O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site.

33 Compartilhado 68 Comentários

Review do Moto 360: O sonho acabou!

Em março de 2014, a Google anunciava o Android Wear, o seu sistema operacional para dispositivos vestíveis capaz de rodar em diferentes hardwares, de diferentes fabricantes. Assim, no dia 18 de março, ouvimos falar pela primeira vez no Moto 360. Desde então, usuários ao redor do mundo sonhavam com essa peça de design, que une o formato dos relógio clássicos com a promessa de um software moderno.

Nas palavras dos engenheiros e designers da Motorola, “o Moto 360 é a reinvenção do clássico”, "icônico”, “uma incrível peça da tecnologia”, “veio para mudar o mercado”, “veio para ser o primeiro”. Porém, a bem da verdade é que o Moto 360 não se diferencia muito daquilo que lançamentos anteriores como o LG G Watch e Gear Live entregam enquanto experiência de uso, em alguns casos, a experiência é ainda inferior.

Avaliação

Prós

  • Design circular
  • Construção em metal
  • Mostradores bem desenhados
  • Carregamento sem fio
  • Resistente à água
  • Sensor de iluminação ambiente
  • Sensor de monitoramento cardíaco

Contras

  • Muito grosso
  • Bateria dura menos de 24 horas
  • Atrasos e engasgos
  • Pulseira mostra sinais de uso
  • Software inconsistente
  • Não possui conectividade wi-fi ou NFC

Motorola Moto 360 – Desenho & Qualidade de Construção

O Moto 360 se destaca entre os smartwatches por ser um dos únicos relógios construído em formato circular, além dele temos apenas o LG G Watch R. À primeira vista, o dispositivo vestível da Motorola é bonito e elegante, especialmente quando o temos na mão. A moldura em alumínio e a pulseira em couro legítimo oferecem uma expediência premium e o fato das margens do display estarem um pouco elevadas causam uma excelente impressão quando o dispositivo está com a tela apagada.

Motorola moto 360 12
Em comparação com a tela quadrada de outros smartwatches, o display circular do Moto 360 fica acima da concorrência! / © ANDROIDPIT

Entretanto, ao colocar o Moto 360 no pulso, a sensação muda de figura. Tenho uma vasta experiência quando o assunto são wearables, já usei o Galaxy Gear, o Gear 2, a Gear Fit, o Pebble, o LG G Watch e o Gear Live, mas nenhum deles me causou tanto estranhamento com relação à espessura quanto o Moto 360. Olhando a tela na direção do pulso, o relógio parece discreto, mas quando olhamos ele pela lateral, parece que estamos carregando um “ioiô” no punho.

Apesar de grosso, o Moto 360 é leve, pesa apenas 49 gramas e a pulseira de couro é macia, o que por um lado acaba sendo um problema, visto que fica facilmente marcada e pode mostrar sinais de desgaste rapidamente. As primeiras unidades do dispositivo serão comercializadas nas cores preta e prata e como a pulseira é a padrão de relógios comuns, não será um problema substituí-la. A Motorola também irá disponibilizar pulseiras com estampas e materiais diferentes no site da fabricante.

Motorola moto 360 13
Quando olhamos para a espessura do Moto 360, o gadget já não se parece mais tão elegante! / © ANDROIDPIT

O smartwatch é resistente à água, ou seja, você pode tomar chuva com o Moto 360 ou lavar louça, mas não mergulhá-lo na banheira ou na piscina. Aqui, é preciso destacar o fato de que a pulseira é de couro, logo, não é indicado que você molhe ela.

