O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site. OK
6 min para ler 15 Compartilhado 50 Comentários

3 motivos que me fariam comprar o Gear S2 em vez do Moto 360 Sport

A diversidade de smartwatches está aumentando significativamente no Brasil. Agora, apenas no início de 2016, os usuários brasileiros já contam com dois novos modelos de relógios inteligentes no mercado, o Moto 360 Sport, da Motorola, e o Gear S2, da Samsung. Tivemos a oportunidade de testar ambos os relógios e neste artigo você confere as 3 principais diferenças que fazem do Gear S2 Esporte a melhor escolha.

1 - O Samsung está custando menos que o Motorola

Se no universo dos smartphones os modelos da Samsung são mais caros do que os da linha Moto, no mundo dos relógios inteligentes a situação muda um pouco. Ambos os fabricantes lançaram versões de seus smartwatches destinadas ao público que pratica esporte e incluíram apps que monitoram passos, peso e as atividades físicas do usuários.

Assim, basicamente as funções do Gear S2 são as mesmas do Moto 360 Sport, como montar um diário de suas atividades e sincronizá-las com o smartphone, por exemplo.

Com isso em mente, um ponto muito importante durante a escolha de um novo relógio inteligente é o preço. Todos nós sabemos que os smartwatches ainda não oferecem uma relação custo/benefício interessante para os usuários, no entanto, o Gear S2 Esporte consegue uma certa vantagem em comparação como preço do Moto 360 Sport.

moto360seginto
Visual do Moto 360 Sport / © ANDROIDPIT

O modelo da Samsung foi anunciado no Brasil há três meses por R$ 1.899,00. Entretanto, o preço de lançamento já foi alterado em diversas lojas e o relógio sul-coreano já pode ser encontrado por aproximadamente R$ 1.700,00. O Moto 360 Sport, por sua vez, foi lançado custando R$ 1.999,00 e está disponível apenas no site da Motorola neste primeiro momento.

Vale lembrar que a primeira geração do Moto 360 foi lançada por R$ 799,00, o que era considerado por muitos um valor alto para a época de seu lançamento - meados de 2014. Atualmente, o modelo é comercializado pelo dobro do valor de seu predecessor e, além disso, custa quase 300 reais a mais do que o atual preço promocional do Gear S2.

2 - A Samsung desenvolve o software em casa

Diferente do Moto 360 Sport, o Gear S2 roda com o sistema operacional Tizen. Podemos dizer que o SO da Samsung está mais polido do que o Android Wear, do Google, que está presente no relógio inteligente da Motorola. A empresa sul-coreana realizou diversas modificações no software para torná-lo mais usual e integrado ao hardware.

Afinal, essa é uma das vantagens do desenvolvimento do software em casa: o fabricante tem o controle total sobre o software e o hardware, tornando a integração entre ambos mais interessante. Isso fez com que o conteúdo, por exemplo, esteja adaptado a tela circular do relógio e que exista uma integração entre os apps e a coroa superior que envolve a caixa do smartwatch - que é giratória.

Além disso, o Tizen é mais intuitivo e possui diversos aplicativos pré-instalados de fábrica, que acabam contribuindo para uma rotina mais produtiva com o Gear S2. A loja de apps do Tizen é equivalente ao Google Play, oferecendo opções de mostradores para a tela, aplicativos de saúde, apps de personalização e alguns utilitários.

samsung gear s2 10
O Tizen permite mais customizações e integrações com o hardware. / © ANDROIDPIT

O Android Wear também é um sistema excelente, no entanto, o grande diferencial oferecido pela Motorola fica por conta do aplicativo Moto Body, visto que toda a interface do SO é padronizada para qualquer modelo de smartwatch.

Claro, a compatibilidade do Android Wear é maior, chegando tanto para os dispositivos Android quanto para os iOS, da Apple. Entretanto, o Gear S2 também é compatível com uma gama enorme de dispositivos Android e, inclusive, a Samsung pode expandir sua compatibilidade com novos modelos a qualquer momento. Consulte a lista de dispositivos compatíveis com o Gear S2.

