O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site. OK
4 min para ler 1 vez compartilhado 5 Comentários

Campus Party Recife: Firefox OS

A Campus Party Recife está acontecendo no Chevrolet Hall, em Olinda, de ontem, 17, até o dia 21 de julho. O evento acontece desde 2008 no Brasil, e esse é o segundo ano em Pernambuco.

Nessa edição, o Firefox OS está com bastante destaque. Hoje um funcionário da Mozilla Foundation fez uma apresentação do sistema operacional que promete liberdade, criação e inovação.

firefox os
Firefox OS já está disponível em alguns telefones. / © Mozilla Foundation

A Mozilla Foundation é uma entidade sem fins lucrativos que prega uma web livre e aberta. Seu principal produto é o browser Firefox, um navegador livre, gratuito e sem fins lucrativos, o que significa que seus dados de navegação não serão vendidos para empresas de publicidade online. É o browser que começou a ameaçar a hegemonia do Internet Explorer há muitos e muitos anos, e também é onde várias ferramentas foram primeiramente lançadas: navegação privada, add-ons, etc.

O Firefox OS foi anunciado no Mobile World Congress do ano passado, em Barcelona, com a promessa de levar a web para dispositivos móveis. E eles levaram a sério essa promessa: o OS é completamente baseado na web, de acordo com o palestrante que o apresentou hoje, o sistema em si terá 46MB apenas, já que os apps rodaram TODOS em html5. Será uma plataforma aberta, livre, open-source (vários termos foram utilizados), que utilizará apenas html5, CSS e JavaScript. Para isso, os desenvolvedores criaram novos padrões para a web, estes serão, obviamente, abertos. O foco em html5 se deve ao fato de a imensa maioria dos apps e programas utilizados no mundo serem feitos nessa linguagem (dados do palestrante):

  • 100.000 são nativos para iOS
  • 450.000 são nativos para Android e 
  • 8.000.000 são nativos html5

Como os apps em html5 não são nativos do Android ou do iOS, eles precisam de camadas dentro do OS para funcionar, já o Firefox OS os roda quase sem camadas de sistema. 

Para atingir o objetivo de levar a web para dispositivos móveis, a Mozilla conta com a comunidade de desenvolvedores, seus team mobilizers, presentes em diversos países da Europa e América Latina, Brasil incluido. Quem faz parte desses times, tem acesso às novidades do OS antes dos outros, pode opinar sobre modificações e atualizações e 

Ajuda a tornar a web em um ambiente mais aberto e livre.

mobilizer
Como tornar-se um Mobilizer / © AndroidPit

Por tratar-se de código aberto, qualquer desenvolvedor pode criar apps para o sistema, e a Mozilla também dá como ferramenta o Nightly, uma versão "super nerd" do Firefox, no próprio browser é possível escrever apps em html5, e até mesmo testar o app em diferentes telas. 

Uma vez que o OS roda somente aplicativos em html5, é possível portá-lo para aparelhos Android (principalmente os da linha Nexus), já que o OS da Google é baseado em Unix. Inclusive, parece que o pessoal da XDA Developer já está trabalhando na portabilidade do Firefox OS para dispositivos Android.

Telefones com o Firefox OS já estão à venda na Espanha e na Polônia, os aparelhos são o Alcatel One Touch Fire, o ZTE Open e os Geeksphones Peak e Keon. A Geeksphone anunciou o lançamento do Peak+, uma versão do seu telefone com fico no usuário comum.

geeksphone
Um Geeksphone espanhol rodando Firefox OS, specs: tela de 3,5 polegadas, processador single-core e 512MB de RAM. / © AndroidPit

A palavra proprietário não foi falada uma única vez durante a apresentação. A ideia principal do Firefox OS é atingir todas as classes de usuário, mas principalmente criar um OS que permita a fabricantes produzir aparelhos baratos, que cheguem às classes C, D e E.

A Campus vai até domingo e eu estarei aqui todos os dias; se quiserem saber mais sobre algo que esteja sendo discutido aqui, é só avisar!

 

1 vez compartilhado

5 Comentários

Escreva um comentário:

  • +rafael meu erro, obrigado!


  • @Francisco o que seu artigo está dizendo é que os *apps* são mais fáceis de portar para linha Nexus. Não faz sentido porque os apps são feitos com padrões abertos o que significa que rodariam na teoria em qualquer navegador independente de drivers ou firmware.
    A não ser que estejam considerando a distribuição na Google Play, que teria que usar o WeKit integrado na versão do sistema o que fica desatualizado em celulares não Nexus.


  • +rafael, de acordo com o cara da Mozilla, é mais fácil portar o Forefox OS para a linha Nexus por causa dos drivers e firmware, que são da Google, e não prioritários.


  • O Safari, IE e Chrome tinham navegação privada antes do Firefox.

    Por que é fácil portar "principalmente para a linha Nexus"? HTML5 foi feito para rodar em qualquer navegador e não tem nada a ver com Unix.


  • E assim começa uma nova era nos sistemas móveis... Que o Firefox OS prospere mantendo essa política. E não se esqueçam: The Ubuntu is coming...

O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site. Mais informações

Entendi