Na parte direita, encontramos um botão físico, com forte referência aos relógio clássicos que serve para ativar e desativar a tela, bem como mostrar as configurações quando pressionado longamente. É uma pena que a Motorola não tenha dado outras funções ao botão, tais como o acesso rápido aos aplicativos recém utilizados ou atalhos rápidos, pois isso seria muito funcional. Porém, claro que isso também vai depender da integração com o software que, atualmente, não oferece tal opção.

moto360 button
O botão físico do relógio inteligente da Motorola fica na lateral direita e possui poucas funções até o momento. / © ANDROIDPIT
moto360 mic
O microfone do Moto 360 está localizado na lateral esquerda. / © ANDROIDPIT

A parte traseira do Moto 360 é feita de plástico e traz na parte central o sensor para monitoramento da frequência cardíaca do usuário. Assim como no Gear Live, o sensor funciona com irregularidade, é necessário mais de uma tentativa para verificar os batimentos do seu coração e, claro, não é extremamente preciso.

Motorola moto 360 07
A parte traseira do Moto 360. / © ANDROIDPIT

Em termos gerais, a ideia por trás do Moto 360 é mais interessante quando idealizamos o aparelho do que quando temos ele no pulso. Assim, o design chama a atenção, mas ainda não é o smartwatch dos sonhos. O Moto 360 é grande e, quando olhamos para a espessura do gadget, ele fica bem menos elegante.

Motorola Moto 360 – Tela

A tela do Moto 360 usa a tecnologia LCD, possui 1,56 polegadas e vem com a proteção Gorilla Glass 3, da Cornning. Com uma resolução de 320 x 290 pixel e densidade de pixels de 205 ppi, a qualidade das imagens não é satisfatória, infelizmente. A impressão que tenho é a de que em vídeos e em fotos o display do Moto 360 é bem mais nítido e oferece melhor contraste que quando estamos efetivamente olhando para ele. Isso talvez ocorra por que a certa distância do rosto, não seja possível notar a distância entre os pixels, mas se você prestar atenção no ícone dos aplicativos nas notificações que aparecem na tela do gadget, você pode quase contar o número deles.

Outra impressão ruim é a refração das imagens na tela causada pela elevação das margens do monitor. Na imagem abaixo é possível notar perfeitamente este efeito:

moto360 distance
A tela é brilhante e nítida. / © ANDROIDPIT

Apesar da tela do Moto 360 ser circular, o display não é necessariamente redondo. Na parte inferior, os engenheiros da Motorola optaram por trazer um sensor de luz ambiente, que acaba ocupando um espaço na parte inferior da tela. Isso não é visível quando o fundo da tela é escuro, mas quando é claro não tem como escapar.

Mas uma coisa é certa, o sensor de luz ambiente faz uma diferença imensa na experiência de uso do Moto 360. Com ele, o aparelho adapta a luz da tela de acordo com o ambiente, evitando que você tenha que acessar as configurações para diminuir ou aumentar o brilho da tela sempre de acordo com o local em que você esteja.

Motorola moto 360 02
Apesar da qualidade da tela do Moto 360 deixar a desejar, os ângulos de visão estão acima da média. É possível ver os ponteiros das horas em 80-85º! / © ANDROIDPIT

Motorola Moto 360 – Software

O Moto 360 roda com Android Wear, o software para dispositivos vestíveis da Google, compatível com qualquer dispositivo com Android 4.3 ou superior. Quando olhamos para a época em que a gigante das buscas anunciou a parceria com a Motorola, percebemos que aquele gadget que aparecia no vídeo promocional do relógio é praticamente o mesmo que você irá encontrar nas lojas a partir deste mês. Logo, seria bastante lógico que o Moto 360 fosse bastante consistente, entretanto, assim como os demais smartwatches rodando com Android Wear, o relógio inteligente da Motorola deixa a desejar.

O software do Moto 360 torna possível interagir com o gadget a partir de comandos de movimentos e de voz. Aliás, o grande destaque do dispositivo é permitir aos usuários enviar conteúdo através de comandos inteligentes de voz, recurso bastante conhecido dos usuários do Google Now.

