Nós usamos cookies em nossos sites. Informações sobre cookies e sobre como você pode se opor ao uso de cookies a qualquer momento, ou encerrar seu uso, podem ser encontradas em Política de Privacidade.

4 min para ler 25 Comentários

Conheça mais sobre ele: Android Go é bacana e já deveria existir há anos

No evento Google for Brazil 2018 que cobrimos (e cujos artigos você pode ver abaixo), tivemos a chegada do Android Go no Brasil e a apresentação de aparelhos de três marcas conhecidas no Brasil (Positivo, Alcatel e Multilaser) que trazem o sistema embarcado. Ao pegá-los na mão, vejo que o Android Go já deveria ter chegado há anos.

Embora sejam praticamente iguais, o Google informou que não irá cuidar dos updates de sistema e nem de sua velocidade de chegada. Me dá um pouco de receio essa informação, pois esses são aparelhos de baixo custo que quase certamente serão esquecidos em sua versão atual pelas fabricantes.

androidgo go 05
Um visual não muito moderno / © AndrioidPIT por Stella Dauer

Conheci e pude pegar na mão, manuseando por alguns minutos, uns cinco aparelhos com o Android Go. Todos eram essencialmente idênticos, apresentando apenas apps de ciamera diferentes, bem como um ou outro extra que a empresa colocou. De início, já vemos que não há muito interesse, nem do Google e nem da fabricante, em mudar muita coisa.

É possível dizer até que os aparelhos, mesmo de diferentes marcas, possuem design muito parecido. Alguns detalhes extras como um acabamento que imita metal escovado, mas em resumo todos se parecem um pouco com feature phones de 2015. Não há, também, preocupação com design novo.

Ainda assim, passa londe de ser um sistema ruim. Ao contrário, ele é bem interessante, pois parece mais simples de ser manuseado, sem perder a essência do que é o Android. Ainda temos barras de navegação iguais, e as cores são claras e suaves.

androidgo go 07
Até aqui, tudo bem parecido / © AndrioidPIT por Stella Dauer

Os ícones do sistema são quadrados com cantos ligeiramente arredondados e bem grandes, o que será bom para idosos e pessoas com dificuldades de visão. Porém, ícones de apps de terceiros (inclusive os das fabricantes) têm seus próprios formatos, o que deixa a gaveta de apps heterogênea.

androidgo go 06
Uma carinha bem dele / © AndrioidPIT por Stella Dauer

A home lembra muito a mais pura encontrada nos Pixel, contando com a barra do Google, widget de hora e um ponto na última faixa para mostrar os apps fixos e o atalho para a gaveta de apps.

androidgo go 04
Home do aparelho da Alcatel  / © AndrioidPIT por Stella Dauer

Os apps de câmeras apresentados pelas fabricantes são todos bem simples, mesmo apresentando alguns recursos como modo Profissional (algo perto do manual). Nada muda na tela de bloqueio também.

androidgo go 03
Cada fabricante terá seu app de câmera / © AndrioidPIT por Stella Dauer

No uso, apenas os aparelhos da Positivo estavam à venda oficialmente, então os dispositivos da Alcatel e da Multilaser ainda não estavam em suas versões finais. De toda forma, pelo que eu usei, estav tudo rodando normalmente.

Não, não estava nada super rápido ou fluido, comportamento de topo de linha. Nem comportamento de intermediário dá para dizer que tinha. Mas nada travou ou demorou demais, pareciam bons aparelhos de entrada, o que já cumpre o que esperamos do Android Go.

Ele parece tão óbvio e tão ideal para aprelhos mais simples que eu não entendo como ele não foi criado muito antes.

androidgo go 02
Área de configurações / © AndrioidPIT por Stella Dauer

Android Go é um erro ou um acerto?

O Android Go me anima porque é uma versão feita, de verdade, para aparelhos mais simples. Não existem no sistema coisas que não são suportadas por processamento menor, todo ele é otimizado para funcionar em uma qualidade mínima garantida pelo Google. Isso deve melhorar a vida das pessoas que só podem comprar esses aparelhos.

Porém, a crítica que fica é que o Google já deveria ter uma versão Go de seus sistema há muitos anos, pois feature phones e smartphones crus de entrada eram muito mais populares anos atrás. Há anos fabricantes colocam Androids pesados e sem otimização em aparelhos dual core com meio giga de RAM.

Me pergunto se essa não seria a hora de estarmos, sim, ajudando a baratear componentes para trazer aparelhos de entrada mais parrudos por preços ainda bem populares.

Você teria um aparelho com Android Go?

Os comentários favoritos dos leitores

  • celso brambilla há 3 meses

    Seria interessante se disponibilizassem esse GO para aparelhos antigos .......

  • Soterio Salles há 3 meses

    Sinto muito mas Android Go não é bacana não... Continuo defendendo a otimização do Android ao invés de uma fragmentação do mesmo.
    Google precisa aprender com a galera das Custom ROM sobre otimização e depois compartilhar com as demais fabricantes o segredo.

25 Comentários

Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.

  • Por mim Chips quadcore com 1.25, 1.3 , 1.4 e 1.5GHz já deveria ter desaparecido do mercado a dois anos atrás! Nós aparelhos de entrada era pra ser usado o SDM430, MTK6750, Exynos 7870, deixando o SD625 e similares para os intermediários básicos, SD660 e superiores para os intermediários Premium e os tops com os mais ignorantes! Essa insistência nos quadcore de entrada é ilógica e atrapalha o barateamento dos SoCs intermediários!


