Nós usamos cookies em nossos sites. Informações sobre cookies e sobre como você pode se opor ao uso de cookies a qualquer momento, ou encerrar seu uso, podem ser encontradas em Política de Privacidade.

3 min para ler 36 Comentários

Chrome anuncia mudanças para te proteger de experiências abusivas

Para os próximos meses, o Chrome vai trazer uma série de proteções para os usuários da versão para desktop para combater experiências abusivas na web. Segundo a Google, experiências abusivas são comportamentos intencionalmente enganosos para confundir os usuários, como auto redirecionamentos, cliques que levam para outro lugar, sem uma aparente razão.

A Google sabe que os usuários não gostam desse tipo de comportamento e que eles estragam a experiência na web. De acordo com os relatórios de uso do navegador Chrome no computador, um entre cinco usuários encontrou algum tipo de conteúdo indesejado. Seguindo funções como o bloqueador de pop-ups e proteções para reprodução automática do Chrome, há três novas proteções vindo aí.

As três novidades de proteção do Chrome

Redirecionamentos inesperados

Uma das reclamações de usuários é de sites que redirecionam inesperadamente para uma outra página, aparentemente sem nenhuma razão. A Google descobriu que esses redirecionamentos frequentemente vêm de conteúdo de terceiros incorporados na página, e que o administrador da página inicial não tinha essa intenção. Para alertar os usuários, no Chrome 64, todos os redirecionamentos de iframes de terceiros mostrarão uma barra de informação ao invés de redirecionar diretamente, a menos que o usuário tenha interagido com aquele conteúdo anteriormente. Isso manterá o usuário na página que ele estava lendo e evitar surpresas como aquelas. 

Screenshot 20171102 063208
Um exemplo de redirecionamento bloqueado num site de teste/ © Google

Conteúdo indesejado

Outro problema é quando o usuário clica em uma nova página, a aba abre, mas a janela inicial vai para um conteúdo indesejado. Essa é uma evasão ao bloqueador de pop-ups do Chrome. A partir do Chrome 65, vai ser possível detectar esse comportamento, acionar uma barra de informação e evitar que a aba principal seja redirecionada.

Prevenção de novas abas e janelas

Finalmente, há muitos outros tipos de experiências abusivas que direcionam os usuários para páginas indesejadas, mas que são difíceis de detectar automaticamente. Isso inclui links de websites de terceiros escondidos como botões de play ou outros controles no site, ou botões transparentes que capturam todos os cliques e abre novas abas. Em janeiro, o bloqueador de pop-ups do Chrome vai evitar que sites que mandam os usuários a destinos indesejados abram novas janelas ou abas.

Para ajudar os donos dos sites a se preparar para essa mudança, vamos lançar um Relatório de Experiências Abusivas, que mostrará aos donos dos sites se foi encontrada alguma experiência abusiva. Caso as experiências abusivas não sejam resolvidas em 30 dias, será ativada a prevenção de novas abas e janelas.

Os comentários favoritos dos leitores

36 Comentários

Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.
Mostrar todos os comentários

Artigos recomendados