Nós usamos cookies em nossos sites. Informações sobre cookies e sobre como você pode se opor ao uso de cookies a qualquer momento, ou encerrar seu uso, podem ser encontradas em Política de Privacidade.

3 min para ler 11 Comentários

Huawei confirma que está preparando sistema alternativo ao Android

Ao que tudo indica, a Huawei está desenvolvendo um sistema operacional que pode ser usado em futuros smartphones da marca no lugar do Android. A informação foi confirmada por executivos da empresa após uma série de rumores sobre o SO alternativo se espalharem desde setembro.

A Huawei está se preparando para não ter problemas mais sérios como os que a ZTE enfrentou com os Estados Unidos. Existe uma grande possibilidade de a empresa se tornar alvo de futuros embargos e decisões do governo Trump no que diz respeito a restrição da comercialização de produtos chineses no país norte-americano. Bruce Lee, vice-presidente de negócios da Huawei, confirmou ao site Android Headlines que a fabricante está trabalhando há algum tempo no desenvolvimento de um ecosistema alternativo e independente dos serviços do Google.

Conforme levantado pelo site, a decisão da Huawei segue como plano de fundo e não deve ter nenhum efeito prático nos produtos da empresa em longo prazo. O SO alternativo servirá para driblar possíveis embargos que Washington possa levantar contra chinesas, como foi o caso da ZTE, proibida de vender e comprar produtos de fornecedores norte-americanos devido a investigações relacionadas a práticas de espionagem industrial e de práticas ilegais de negócios em solo americano.

AndroidPIT china phones 5429
Crescimento industrial chinês pode gerar reação dos EUA contra Huawei / © AndroidPIT

O governo Trump manteve a restrição contra a chinesa, embora o governo tenha adotado uma série de medidas para que o embargo comercial não fosse bruscamente prejudicial à ZTE, que poderia entrar em falência devido aos contratos milionários mantidos com outras fabricantes e empresas do ramo das telecomunicações, como operadoras, entre outras importadoras de semicondutores.

A Huawei teme que o foco do governo Trump seja a chinesa em pouco tempo, como parte dos esforços dos Estados Unidos em enfraquecer a indústria chinesa que tem ameaçado a supremacia global norte-americana há alguns anos. A possibilidade de um terceiro sistema era prevista pelo mercado, como alertou Stella Dauer em análise publicada aqui no site:

Caso o embargo caia sobre a Huawei, a empresa conseguirá manter suas vendas aquecidas em países latinos, europeus e, sobretudo, na Ásia, o maior e principal mercado emergente do mundo em expansão. A marca tem investido mais em sua subsidiaria HiSilicon, que passou a expandir a fabricação dos processadores Kirin usados em seus produtos.

O sistema alternativo, segundo rumores, teria um nome próprio: KirinOS. A independência da Huawei em relação ao Google seria péssimo para os negócios da gigante de Mountain View, mas poderá ser necessária, politicamente, sobretudo, para sobrevivência da chinesa.

Fonte: AH, ItHome

11 Comentários

Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.

  • Sabendo o que deu as empreitadas da Samsung e LG nessa mesma direção, acho muito cedo definir esse KirinOS como uma ameaça.
    Na verdade, é um projeto que ainda passa muita desconfiança.


  • O Android é um sistema de código aberto, todos podem usar. Podem usar o Android de boa, sem a Google play, que é o que a google realmente controla. Pra que fazer um sistema novo pra ser independente e criar uma loja nova? Não é mais fácil usar o Android,. e, criar uma loja nova? Me corrijam se eu estiver errado, mas é assim que eu entendo. Tenho uma tv Box Android sem a google play, tem uma loja chinesa de apps, mas eu instalo apks nela e td funciona de boa. Boa sacada Mãe Stella Diná hahaha.


    • Na verdade ter um sistema proprietário tal qual é o iOS com a Apple é a idéia da Huawei. Controlar hardware e software, considerando que eles já desenvolvem os próprios processadores teríamos uma integração muito maior.
      Mas claro que isso requer grana, tempo e principalmente a aceitação do público...
      A Samsung até tentou fazer algo duas vezes. Primeiro com o Bada e a linha Samsung Wave e depois com o TizenOS e a linha Samsung Z, esse segundo fracassou nos smartphones mas é usado na linha Gear e nas Smart TVs da marca.


  • Os Estados Unidos sabotando as empresas chinesas, porque as americanas estão em quedas, aí é o cúmulo.


  • Excelente notícia para nós consumidores , quanto mais opções melhor.


  • Software vindo de um país que tem uma ditadura implacável??
    Marca de smartphone mt ligado a altos dirigentes politicos chineses?
    NÃO, MUITO OBRIGADO!!!
    Nunca.


  • Não é de hoje que leio algo parecido vindo da Huawei... Faz alguns anos que li algo parecido por aí...
    Será que teremos algo?


    • Acho que seria mais fácil se ela se formasse um consórcio com outras empresas chinesas e desenvolvessem um sistema em conjunto, pois público chinês eles têm, interesse do governo chinês em criar algo livre de qualquer controle americano eles têm, devs chineses eles têm aos montes, é só estimula-los a desenvolver pro novo sistema. Ou seja só não fazem porque não querem.


      • Uns anos atrás a Alibaba (do AliExpress) desenvolveu o YunOS que era um SO voltado ao público chinês e que rodava apps de Android, a Meizu por exemplo lançou smartphones com o sistema embarcado porém não vingou.
        Não sei dizer se essa empreitada da Huawei daria certo ou não mas acho que focar somente no mercado chinês já seria um erro.


      • Não sabia dessa. Pelo visto então é quase impossível derrubar a hegemonia Android/iOS.


  • Tomara que seja melhor que o Android e o iOS...
    Aí seria ótimo!

Artigos recomendados