Nós usamos cookies em nossos sites. Informações sobre cookies e sobre como você pode se opor ao uso de cookies a qualquer momento, ou encerrar seu uso, podem ser encontradas em Política de Privacidade.

MicroLED: Apple está investindo pesado em nova tecnologia de tela

MicroLED: Apple está investindo pesado em nova tecnologia de tela

A Apple está investindo em uma nova fábrica de monitores para fabricar telas - para iPhones, MacBooks, iPads, Apple Watch e talvez outros produtos que hoje nem sequer conhecemos. Esta fábrica não tem sede na China, mas em Taiwan. A Apple procurou dois parceiros para este projeto. Porém, até vermos os MicroLEDs nos iPhones, vai demorar um pouco.

MicroLED é algo do futuro quando se trata de tecnologias de visualização. Basicamente, os MicroLEDs são semelhantes aos chamados OLEDs. Tanto nos painéis MicroLEDs como OLED, os subpixels são pequenos diodos emissores de luz que se iluminam sozinhos. Os visores OLED, porém, são feitos de um composto de carbono orgânico, enquanto o MicroLED é completamente sintético.

As cores e contrastes devem ser relativamente iguais para MicroLED e OLED. A principal diferença, no entanto, é o tempo de vida útil dos painéis da tela. Como os OLEDs utilizam material orgânico e, portanto, não estão protegidos contra a decomposição, os MicroLEDs devem durar muito mais tempo ou manter a sua luminosidade.

Espera-se que o investimento da Apple seja de cerca de US $ 330 milhões e será destinado ao especialista em LED Epistar e à produtora de painéis AU Optronics. Eles construirão então a nova fábrica para a Apple.

MicroLED ainda não está pronto para produção em série

Ainda pode levar algum tempo até que os primeiros painéis MicroLED para produtos da Apple saiam da linha de produção. Até agora, nenhum fabricante em todo o mundo conseguiu preparar os MicroLEDs para a produção em série. Atualmente, a produção ainda é muito cara, de modo que a produção em larga escala ainda não vale a pena. 

No CES de 2018, já vimos um conceito impressionante da Samsung: A tela gigante "The Wall" foi o destaque da feira naquela época e reflete a flexibilidade no design do produto que a mLED traz. O exemplo para MicroLED com UHD 2 (8K) e uma resolução de 7.680 x 4.320 pixels mediu incríveis 146 polegadas - o monstro da TV nunca chegou ao mercado. Em vez disso, a Samsung marcou seu território e mostrou o status atual das possibilidades usando esse protótipo.

Samsung The Wall straight
146 polegadas (diagonal de 3,71 metros) - a foto não reflete com precisão o quão monstruosa esta TV MicroLED olhou para o CES em Las Vegas / © Julia Froolyks

Os observadores do mercado assumem que grandes quantidades de displays MicroLED só podem ser esperadas a partir de 2024. Portanto, ainda há muita pesquisa e desenvolvimento a ser feito antes de podermos segurar qualquer dispositivo em nossas mãos. O local da nova fábrica deve ser escolhido de acordo: deve ser localizado diretamente em um parque científico. 

Via PCGH Fonte: CENS

ÚLTIMOS ARTIGOS

Artigos recomendados

Sem comentários

Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.
Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.