Nós usamos cookies em nossos sites. Informações sobre cookies e sobre como você pode se opor ao uso de cookies a qualquer momento, ou encerrar seu uso, podem ser encontradas em Política de Privacidade.

2 min para ler 163 Comentários

Motorola em crise: demissões, menos Snaps e Moto X5 cancelado

Uma pequena bomba caiu essa semana. De acordo com o site Android Police, mudanças enormes estão acontecendo na Motorola, e isso inclui a demissão de um grande número de engenheiros em Chicago, Estados Unidos, o fim da fabricação de alguns Moto Snaps de nicho e até um possível cancelamento do Moto X5.

De acordo com a fonte, 190 pessoas teriam sido demitidas, chegando ao ponto de um dos dispensados dizer que “a família Moto Z foi irreversivelmente impactada”. Pouco depois, a Motorola emitiu comunicado oficial confirmando as demissões, mas falando que a linha Z vai continuar.

moto x5 dl 980x596
Vazamento do Moto X5: pode ser que não chegue./ © DroidLife

Apesar da relativa segurança da linha premium da Motorola, outras coisas foram ditas sobre o restante da linha. As fontes dizem que a empresa vai se focar apenas nas linhas Z, G e E para consertar o estrago que uma linha confusa e grande demais fez a empresa, parando de produzir aparelhos que não vendem.

E se isso significa que não teremos mais um Moto C, também significa que o Moto X5 está morto. Apesar de diversos vazamentos terem mostrado o possível design do aparelho, a Motorola aparentemente está deixando de lado um produto que não vendeu tão bem quanto esperado, principalmente por borrar as linhas entre o Moto Z2 Play e o Moto G5S Plus.

O impacto chega também nos Moto Snaps, que estavam sendo lançados mensalmente. As informações dizem que a Motorola passará a se concentrar apenas nos acessórios mais populares, abandonando os de nicho. Isso significa que continuam capinhas e baterias, mas que coisas como gamepads e medidores de glicose devem ficar de fora.

É bom lembrar que, apesar de prometer transformar a Motorola em uma área lucrativa para a Lenovo em apenas 6 meses, isso nunca aconteceu. No último relatório da Gartner, sobre o último trimestre de 2017, ela não teve força sequer para figurar entre as expressivas, e ficou na categoria Outros (a LG e a Sony também, aliás).

vendas smartphone gartner
As chinesas estão domindando! / © Gartner

Apesar de tudo, podem ter boas notícias no meio disso tudo. Com um foco mais apurado e uma linha mais enxuta, podemos ver as atualizações tomando velocidade novamente, e produtos mais confiáveis podem estar a caminho.

Com um aviso desses, só nos resta esperar pelos lançamentos para saber com certeza o que fica e o que vai.

O você acha que a Motorola vai fazer em 2018?

Os comentários favoritos dos leitores

  • Paulo Wanderley da S. há 7 meses

    Penso que a Motorola não deveria matar a linha X. O grande problema foi lançar o Moto X4 como um intermediário concorrendo com o Moto G5S+ e Moto Z2 Play. Para mim, a Motorola poderia ficar assim definida:
    Moto Z: aparelho premium focado na modularidade;
    Linha X: aparelho premium focado em custo x benefício;
    Linha G: aparelho intermediário;
    Linha E: aparelho de entrada com Android One.

  • Léia M. há 7 meses

    Se a linha voltar a ser só Z,G e E é ótimo, assim vão ter um foco melhor.
    E esses snaps menos populares com preço elevado a maioria nem chegou por aqui mesmo; nem vai fazer falta.
    O que realmente fez falta foram as style Shells e snap de bateria que quando fica disponível no site acaba muito rápido.

  • Agnaldo há 7 meses

    O primeiro passo é admitir o problema pra começar a resolver, então já começou.

    Porém eu mataria os "GS" junto, pra ficar com E de Entrada, G intermediario, Z play intermediario + e Z/force top.

    Pois já não consigo ver a diferença entre moto G5s plus e Z2 play

  • Marcelo Neri há 7 meses

    Pois é, a estratégia Samsung não deu certo na Lenovo e agora tenta voltar a era que a Google comandava a empresa.
    Prevejo a Motorola mudando de mãos novamente em breve...
    A qualidade da linha G melhorou com relação a linha 4, mas ainda vejo muita gente reclamando!

  • Sidney há 7 meses

    Para mim, uma empresa muda totalmente quando passa para outras mãos. A Motorola original estava muito ruim, não conseguindo acompanhar o mercado. Então veio a Moto Google que revolucionou a marca. Mas foi vendida para a Lenovo que deu um jeito de transformar em um aparelho mediano, sendo alguns com muitos problemas.
    Acho que a Lenovo/Motorola vai ter que se reinventar se quiser conquistar o público novamente.

163 Comentários

Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.

  • Motorola já foi aquela cuja a pessoa comprava seus smartphones de forma tranquila pois sabia que teria seus smartphones rapidamente atualizados! Depois que a LEnovo colocou a mão isso não existe mais! Linha G5 até hoje aguardando o Oreo, e já lançaram a linha G6.


  • Lenovo, faça um favor: Venda a Motorola e dê a ela uma chance, pois vcs já deram prova da incompetência bizarra.


  •   42
    Conta desativada há 7 meses Link para o comentário

    E a Motorola(apelidado por mim por Lixonovo, porque essa situação não se parece nenhum pouco com a situação da verdadeira Motorola)ainda coloca Apps escondidos nos aparelhos(não aparece em nenhum menu, mas vem de fábrica)! Veio um tal de App Widget que nem sei o que é. E um tal de Prip(app da Nextel, patrocinado por MotoTalk[nem sei o que é isso]), eles nem aparece no menu das configurações nem em aplicativos mas você instalando algum app gerenciador descobre esses apps escondidos ocupando memória RAM e desperdiçando o poder do processador!


