O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site. OK
38 Compartilhado 248 Comentários

Review do Moto G5: bom de aparência

Atualizado: Teste final

Foi durante o Mobile World Congress 2017 que a Lenovo introduziu seu novo intermediário: o Moto G5. Bestseller em todo o mundo, o novo dispositivo representa mais do que uma continuação de lançamentos da série, mas também a parceria entre a Motorola e a Lenovo mirando em um público mais exigente. Será que o Moto G5 vale a pena? Descubra em nossa análise completa.

Avaliação

Prós

  • Interface sem modificações
  • Preço
  • Boa tela
  • Bateria removível

Contras

  • Imagens ruins em baixa iluminação

Moto G5 – Data de lançamento e preço

O Moto G5 foi anunciado durante o MWC, em Barcelona no início do mês de fevereiro. O modelo foi anunciado no Brasil durante uma coletiva de imprensa da Lenovo, em São Paulo. O Moto G5 custa R$999,00 e está disponível para compra no varejo físico e online desde o dia 7 de março. 

Moto G5 – Desenho & Qualidade de Construção

Podemos notar à primeira vista que a Lenovo se esforçou para adaptar seu projeto intermediário aos modelos topo de linha da marca, como o Moto Z e o Moto Z Play. Encontramos na parte traseira a câmera acoplada em um módulo circular proeminente, característico da série, ame você ou não. Com isso, temos um modelo com superfície traseira plana.

AndroidPIT lenovo moto g5 1105
Acabamento frontal do Moto G5  © AndroidPIT

A principal diferença em comparação com seu predecessor está no tamanho e no formato do aparelho. Isso porque o Moto G5 não vem com a mesma tela de 5,5 polegadas, mas com um painel de 5 polegadas. Um levantamento feito pela Lenovo mostrou que telas grandes não interessam consumidores desta faixa de preço. O G5 é, portanto, muito agradável ao toque, apesar de seu visual um pouco desajeitado, o modelo passa despercebido pelo bolso da calça.

O toque engana, logo, é difícil saber se temos plástico ou alumínio em sua composição. Após várias análise, concluímos que temos alumínio na parte central da traseira, e policarbonato nos demais pontos do aparelho. A arte traseira, inclusive, é removível no modelo.

AndroidPIT lenovo moto g5 1128
Acabamento em alumínio com bordas em plástico © AndroidPIT

Outra novidade do Moto G5 é o leitor de impressões digitais, localizado na parte frontal do aparelho. O mesmo botão serve para fazer uso da navegação por gestos, que explico nos tópicos a seguir.

AndroidPIT lenovo moto g5 1142
Porta USB do Moto G5  © AndroidPIT

O Moto G5 não tem um visual excepcional, mas entrega um resultado final satisfatório e consistente. No caso dos modelos mais claros, o usuário notará com mais facilidade o microfone para ligações, que é basicamente um buraco ao lado do botão home.

AndroidPIT lenovo moto g5 1143
Parte esquerda sem nenhum botão © AndroidPIT

De modo geral, o Moto G5 não é o tipo de smartphone que causa aquela reação de "uau", mas tem suas vantagens, como tamanho compacto e aparência elegante.

Moto G5 – Tela

O Moto G5 tem um painel LCD IPS com definição Full HD de 5 polegadas. A tela oferece uma luminosidade adequada e está dentro da média de seus concorrentes. A legibilidade é excelente quando em condições de forte iluminação, desde que você aumente a taxa de brilho. Todos os detalhes são exibidos de forma legível, assim como as cores, que são bem ordenadas e vívidas. Existe um tom mais azulado em fundos brancos, mas isso é característica do painel LCD.

androidpit colors lenovo moto g5
Painel para ajuste das cores  © AndroidPIT

Entre as configurações da tela é possível calibrar as cores, escolhendo por tons mais amarelados ou azulados. Existem dois modos pré-selecionados: cores vivas ou normal. A diferença entre estes dois modos é mínima, salvo o aumento da saturação no modo vívido.

Moto G5 – Software

A interface do sistema presente no Moto G5 foi pouco alterada pela Lenovo. O modelo roda com Android 7.0 Nougat, que não é exatamente a versão mais recente do SO. Contudo, o G5 tem mais uma atualização do Android garantida, que no caso é o 8.0. Isso deve acontecer rapidamente após a liberação final do sistema, como aconteceu com o Moto G4 Plus.

moto g5 plus review moto actions
Opções do aplicativo Moto / © AndroidPIT

A Motorola fez algumas mudanças no app Moto, que agora controla as funções do botão físico para navegação a um toque. Existem outras características já conhecidas para ajuste pelo usuário neste app, como redução do tamanho da tela ou "agite para ativar a câmera".