Motorola moto 360 06
A Motorola oferece mostradores muito bem desenhados e exclusivos! / © ANDROIDPIT

Desta forma, muitas das características da UI/UX do Moto 360 são inspiradas nos cartões do assistente de voz do Big G. Basta dizer que o OS gira em torno dos dados do usuário compartilhados a partir da conta do Google, usa a localização através do dispositivo móvel e envia notificações de serviços como Gmail, WhatsApp, Hangouts, previsão do tempo e outros aplicativos como Keep ou Duolingo, por exemplo. Na maior parte das vezes, a informação aparece quando você precisa, especialmente porque estamos falando aqui de lembretes que facilitam o cotidiano.

O que causa certo estranhamento é o fato de que muitas das funções para as quais utilizamos o smartwatch acabam sendo bastante invasivas, visto que todas as pessoas ao seu redor irão saber o conteúdo das mensagens trocadas por você. Como o Wear ainda não possui um teclado nativo do sistema ou de app de terceiros, tudo se torna público. Porém, é preciso admitir que os comandos de voz são muito bem-vindos quando estamos com as mãos ocupadas e precisamos enviar uma mensagem ou saber onde fica determinado lugar.

Motorola moto 360 04
Os comandos de voz permitem fazer buscas e enviar mensagens e responder e-mails! / © ANDROIDPIT

Com um toque na tela inicial, você inicia uma busca por voz, que também pode ser iniciada usando a hotword "Ok, Google!”. Ao deslizar o dedo de baixo para cima, é possível acessar o menu de recursos. O que torna o Moto 360 diferente dos outros relógios rodando o mesmo OS é o fato de que você pode pressionar longamente o botão físico na lateral do aparelho para ver as configurações de forma rápida.

Desde o anúncio do Android Wear, estou usando o Gear Live e posso garantir com certeza que este software precisa de uma revisão urgente, pois ainda está longe daquilo que promete. O caso do Moto 360 é ainda mais peculiar, pois a maioria dos aplicativos ainda não está adaptado para telas circulares, assim, mesmo tendo um display redondo, apps de terceiros aparecem em formato quadrado.

Motorola moto 360 09
Usando o aplicativo Connect, da Motorola, os usuários podem personalizar os mostradores desde a cor às informações no display. / © ANDROIDPIT

Entretanto, a Motorola acertou ao disponibilizar mostradores exclusivos e extremamente bem desenhados. Ao todo, são quatro diferentes designs, que podem ser customizados a partir do aplicativo Connect, da Motorola. Através dele é possível escolher as cores dos ponteiros e configurações específicas, de acordo com as funções de cada mostrador. Apesar da Google não permitir mudanças na UI do Android Wear, as fabricantes possuem alguma liberdade quando o assunto são os mostradores.

Motorola moto 360 05
Fazer buscas usando a pesquisa do Google é um dos destaques entre as funcionalidades do Moto 360! / © ANDROIDPIT

Por último, mas não menos importante, é preciso dizer que a Motorola, assim como a Samsung, possui um sensor de batimentos cardíacos integra ao sistema via Android FIT, o software para monitoramento de dados das atividades físicas dos usuários. Através do comando de voz “mostrar minha freqüência cardíaca”, o usuário passa a receber informações em tempo real sobre seus batimentos cardíacos. As informações são coletadas através do sensor presente na parte debaixo do dispositivo. O Moto 360 também consegue medir a quantidade de passos dados pelo usuário.

Motorola moto 360 08
Usando o Android FIT você conta os seus passos diários e ainda pode armazenar os dados das suas atividades físicas! / © ANDROIDPIT

Motorola Moto 360 – Performance

O Moto 360 não possui uma boa performance e desempenho de hardware. Talvez isso seja explicado pelo fato de que o aparelho é embalado com o mesmo processador utilizado pela Motorola no seu primeiro smartwatch, o MOTOACTV, de três anos atrás. O chipset é o TI OMAP 3, baseado em apenas um core ARM Cortex-A8, este processador foi uma grande novidade em 2011, logo, não é realmente uma surpresa que as trocas de telas do Moto 360 apresentem lentidão e engasgos de quando em quando. A comparação de performance neste teste forma os demais dispositivos rodando com Android Wear e que trazem o Snapdragon 400, de 2013, entre as suas especificações.

