O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site. OK
3 min para ler 13 Compartilhado 15 Comentários

Google Wallet vs. Apple Pay: O que você precisa saber

Com o lançamento das novas versões do iPhone, a Apple também anunciou o Apple Pay. O serviço chamou muita atenção por introduzir pela primeira vez a tecnologia NFC em seus smartphones, recurso disponível para usuários Android desde 2011. Aproveitando a ocasião, resolvi comparar os serviços Google Wallet e Apple Pay e tirar algumas dúvidas que pairam no ar sobre os dois serviços de pagamento via app.

Google wallet Apple pay
Google Wallet vs. Apple Pay: quem copiou quem? / © Google, Apple, ANDROIDPIT

O que é o Google Wallet?

O Wallet é o sistema de pagamento móvel desenvolvido pela Google em 2011, e permite aos usuários armazenar cartões de crédito e de fidelização. Utilizando o serviço é possível fazer pagamentos e transferências entre contas do Wallet. O recurso "Tocar e pagar" foi recebido pela comunidade com muita expectativa, porém, a falta de suporte das lojas e o pequeno número de parceiros acabou fazendo com que o Wallet ficasse à margem do desenvolvimento do ecossistema de apps da Google.

Google wallet
Usando o recurso "Tocar e pagar" você pode usar a tecnologia NFC do seu smartphone e pagar pelos seus produtos sem a necessidade de cartões de crédito. / © ANDROIDPIT

O que é o Apple Pay?

O Apple Pay é sistema de pagamento eletrônico que também permite aos usuários fazer pagamentos usando o iPhone ou o Apple Watch utilizando a bandeira do cartão de crédito. Assim como o Google Wallet, o o sistema aproveita o NFC dos gadgets da maçã para realizar transações.

Apple pay
Usando o Apple Pay você pode fazer pagamentos via NFC em lojas que ofereçam suporte ao serviço. / © Apple

Diferenças e similaridades

Google Wallet Apple Pay
Lançado em maio 2011 Lançado em setembro de 2014
Funciona completamente nos EUA, e de forma limitada no Brasil e em diferentes países Funciona apenas nos EUA, mas a ideia é oferecer o serviço para o resto do mundo
Possui um cartão próprio e desconta do cartão do usuário o valor Utiliza a bandeira do seu cartão
Guarda os dados de todas as transações que você faz Não guarda os dados das transações
Pode ser usado em smartphones e computadores Pode ser usado em smartphones e smartwatches

Conclusão

Durante o evento de anúncio do iPhone 6, o CEO da Apple, Tim Cook, revelou que todos os dias, apenas nos Estados Unidos, os cartões de crédito são utilizados 200 milhões de vezes. Além disso, chamou este atual processo de pagamento de "bastante ultrapassado". Bom, de certa forma, concordo com ele, hoje em dia levamos o celular para todos os lados, e contar com um sistema pagamento móvel seria uma evolução natural que, infelizmente, a Google continua errando.

No final das contas, a verdade é que a Apple usou como base o serviço desenvolvido pelo Big G e, como sempre, aprimorou o mesmo. No caso do recurso lançado pela desenvolvedora do iOS, o usuário está em primeiro lugar, visto que pode utilizar seus gadgets para completar pagamentos de forma privada. Já quem conta com o Google Wallet está vinculado a um serviço voltado para a coleta dos dados de pagamento. Talvez com uma concorrente de peso, como a Apple, a Google coloque de lado o seu serviço de coleta e venda de dados privados em prol dos usuários.

E aí, estou curiosa para saber o que você acha dos dois serviços. Qual deles se encaixaria melhor no seu cotidiano e por quê? Deixe-nos saber o que você pensa nos comentários abaixo.

13 Compartilhado

Os comentários favoritos dos leitores

15 Comentários

Escreva um comentário:

O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site. Mais informações

Entendi