Nós usamos cookies em nossos sites. Informações sobre cookies e sobre como você pode se opor ao uso de cookies a qualquer momento, ou encerrar seu uso, podem ser encontradas em Política de Privacidade.

5 min para ler 62 Comentários

Quer ver a Copa de 2018 em 4K? É provável que você precise de uma TV Samsung

Ao que tudo indica - ou até segunda ordem - você só vai conseguir ver a Copa do Mundo de 2018 em 4K se for assinante de um pacote de TV à cabo que lhe dê acesso ao canal SporTV e se tiver uma TV 4K da Samsung de 2016 em diante, isto é, 2017 e 2018.

Não, eu não estou brincando. Samsung e SporTV fecharam uma parceria de exclusividade para o desenvolvimento e o lançamento de um aplicativo para transmitir os jogos da Seleção e as finais da Copa do Mundo de 2018 em 4K. Isso significa dizer que até junho/julho de 2018, a exclusividade do App 4K da SportTV é da Samsung. Para quem tem uma TV Ultra HD da marca sul-coreana ou pretende adquirir uma, é de fato uma boa notícia, mas não para todo mundo.

Assinantes de TV à cabo que tiverem um desses aparelhos - 80% do line-up atual da Samsung é de televisores com resolução 4K - e tiverem o SporTV no seu pacote ganham essa transmissão em alta resolução. Agora se você for assinante de TV à cabo nas mesmas condições e tiver uma TV de outra fabricante - rodando Android TV ou WebOS, por exemplo - terá que torcer para que a operadora faça algum tipo de teste em 4K na sua região, como algumas fizeram em 2014, ou ofereça um pacote especial para a Copa do Mundo. Até então, não se tem notícia sobre.

samsung TVs 4K SportTV modelos
TV 4K da Samsung durante o evento / © AndroidPIT

4K ainda é streaming

A tecnologia 4K não é mais novidade, não em termos de inovação em telas pelo menos. No entanto, tanto a produção de conteúdo quanto a transmissão ainda são um desafio para produtoras como a Globosat e sua SporTV e para operadoras de TV à cabo como NET ou mesmo a Vivo.

No caso das produtoras é preciso investir em equipamentos que gravam e máquinas que tem processamento suficiente para editar em 4K, enquanto para as operadoras é necessário não apenas fazer mudanças na infraestrutura, mas também no decodificador na casa dos clientes. Ou seja, é algum investimento sim.

Em 2014, por ocasião da Copa do Mundo, fiz várias matérias sobre TV no iG Tecnologia. Na época, Marcio Carvalho, então diretor de Marketing da NET, disse que a Copa do Mundo no Brasil seria a da resolução HD (1.280 x 720), e que a de 2022, no Catar, talvez fosse da resolução Ultra HD, dependendo da evolução da cadeia de produção e de distribuição. A NET, ao lado da SporTV (canal da Globosat), fez as primeiras transmissões experimentais de jogos em 4K na TV por assinatura, enquanto a Rede Globo (dona da Globosat) fez os primeiros testes na TV aberta.

A tecnologia 4K não é mais novidade, não em termos de inovação em telas pelo menos

José Manuel Mariño, diretor de Tecnologia para Jornalismo e Esporte da Rede Globo na época, ressaltou que o padrão de distribuição de televisão digital terrestre é em HD, tudo aquilo que eventualmente é produzido em 4K é convertido para HD antes de sua exibição. O padrão digital brasileiro usado na TV aberta (SBDTV) não suporta transmissões em 4K. Em 2014, a TV aberta realizou uma transmissão em 4K pelo ar, com o sinal sendo transmitido por satélite do Maracanã até a emissora, e a transmissão terrestre indo da emissora para o local do evento.

Recentemente, em uma parceria da NET, Claro HDTV e Multishow, os clientes com decodificadores e aparelhos de TV compatíveis assistiram aos shows do Palco Mundo do Rock in Rio em 4K. A captação e transmissão realizadas pelo canal Multishow (também Globosat/Rede Globo), teve caráter experimental, foi nacional, e esteve disponível apenas no canal 704. Possível, é, basta saber se em escala.

Hoje, nenhuma operadora tem um plano de TV por assinatura que contemple canais 4K. Apenas alguns aplicativos como Netflix ou mesmo o Globosat Play 4K, porém, a entrega é feita pela internet, via streaming.

E como ficam os assinantes da Sport TV que não tem uma TV 4K da Samsung?

Ainda é cedo para saber. Pode ser que, assim como foi em 2014 e como nesse episódio recente envolvendo o Rock in Rio, as operadoras façam acordos com a SporTV para oferecer a experiência via TV por assinatura para esses clientes, ou pode ser ainda que a as operadoras de TV à cabo façam pacotes especiais – provavelmente bem caros – para quem deseja ver os jogos da Seleção e as finais em 4K. Esperamos que sim, afinal, quem não quer ver a Copa em 4K tendo tecnologia em casa para isso, não é mesmo? Porém, não dá para saber ainda se todas as operadoras têm condições de entregar o conteúdo Ultra HD de outra forma que não seja o streaming.

E se for por streaming, precisam de um aplicativo, e por enquanto o aplicativo da SporTV 4K para jogos da Seleção Brasileira e finais da Copa do Mundo de 2018 são uma exclusividade do Tizen da Samsung. Uma jogada de marketing e tanto, é preciso reconhecer (e que não deve ter sido barata, não é mesmo?). E para usufruir desta parceria é preciso ser assinante da SporTV, ter uma TV 4K da sul-coreana e, é claro, alguma velocidade de internet em casa. A Netflix, que já oferece um plano com conteúdos em Ultra HD, recomenda uma velocidade de download de 25 megabits por segundo. O app será lançado no primeiro semestre de 2018.

Além desse app específico, Samsung e SporTV desenvolveram uma ferramenta para os assinantes dos canais Globosat com conteúdo premium sobre partidas, comentários exclusivos, multicâmeras e transmissões on-demand, tudo em 4K. As vendas com foco na Copa 2018 começam na Black Friday, em uma campanha que será estrelada pelo Tite, atual técnico da Seleção. Hoje a Samsung tem 23 modelos 4K que vão de 49 a 88 polegadas.

Emily Canto Nunes viajou para o Rio de Janeiro a convite da Samsung.

Os comentários favoritos dos leitores

  • Bruno Salutes
    • Admin
    • Equipe
    26/09/2017

    Felipe, se não está escrito que é propaganda, então não é propaganda. Você como leitor do site deveria ser o primeiro a saber disso e poderia ter contribuído com um comentário melhor. Você sabe que quando algo patrocinado, como os artigos da GearBest, entram aqui no site nenhum editor assina e vem identificado como tal. A Emily foi ao Rio de Janeiro cobrir esse evento e está fazendo um teste com vocês que é escrever sobre televisão e conteúdo, que é algo que a gente não costumava cobrir aqui no site.

  • Ronaldo 27/09/2017

    É provável que você precise também de uma Philips, AOC, LG, Toshiba, Philco ou Sony... Afinal, todas oferecem tecnologia 4K. Escolha a que melhor se adequar ao seu bolso!

  • Victor Lima 26/09/2017

    verei na minha pequena mesmo kkkk

  •   94
    Conta desativada 26/09/2017

    Concordo Bruno e achei interessante abordar outros assuntos de tecnologia. Parabéns a você e a Emily!
    Vi essa matéria também no Tecnoblog Bruno, então tem leitor precisando se informar antes de criticar.

62 Comentários

Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.
Mostrar todos os comentários