AndroidPIT lenovo moto g5 1157
Botão sensível ao toque © AndroidPIT

Assim como o Google Pixel ou o Huawei P10, o botão físico oferece a função de navegação pelo sistema através de gestos, além de funcionar como sensor biométrico. Você pode desabilitá-lo, utilizando apenas os virtuais na tela. Deslizando com os dedos é possível trocar os apps (apps recentes), voltar e acessar o multitarefa. Um toque bloqueia o aparelho, que pode ser desbloqueada com a biometria pelo mesmo botão. Com o Nougat também é possível usar o recurso de multi-janelas.

AndroidPIT lenovo moto g5 7117
Voici le tiroir d'application du Moto G5. © AndroidPIT

Com relação aos apps de terceiros, eles são poucos, pois temos apenas a suíte do Google e alguns apps da Motorola que são bem úteis. Os apps pré-instalados e o sistema ocupam aproximadamente 8GB dos 32GB que o modelo dispõe de armazenamento.

Moto G5 – Performance

O Moto G5 é embalado pelo processador Snapdragon 430 (MSM8937), que é bastante popular entre os modelos intermediários que foram lançados no ano passado. Em comparação com a variante G5 Plus, não temos um ganho de performance significativo aqui, pois a Lenovo basicamente manteve o mesmo hardware do Moto G5 no G5. São 2GB de memória RAM e 32GB de armazenamento.

Se você tem alguma experiência com o Moto G4, não espere nada de diferente com a performance do Moto G5. Redes sociais, mensageiros, editores de fotos e jogos mais elaborados rodam sem problemas. No caso da execução jogos é importante ficar de olho no multitarefa sempre, pois o rendimento tende a cair facilmente nessas situações.

AndroidPIT lenovo moto g5 1126
O Moto G5 tem performance intermediária © AndroidPIT

De modo geral, o sistema roda bem, ainda que com animações lentas e sem muita agilidade entre as transições, como na troca de aplicativos. Temos um modelo intermediário, nada demais, portanto, não podemos exigir do mesmo um rendimento semelhante ao do Moto Z ou similar.

Abaixo, você confere o resultado do Moto G5 nos principais testes de benchmarks:

  • AnTuTu: 45.448
  • Geekbench 4: 
    • Single-core: 613
    • Multicore: 2.469
  • Vellamo:
    • Multicore: 1.439
    • Metal: 1.329
    • Browser: 2.034

Moto G5 – Áudio

O alto-falante mono do Moto G5 faz um trabalho bom, tanto para vídeos quanto para jogos. É claro que a qualidade do som não é perfeita, mas é satisfatória para a maioria das tarefas. Quando o volume está no máximo, dependo do áudio, a qualidade do som fica um pouco distorcida. A Lenovo poderia rever isso em seus próximos Moto G, que merecem sim saídas de áudio estéreo.

Você pode usar fones Bluetooth sem problemas, ou até mesmo outro de sua preferência. O emparelhamento é fácil e o som não fica destorcido. Qualquer opção que você escolher certamente será melhor que o fone que a empresa envia na caixa.

AndroidPIT lenovo moto g5 1137
A entrada para fones de ouvido convencional © AndroidPIT

Em termos de qualidade da chamada não encontrei quaisquer problemas. No metrô, em trânsito ou então dentro de casa, a qualidade do áudio se manteve igual.

Moto G5 – Câmera

O Moto G5 conta com uma câmera de 13MP, que não é dupla, mas conta com recursos básicos. O software se manteve pouco alterado, com as mesmas funções que tínhamos no Moto G4. Com relação a qualidade da imagem, as imagens ficam boas em condições adequadas, com iluminação forte e sem muitos movimentos. Agora, ao contrário, temos resultados inferiores, com ruídos pronunciados e baixa fidelidade de cor.

AndroidPIT lenovo moto g5 1144
Câmera traseira tem 13MP © AndroidPIT

O ruído, como mencionei, é bastante evidente, o foco é difícil de ser feito por algum problema na qualidade da lente ou com o software. Espere por resultados 'ok', pois essa não é uma câmera que surpreende pelos detalhes ou pela exposição controlada e fidelidade de cor. A câmera frontal é satisfatória também para uso em selfies.

O uso da câmera do Moto G5 exige certos cuidados, principalmente quando o modo HDR está ativado. Para economizar tempo e obter resultados melhores, opte por desativá-lo. A Lenovo oferece também um modo Pro que dá ao usuário maiores controles sobre o ISO, balanço de branco e entre outros aspectos.

