Nós usamos cookies em nossos sites. Informações sobre cookies e sobre como você pode se opor ao uso de cookies a qualquer momento, ou encerrar seu uso, podem ser encontradas em Política de Privacidade.

3 min para ler 115 Comentários

Novas regras dos Correios para importação já estão valendo

O Correios havia anunciado que a forma de pagamento e de entrega de compras feitas no exterior a partir do Brasil iriam passar por mudanças. Agora, o serviço idCorreios começou a aplicar essas mudanças vigentes desde o dia 18 de outubro. Saiba a seguir o que mudou e o que você deve levar em consideração antes de fazer uma compra importada.

Primeiramente, o que você deve saber é que as regras de tributação da Receita Federal, que não é competência dos Correios, permanecem as mesmas. Produtos que custam até 3.000 dólares podem ser importados e estão sujeitos a tributação de até 60% do valor total da compra (produto + frete + seguro). Lembrando ainda que essa taxação é aleatória, ou seja, você pode ser ou não tributado. Em todo caso, sempre leve em consideração essa regra antes de importar qualquer coisa.

A validade das mudanças varia de acordo com o código de rastreamento da compra:

  • Objetivos com código iniciado com a letra E: mudança desde 18 de outubro;
  • Objetivos com código iniciado com a letra L e R: a partir do dia 6 de novembro;
  • Objetivos com código iniciado com a letra C: a partir do dia 11 de dezembro;

Agora, vamos falar sobre as mudanças nos procedimentos de pagamento, retirada e taxa de serviço. Segundo o site dos Correios, o idCorreios é um serviço que pode ser tarifado à parte e a disponibilidade do mesmo, bem como a entrega das encomendas, não é garantido. Sim, é isso mesmo que você leu. Apesar de poder cobrar pelo serviço, os Correios não conseguem garantir uma previsão de chegada para suas encomendas e nem mesmo se o serviço estará funcionando em tempo ininterrupto. Isso acontece devido a problemas internos de administração dos Correios, que por sua vez resultam em greves e paralizações a nível nacional. 

As mudanças em si dizem respeito a integração com o sistema da Receita Federal. Logo, você terá benefícios relacionados a pagamentos de produtos tarifados, contestações e entregas. O primeiro ponto positivo é que você não precisa mais ir até uma agência dos Correios para retirar seu pacote, visto que, assim que tiver a confirmação da chegada do mesmo, é possível agendar pela internet sua entrega. A entrega em domicílio é cobrada separadamente (aproximadamente R$ 12,00). 

O segundo benefício é que o usuário poderá pagar no débito ou crédito a Tributação Aduaneira. Após a baixa bancária, as encomendas poderão ser enviados para a casa do usuário pelos Correios. Para informações complementares e questionamentos sobre taxações incorretas será possível utilizar a própria plataforma dos Correios para envio de notas, documentos e outras informações.

Segundo os Correios, encomendas com até 2kg e com código de rastreio podem ser entregues em até 15 dias após o pagamento dos tributos, enquanto aquelas acima de 20kg podem levar até 10 dias para serem entregues. Já as encomendas sem código de rastreamento podem chegar a casa do usuário em até 40 dias.

Você pode se cadastrar no site dos Correios e ter mais informações sobre o funcionamento do serviço acessando o novo portal do idCorreios.

O que você achou das novas regras?

* Com informações chamavito, do Tudo Celular.

Os comentários favoritos dos leitores

  • Deivis Schuman
    • Mod
    21/10/2017

    Nas favelas, no Senado
    Sujeira pra todo lado
    Ninguém respeita a Constituição
    Mas todos acreditam no futuro da nação

    Que país é esse?
    Que país é esse?
    Que país é esse?

  • Jairo rios 21/10/2017

    A única noticia boa sobre os correios que eu gostaria de ler seria a manchete” correios foram privatizados e perdeu o monopólio no serviço de entregas” aí sim eu ficaria mais contente

  • Lígia B. 21/10/2017

    Telefonia foi privatizada e continua aquele terror, desgovernado e sem fiscalização. Privatizado ou não, o problema principal se chama Brasil com seus políticos ordinários e povo paralisado.

  • Anderson diassis 21/10/2017

    Eu acho mais seguro pagar e pegar nos Correios já que tem varios produtos roubados na triagem, agora vc tem a possibilidade de pagar e receber nada

  •   55
    Conta desativada 21/10/2017

    Eu vou ficar dividido, não sei se já se trata de marcação, mas parece que o objetivo principal é sempre arrecadar mesmo. Os benefícios para o usuário é poder pagar com cartão de crédito. Vamos ver na prática como isso vai funcionar e o que vai ou não melhorar.

115 Comentários

Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.
Mostrar todos os comentários