Levando em consideração a linha moto em si, meu palpite é que a fabricante optou por esse processador com o objetivo de cortar custos de fabricação. O problema é que esta escolha talvez possa ter comprometido uma parte do projeto: a bateria (falarei sobre isso no tópico correspondente). Com relação ao hardware, o Moto 360 possui 512MB de memória RAM e 4GB de armazenamento interno.

Motorola moto 360 01
Assim como utilizamos o Google Now para agendar lembretes, o Android Wear é capaz de fazer o mesmo! / © ANDROIDPIT

O Moto 360 não possui Wi-Fi ou NFC, o pareamento com smartphone acontece através do Bluetooth 4.0. A empresa informa que a distância máxima entre o smartphone e o dispositivo deve ser de 45 metros. Porém, muitas vezes a conexão com o smartphone termina com 30 metros de distância. Meu apartamento possui cerca de 60 metros quadrados e o controle de mídias, por exemplo, não funciona sempre.

Aliás, o pareamento do Moto 360 com o smartphone é quase sempre uma dor de cabeça e, ao contrário de dispositivos como o Google Glass, que possui wi-fi embarcado, o Moto 360 se torna inútil sem essa conexão, pois todas as funções inteligentes, como recebimento pesquisa por voz e envio de mensagens se tornam impossíveis. Logo, se isso não funciona, você vai andar por aí com um relógio de R$899,00 no pulso, apenas.

Motorola moto 360
Sem conexão, você pode acabar com um relógio caro no pulso! / © ANDROIDPIT

Motorola Moto 360 – Bateria

Logo que os smartwatches rodando com Android Wear foram anunciados, uma das grandes críticas era relativa à baixa autonomia da bateria destes gadgets. Com relação a isso, o Moto 360 chegou prometendo até 2,5 dias de uso sem necessidade de carregamento. Só que isso não se comprovou possível, pelo contrário, logo que o aparelho chegou na redação, notamos que em pouquíssimo tempo de uso, a bateria havia caído quase que pela metade.

Entretanto, no final de mês de setembro, a fabricante disponibilizou uma atualização para corrigir os problemas com a bateria e, na medida do possível, obteve sucesso. Após o update, a bateria do Moto 360 passou a durar até 24 horas. No meu teste, o relógio permaneceu funcionando das 8 da manhã de segunda-feira às 8 da manhã do dia seguinte. Vale dizer que essa média se manteve nos dias posteriores.

Motorola moto 360 11
O Moto 360 carrega 50% em 30 minutos. / © ANDROIDPIT

Contudo, vale dizer que durante o tempo que estive com o relógio para esta análise, usei os serviços de envio de mensagens via Hangouts, e-mail e WhatsApp, de chamadas e lembretes. Também utilizei o Moto 360 como controle de mídia no meu caminho para o trabalho e para ler os vários e-mails que recebo pela manhã. Além disso, fiz algumas pesquisas usando a busca do Google e pratiquei meu italiano e alemão usando o Duolingo.

Mesmo com este comportamento que considero moderado, e usando o relógio no modo “tela ativa” desabilitado, foi necessário carregar o Moto 360 pelo menos uma vez, em algum momento do dia. Se você analisar que seu laptop e smartphone já demandam carregamento diário, somar mais um gadget a isso gera incômodo, especialmente quando os benefícios do uso do mesmo esbarram na limitação do software.

Motorola moto 360 10
O carregador sem fios do Moto 360 é uma mão na roda, extremamente prático! / © ANDROIDPIT

Um destaque do relógio inteligente da Motorola, é o fato de que o mesmo pode ser carregado sem necessidade de fios. Com ele, a fabricante entrega um carregador com tecnologia Qi de carregamento e, apesar de ser um pouco grande, ele é bem desenhado e pode ficar sobre a sua mesa de trabalho ou ao lado da cama. Assim, para carregar o Moto 360, basta depositar o relógio sobre ele será carregado automaticamente.