No lado do vídeo, você pode gravar em Full HD a 60 quadros por segundo e HD em câmera lenta em 120 frames por segundo. No entanto, o sensor sofre dos mesmos problemas em pouca luz

Moto G5 – Bateria

A Lenovo havia prometido um dia de uso intenso com a bateria de 2.800mAh do Moto G5 durante seu lançamento. De fato, é possível atingir um dia e meio de uso moderado, devido ao software com poucos recursos e o hardware modesto. No teste de bateria do PCMark, o Moto G5 marcou 10 horas e 35 minutos  de tela,

Uma notícia que pode ser interessante para alguns: a bateria é removível. O sistema de carregamento Turbo Power também garante em alguns minutos de carregamento uma autonomia para várias horas. Em uso intenso é possível obter até 6 horas de uso.

Moto G5 – Especificações Técnicas

Dimensões: 144,3 x 73 x 9,5 mm
Peso: 144 g
Tamanho da bateria: 2800 mAh
Tamanho da tela: 5 polegadas
Tela: 1920 x 1080 pixels (441 ppi)
Câmera frontal 13 megapixels
Câmera traseira 5 megapixels
Flash: LED
Versão do Android: 7.0 - Nougat
RAM: 2 GB
Memória interna: 16 GB
32 GB
Memória removível: microSD
Chipset: Qualcomm Snapdragon 430
Número de núcleos: 8
Velocidade máx. 1,4 GHz
Conectividade HSPA, LTE, NFC, Bluetooth 4.2

Veredito Final

Em comparação com seu predecessor, o Moto G4, o G5 é um modelo que recebeu um design novo e poucas mudanças. Aliás, o modelo perdeu recursos para a versão Plus, como TV Digital, que não está presente no modelo mais simples. A Lenovo foi mais generosa no armazenamento, pois também tivemos a oportunidade de testar a variante européia, que tem apenas 16GB de espaço interno.

Ao menos no Brasil, a empresa apostou em uma opção mais viável, apesar de não mudar a memória RAM ou ter se esforçado para trazer câmeras melhores. O novo botão de navegação oferece uma interação interessante com o sistema, e a bateria também é outro ponto que não deve decepcionar, visto que existem modelos à venda no mercado com 3.000mAh de capacidade e que custam até cinco vezes mais que o Moto G5.

O Moto G5 vale a pena, mas esteja atento às suas limitações de performance e também com a câmera, que realmente não entrega resultados estáveis.

O que você achou do Moto G5?

 


Este artigo foi escrito em parceria com o editor Bruno Salutes, do AndroidPIT Brasil.

Moto G5 – Onde comprar

Separamos algumas ofertas para o Moto G5:

 

38 Compartilhado

Os comentários favoritos dos leitores

248 Comentários

Escreva um comentário:

  • Estou há cerca de 1 mês com o meu e já dá para ter uma noção melhor do aparelho.

    Acabamento:
    Eu acho besteira comentar (não estou falando você, falo de maneira geral), por que todo mundo vai usar capa mesmo para proteger, mas o pseudo alumínio é como se fosse um plástico diferente, quase um placebo mesmo.
    O ruim mesmo é que o aparelho escorrega igual sabão.

    Desempenho:
    Apps de redes sociais, navegação web, Youtube, alguns jogos de tipos e "pesos" variados, apps de uso próprio, uso tranquilo, fluído, muito raros casos de engasgos.
    Testei também o uso de dois aplicativos em tela dividida e funcionou bem.

    Tela:
    Muito boa em relação à visualização com sol diretamente em cima, basta saber regular o brilho necessário.

    Câmera:
    Muito boa como as capacidades são descritas, exceto para achar o objeto de foco de forma automática, nesse caso faz falta foco a laser. Até mesmo para macro ou pessoas paradas achei ruim, testei em apps diferentes também e modos de focagem, a melhor solução que encontrei foi botar o disparo ser feito tocando na tela que então eu forço o foco onde estou tocando não deixando "o celular" descobrir.

    Áudio:
    Baixo demais pelo auto-falante do aparelho, também no fone, que alias muito miserável de ruim.
    A dica nesse caso é utilizar um aplicativo de equalização, por que a Lenovo/Motorola fez o favor de desativar o aplicativo de equalização nativo no Nougat.
    Um grande problema para quem utiliza Whatsapp (e outros) nesse caso é ouvir áudios, pois quando se vai ouvir é preciso aproximar o ouvido em alguns casos, então o sensor de proximidade desativará a tela e por consequência o app irá parar a reprodução do áudio.

    Gravação de áudio:
    Muito boa, bem fiel utilizando app para gravação de áudio.
    Já o áudio gravado em vídeos é muito bom também, bastante fiel, só que existe a aplicação de filtros que ajudam a melhorar a qualidade, mas pode também capar certas frequências mais baixas (deve ser a fim de evitar saturação do áudio).