3 - O NFC fará a diferença dentro de alguns meses

O NFC pode ser algo pouco lembrado ou útil para a maioria dos usuários, no entanto, ele é fundamental para o funcionamento de alguns serviços de pagamentos móveis, como o Samsung Pay. Assim, com a chegada do serviço de pagamentos da fabricante sul-coreana ao país, o Gear S2 será um dos dispositivos compatíveis com o sistema.

O serviço da Samsung pode ser algo restrito na opinião de alguns usuários, no entanto, se tratando de um smartwatch de quase 2 mil reais, é importante que este seja compatível com as novidades que serão lançadas no mercado, certo?

samsung gear s2 12
O Gear S2 será compatível com o Samsung Pay./ © ANDROIDPIT

Ainda sobre as tecnologias mais recentes, é preciso dizer que o Moto 360 Sport possui o Bluetooth 4.0, enquanto o Gear S2 roda com o padrão 4.1. A diferença pode parecer mínima, mas, já que estamos falando de tecnologias vestíveis, o padrão mais recente do Bluetooth oferece suas vantagens.

O Bluetooth 4.1 chega a ficar inativo quando o acessório é afastado do dispositivo pareado, economizando ainda mais energia. Outra vantagem do Bluetooth 4.1 é que os dados da rede são armazenados por mais tempo, fazendo com que a conexão seja restabelecida rapidamente quando perdida. Este é mais um ponto para o Gear S2.

moto360smartphone
O Moto 360 conectado ao app Moto Body. / © ANDROIDPIT

Afinal, por que eu consideraria o Gear S2?

Como menciono no início do artigo, existe uma grande oferta de dispositivos vestíveis no mercado brasileiro. Portanto, precisamos estar atentos aos mínimos detalhes que envolvem estes relógios inteligentes, principalmente os que estão em sua segunda geração, como é o caso destes dois smartwatches.

Aparentemente, ambos são iguais: resistentes à água, contam passos e são acessórios high-tech que todos nós gostaríamos de ostentar. Porém, algumas diferenças técnicas podem impactar na autonomia da bateria ou no rendimento diário, desde sensores mais antigos até versões pouco funcionais de aplicativos.

Pelo conjunto da obra, o Gear S2 se sai melhor: o sistema é mais polido, o preço é competitivo e, em breve, o dispositivo estará pronto para fazer uso de novas tecnologias, como o pagamento móvel. O Moto 360 Sport é um ótimo produto, mas, custa caro e está tecnicamente limitado.

E você, teria um destes dois smartwatches? Qual característica você leva em consideração na hora de escolher um dispositivo vestível?

15 Compartilhado

Os comentários favoritos dos leitores

  • Tiarles N. 21/jan/2016

    Agora eu quero entender pra quê eu vou gastar 2mil em um "relógio" que só serve para visualizar notificações que o smartphone recebe? E ainda a bateria desses relógios não passam de 3 a 5 dias enquanto um relógio cassio que custa uns 200 reais dura em média 5 a 10 anos a bateria...

    Eu prefiro tirar o smartphone do bolso para ver as notificações do que gastar 2k em um "relógio inteligente"

50 Comentários

Escreva um comentário:

  • Olha, até pode ser que vocês tenham razão, porém como que você afirmam algo sem terem feito o comparativo tendo os dois aparelhos em mãos? Que materinha tendenciosa hem?!


  • Se entre o Android e o Tizen (ou qualquer outra monstruosidade desenvolvida pela Samsung) você escolher o Tizen... Sério, busque tratamento. Só uma pata e os editores do Android Pit escolheriam o Tizen. A primeira porque é um animal, já o segundo porque foi pago pela Samsung pra falar bem do seu lado mais podre, o software.


  • Tem como fazer um artigo sobre Casio Smart Outdoor Watch WSD-F10 ?


  • O Gear S2 é de longe um melhor negócio que o novo Moto 360, em todos os aspectos.
    Mas, há um porém:
    - Ambos, pra mim, não estão dentre os mais bonitos (característica que pesa, sim, na hora de comprar um dispositivo desses);
    - O preço que nas gerações/versões anteriores já era astronômico para um dispositivo como esse, já se encontra em outra galáxia.