Algo que me chamou a atenção é que o tempo de carregamento é rápido, em 30 minutos você possui 50% da carga. Mas também não é nenhuma surpresa, visto que a capacidade da bateria do Moto 360 é de 320mAh.

Preço e Disponibilidade

O Moto 360 foi anunciado no início de setembro, mas só deve chegar no mercado brasileiro no final de outubro. Em contato com a Motorola, fomos informados de que o novo smartwatch da fabricante pode ser comprado pelo preço de R$899,00. O que é bastante interessante, levando em consideração que chega acima do valor das variantes do Moto G.

Motorola Moto 360 – Especificações Técnicas

Tela 1,56 polegadas, LCD, 320 x 290; 205 ppi, Gorilla Glass
Processador TI OMAP 3
Sistema Operacional Android Wear
RAM 512 MB
Memória interna 4 GB
Bateria 320 mAh, carregamento sem fio
Peso 49g (modelo com pulseira de couro)
Sensores pedômetro, frequência cardíaca
Conectividade Bluetooth 4.0 Low Energy
Dimensões 46mm x 11mm
Certificação IP67

Veredito Final

O Moto 360 foi anunciado como “a reinvenção do clássico”, um gadget “icônico”, “uma incrível peça da tecnologia”, e que “veio para mudar o mercado” e “ser o primeiro”. O sonho de vermos o primeiro smartwatch no formato clássico terminou com a entrega de um hardware de segunda mão e um software que ainda está em estágio de desenvolvimento. O fato da Motorola ter inovado em termos de design quando pensamos em dispositivos vestíveis, não foi suficiente para colocá-la acima daquilo que já existe hoje no mercado.

Asus ZenWatch NoWatermark 10
O Moto 360 possui um visual que à primeira vista se mostra muito elegante, mas o software ainda é muito inconstante. / © ANDROIDPIT

Na minha opinião, o Moto 360 não é o divisor de águas e é a provas de que o Android Wear precisa de mais que um design bonitinho, precisa ser muito mais funcional. É claro que você pode ter uma boa expediência com o dispositivo, fazendo com que ele se transforme em uma ponte entre os serviços que você possui hoje no seu celular e a possibilidade de tornar o instante da informação mais curto.

No final, o Moto 360 pode ser um bom smartwatch, isso vai depender do tamanho da sua expectativa pelo dispositivo. De forma alguma posso dizer que este é o melhor gadget rodando com Android Wear no mercado, mas ele possui um desenho muito bem pensado, apesar da sua espessura. De qualquer forma, já é possível ter o Moto 360 e, consequentemente, o sonho teve um fim! 

33 Compartilhado

68 Comentários

Escreva um comentário:

  • Boa tarde Pessoal .... Acabei de comprar moto 360 e estou adorando, só fiquei decepcionada pois achei que ia conseguir fazer ligação e receber (falar e ouvir ) e na verdade só vejo quem esta me ligando, mas mesmo assim não aparece o nome da pessoa que me ligou, estou certa ou estou fazendo alguma coisa errada, por favor me ajudem... obrigada


  • Acredito que tenham que atualizar essa matéria. Comprei o meu e estou viciado nele, uso intensamente o dia todo, até momento (11h25m da manhã) está com 80% de bateria ainda. Respondo SMS, e-mail, facebook, Whatsapp e etc tudo por ele, além de sempre ter que mostrar como funciona o reconhecimento por voz e a frequência cardíaca. Paguei R634,84 no site da Fast Shop, é uma promoção exclusiva para o mês de outubro. Fica a dica.


