Nós usamos cookies em nossos sites. Informações sobre cookies e sobre como você pode se opor ao uso de cookies a qualquer momento, ou encerrar seu uso, podem ser encontradas em Política de Privacidade.

4 min para ler 69 Comentários

S Pen é legal, mas é só para Samsung. Projeto de stylus universal existe e está tomando forma

Stylus sempre foram um assunto polêmico no mundo dos smartphones. Afinal, são úteis ou não? Fora a S Pen, da Samsung (e apenas para a Samsung), não há outro bom exemplo entre os aparelhos Android. São muitos os modelos bons para iOS, mas para Android a maior parte disponível são aquelas canetas que ganhamos de brinde que se transformam em stylus.

Poucos se atreveram a lançar modelos que precisassem dessa canetinha para complementar sua usabilidade. Popularizada nos tempos do Palm, no Android ela esteve presente, aqui no Brasil, em modelos da LG, uma linha que não era a mais top, tentando levar a stylus para a massa.

LG stylus 3
Lembra do LG Stylus? / © LG

Não teve muito sucesso, uma vez que era só um pedaço de plástico. As S Pen da Samsung possuem um nível bem mais alto de usabilidade, qualidade e precisão, mas só podem ser adquiridas junto à linha Note, a mais cara da empresa.

Estava mais do que na hora de aparecer um padrão no mercado, desses iguais ao do Bluetooth, WiFi e USB, para que as empresas possam seguir e uniformizar alguns detalhes. E esse projeto já existe e se iniciou em 2015, mas só nesse ano começa a tomar forma, com a recente entrada de novas empresas no grupo.

usi 2
Stylus atuais, inclusive a S Pen, sofrem com interferências / © USI

A Universal Stylus Initiative, ou USI, surgiu inicialmente com gigantes do mercado como Intel, Wacom (aquela das mesas digitalizadoras, experts em stylus), Synaptics, entre outras, e em 2016 lançaram a USI 1.0, as primeiras especificações do que deveria ser uma stylus universal.

Com essas especificações, empresas fornecedoras de componentes (as independent hardware vendors ou IHVs) e fabricantes (original equipment manufacturers ou OEMs) passaram a ter um guia para produzirem stylus que servissem em diversos equipamentos.

O USI é um formato aberto e não proprietário que define o método de comunicação pelo qual a stylus envia informação para o aparelho, sendo assim qualquer empresa pode utilizá-lo sem pagar por patentes relacionadas ou pelo protocolo em si. Assim, podem ser vendidas stylus com experiência consistente, personalizável e interoperável entre diferentes marcas e equipamentos, sejam smartphones, tablets, computadores, eletrodomésticos e muito mais.

usi 3Procure esse logotipo nos produtos  / © USI

Agora em 2018, novas e importantes empresas anunciaram a participação na inciativa, tais como Google, 3M, MyScript, Tactual Labs, Lattice Semiconductor e Maxeye Smart Technologies, se juntando a outras como Dell, Lenovo e Sharp. No total, são 30 membros comprometidos não apenas a melhorar o protocolo, como também a utilizá-los em seus produtos.

Até o momento, as principais funções de uma stylus universam devem ser:

  • Utilizar a tecnologia existente no senor de toque, chamada Mutual Capacitance (presente em quase qualquer aparelho com tela de toque)
  • Ser compatível com qualquer outro aparelho compatível com USI
  • Comunicação de duas vias entre aparelho e stylus
  • Guardar informações de cor de tinta e tamanho da pena na stylus
  • Possuir medição de inércia de nove eixos (sensores importantes para detalhes)
  • Contar com 4096 níveis de sensibilidade de pressão
  • Entre outros
usi 1
O protocolo USI 1.0 aceita múltiplas stylus ao mesmo tempo / © USI

Dessas especificações, uma das que mais chama atenção é a comunicação de duas vias, pois isso significa que veremos muito mais do que pedaços de plástico com o nome de stylus, e sim canetas realmente inteligentes, que armazenam dados, evitam interferência de outros eletrônicos e que farão jus a produtos evoluídos tecnologicamente de hoje. Stylus de plástico é coisa do tempo do Palm.

A USI não significa um bando de empresas reunidas apenas para escolher o que deve conter em uma stylus, e sim um bando de empresas que estão ativamente pesquisando para desenvolver novas tecnologias para tornar as stylus realmente úteis. Então, se você curte tecnologia, principalmente smartphones, fique de olho nessa iniciativa e cobre o seu fabricante preferido.

Você usaria uma stylus decente? O que deve ter em uma boa stylus para você?

Os comentários favoritos dos leitores

  • Sidney há 7 meses

    Caneta desse tipo só tem funcionalidade se ela se encaixar no aparelho, como na linha Note. Comprar uma caneta e carregar no bolso junto com o smartphone não é prático e poucas pessoas vão aderir a isso.
    Lembro da época do Palm Treo e quando a Samsung lançou o Omnia, que era muito superior ao Palm. Mas a maior reclamação de todos os usuários era que não tinha lugar para encaixar a caneta e aquele trambolho, que era pequeno, atrapalhava um monte.

  • Stella Dauer
    • Admin
    • Equipe
    há 7 meses

    Mas por enquanto não tem. Vamos ficar felizes com esse. ^^

  • Sidney há 7 meses

    Concordo que em um tablet não há tanta necessidade. Mas para andar nas ruas, como nós homens, fica meio ruim. Eu perderia muito rápido porque ia cair do meu bolso quando eu puxasse o smartphone. E no caso das mulheres, ficar procurando na bolsa também não seria legal.
    Porém, tenho um tablet 2014 edition que tem a caneta acoplada a ele e é muito prático.

  •   85
    Conta desativada há 7 meses

    Samsung é a única q sabe implementar bem a caneta , tem várias funções e utilidades boas

  • Deivis Schuman
    • Mod
    há 7 meses

    Eu preferia um projeto de melhor bateria

69 Comentários

Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.
Mostrar todos os comentários

Recommended articles