Nós usamos cookies em nossos sites. Informações sobre cookies e sobre como você pode se opor ao uso de cookies a qualquer momento, ou encerrar seu uso, podem ser encontradas em Política de Privacidade.

4 min para ler 11 Comentários

Como instalar apps no Cartão SD em Androids antigos

Atualmente, em smartphones mais atualizados, seja com o Android Pie, Android Oreo ou Android Nougat, não é mais possível transferir apps ou parte deles para o amado cartão microSD. Muitos sentirão falta desse recurso, mas se você é alguém que tem um aparelho um pouco mais antigo, pode aproveitar esse benefício, e vamos ensinar como.

Por que Nougat, Oreo e Pie não permitem mais essa função?

A série Pixel não conta mais com o suporte para cartão microSD. Os iPhones, também não. E, na verdade, as versões mais atuais do Android até possuem esse suporte, mas não permitem mais que aplicativos sejam instalados total ou parcialmente nos cartões. Mas por isso aconteceu?

O motivo para isso é que manter o sistema em apenas uma memória dentro do smartphone evita a perda de dados e o mau funcionamento de aplicativos devido a divisão desta memória. Como o Google não tem controle do que os desenvolvedores fazem com seus apps e nem o que fabricantes farão com o Android, ela preferiu retirar essa função para evitar problemas maiores.

Mas você ainda pode usar seu microSD para armazenar fotos, vídeos e outros arquivos.

Marshmallow tinha liberado geral

Depois de muitos pedidos, o Android Marshmallow foi otimizado para lidar com o cartões microSD como memória interna, para que a migração completa dos seus aplicativos e dados aconteça sem problemas, tornando a memória do smartphone completamente expansível.

Mas, infelizmente, algumas fabricantes deixaram de lado essa opção em suas versões do Marshmallow. Assim, para saber como aumentar a memória do seu Android em smartphones da LG, da Sony, e da Samsung, por exemplo, acesse o link abaixo:

Após o Marshmallow, a Google decidiu que a função era muito complicada, e que por causa de cartões não muito bons, variações entre smartphones e muito mais, era melhor que deixasse de existir.

Como saber quais aplicativos podem ser instalados no cartão microSD

Antes, saiba que não dá para esperar por um milagre, pois passar aplicativos para o cartão microSD, necessariamente não significa ter um smartphone antigo com o sistema operacional mais leve e fluido. Como o sistema Android evoluiu, dispositivos antigos, mesmo que com suporte para uma ROM como a CyanogenMod, acabam defasados, assim como computadores com componentes internos que não acompanham mais o software.

Aplicativos do sistema, bem como widgets, não podem ser transferidos para o cartão de memória, pois são dependentes do armazenamento interno do aparelho, e removê-los ou transferi-los pode causar um erro no sistema, que acaba não encontrando os dados necessários para rodá-lo. Logo, a primeira coisa que você precisa saber é quais aplicativos você poderá passar para o cartão microSD.

Antes, confira o status da memória do seu dispositivo, pois ao final deste processo você poderá saber quanto de espaço foi liberado do seu aparelho. Para tanto, acesse: Configurações > Armazenamento.

memoria interna cartao sd
Acesse as Configurações e veja quanto de memória interna e externa você possui / © AndroidPIT

Depois, acesse: Configurações > Aplicativos. Nesta tela, você terá que acessar aplicativo por aplicativo para transferi-los para a cartão microSD.

memoria interna cartao sd transferir
Acessando o botão "Mover para SD", você libera memória no seu aparelho / © AndroidPIT

Dica 1

Para otimizar este processo, você pode usar um aplicativo para fazer uma varredura em seu sistema e encontrar quais aplicativos podem ser rapidamente movidos. No entanto, você precisará do acesso root do seu dispositivo. Abaixo, temos um tutorial ensinando como realizar o root:

Assim, se você possui acesso root, baixe o app Link2SD e mova todos os aplicativos recomendados para o cartão microSD sem preocupação. Se o seu smartphone não possui root, você ainda assim pode usar este serviço para saber quais aplicativos poderá mover para o cartão microSD. Contudo, não poderá movê-los todos ao mesmo tempo.

memoria interna cartao sd transferir link2sd
O acesso root oferece melhores opções no Link2SD / © AndroidPIT

Não se esqueça do microSD

Ao decidir usar a função de mover os apps da memória interna para o cartão, é obviamente necessário ter um microSD. Caso você ainda não tenha o seu, recomendamos abaixo dois sites onde você pode procurar por bons e velozes modelos:

Compre aqui seu cartão microSD
Outro site para procurar cartões microSD

E aí, qual é o seu smartphone e quanta memória você conseguiu liberar usando este recurso?

