Nós usamos cookies em nossos sites. Informações sobre cookies e sobre como você pode se opor ao uso de cookies a qualquer momento, ou encerrar seu uso, podem ser encontradas em Política de Privacidade.

2 min para ler 59 Comentários

Apple comprou o Shazam. E agora?

Você já deve ter visto por aí, mas queremos comentar e saber sua opinião também. A Apple confirmou ao The Verge que está comprando o Shazam, serviço de reconhecimento de música. Ao TechCrunch e também ao Recode fontes disseram que o valor da aquisição é de US$ 400 milhões. Um porta-voz da Apple disse no comunicado que “o Apple Music e o Shazam se encaixam naturalmente, compartilhando uma paixão pela descoberta de música e oferecendo excelentes experiências aos nossos usuários”.

A Apple não revela o que fará com o Shazam, diz apenas que têm “planos emocionantes” para o aplicativo. SEI. Um texto do ano passado do Wall Street Journal diz que 10% das vendas de música digital vêm do Shazam — por muitos anos, esse foi o ganha-pão da empresa. No entanto, à medida que os usuários migraram para serviços de streaming, o faturamento foi diminuindo, o que motivou a venda para a Apple. Snapchat estava no páreo, mas perdeu.

Segundo esse texto, o Shazam envia um milhão de cliques por dia para Spotify, Deezer e outros serviços de streaming. Após a aquisição, a Apple deve interromper esse fluxo. Além disso, a Siri poderá reconhecer músicas de forma mais integrada, ela já usa o Shazam para tanto. Vale lembrar que a Sony tinha um serviço e desistiu, mas que o Google já incorporou o recurso ao seu Assistente e que hoje o Android também tem seu próprio Shazam, mas poucos idiomas.

O Shazam começou em 1999 e é dos poucos serviços da era pré-streaming a sobreviver à transformação digital. Agora, ele finalmente se tornou vítima da indústria que ajudou a criar. Eu sempre usei o aplicativo e ele ainda faz parte do meu dia a dia no Android. Espero que Apple não estrague tudo, pois nem o Google Assistente ainda não reconhece música em português, nem mesmo a Bixby.

Você só usa Shazam ou já usa o recurso do Google?

Os comentários favoritos dos leitores

  • Marcio A. 11/12/2017

    Agora vai se chamar iShazam. E vai precisar sincronizar com o iTunes.

  • Tiago 11/12/2017

    Mas de onde estão a tirar que agora o Shazam simplesmente irá sumir do Android??? Em que momento um app foi comprado e RETIRADO do outro sistema?? Tsc, tsc... achismo brabo... tá loco!

  •   48
    Conta desativada 11/12/2017

    No mundo corporativo e negócios essa é uma prática mais comum do que você imagina... As grandes empresas vão eliminando possíveis concorrentes.... A Apple pode até não acabar com o app, mas fará alguma mudança pra que ela tenha o dobro de lucro do que gastou para adquirir

  • brunohrstk 11/12/2017

    Acredito que Apple não vai fazer nada de ruim com o app no Android até porque ela tem o Apple music no Android, a única coisa que ela provavelmente vai fazer é desvincular das outras plataformas de streaming.

  • Sidney 11/12/2017

    O povo está preocupado que a Apple vai tirar o Shazam do Android. Minha preocupação é outra. Acho que eles compraram justamente para manter no Android e ter acesso mais fácil aos dados dos usuários dessa plataforma, já que muita gente ainda usa esse serviço. Provavelmente ela vai agregar serviços ao Shazam para atrair mais usuários Android e ter tudo nas mãos.

59 Comentários

Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.
Mostrar todos os comentários