Nós usamos cookies em nossos sites. Informações sobre cookies e sobre como você pode se opor ao uso de cookies a qualquer momento, ou encerrar seu uso, podem ser encontradas em Política de Privacidade.
Review do Chromecast 3: deixe sua TV esperta de verdade
Google Chromecast 3 Smarthome Teste de dispositivos 9 min para ler 31 Comentários

Review do Chromecast 3: deixe sua TV esperta de verdade

Hoje o Google trouxe ao Brasil seu mais recente lançamento em matéria de set top boxes. O novo Chromecast, em sua terceira geração, chega para atualizar os dispositivos anteriores que transformam a sua TV em uma Smart TV. Vamos ver nossas impressões sobre ele agora.

Avaliação

Prós

  • Está mais rápido
  • Melhor qualidade de imagem
  • Aceita conteúdo em 1080p60
  • Visual mais discreto e bonito

Contras

  • Ainda não aceita 4K
  • Ainda não aceita Amazon Prime Video
  • Não vem com controle remoto
  • Mudanças pouco visíveis

Chromecast 3 – Data de lançamento e preço

O Chromecast 3 foi lançado hoje no Brasil, e está disponível nos principais varejistas físicos e também em lojas virtuais. O preço inicial de lançamento é de R$ 349, mas esse preço deve cair nos próximos meses.

Chromecast 3 – Visual está mais bonito, mas não mudou muito

Depois do lançamento do segundo Chromecast, em 2015, o Google resolveu adotar o visual redondo de forma eterna. Dessa forma, a terceira geração que testei também é redonda, com poucas modificações. A principal delas é o abandono do logotipo do Chrome em lugar do G do Google.

chromecast 3 02
O disco familiar / © AndroidPIT por Stella Dauer

Enquanto todo o Chromecast era um grande logotipo do sistema operacional e navegador, nesse novo modelo o logotipo do G fica discreto na parte central, e agora todo o corpo é fosco. Ele está mais sério e elegante , e a cor é uma só, nesse caso sendo a Carvão, um cinza escuro bem bonito.

Lá fora, o Google também lançou a versão Giz, em branco, mas no Brasil apenas a cinza foi trazida. É o fim da era de dispositivos coloridos das gerações passadas, e ele também não é mais brilhante como é a versão Ultra. Uma versão fosca também risca menos.

chromecast 3 01
Agora o Chromecast é fosco / © AndroidPIT por Stella Dauer

Em seu corpo, vemos informações técnicas na traseira, e o seu redor todo em plástico traz um LED de notificação, uma conexão micro USB e um botão para forçar o reinício. O cabo que sai da lateral é HDMI, todo em borracha e bastante reforçado para ficar pendurado em sua TV.

Chromecast 3 – É o velho e bom Chromecast

Aqui temos tudo praticamente igual ao que vemos desde a primeira geração do Chromecast. É lógico que houveram updates, mas o Google segue mantendo tudo mais parecido possível. Entretanto, mesmo o meu Chromecast 1 estando no programa de software Beta, o Chromecast 3 estava adiantado na versão.

Essa versão mais nova do software trouxe mudanças muito sutis na home, como não mostrar mais a rede sem fio em que está conectado, apenas seu nome na parte superior. Além disso, as telas de configuração e atualização do software do Chromecast foram renovadas. Um atalho foi incluído no app que o controla, mas nada realmente visível e importante.

chromecast 3 07
Você controla o Chromecast pelo app Google Home / © AndroidPIT por Stella Dauer

Na caixa, encontramos um cabo USB e uma fonte, da mesma forma que nas gerações anteriores. A fonte está menor, entretanto. Você conecta seu Chromecast na conexão HDMI de sua TV e usa o cabo USB para prover energia ao gadget. Isso geralmente é feito usando a conexão USB da TV, mas se não tiver ou não quiser usar, aí a fonte entra em cena.

