Nós usamos cookies em nossos sites. Informações sobre cookies e sobre como você pode se opor ao uso de cookies a qualquer momento, ou encerrar seu uso, podem ser encontradas em Política de Privacidade.
Além dos smartphones: os notebooks da Xiaomi, Redmi, Huawei, Razer e mais
Hardware Dicas e Curiosidades Samsung 8 min para ler 10 Comentários

Além dos smartphones: os notebooks da Xiaomi, Redmi, Huawei, Razer e mais

Com a convergência tecnológica, é cada vez mais comum ver fabricantes de computadores pessoais se aventurando no mercado de smartphones, mas o oposto também acontece: fabricantes que são mais conhecidos por seus smartphones também produzem computadores, quase sempre notebooks, alguns com configurações bem interessantes.

Resolvemos dar uma passadinha pelos sites de velhas conhecidas do AndroidPIT como a Xiaomi, Redmi, Huawei, Razer, ASUS, Samsung e LG para ver o que elas tem a oferecer, e ficamos bem impressionados. Infelizmente, muitas destas máquinas só estão disponíveis no exterior.

Xiaomi Mi Laptop Air

A Xiaomi é uma empresa que “atira para todos os lados”, e produz de guarda-chuvas a TVs 4K. Portanto, não é de se estranhar que produza também notebooks.

O Mi Laptop Air é um ultrabook fino e leve: tem chassis todo em alumínio, cerca de 1,4 cm de espessura e pesa 1,2 Kg. Além do nome, o visual também lembra muito um Macbook Air, mas é difícil fugir da semelhança na categoria de “ultraportáteis de alumínio”.

Notebook Xiaomi
Mi Laptop Air. A semelhança com o MacBook é inegável. / © Xiaomi

A Xiaomi oferece o aparelho em duas versões, com tela de 12,5 ou 13,3 polegadas. Os processadores são o Intel Core m3-6Y30 no modelo menor, que tem 4 GB de RAM, ou o Intel Core i5-6200U no maior, com 8 GB. O tamanho da unidade SSD também varia, 128 GB no menor e 256 GB no maior, que também tem uma GPU dedicada, a NVidia NVIDIA GeForce 940MX com 1 GB de RAM própria.

As baterias são um destaque, com um sistema de carga rápida que promete 50% de carga em 30 minutos, e autonomia de mais de 8 horas pra reprodução de vídeo e 7,5 horas de navegação na web.

Redmibook 14

A Redmi conquistou muitos fãs oferecendo smartphones com excelente custo-benefício, e agora se aventura pelo mercado de notebooks. Seu primeiro produto é o Redmibook 14, um notebook projetado para “profissionais que estão sempre em movimento”, que traz configuração bastante interessante.

Notebook Redmi
O Redmibook 14 é o primeiro notebook da Redmi / © Redmi

Dentro de uma carcaça de alumínio jateado, você poderá encontrar um processador Intel Core i5 8265U ou i7 8565U, acompanhados por 4 GB ou 8 GB de RAM e SSDs de 256 ou 512 GB. A tela de 14” é controlada por uma GPU Nvidia GeForce MX250, tem resolução Full HD e acabamento fosco, para minimizar reflexos, algo que é difícil de encontrar hoje em dia. A Redmi promete uma autonomia de bateria de até 10 horas.

Razer Blade Pro 17

A Razer começou fazendo acessórios para gamers, e passou a vender computadores antes mesmo de entrar no mercado de smartphones. E considerando seu público alvo, podemos esperar máquinas super-poderosas, capazes de rodar até mesmo os jogos ou tarefas mais exigentes com facilidade.

É o que promete o Razer Blade Pro 17, que segundo a fabricante é “o substituto definitivo para um desktop”. Começamos pela tela: 17,3” Full HD, com taxa de atualização de 144 Hz (contra os 60 Hz de um notebook comum) e alta fidelidade de cor, sendo capaz de reproduzir 100% do espectro sRGB. Segundo a fabricante, graças às bordas finas foi possível colocar uma tela de 17,3” em um notebook que tem o tamanho de uma máquina com tela de 15”.

