O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site. OK
2 min para ler 5 Compartilhado 7 Comentários

Hackers podem apagar remotamente dados de dispositivos Samsung

Pesquisadores de segurança descobriram que, com apenas uma única linha de código, aparentemente, hackers ou sites maliciosos podem invadir remotamente aparelhos celulares da Samsung e acabar com os dispositivos móveis dos usuários. O teste foi realizado em um Galaxy S2, Galaxy S3 e outros dispositivos da sul-coreana e depois de desencadeado o reset do smartphone, é impossível parar. Com certeza, por essa falha de segurança a Samsung não esperava!

O hack foi detalhado por Ravi Borgaonkar, na conferência de segurança Ekoparty, onde mostrou que usando um simples código USSD - que pode ser enviado a partir de um site, via NFC ou código QR - pode redefinir o Galaxy S3 ou mesmo outros aparelhos Samsung. Apesar do utilizador poder ver o processo acontecendo, mesmo que toque no dispositivo, não vai conseguir parar o reajuste. Além disso, não existe nenhuma maneira para que o usuário impeça a limpeza de acontecer, já que um leitor de código QR carrega qualquer site onde o código esteja armazenado, assim como no caso do leitor NFC. Somente aparelhos que executam o Samsung TouchWiz parecem ser afetados, pois discam o código automaticamente.

Pior que isso, é a informação de que existe ainda outro código USSD que pode ser usado para acabar com o cartão SIM. Bem como, deixar os usuários com o cartão microSD vazio.

Até agora, a falha de segurança encontrada afeta um número de telefones da Samsung, incluindo o Galaxy Beam, S Advance S, Galaxy Ace e o Galaxy S2. O fato do Galaxy Nexus ter Android stock parece impedir o telefone de ser afetado.

Por agora, o conselho é desativar o caregamento automático para qualquer código QR, NFC ou software de leitura que você usa, e não clicar em links que você não confie explicitamente. Felizmente, a Samsung vai apresentar um fragmento de segurança para o código rapidamente, como já foi compartilhado em sites como o Reddit.

Muito importante, antes de terminar a edição deste artigo, usuários do Twitter estão informando que alguns telefones da HTC (especificamente o HTC One X) também estão vulneráveis ​​a esta falha de segurança, de modo que este pode ser um problema muito maior do que se possa imaginar.

No vídeo a seguir, você confere Ravi Borgaonkar mostrando como o código malicioso age quando ativado, no exemplo, o pesquisador utiliza o Samsung Galaxy S2:

Link para o vídeo no YouTube

Fonte: Slashgear

5 Compartilhado

7 Comentários

Escreva um comentário:

O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site. Mais informações

Entendi