    •   42
      Conta desativada há 7 meses Link para o comentário

      O meu Moto G5 Plus tem uns bloatwares irritantes que vou mostrar nessa lista que vou fazer:
      App Box
      App Widget(escondido)
      Uns 5 a 6 apps de inserção de teclado da Google
      Google Play Filmes
      ID Lenovo(já temos uma prova, nem Moto G é mais, agora é Leno G ou Lixo G)
      Mecanismo em conversão de texto
      MotoCare(vive consumindo espaço com dados, já esta com 600 MB ou mais de dados desse app)
      My Consumer Cellular(na boa, esse app realmente não tem utilidade)
      Prip(faz o celular travar e descarregar rápido, mesmo sendo top de linha)
      Republic Wireless(A Lixonovo está com mais apps desnecessários do que a Samsung)
      TalkBack(se ativar estraga o celular se ele estiver com senha)
      Jesus, a Motorola virou Lixonovo mesmo
      São mais apps do que a Samsung mesmo!
      Acho que a Lenovo quer virar a Samsung!


      •   42
        Conta desativada há 7 meses Link para o comentário

        Bora protestar contra esses apps de outros países que a Lixonovo coloca em nossos Moto G(Leno G, diga-se de passagem)! Se não tirarem esses apps no Oreo estarei em um processo contra a Motorola! Tenho todos os prints aqui!


      •   3
        Conta desativada há 7 meses Link para o comentário

        vai processar sim kkkkkkkkkkkkk


    •   42
      Conta desativada há 7 meses Link para o comentário

      Saudades da verdadeira Motorola, não essa Lixonovo! Nem sabia desses apps até instalar um app gerenciador! A Lixonovo se superou no nível do esconderijo! Tá pior do que a Samsung!


      •   3
        Conta desativada há 7 meses Link para o comentário

        Cê tem problemas ? , quer levar ban de novo ? , vamos parar com essas gracinhas por favor ??


  • Sei lá, as vezes eu acho tão fácil resolver esse problema que não da para acreditar que até hoje não pensaram nisso. A Motorola precisa de 4 linhas de produtos.

    E (entrada)
    G (Intermediário)
    X (top)
    Z (top premium)

    Hoje todos os aparelhos da Motorola são quase idênticos, em aparência e em especificações e ai que esta o problema (Z, X e G concorrem entre si em algumas configurações). Se for para rivalizar com a Samsung, as linhas tem que estar mais bem definidas.

    Moto E x Galaxy J (entrada)
    Moto G x Galaxy A (intermediário)
    Moto X x Galaxy S (top)
    Moto Z x Galaxy Note (top premium)

    Lembrando que a Motorola ganhou os brasileiros pelo custoxbeneficio de seus produtos, e isso talvez é o que também tem faltado para ela.


  • motorola se enrolou toda querendo fazer varios smarts no mesmo segmento, deveria ter ficado só com o moto e, moto g e moto x


  • Eu sempre achei uma grande piada de marketing uma empresa ter diversas linhas de smartphones.
    Pra mim, se eu fosse CEO da Lenovo/Motorola, deixaria apenas 3 linhas:

    E = básico com Android One
    G = intermediário com opções de telas 5' e 5,5' com o mesmo hardware pra ambos, mas com exclusividade pra câmera, bateria, RAM etc
    Z = topo da gama sem versão play

    Os dois últimos com a versão Stock do Android e a empresa que deixasse seu launcher como opcional pra quem quiser instalar. Não tem dor de cabeça pra atualizar os aparelhos se tudo fosse mais organizado.


  •   42
    Conta desativada há 7 meses Link para o comentário

    Eu acho que só deveria ter a linha E, G(um G normal e um G Plus para simbolizar o intermediário premium) e X(ou Z)!


  • natural e inevitável, empresas existem pra gerarem lucros e dividendos. Tudo mais fora disso é blablablá .


  • Pra colocar 300 aparelhos de cada linha, a Samsung já faz. Era sucesso com a linha enxuta e com rápidas atualizações. Mas resolveram mexer pra vender mais... toma...


  • O você acha que a Motorola vai fazer em 2018?
    Se continuar com essa bagunça de querer fazer mudanças radicais demais em uma marca que ficou conhecida por causa do seu custo/benefício, um período de tempo consideravelmente curto para atualizações e uma certa qualidade no quesito software/hardware, logo logo a Motorola vai pro buraco. A Lenovo deveria saber que a marca tem prestígio ocidental e ela fica querendo colocar características de dispositivos orientais sem primeiro haver uma transição discreta pra que assim haja uma aceitação maior do público em geral.
    Um outro ponto negativo foi o fato de acabar com uma linha que era a mais aclamada pelos usuários da marca sem um motivo aparentemente razoável para colocar um modelo que perde por causa do design (justificável apenas por causa da modularidade). Houve fragmentação de séries sem uma necessidade lógica e por fim traz de volta a lunha X com bugs e com uma data de morte praticamente certa.
    Como que esse troço chamado Lenovo quer crescer?


  • Só acho que a linha x deveria continuar


  • Primeiro fazem enquete dizendo se foi bom a Motorola "oferecer diversidade quando comparado a concorrência" e, depois, postam uma pesquisa contrária.

    Vai entender a galerinha q escreve aqui...


  • Considerava a Motorola como "a Apple dos Androids", porém quando começou a bagunça by Samsung desapontei.

    Qualidade acima de qualquer coisa, na minha opinião, quem compra Motorola hoje são usuários que tem ainda aquela ideia de ter um sistema "by Google" com qualidade de hardware e manutenção.

Mostrar todos os comentários

Artigos recomendados