Notebook Razer
Razer Blade Pro 17: feito para gamers, com teclado RGB / © Razer

O processador é um Intel Core i7-9750H de nona geração, um dos mais recentes produtos da Intel, acompanhado por 16 GB de RAM, que pode ser expandida a 64 GB. A GPU é uma NVIDIA GeForce RTX 2080 Max-Q, com 8 GB de memória de vídeo dedicada. Para armazenamento há um módulo PCIe NVME de 512 GB, e um slot M.2 vazio que suporta SSDs de até 2 TB.

Mas não é só pela configuração que o Razer Blade Pro 17 se destaca: todas as teclas no teclado são individualmente iluminadas com LEDs RGB, capazes de reproduzir 16.8 milhões de cores. O chassis é feito em uma peça única de alumínio, e uma câmara de evaporação ajuda na refrigeração do hardware, evitando que o sistema tenha que reduzir o desempenho para dar conta do calor.

Huawei MateBook X Pro

Não é só entre os smartphones que a Huawei anda se destacando. Seus notebooks também impressionam: o modelo 2018 do Huawei MateBook X Pro, seu carro-chefe, foi considerado pelo site de tecnologia The Verge como o “notebook perfeito”. Já o modelo 2019, lançado durante o MWC, foi considerado pelo Techradar como um dos melhores produtos da feira.

Há várias configurações disponíveis, e a mais sofisticada conta com um processador Intel Core i7-8565U processor de 8ª geração, acompanhado por 16 GB de RAM e um SSD de 1 TB. A GPU é uma NVIDIA GeForce MX250 com 2 GB de memória de vídeo dedicada. A tela de 13,9” tem resolução 3K (3.000 x 2.000 pixels) e bordas tão finas que ocupa 91% da “tampa” da máquina.

Notebook Huawei
Huawei MateBook X Pro: aclamado como um dos melhores notebooks do mundo / © Huawei

Segundo a Huawei a bateria tem autonomia para até 14 hs “trabalhando”. O botão liga/desliga tem um sensor de impressões digitais integrado, que pode ser usado para autenticar o usuário (algo importante no mercado corporativo), e há 4 microfones posicionados para que possam captar a voz do usuário a até 4 metros de distância. Tudo isso em um “corpinho” com 1,4 cm de espessura e pensando apenas 1,3 Kg.

ASUS ZenBook Pro Duo

A ASUS começou a vida fabricando placas-mãe, e atua há muito tempo no mercado nacional com seus notebooks. Mas alguns de seus modelos mais impressionantes, devido ao alto preço, ficam reservados para o exterior.

O ZenBook Pro Duo traz um conceito inovador: duas telas OLED 4K: uma principal de 15,6” na tampa do aparelho, com resolução de 3840 x 2160 pixels e uma logo abaixo, entre a dobradiça e o teclado, com 14” e resolução de 3840 x 1100 pixels.

Notebook ASUS
Zenbook Pro Duo: inovação com duas telas / © ASUS

A tela secundária, chamada de “Screenpad”, é sensível ao toque e é vista pelo sistema como um segundo monitor, se estendendo abaixo do primeiro. Você pode usá-la para colocar ali as janelas de programas menos importantes, a paleta de ferramentas de um software que você está usando, applets como calculadora ou lista de notícias, e muito mais. É o conceito da “Touchbar” dos Macbook Pro, levado ao extremo.

A configuração também não deixa a desejar, com um processador Octa-Core Intel Core i9-9980HK, até 32 GB de memória DDR4, GPU NVIDIA GeForce RTX 2060 com 6 GB de memória dedicada para vídeo e até 1 TB de armazenamento em um SSD PCIe x4. O trackpad fica à direita do teclado, e com um toque em um botão se transforma em um trackpad iluminado.

Com tanto hardware, o ZenBook Pro Duo não é “fino e leve”, mas também não é nenhum monstro. São 2,5 Kg e 2,4 cm de espessura. A bateria tem tecnologia de carga rápida que repõe 50% da carga em 15 minutos. 

Samsung Odyssey Z

Aposto que você não sabia que a Samsung vende, no Brasil, um notebook gamer. Pois é, o Odyssey Z é uma máquina pra lá de poderosa, que segundo a fabricante foi “equipado para vencer, construído para durar”.

Ele começa a chamar a atenção pelo design, que grita “EI, SOU UM GAMER!!” à distância. Inspirado nas “escamas do lendário dragão de gelo” (segundo o marketing da Samsung), ele é todo em metal com detalhes em vermelho, e a área atrás do teclado parece o capô de um carro esporte. Embaixo, o design em “malha” de metal ajuda na dissipação de calor.

