Nós usamos cookies em nossos sites. Informações sobre cookies e sobre como você pode se opor ao uso de cookies a qualquer momento, ou encerrar seu uso, podem ser encontradas em Política de Privacidade.

Fulton Innovation quebra barreiras com carregamento sem fio

Fulton Innovation quebra barreiras com carregamento sem fio

Uma das tecnologias apresentadas no final de 2012, com o lançamento do Nexus 4, foi o carregamento sem fio de dispositivos móveis. Este recurso vem sendo utilizado com uma certa frequência e podemos dizer que é uma das tendências de mercado no que toca smartphones e tablets. A Fulton Innovation, que desde 2011 apresenta soluções do gênero na International CES, trouxe mais um recente truque no campo do carregamento sem fio: a capacidade de carregar um telefone inteligente na parte de traz de um tablet. Ficou curioso? Descubra como isso é possível.

A empresa desenvolveu uma tecnologia chamada “eCoupled” que, se estiver dentro do seu dispositivo, você poderá usar a bateria do seu tablet para carregar o seu smartphone e vice-versa. Essencialmente, o eCoupled permite o movimento bi-direcional de carga entre dispositivos compatíveis.

Qualquer dispositivo habilitado com Qi - Inductive power standard, o padrão internacional para carregamento sem fio desenvolvido em parceria pelas fabricantes HTC, Huawei, LG Eletronics, Motorola, Nokia, Samsung, Sony, entre outras - pode ser carregado pelo dispositivo que hospeda o eCoupled, e quando dois dispositivos habilitados estão em contato a partir da parte traseira, o que possui mais bateria carrega o que possui menos.

Claro que isso não é uma solução, mas ajuda a remediar situações. Além disso, isso também pode ser encarado como uma possibilidade de diminuir o peso dos dispositivos, já que você poderia apenas posicionar o seu dispositivo em “centros” de carregamento ou sobre outros dispositivos. Acabo de visualizar pontos de carregamento em aeroportos e estações de metrô, nos quais poderíamos apenas colocar nossos smartphones em contato para carregá-los.

No vídeo promocional da tecnologia eCloupled, da Fulton Innovation, você pode ter uma ideia de como seria fácil e ágil utilizar este carregador wireless para smartphones:

Assistir ao vídeo no YouTube.

Ideias como estas fazem da International CES uma feira tecnológica sem precedentes e, acima de tudo, necessária. Na sua opinião, o carregamento sem fio é um recurso que veio para ficar no mercado de dispositivos móveis ou é uma febre passageira?

Imagem: Fulton Innovation

Fonte: Engadget

ÚLTIMOS ARTIGOS

Artigos recomendados

4 Comentários

Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.
Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.

  • +Daniel e Fagner, sim exatamente isso, neste caso o que ocorre é, caso um dos dispositivos que seja mais essencial no momento, esteja com a bateria acabando, você "rouba" a carga do outro, neste caso se tiver com um tablet carregado e o smart estiver nas ultimas, é só passar a carga de um para o outro, mais a bateria do tablet vai embora, primeiro por que vai ter que gerar um campo e depois vai ter a energia sugada, mais a tecnologia veio pra ficar, melhorar e facilitar. a tendência é tudo sem fio, ônibus já tem, tv também, agora só falta ser acessível.


  •   28
    Conta desativada
    • Mod
    11/01/2013 Link para o comentário

    O dispositivo não é uma fonte geradora de energia, ele apenas retem a energia recebida de uma outra fonte ( esta sim geradora ) sendo assim não ocorreria exatamente o que o Fagner comentou acima? Sou leigo no assunto, mas não seria " descobrir um santo, para cobrir outro?".


  • Este é um recurso brilhante, e prova o avanço da tecnologia atual...
    Então concerteza veio pra ficar...
    Só uma duvida: Será que quando um dispositivo estiver carregando o outro, o que estiver 'doando a carga' não vai descarregar mais rapido, por estar transferindo sua carga ?


  • com certeza ficará!

Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.