Baixe no seu smartphone o app Google Home, que além de controlar o Chromecast, gerencia outros aparelhos do Google e dispositivos de smart home, como lâmpadas inteligentes. Ligue o smartphone na rede WiFi e vá no botão Adicionar do Home, escolhendo Configurar Dispositivo. Escolha Novos Dispositivos e depois disso basta seguir as instruções em ambas as telas.

chromecast 3 11
Configuração Chromecast pela TV / © AndroidPIT por Stella Dauer

O Chromecast procura e executa atualizações e está pronto para uso. A partir daí, não há mistério: quase todo vídeo pelo qual você passar no sistema, no YouTube ou não, poderá ser reproduzido no Chromecast, bastando encontrar o ícone de Cast, um retângulo com pedaços de círculos. Toque nele e escolha o Chromecast. A partir daí, eles cuidam do restante.

O mesmo pode ser feito com algumas imagens e quase todos os apps de música por streaming disponíveis, além de alguns de música comuns. Muitos outros apps oferecem suporte ao Chromecast, como os da Globo, FOX, HBO, Netflix, entre outros. A única pena é o Amazon Prime Vídeo, que está se popularizando no país, mas que não tem o suporte devido à concorrência.

chromecast 3 12
Qualquer vídeo pode ser exibido pelo Chromecast, basta ter o ícone do Cast / © AndroidPIT (captura de tela)

O volume é controlado pelo controle da TV e também pelo próprio smartphone. Aliás, não há nenhum controle físico para te ajudar, como é feito no Amazon Fire Stick, e você vai usar apenas o smartphone para dar play, pause e navegar pelo sistema – e você pode experimentar lentidão ou falta de resposta em alguns casos. O Google Assistente também pode ser utilizado nesse caso, em alguns apps.

E não é preciso se preocupar com a conexão ou com a bateria do seu smartphone. O Chromecast se conecta diretamente ao WiFi para fazer o streaming do conteúdo, sem precisar do seu smartphone, que é apenas o controle. A exceção é quando você escolhe espelhar o conteúdo do seu aparelho na TV, aí a conexão do smartphone também importa (é um jeito de assistir Amazon Prime, aliás).

Com as extensões corretas, você também pode espelhar o conteúdo do seu computador para o Chromecast. Entre os serviços mais famosos para isso estão o Plex e o Videostream. Para completar, você também pode passar apresentações ou encontrar na Play Store ou na internet jogos que podem ser jogados usando o Chromecast, incluindo alguns em grupos com cada participante usando o seu dispositivo.

chromecast 3 05
HDMI e micro USB / © AndroidPIT por Stella Dauer

Vários aparelhos podem ir se conectando ao Chromecast. Se você viu um vídeo legal no YouTube, jogue na fila de reprodução. Seu amigo viu outro, se conecta pelo modo visitante e joga o vídeo a fila. Assim, vão sendo reproduzidos vídeos conforme as pessoas forem adicionando. Com o modo visitante, o seu amigo não precisa nem se conectar ao WiFi, e não precisa ter o app instalado.

Enquanto não está reproduzindo nada, o Chromecast fica na home, onde passa fotos pré selecionadas pelo Google ou outras escolhidas por você, funcionando como um grande porta retratos, com direito a horas e previsão do tempo.

Chromecast 3 – Mais rápido e com melhor imagem

Não há detalhes oficiais sobre o que roda dentro do Chromecast, mas isso não importa muito. Vale dizer que ele tem conexão WiFi 802.11 ac (2,4/5 GHz), além da HDMI para conexão na TV e a micro USB para energia. Quando fica sendo utilizado por mais de uma hora, ele esquenta bastante, igual ao meu Chromecast de primeira geração.

Lendo análises externas, tinha chegado à conclusão de que pouca coisa mudaria, sendo que a única diferença visível que o Google anuncia é o suporte a 1080p a 60fps, ao invés dos 1080p da geração anterior. Mas parece que tem mais coisa.