Notebook Samsung
Odyssey Z: design que lembra um carro esporte favorece a ventilação / © Samsung

O processador é um Intel Core i7 “Coffee Lake” de 8ª geração, com seis núcleos, acompanhado por 24 GB de RAM DDR4 e um SSD de 512 GB. A GPU é uma NVIDIA GeForce GTX 1060 com 6 GB de memória no padrão GDDR5, e a tela de 15,6” tem resolução Full HD com revestimento antireflexo.

LG Gram

O principal destaque do LG Gram, como você pode imaginar pelo nome, é a leveza. Mesmo equipado com uma tela de 15,6”, ele pesa pouco mais de 1 quilo (1095 gramas, para ser exato). Pode não parecer muito em relação a outras máquinas aqui da lista, mas acredite: 300 ou 400 gramas a menos fazem MUITA diferença no fim do dia quando você tem que carregar o notebook para cima e para baixo o dia inteiro. 

A bateria de 72 Wh tem autonomia de “até 19 horas” segundo a fabricante, e a tela LCD tem resolução Full HD e tecnologia IPS, que minimiza distorções de cor e contraste da imagem de acordo com o ângulo de visão. O teclado tem 2 níveis de iluminação, e a tecla liga/desliga tem um sensor de impressões digitais integrado. Segundo a LG, o chassis em liga de magnésio é mais resistente a impactos, vibração, corrosão e variações de temperatura.

Notebook LG
LG Gram: um dos mais leves no mercado / © LG

O processador é um Intel Core i7 8550U de 8ª geração, acompanhado por 8 GB de RAM. A GPU é integrada ao processador, uma Intel UHD Graphics 620, que não é a mais indicada para jogos, mas dá conta de tarefas de produtividade, criação e reprodução de conteúdo. Há 256 GB de espaço para armazenamento (em um SSD interno), e um slot livre para um segundo SSD.

E você, conhecia alguma destas máquinas? Qual o notebook dos seus sonhos? Deixe sua opinião nos comentários abaixo.
 

10 Comentários

Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.

  • Uso um Mi book Air , pelo preço um excelente gadget , ou seja , muito bom o custo x benefício , o único stress inicial é abrir a caixa e fazer os procedimentos da mudança de idioma mandarim para pt-br , nesta o Google Lens me ajudou muito e da falta de teclado padrão ABNT , mas facillmente configurável , do resto só alegria .


  • Das marcas que já vendem no mercado nacional já tive contato com todas as citadas, boas marcas, eu mesmo usei por quase 8 anos um Ultrabook Samsung Serie 5 que só substitui por um tablet recentemente pela portabilidade, ele não é potente mas pro que eu buscava ele me atendeu muito bem. Só fica a dica, fuja daquela que é o oposto de Negativo.... Kkkkkkkkkkkkk

    Das chinesas já tive contato com os notebooks da Xiaomi, aparelhos legais.


  • Bacana a matéria. São realmente uma belezura, pena que os preços são bem salgados.


  • Ótima matéria.


  • Eu ja tenho um bem legal que eh Samsung Essentials E21 de 15.6 polegadas e me atende muito bem


  • Recomendo o LG Gram, com Core i7 de 8ª geração, ele tem uma tela de 1.6", ele tem 2 slots para SSD M2 . No Brasil ele vem com um SSD M2 de 256 Gb (e um Slot vago para outra unidade SSD M2, mas no meu caso, troquei por um SSD de 512 Gb . Ele é muito rápido, muito bem construído e segundo os testes que eu vi, ele é muito resistente e tem várias certificações do Exército dos EUA . Recomendo este Notebook .


  • Eu estou querendo comprar um notebook desses finos a anos, mas o preço é proibitivo até esses da Xiaomi que são mais "acessíveis" é um valor fora do meu orçamento, isso sem contar a falta de garantia e reposição de peças como o carregador caso de defeito, então me decidi a comprar um macbook que mesmo sendo caro consigo ter suporte e garantia e ainda um valor de revenda alto.


  • Muito interessante esse artigo com informações importantes sobre empresas que fabricam smartphones e também notebooks.


  • O Problema é o preço aqui pela Terra Brasilis dessas Peças de Arquitetura...