 


Este artigo tem o objetivo auxiliar o usuário com conhecimentos básicos a administrar melhor a memória do smartphone. Desta forma, a atualização e republicação desta matéria se fará necessária com o tempo.

11 Comentários

Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.

  • Aparelho rooteado + Cartão Classe 10 ou superior + Xposed + módulo "XinternalSD" !!! ----------> É só alegria, principalmente devido ao fato de todos os dados do Whatsapp, por exemplo, irem direto para o cartão de memória!


  • No momento não estou usando, mas quando é necessário faço uso de no minimo um microSD 32GB Class 10.


  • Ainda uso Lollipop. Desanimei de evoluir.
    Acho o gerenciamento de memória do Android o pior possível. Digo isso porque a propaganda induzia o usuário leigo a acreditar que poderia sanar a baixa quantidade de memória do telefone com cartão de memória. Lógico que a frustração com a verdade vinha logo.
    O pior é que a Google não ajuda capando o recurso ou lançando Android Go e coisas assim. Quem sabe no Fuchsia...


  • me deparo muito com pessoas que compram cartões de baixa qualidade e TB velocidade (vide classe 4)... formatam como memória interna e depois reclamam quando corrompe algum arquivo. o povo corre muito atrás de preço de cartão tá nem aí para velocidade ou qualidade.


  • Fez bem a Samsung não ter liberado esse recurso, se bem que o pessoal iria usar qualquer tipo de cartão de memória.


  • OFF TOPIC

    Está dando erro na hora de abrir a matéria da enquete do Android

    "Este artigo ainda não foi publicado.
    Você não tem permissão para visualizar os artigos que ainda não foram iniciados ."


  • Tenho um Redmi 5A que tem apenas 16GB de memória interna no total, mas recentemente adquiri um microSD SanDisk 32GB Class 10, com velocidade de até 80MB/s, para armazenar fotos, documentos etc, já que a MIUI ocupa um bom espaço.


    • pois é meu aparelho tá no mesmo nível que o seu 16GB de memória e tenho um SanDisk 32GB Class 10... mas só uso pra musica e alguns vídeos, mas já comecei a mover alguns aplicativos pro microSD... esses dias andei apagando alguns porque ficou faltando memória interna pra atualizar os aplicativos...


    • Tô pensando em comprar o Redmi 5A. Ele é bom? Como é sua experiência com ele?


      • Gabriel, comprei para uso secundário. Já irá fazer um mês que chegou. É meu primeiro Xiaomi e as funções nativas me impressionaram. Tem função nativa de criar padrão de bloqueio para fotos, mensagens e anotações; aplicativo para função de controle remoto que funciona até se for com Apple TV (testei na de parente e consigo usar de boas); gravação de tela; dentre outras funções... Uso em média 1h30min seguida por dia ouvindo música na academia com fone com fio mesmo e apenas no Wi-Fi, sem GPS e bluetooth ativos e com brilho automático desativado e ocasionalmente utilizo para acesso à internet, aplicativo de banco e efetuar ligações, também com essas mesmas configurações. Nesse meu uso, a bateria dura em torno de 4 dias e meio sem problemas. Ainda não testei em uso intenso, mas mesmo assim estou gostando bastante do aparelho. A única coisa que me incomodou até agora é que acho a vibração um pouco fraca... saí de um Samsung e eu sentia vibrar no bolso da calça sem problema nenhum, já com o Redmi, às vezes não sinto a vibração...


  • Muito boa essa dica.

Artigos recomendados