    • eu peguei o de aço nessa promo mas me arrependi! Já estou devolvendo. Achei até interessante mas bem supérfluo! Queria tanto ter viciado que nem vc pq amo novidades, mas de fato achei bem bobo! :(


  • Eu uso a segunda geração do Pebble, que se chama Pebble Time. É possível conectar com qualquer Android, há notificações de praticamente todos os aplicativos, e é possível responder qualquer notificação com frases prontas ou por voz. Além disso, a bateria dura perto de uma semana. A única crítica é que ele arranha fácil.


  • Uma pena terem colocado uma bateria tão ruim . O relógio em si é muito versátil, vc pode trocar tudo, tem umas pulseiras super legais, de metal, couro, borracha, etc. Fica lindo no pulso, impossível passar desapercebido, mas a bateria ..... uma pena.


  • A BATERIA É O CALCANHAR DE AQUILES DO MOTO 360, DESIGN IMBATÍVEL. NO USO DIÁRIO PERDE PARA O PEBBLE POIS NESTE A BATERIA REALMENTE DURA 2a 3 Dias é com folga.
    vou vender meu moto 360 e ficar com o meu pebble steel black


  • artigo extremamente tendencioso!!!! Todos os artigos q vejo nessa pagina sobre o moto 360 falam como se ele fosse um desastre,mas a experiencia de uso é realmente ótima e creio q todos até agora concordaram,então por favor revejam esse artigo


  • Essa ultima atualizacao do moto 360 diz que ele pode se conectar no wifi, mas vcs nao disseram que ele nao tem suporte??

    Como assim, ele ja tinha um chip para o wifi e agora que ele foi atualizado ele ira usar esse chip??


  • Camila o Moto 360 tem sim Wifi

    o próprio presidente da Motorola falou isso

    motorola-blog.blogspot.com.br/2015/04/moto-360-its-time-for-update.html

    Agora nessa nova atualização ele será ativo


  • Peguei duas chuvas esse mês com o relógio e posso garantir que ele é bem resistente a água.


  • O review foi fraco, já que não queriam concordar com os outros reviews, podiam ter feito um review mais completo, também podiam ter atualizado o review, pois o Android Wear 5.0 quase dobrou a vida de bateria do relógio, melhorou o desempenho, a conexão bluetooth (que ficou mais estável) e também o leitor de frequência cardíaca (não falha mais). Podiam citar que pode armazenar músicas no próprio relógio e quando vai correr ou malhar pode ouvir música direto dele, usando um fone bluetooth, sem precisar levar o celular.


  • Eu tenho Moto 360 a um mês, o que eu mais gosto é do visual, a caixa larga que você tanto reclama eu ADORO. Tudo é muito subjetivo, jamais utilizaria outros smartwatchs que me parecem bizarros, quando a utilização vai de cada um, eu descubro novas a cada dia, como uma viagem que fiz de moto e o gps no pulso me salvou numa cidade que não conhecia.


  • Nossa, nunca vi um review esculachar tanto um aparelho desse jeito. E o que quiseram dizer quanto: " O sonho acabou?". Eu, assim como você Camila, já testei a maior parte dos smartwatches existentes e me surpreendi com o Moto 360. Ele não me decepcionou em NENHUM quesito e sinceramente eu não sei o que você fez para ele te deixar tão desapontada. Discordei em VÁRIOS quesitos, por exemplo, falar que ele é muito grosso? Se o principal foco de vocês é falar que ele é parecido com um relógio tradicional então vocês TEM que comparar ele com um tradicional. E se fizerem isso vão ver o quanto ele é "grosso". Cometer atrasos e engasgos? Eu não percebi isso e muitas outras pessoas e sites também não. Sistema inconsistente? Devemos lembrar que o Android Wear é uma nova plataforma? Não precisava nem falar que tem muito que melhorar, né? E por ser o melhor no quesito smartwatch, acho que deveriam ter pegado mais leve. Imagina quando fizerem o review de outros... SÓ vai ter reclamação. O único ponto positivo que vi vocês falarem foi o design. E ainda falaram mal da pulseira. Lembrando que ela pode ser trocada, ok?

Mostrar todos os comentários

O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site. Mais informações