Nós usamos cookies em nossos sites. Informações sobre cookies e sobre como você pode se opor ao uso de cookies a qualquer momento, ou encerrar seu uso, podem ser encontradas em Política de Privacidade.

100 dias com o OnePlus 6T: alguma coisa ainda não me convence

100 dias com o OnePlus 6T: alguma coisa ainda não me convence

Tive a chance de usar o OnePlus 6T como meu dispositivo principal por algum tempo e, como sempre, sendo ele um smartphone de respeito, decidimos realizar nosso tradicional review de longo prazo. Esta foi nossa experiência com o carro-chefe da marca chinesa após 100 dias de testes.

Uma das principais medidas de qualquer smartphone topo de linha é descobrir como ele se comporta a longo prazo. A OnePlus é conhecida por ser capaz de criar dispositivos de ponta que ainda se comportam como tal mesmo depois de algum tempo. No entanto, após cerca de três meses e apesar das várias atualizações e patches de segurança, ainda há algo que não me convence nesse smartphone.

oneplus 6t mclaren edition 09
Na maior parte do tempo, usei a "Edição McLaren" do OnePlus 6T / © AndroidPIT

Neste ponto, é prudente um aviso: quem teve o prazer (ou desprazer, dependendo do seu ponto de vista) de ler meus reviews no passado sabe que sempre tento encontrar a todo o custo os piores aspectos dos dispositivos. Então, fique à vontade e espere ficar desapontado e discordar de mim a qualquer momento.

E mais, convido vocês a usarem a caixa de comentários no final deste artigo e me ajudar a mudar de idéia sobre os aspectos que menos me convenceram no OnePlus 6T.

Um dos melhores smartphones de todos os tempos

A OnePlus é conhecida por tomar decisões que outras marcas geralmente evitam. Estas, no entanto, são levadas em consideração após receber feedback de sua comunidade, um aspecto muito importante que em pouco tempo trouxe a marca a um nível excelente no mercado. No entanto, mesmo que o desenvolvimento do 6T tenha seguido esta prática, existem algumas decisões que certamente a OnePlus tomou de forma independente, como deveria ser.

oneplus 6T 12
Materiais, construção e ergonomia à prova de quaisquer mãos / © AndroidPIT

O design do OnePlus 6T é certamente muito especial e bem cuidado em todos os detalhes. A curvatura na tampa traseira resulta em uma melhor ergonomia e o vidro polido que foi usado consegue criar efeitos de luz verdadeiramente admiráveis. Não há dúvidas: até hoje, sempre que pego este dispositivo em minhas mãos sinto uma sensação de qualidade.

Uma das decisões mais importantes da empresa foi eliminar o conector de fones de ouvido e implementar pela primeira vez um sensor de impressões digitais sob a tela. Portanto, a linha que a marca chinesa pretende seguir é bastante clara: acompanhar os tempos e nunca ser ultrapassada pela concorrência, especialmente em termos de design.

Não tive problemas no uso a longo prazo. Pelo contrário, pude apreciar a ergonomia deste smartphone todos os dias, especialmente porque em muitos casos consegui utilizá-lo com uma só mão. Os materiais usados provaram ser resistentes ao desgaste e, mesmo após três meses de uso, o smartphone parece ter acabado de sair da caixa.

oneplus 6t 14
Os materiais usados são tão resistentes que sempre parece que o smartphone acabou de sair da caixa / © AndroidPIT

O mais irritante sensor de impressões digitais de todos os tempos

Como disse anteriormente, o sensor de impressões digitais foi movido para debaixo da tela e, juntamente com um sistema de reconhecimento facial aprimorado, é o principal método para desbloquear o dispositivo.

Com estas novas soluções o desbloqueio deveria ser mais fácil e intuitivo, o que infelizmente não é o caso: o desbloqueio via face é muito mais rápido e, na maioria dos casos, foi colocado em uso pelo menos 6 vezes em cada 10 tentativas, após o sensor de impressões digitais falhar miseravelmente em reconhecer meus dedos.

Honestamente, fiquei muito desapontado com este aspecto, especialmente porque a empresa ostentou que seu sensor é tão inteligente que seria capaz de aprender as várias áreas da impressão durante o uso a longo prazo, o que no meu caso nunca aconteceu na prática. Será esta uma jogada de marketing "genial" ou meu dedão que está com defeito?

oneplus 6T 07
Eu literalmente odiei este sensor de impressões digitais / © AndroidPIT

Tela perfeita para todas as ocasiões

Vamos passar para outro tópico digno de nossa atenção: a tela. A OnePlus diz que este é o painel mais eficiente no uso de energia. Sim, mas... baseado em quê? Comparado a quem? Será que é tão eficiente porque usa a tecnologia AMOLED e suporta uma resolução máxima de 2340 x 1080 pixels (FullHD+)? Parece que esta é a única explicação possível, mas isso certamente não é um segredo.

Além deste pequeno detalhe, devo dizer que a tela do 6T é realmente confortável de usar e, graças ao notch em forma de gota, a empresa foi capaz de atingir uma relação tela/corpo de 86%. Durante o teste a tela sempre foi clara e brilhante, com excelente visibilidade mesmo sob luz solar direta.

oneplus 6T 06
O notch no OnePlus 6T quase não incomoda. Basta se acostumar! / © AndroidPIT

Quanto ao notch, tenho muito pouco a dizer: sua presença quase não incomoda no uso diário. Com forma de gota, ele não é tão grande quanto parece, mas é grande o suficiente para abrigar a câmera frontal, porém não o alto-falante frontal, que foi movido para um pequeno slot acima da tela.