  • Aí vem o usuário usando Android Go e instala apps devoradores de RAM, facebook, instagram, messenger e mais umas dezenas q ficam em segundo plano comendo memória.... Nao terá benefício nenhum neste cenário.


  • O Legal é o pessoal aqui reclamar da lentidão do android, sendo que a imensa maioria não usa o android puro (pixel/nexus) ou pelo menos o android One.

    Galera, não é só a sk8n que torna o android puro, há fatores "invisíveis de cara" que tornam o android puro mais otimozado, é evidente que as UI das marcas coloca mais peso na OS em si e aí o google não pode fazer nada, já que ele vende só a licença dos Gapps, o android em si é Opensource, por isso que há tanto celular chinês android sem Gapps. Querem reclamar de fragmentação? Vão reclamar com as suas repectivas empresas, que - não - querem usar pelo menos o android One como UI única.

    E vamos lá, esse lance de fragmentação par mim sempre foi perfumaria, quem veio do "mundo linux" (mundo onde o android também está) já está acostumado com a tal "fragmentação", o Kernel é único, mas o resto tem dezenas de diferenças (nos celulares UI notificadas, nos PC linux distros) eu gosto muiiiiiiito dessas diferenças que o android traz, tenho opções desde celulares para essencialmente serem só celulares (e no máximo mexer no whatsapp) até celulares que rodam jogos ao nível do Vita se aproximando muito dos jogos do switch e com isso tendo opçoes reais de preço, não como um tal iphone popular aí chamado de SE....


  • Decepcionado com "o Google informou que não irá cuidar dos updates de sistema e nem de sua velocidade de chegada"
    Achei que a Google queria acabar com a fragmentação, achei que seria o sistema para celulares simples poderem estar atualizados.. mas né .. fazer o que ..
    Mas não deixa de ser um bom sistema, gostaria muito de testar um dia..
    E espero que as empresas lançassem um com um processador pelo menos mais atual que esses que tem vindo nos android go... (2014/2015 mediatek) e a ram venha sempre pelo menos 1gb até porque por 512mb pra fala que é pra economizar mas tbm poe um processador super ultrapassado é sacanagem.. economiza em um lado só e não tem como um celular de entrada praticamente de 2015 ser vendido hj em dia por 699....


  • público específico mesmo


  • Matéria feita por quem não entende nada do assunto! Quem usa custom ROM já tem acesso ao Android Go a quase um ano, e sabe que não compensa de forma alguma usá-lo. Ele é feio, capado, e o ganho em desempenho é nulo.


  • Há séculos que já deveria ter o Android Go, principalmente se consumir pouca memória RAM.


  • O Android GO é um sistema redirecionado a um público especialmente selecionado. Ao meu ver, é apenas mais uma fragmentação, então não dá pra dar uma afirmação concreta de que ganhará espaço no mercado.


  • Bom para as fabricantes.


  • "Você teria um aparelho com Android Go?" - Não. Será um sistema sem upgrades ou suporte de nenhuma das partes. E com isso, o Android se fragmenta cada vez mais.


  • "Google informou que não irá cuidar dos updates" ... já desanimei aqui.


  • Teria que usar para opinar .


  • Esse é o android bom, leve e pequeno, ótimo para todos aparelhos, google deveria fazer o P nesse estilo que todos celulares iriam voar... o IOS é nesse estilo, leve e super otimizado...

    mas ai os super caros e potentes não iam vender e empresas teriam muitas perdas$ de lucro...
    fabricantes de memoria RAM, CPU etc..


  • Eu imagino que ele não foi criado antes pelo fato das fabricantes não atentarem pra essa capacidade de lucro iminente em cima de aparelhos com hardware limitado e sistema dedicado, principalmente em países emergentes. Mas, depois que realmente perceberam que o uso do smartphone é algo relevante pra grande maioria da população, mesmo aqueles sem um poder aquisitivo considerável, resolveram investir nesse nicho.
    O problema é que muitos vão se aproveitar dessa ajuda (se é que se pode chamar assim) pra empurrar tecnologia, de uma certa forma, defasada pro público por um preço injusto.
    Se o meu ponto de vista é errado, por favor, me corrijam.


    • Pelo que a Stella disse em outra matéria, uma das condições impostas pela Google para se poder usar o Android GO em um aparelho é ter 1gb de RAM ou menos, se isso for verdade, eu não teria muitas esperanças em ver hardware novo em aparelhos assim. E em se tratando do Brasil, há o risco de vermos devices assim com preço de lançamento abusivo.
      Eu li em outro site que na Índia esses aparelhos com Android GO são lançados com preço que varia de 30 a 35 dólares, e mesmo na moeda local é barato. Já no Brasil, vamos ver.


  • Ao invés de Capar o Android o Google poderia torna-lo mais fluido como um todo sem criar uma versão separada para isso, além do mais já estão mais do que na hora dos aparelhos de entrada subirem o padrão para acompanhar a evolução


  • Sinto muito mas Android Go não é bacana não... Continuo defendendo a otimização do Android ao invés de uma fragmentação do mesmo.
    Google precisa aprender com a galera das Custom ROM sobre otimização e depois compartilhar com as demais fabricantes o segredo.

Mostrar todos os comentários

Recommended articles