Nós usamos cookies em nossos sites. Informações sobre cookies e sobre como você pode se opor ao uso de cookies a qualquer momento, ou encerrar seu uso, podem ser encontradas em Política de Privacidade.
O Galaxy Fold é o novo Note 7? O que está acontecendo com o dobrável da Samsung?
Samsung Galaxy Fold Samsung 5 min para ler 7 Comentários

O Galaxy Fold é o novo Note 7? O que está acontecendo com o dobrável da Samsung?

Quem acompanhou o noticiário tecnológico dos últimos dias sabe que a Samsung está no centro de uma polêmica envolvendo o Galaxy Fold. Algumas unidades enviadas para testes apresentaram problemas em poucos dias de uso nas mãos de alguns jornalistas, o que foi o suficiente para gerar uma repercussão negativa em torno do produto fazendo com que a marca cancelasse temporariamente seu lançamento no mundo todo. Afinal, o que está acontecendo?

Antes de lançar o Galaxy Fold, a Samsung abriu a pré-venda do dispositivo e enviou unidades de testes para os principais sites e youtubers ao redor do mundo, sobretudo veículos norte-americanos, onde a pré-venda do aparelho havia começado há pouco tempo. Em pouco menos de três dias dos primeiros testes, no entanto, apareceram os primeiros relatos de problemas com a tela dobrável do aparelho.

Basicamente, os principais canais e veículos dos Estados Unidos foram os primeiros que relataram problemas com a tela do Fold, como o The Wall Street Journal, o The Verge, a CNBC, a Bloomberg e o youtuber Marques Brownlee. Desses cinco casos, três estão relacionados a película que vem aplicada de fábrica na tela e que não poderia ter sido removida do aparelho, embora essa informação não estivesse clara no material do produto, segundo relato dos próprios jornalistas. Já os outros dois problemas envolvem defeitos na exibição do painel, sendo uma tela preta na parte esquerda da tela em modo tablet e no outro linhas brancas que foram a letra "L".

No caso da tela esquerda escura, no entanto, há evidências de que a pane tenha sido causada também pela tentativa de remoção da película, enquanto que as linhas na tela denunciadas pelo The Verge parecem problemas de "mal uso". Nesse último caso, sujeiras ou resíduos entraram em contato com o painel através da abertura que existe no meio do aparelho entre o revestimento traseiro e a tela. Esse problema pode ter acontecido durante as filmagens do vídeo review do canal quando uma peça feita em argila foi utilizada em uma das cenas.

jbareham 190417 3377 0022.0
Abertura ao meio e fragmento dentro da tela que ocasionou o problema das linhas / © The Verge

É claro que a Samsung tem sua parte de culpa em todos esses casos por não ter alertado sobre riscos e problemas que o Fold poderia apresentar em certas situações. Qualquer usuário, por exemplo, se sentiria tentado a remover a película que vem aplicada no display em casa. Sujeiras também poderiam entrar na parte interna do aparelho pelo bolso da calça de qualquer pessoa. Apesar dos problemas, o caso do Galaxy Fold segue um caminho diferente do que aconteceu com o Galaxy Note 7.

Galaxy Fold é o novo Note 7?

As diferenças entre ambos os casos são muitas, pois aconteceram em tempos e situações diferentes. Os primeiros problemas envolvendo o Note 7 ocorreram nas mãos dos consumidores em diferentes países e quando o modelo era vendido no varejo. Na ocasião, o aparelho explodia após um determinado período de uso e pegava fogo e, basicamente, nenhum caso foi relatado de imediato ou pelas mãos da imprensa antes de sua chegada ao varejo. Fora que o caso do Note 7 era bem mais grave.

No caso do Fold, a Samsung teve a chance de interromper a pré-venda do modelo e aproveitar os problemas para aperfeiçoar o material que acompanha o produto no sentido de orientar melhor seus futuros compradores. A expectativa é que o Fold chegue aos consumidores sem oferecer nenhum risco ou fragilidade em uso prático.

É claro que a onda de problemas nessa fase pré-lançamento pelas mãos de alguns dos maiores veículos do mundo acabou gerando um "burburinho" totalmente negativo em torno do produto. Me arrisco a dizer que a percepção negativa sobre o lançamento foi mais rápida com o Fold do que o Note 7 por ela ter acontecido com a imprensa e também pelo hype gerado em torno da novidade.

samsung galaxy note 8 note 7 length
Galaxy Note 7 foi retirado de circulação após muitos e muitos relatos de problemas / © AndroidPIT

Como fica o lançamento do Galaxy Fold?

O lançamento do Galaxy Fold foi suspenso por tempo indeterminado até que a Samsung reforce a tela do modelo para evitar problemas nas mãos de seus primeiros compradores. A Samsung, em comunicado à imprensa, disse que "substâncias encontradas dentro das amostras defeituosas contribuíram para os problemas de desempenho da tel dobrável". A marca também prometeu reforçar a documentação e os manuais que acompanham o modelo afim de evitar que os usuários removam a película protetora da tela.

Vale lembrar que muitos outros sites e canais no YouTube, como o Coisa de Nerd e o Unboxing Therapy também testaram o Galaxy Fold e não relataram nenhum problema com o aparelho. O que pesou, no final das contas, foram os problemas pontuais que aconteceram com veículos grandes e a falta de preparo da Samsung em comunicar melhor os cuidados que o usuário precisa ter ao manusear esse novo tipo de produto, além de testar melhor o produto antes de enviar os exemplares de teste.

E aí, será que muita gente vai deixar de comprar o Galaxy Fold? Você teria um?

7 Comentários

Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.

  • É o que está parecendo.


  • Vish nem compare com o Galaxy Note 7... O caso do Fold ainda tem solução...
    Ele não iria vender horrores mesmo então acho que ainda podem ter uma boa venda.


  • Pode até corrigir os problemas, mas o estrago com a imagem do produto já está feito.


  • Bah, eu não compraria essa bomba. Pelo preço teria que ser um aparelho que além de extraordinário fosse muito resistente e não estragar com a simples retirada de uma película da tela...


    • Pra mim os maiores problemas do Fold são as horríveis bordas da tela externa e o horrível notch da tela dobrável. Se não fosse por estes dois problemas eu até compraria um, estes problemas isolados antes da pré venda apesar de complicados, não me assustaram, afinal só um dos 5 casos parece uma falha de produto, os casos restantes deixam claro que se trata de mal uso.
      Sobre a "simples película da tela", a gente não está falando de uma simples película mas sim de uma das camadas da tela flexível, foi um erro grotesco de quem removeu isso sem consultar antes de era possível ou não. O fato é que nenhum consumidor sabe lidar com uma tela flexível, logicamente a Samsung falhou em não colocar um aviso mais evidente porém isso não muda o fato de que foi um problema causado por mal uso (quer os usuários saibam ou não como deve ser o uso correto da tela).


  • Falta de informação por.parte da fabricante e falta de ensaios práticos , acredito que a Samsung rapidamente corrigirá os problemas , eu não teria um pois não tenho interesse em.ser um early adopter e nem dinheiro para comprar algo tão caro, mas no caso do post , temos que saber o % de aparelhos que deram problemas , quantos foram distribuídos ? Só assim podemos chegar a uma conclusão


  • São problemas completamente diferentes. Mas o fato de serem da mesma marca podem ser interpretados igualmente, como falta de cuidado não só nos testes, mas como na própria fabricação.