  • Publiquem esse review no TizenPit! Atualizações da Samsung para os smartwatches é igual ou pior do que as do telefones, em um ano o Moto 360 teve duas atualizações que acrescentaram funcionlidades ao passo que o Gear S2 vive na estagnação, nem parea-lo com um telefone não Samsung eu consigo.


  • Esses preços dos smartwatches estão mais absurdos que os preços dos smartphones na minha opinião. R$ 799,00 já era caríssimo pra um relógio. Desse jeito a moda dos smartwatches não vai pegar. O gadget é bem supérfluo e ainda cobram caro por isso? Gente pelo amor de Deus dá pra comprar um LG G4 com esse dinheiro, onde as fabricantes estão com a cabeça?


    • estão virando um item de moda, igual o Apple Watch e o preço subindo cada vez mais, só vai comprar quem quer #ostentação, quem realmente valoriza seu dinheiro não vai nem chegar perto.


    • a questão não e as fabricantes e sim o problema e o BRASIL que na onde no exterior que tudo la sai um smartphone top por 600 a 400 dolar aqui sai por 4000 reais


    • Concordo! Os preços destes gadgets ficam ainda mais caros quando comparados a um jogo de pneus, cara, é possível rodar mais de 40 mil km com um jogo de pneus que custam em torno de R$1.000,00!!! Onde está a lógica para custarem tão caro? E ainda dizem que o problema do Brasil são os impostos! (Não defendendo tal realidade, mas, só pra pensarmos sobre isso.)


  • Faltou o quarto motivo: Ter bastante dinheiro pra pagar 2,000 em um relógio!


  • O que mata esses relógios são os designs cara. Esse negócio de plástico. Desde novo nunca curti esses modelos, parecem relógios de criança, mesmo que existam uns bem caros nesses tipo, mas enfim. Poderia vir num estilo Rolex, Cartier, invicta, sei lá, menos essas pulseiras de plástico medonha.


  • Feliz com meu Gear 2 apesar de não conseguir parear ele com meu LG G4 "Se alguma alma caridosa conseguiu essa proeza por favor me explicar como, ansioso para comprar uma pulseira da xiaomi para acompanhar meus treinos diários e juntando dim dim para ano que vem pegar um Gear S


  • Eu pensava em trocar de smartwatch até flashear o Android Wear no meu Gear 2. Não sei como se comporta as novas versões do Tizen, mas no Gear 2 achei bastante limitado. Infelizmente o Android Wear não possui suporte a câmera e auto-falante, se não ficaria perfeito


  • Peguei um Gear S usado e tô gostando bastante! Tem um design bonito, diferente. Mesmo tendo sido lançado mais tempo, ele já vem com o BT 4.1, como o seu sucessor. A duração da bateria é satisfatória. A interatividade com o aparelho é interessante. Os aplicativos existentes ajudam bastante.
    Agora sempre tem um pra criticar o que não conhece. Pra muitos pode não ter utilidade, pra outros têm. Os Smartwatches a princípio tem mais utilidade pra quem pratica exercício. Mas aos poucos vão se mostrando bastante útil pra outras coisas tmb.


    •   77

      Eu também tenho o Gear S e vejo um monte de gente falando bobagem dele só porque não tem. O problema do Gear S2 é que eles retiraram o viva-voz e o atendimento do telefone através dele. Isso é muito útil, principalmente quando você está dirigindo ou está com as mãos ocupadas com outra coisa. A Samsung tem a mania de retirar coisas úteis de seus aparelhos, tornando eles sempre muito parecidos com a concorrência.


  • Estou há aproximadamente dois meses com o S2 e não tenho do que reclamar. A bateria dura dois dias facilmente, a integração com o meu Moto X Style é perfeita, além de ele ter a tela toda em uso, e ser bonito o suficiente para ser confundido com um relógio convencional.


    •   77

      O problema, como disse acima, é que você não pode atender o telefone por ele, porque a Samsung retirou o viva-voz. Isso para mim foi o maior erro dela.


  • Só o fato de usar Tizen me faz optar pelo moto360. Mas 2K está fora de cogitação para meu bolso 😕🤔😏

Mostrar todos os comentários

O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site. Mais informações

Entendi