atualização.
    Onde ainda ela peca é na demora em entregar uma nova versão do OS: são quase 5 meses de atraso após a Google lançar uma nova versão do Android.
    Depois de pegar o S9 com a garantia de 4 anos de atualização do OS, fico na linha S por mais uns anos.


  • Em tese aparelhos cuja ROM conta com menos modificações são atualizados mais rápidos, um bom exemplo disso é a Nokia e a Oneplus, porém há exceções a exemplo da atual Moto by Lenovo que já não atualiza tão rápido e com frequência como na época by Google.
    Porém quem quer consegue e entrega resultados indiferente da customização, deixamos como exemplo a ASUS que atualizou bastante aparelhos recentemente entregando inclusive modificações radicais na interface de uma versão pra outra.


  • Não. Não. E não. Definitivamente, atualização de SO é compromisso das fabricantes, não importa o quão modificado seja o Android. É pouquíssimo provável que uma grande empresa enfrente dificuldades técnicas para "adaptar" uma nova versão do sistema à sua interface e funcionalidades. Esse argumento até servia quando o Android era "novidade" para companhias que vinham trabalhando em sistemas proprietários e tiveram de mudar o rumo para seguir no mercado, mas esse tempo já passou, vai tempo. Com um pouco de investimento, uma certa dedicação e COMPROMISSO com os clientes que apostaram em um produto da marca, ninguém precisaria esperar por até um ano para receber uma única atualização do SO (às vezes porcamente resolvida, diga-se de passagem...). Por fim, não custa lembrar que tem fabricante que modifica radicalmente o Android e já conseguiu entregar a versão mais recente do SO para os seus dispositivos, enquanto outras que se gabam de "mexer pouco" no Android ainda estão patinando nas atualizações. Então...


    • É compromisso das fabricantes se o SO for delas.
      O Android é delas?

      Uma coisa é a fabricante atualizar a interface delas, os aplicativos delas.
      Mas o Android é responsabilidade total da Google.
      Não importa o cenário ou a situação.
      Android é problema da Google!


  • Falou algo certo aí...nem os pixels nem os Ones são puros 100% hahahaha a Google (mesmo ela) dar uma leve mexida no sistema pra colocar nesses aparelhos.


    • O Android "puro" não tem nem codec pra mp3, o que o Google faz é apenas manter o seu sistema do jeito que ele deveria ser. Esse lance de ser puro, skin da fabricante, tanto faz pra mim. O que me interessa é fluxo de atualizações. Estou usando a SuperMan Rom no S7 apenas pela demora Samsung. Queria muito que o Google mudasse essa interface, esse lance de material design já deu, o iOS é lindo! Por mais que o Android nos dê essa liberdade, o sistema da Apple em design ao meu ver está muito a frente.


    • Nem gerenciador de arquivos tem no Android puro!

Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.