  • Estou com um Moto G 5 há uns dois meses. Vai aqui minha experiência:
    O Design é bonito, exceto o nome "Moto" acima da tela.
    A parte central da capa é de alumínio, mas as bordas são em plástico e isso me incomodou bastante pela diferença na textura dos materiais.
    O fone que acompanha o aparelho é bem fraco, mas reproduz com qualidade razoável e não incomoda os ouvidos.
    O sensor de impressão de digital funciona muito bem, mas quem transpira muito as mãos acaba sendo obrigado a secar o dedo na roupa às vezes porque o sensor não reconhece.
    O sistema é bastante fluido mas já constatei dois problemas, um deles muito sério. O primeiro é o app do Google que trava frequentemente, e o segundo (muito grave) é que após algum tempo, quando é ligado, aparece uma mensagem como se o bootloader do aparelho tivesse sido desbloqueado. Isso faz o aparelho perder a garantia sem nem mesmo o usuário ter feito nada. E são muitos os relatos sobre o problema.
    O desempenho com apps e jogos em geral é bom. Porém, esquenta muito quanto usado para reprodução de vídeos e jogos por muito tempo.
    O recurso de navegação por um toque é excelente.
    A autonomia da bateria também é boa.
    A câmera é boa mas demora muito para focar objetos muito próximos.

    Conclusão: Erros bobos estragaram um ótimo aparelho.


  • Provavelmente comprarei esse, queria o plus, mas o orçamento não vai dar.

    De todas as opções equiparáveis em preço, colocando custo/benefício em relação a números de benchmark e qualidades visíveis parece ser o melhor na faixa de preço.

    Zenphone 3 (perdeu por pouco, mas era uma opção), J7 metal, LG qualquer-coisa-na-faixa-não-presta, Vibe K6 (o plus está com preço de G5 plus).

    Falando apenas em possibilidade de compra no Brasil, sem importar, que aí não vale.


  • Não to gostando dessa camera saltada que é o novo padrao dos aparelhos da lenovo. Da impressão que tiveram preguiça de melhorar o design e fizeram as pressa aproveitando do moto Z. Que por sinal fora ele não faz sentido nos outros aparelhos esa camera. Do resto achei bem normal ele e nada demais.,


  • Achei bonito


  • Ótimo custo-beneficio, mas é muito feio!


  • muito mimimí nos comentários ao falar de um intermediário pra pessoas menos favorecidas que custa R$ 999.00
    querem esperar muito de um aparelho mais simples? comparações ridículas com outros aparelhos mais poderosos... nada a ver...


  • éeeeeeeeeee, feinho.To com ele em mãos, hoje começa o teste kkk
    Mas ele me lembra tanto a linha Rarz, não sei porque


  • É feio o G5, não tem jeito! Na verdade a lenovo vem alterando muito a linha.


  •   22

    ...


  • "Encontramos na parte traseira a câmera acoplada em um módulo circular proeminente, característico da série, ame você ou não."


  • quando lançaram o K5, pensei, poxa, que Hardware numeroso, vou dar uma chance a Lenovo, joguei 1.000 no lixo, bateria parecia uma pilha, tela mesmo com alta resolução possuía cores lavadas, a câmera então, nem se fala, uma vergonha, e eu tinha acabado de sair de LG G2 e Xperia Z2 respectivamente, então senti a diferença, e pra finalizar o sistema, nem patch de segurança recebia, quanto mais atualização, sistema todo bugado, com engasgos, volume baixando sozinho, esquecido pela Lenovo, enfim, Lenovo nunca mais, o K6 poderia ter vindo com Snapdragon 835 e 4 de RAM que eu não compraria, tinha pavor da Samsung pela famosa Touchwiz, mas resolvi dar uma chance e comprei o A5 2016, e rapaz, aparelho fantástico, ótima autonomia e processamento, tela Super Amoled pra categoria inigualável, uma ótima câmera pra categoria, acabamento tbm, até patch's mensais eu tô recebendo, tô até estranhando a Samsung...kkkk...e ela já anunciou que até Junho eu recebo o Nougat, então tudo isso me conquistou, e agora pretendo pegar o S7 esse ano.


  • Eu achei o design horrível, em tempos de praticamente só tela, um aparelho com essas bordas, chega a ser ridículo.


  • A Lenovo tentou colocar o design padrão da linha Z em todos os modelos, pelo menos na linha G, mas acho que não surtiu o mesmo efeito. Ainda não vi a linha G, mas se for comparar com os aparelhos primórdios da linha, dá a impressão que parece mais um Vibe K6 modificado, a empresa é a mesma, então poucas alterações podem ser possíveis e mais barato para a empresa. Agora, o Moto Z em design, esse eu já vi, e de fato até pelos vídeos, nota-se que a qualidade é bem superior.

Mostrar todos os comentários

O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site. Mais informações

Entendi