Em meus testes simultâneos, coloquei para funcionar ao mesmo tempo os dois modelos, e a diferença de qualidade da primeira para a terceira geração foi bem clara. Mesmo ambos suportando FullHD, era perceptível ver um melhor acabamento na interface da home, significando que há uma qualidade melhor de imagem aí.

chromecast 3 06
Conexões , LED e botão do Chromecast 3 / © AndroidPIT por Stella Dauer

Na hora da reprodução de conteúdo, os dois pareceram andar na mesma velocidade para ler os primeiros dados, apesar de o Google dizer que o Chromecast 3 está 15% mais rápido. Porém, na hora da reprodução de conteúdo de alta definição é que eu vi mais diferenças.

Se você passa um vídeo 1080p60 no Chromecast 1, ele simplesmente vai reproduzir o conteúdo em 30fps, com direito a tropeços no passar do vídeo. No Chromecast 3 o vídeo correu de forma fluida na maior parte do tempo, e mostrando os 60fps prometidos . Como um geral, pude perceber uma qualidade melhor de imagem.

chromecast 3 09
O que vem na caixa do Chromecast 3 / © AndroidPIT por Stella Dauer

Por não ter som embutida, a qualidade do som fica dependente da qualidade da sua TV ou monitor, mas o processamento dos dados do áudio são importantes. No caso, o Chromecast 3 tem suporte a Dolby Digital 5.1 a Dolby Digital Plus 7.1. Testei em uma TV de 42 polegadas da LG, e o som ficou excepcional.

O vídeo já é outra história, pois apesar de a TV fazer a diferença, a qualidade de imagem que o Chromecast transmite é de até 1080p, o Full HD. Então mesmo se a sua TV for 4K, será no máximo Full HD. Outra coisa é que, como você depende do WiFi para tudo, pode ser que aconteçam tropeços por instabilidades na rede.

Não é preciso nem falar de formatos, pois tudo o que o smartphone, computador ou tablet passar, o Chromecast passa também.

chromecast 3 08
Você pode transmitir quase qualquer mídia e espelhar o conteúdo do aparelho / © AndroidPIT por Stella Dauer

Google Chromecast 3 – Especificações Técnicas

Dimensões: 49 x 49 x 1,1 mm
Peso: 41 g
Versão do Android: Não disponível
Interface: Stock Android
RAM: 512 MB
Memória interna: 2 GB
Memória removível: Não disponível

Chromecast 3 – Não importa qual, todos eles são úteis

O Chromecast enquanto gadget é um dispositivo que eu recomendo a quem posso. É claro que ter uma Smart TV é algo bacana, um dos sonhos de consumo do brasileiro, mas você poder transformar quase qualquer televisor em um gadget conectado à internet pagando bem menos é utilidade pública.

Esse pequeno traz funções básicas e essenciais para qualquer televisor. Ele te livra de ter que assistir tudo pela tela do smartphone, e dá a liberdade de uma telona para ver seriados, filmes e vídeos no YouTube, além de ainda curtir uns jogos e música em seu sistema de som principal.

chromecast 3 10
Pronto para sua noite de cinema? / © AndroidPIT por Stella Dauer

Infelizmente, essa terceira geração do Chromecast chega cara e com quase nenhuma diferença em relação a geração anterior. Você ainda precisará do Ultra caso queira ver conteúdo em 4K. É difícil entender como 35 dólares (ou aproximadamente R$ 132) viram R$ 349 nesse país, mas acredito que ele deva cair de preço nos próximos meses, ainda mais porque o seu concorrente direto, o Amazon Fire TV Stick, que tem um controle remoto, está por R$ 289.

Para quem já tem a segunda geração, ele pode não valer muito a pena para um upgrade, apenas se você desejar loucamente os vídeos em 60fps. Mas para quem, como eu, tem a primeira geração, vale uma nova compra para se manter atualizado e ter uma imagem significativamente melhor.

E para quem não tem nenhum, o que está esperando?

Facebook Twitter 164 Compartilhado

31 Comentários

Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.
Mostrar todos os comentários