Nós usamos cookies em nossos sites. Informações sobre cookies e sobre como você pode se opor ao uso de cookies a qualquer momento, ou encerrar seu uso, podem ser encontradas em Política de Privacidade.

ANDROID NÍVEL BÁSICO 5 min para ler 81 Comentários

O que é o IMEI e para que serve?

Em linhas gerais, o IMEI é um código que identifica o dispositivo mundialmente. Portanto, todo aparelho que seja legalizado e oficial terá esse número. Vamos mostrar agora quais são as funções e problemas fundamentais do número IMEI.

O que é exatamente o IMEI?

A sigla IMEI abrevia International Mobile Equipment Identity ou Identidade Internacional de Equipamento Móvel, e como mencionei, funciona como um identificador único do nosso smartphone, como se fosse o RG dele. Em realidade se trata de um código USSD pré-gravado no terminal do aparelho, na placa mãe dele.

imei code
O IMEI dentro do aparelho, atrás da bateria / © AndroidPIT

O USSD é um conjunto de serviços, uma tecnologia que permite às operadoras interagirem com os aparelhos e oferecerem coisas como o serviço de recarga, secretária eletrônica e outros, sendo similar ao SMS.

Poderíamos dizer que a diferença entre o USSD e o SMS está no fato de esse último incorporar um conteúdo intermediário, a mensagem em si, ao passo que o USSD é um conteúdo que se transmite diretamente do emissor ao receptor, e assim se cria uma comunicação interativa com um tempo de resposta mais rápido.

O código USSD incorpora cifras que identificam o fabricante ou o número de série do dispositivo.

Para que serve o IMEI?

Este código USSD é transmitido do smartphone para a rede quando o nosso dispositivo se conecta à rede celular. Dessa maneira, a nossa operadora reconhece de que aparelho se trata e, graças ao SIM, quem e de onde se faz a chamada. Ao mesmo tempo, mediante este código, a operadora pode ter acesso a várias informações sobre o nosso dispositivo para conhecer o estado do mesmo e verificar se é mesmo o que diz, evitando clonagens e outras ilegalidades.

O IMEI do seu aparelho está registrado no EIR (Registro de Identidade de Equipamentos), um banco de dados mundial. Dessa forma, operadoras e empresas de telecomunicação pelo mundo podem ter acesso a essas informações.

Um outro uso imporante para o IMEI do seu aparelho, e por isso vale manter esse número anotado em algum outro lugar, é o bloqueio do aparelho junto à operadora quando o seu aparelho tiver sido roubado. Se algo assim acontecer, ligue para a operadora, peça o bloqueio e informe os números do IMEi necessários.

Ao fazer o Boletim de Ocorência junto à polícia, informe também o IMEI para não ter problemas futuros caso encontrem seu aparelho.

Como sei qual é o meu IMEI?

A maneira mais simples é procurá-lo na caixa do dispositivo, bastando procurar a etiqueta colada nela que contenha o modelo do aparelho, bem como códigos de barra e o número do IMEI para cada slot de chip SIM que o smartphone aceitar.

E hoje em dia já é mais difícil encontrar aparelhos com bateria removível, mas caso seja esse o seu caso, o IMEI está presente também em uma etiqueta colada atrás dessa bateria.

WhatsApp Image 2017 12 27 at 12.03.39
É muito simples encontrar o IMEI no seu aparelho / © AndroidPIT (captura de tela)

E se não tiver nem caixa e nem acesso à bateria, um código em seu smartphone ajuda. Vá atéo app de telefone e digitar *#06#. O número aparece imediatamente na tela. Se por algum motivo não tivermos acesso a esse número por uma das maneiras descritas acima, a única solução é a assistência técnica do fabricante.

Problemas com o IMEI

O IMEI, como já deduziram, é muito importante pois permite identificar a rede para que possamos tanto nos conectar à internet como fazer e receber chamadas. Se por alguma razão o perdermos, será bem difícil recuperá-lo.

É importante que, quando atualizar o dispositivo ou instalar ROMs, tenha muito cuidado. Ao realizar alguma destas ações, alguns usuários se deram conta de que não podiam mais fazer chamadas ou se conectar à rede. Digitando *#06# sabemos se o IMEI foi perdido. Nesse caso, é preciso procurar a assistência técnica.

A melhor maneira de evitar problemas com o IMEI é fazer uma cópia de segurança da pasta que contém o IMEI e que se chama EFS. Para acessar esta pasta você precisará de um aplicativo como o Root Explorer (pago, mas vale a pena para quem mexe com root), e para instalá-lo é preciso ter acesso ao root do seu aparelho.

Atenção: não nos responsabilizamos por danos decorrentes de processos mal executados. Faça becape de tudo antes de mexer com root.

Para fazer a cópia, acesse o aplicativo, clique sobre o menu, copie a pasta EFS e cole-a em algum lugar seguro como o cartão SD ou a área de trabalho do seu PC. É importante que simplesmente a copie e não a recorte, senão causará danos ao dispositivo.

Se nas suas "brincadeiras de ROMs" com o dispositivo você perder o IMEI, basta copiar a pasta EFS que havia salvado, colá-la em seu lugar de origem e reiniciar o smartphone. De todo modo, recomendo muito cuidado com essa pasta e com o número IMEI.

Você já teve problemas com o IMEI do seu celular? Conte-nos o que houve nos comentários!

56 Compartilhado

Os comentários favoritos dos leitores

81 Comentários

Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.
Mostrar todos os comentários