É algo que, a meu ver, não permite um som muito convincente. O volume, mesmo se configurado para o máximo, é muito baixo. Especialmente em ambientes muito barulhentos, é difícil ouvir a pessoa do outro lado da linha, o que me fez recorrer várias vezes aos fones de ouvido.

Vamos parar de ostentar esta câmera?

Chegamos à tão adorada câmera, amada mais do que nunca pelos fãs da marca chinesa. As câmeras traseiras consistem em uma combinação de dois sensores de 16 e 20 megapixels com estabilização ótica e eletrônica de imagem. Na frente, no entanto, a câmera é equipada com um sensor de 16 megapixels.

oneplus 6T 04
O problema não são os sensores, mas o app de câmera / © AndroidPIT

Dizem que o OnePlus 6T tem oferece uma experiência em fotografia superior ao modelo anterior, com alguns aprimoramentos de software e recursos adicionais. A nova função Nightscape, por exemplo, é o exemplo perfeito.

Assim como no Night Mode da Huawei ou o Night Sight do Google, você poderá capturar cenas urbanas em pouca luz com maior clareza, menos ruído e reprodução de cores mais precisa. Parece muito bom no papel, mas não na prática! Talvez você consiga obter os resultados descritos acima com um tripé, mas esqueça a idéia de fazer a foto noturna perfeita segurando o smartphone nas mãos.

Não vou esmiuçar as fotos sob boas condições de iluminação, pois elas estão perfeitamente alinhadas com os aparelhos topo de linha da concorrência, mesmo após três meses de uso. O problema a longo prazo é o fracasso da empresa chinesa em melhorar um aspecto tão importante como o modo noturno, exatamente onde os outros fabricantes não hesitaram em dar o seu melhor.

Você pode fazer o download dos arquivos originais para avaliar você mesmo as diferenças, mesmo que desta vez isso não seja absolutamente necessário.

O mais incrível é que os sensores de câmera do OnePlus 6T são perfeitos para esse tipo de trabalho "às escuras". O calcanhar de Aquiles, na verdade, é o aplicativo de câmera, e é preciso muito pouco para entender do que estou falando: basta instalar a câmera do Google e fazer algumas fotos de teste com o modo Night Sight para perceber que a OnePlus trabalhou bem pouco no software da câmera.

E você sabe qual é a pior parte disso? Nenhuma das atualizações de software recebidas nesses três meses conseguiu melhorar a situação que acabei de descrever.

Desempenho que não acaba mais

Chegou a hora de falar sobre o desempenho do OnePlus 6T. Não, não se preocupe, a esse respeito eu realmente não tenho nada para criticar, eu juro. Afinal, se este smartphone não fosse um dos mais rápidos em circulação, mesmo a longo prazo, a OnePlus teria fracassado em sua enorme campanha de posicionamento da marca.

A empresa chinesa sempre usou a palavra velocidade (Speed) em cada um de seus slogans: Unlock the Speed (algo como "desbloqueie a velocidade") no OnePlus 6T e Salute To Speed (algo como "Diga olá para a velocidade") ​​para a "Edição McLaren" do mesmo aparelho (com a qual eu tive mais experiência).

O segredo da OnePlus certamente não é o poder de processamento do hardware contido em seu dispositivo, mas seu trabalho de otimização entre hardware e software. Baseado no SoC Qualcomm Snapdragon 845, acompanhado por 8 GB de RAM (até 10 GB na versão McLaren), o OnePlus 6T oferece desempenho de altíssimo nível. O smartphone é incrivelmente rápido, garantindo uma multitarefa fluida, mesmo com 20 aplicativos abertos em segundo plano.

oneplus 6t mclaren edition 11
O desempenho é o ponto forte do OnePlus 6T / © AndroidPIT

Um dos recursos que ajuda o carro-chefe da OnePlus a ser sempre tão responsivo é o Smart Boost: isso aumenta a velocidade de inicialização "a frio" dos aplicativos em até 20%, armazenando os dados usados ​​com mais frequência na RAM.

Como este é um teste de longo prazo, preciso informar como o aparelho se comportou após esses três meses. E o resultado é: aprovadíssimo. O desempenho do OnePlus 6T permaneceu o mesmo desde o primeiro dia, sem qualquer deterioração perceptível.

O segredo está no software

Voltando a falar sobre otimização de software, OxygenOS é o herói em questão quando se trata de velocidade, graças a mais de 500 otimizações que tornam o telefone mais fluido do que muitos dispositivos concorrentes. Uma das vantagens deste sistema operacional é que ele é livre de "bloatware", aquele software pré-instalado que você nunca usa e geralmente não pode remover.

Além disso, as várias personalizações do OxygenOS adicionam imenso valor ao Android. Moral da história, depois de três meses eu absolutamente não me cansei desse sistema operacional. Em vez disso, praticamente me apaixonei por ele.

oneplus 6t mclaren edition 10
O Oxygen OS é literalmente o "Oxigênio" que dá vida a este smartphone / © AndroidPIT

Por favor, descarregue! Calma, estou brincando...

O último tópico a ser discutido é a bateria de 3.700 mAh. Segundo a OnePlus, ela permite obter uma autonomia 20% superior ao modelo anterior. Embora eu não possa me basear na autonomia de bateria do OnePlus 6, já que não tive o prazer de usá-lo, estou particularmente impressionado e satisfeito com os resultados que vi no filho mais novo desta marca chinesa.

Aqueles que me conhecem bem sabem que costumo torturar a bateria de smartphones, graças principalmente à sincronização de 5 contas Google (mais todas aquelas relacionadas a outros serviços), mensagens instantâneas, mídias sociais, navegação na web, streaming de música e por aí vai.

No entanto, com apenas uma recarga, sempre consigo chegar à noite com sensacionais 45% de carga restantes. Em um primeiro momento eu não quis acreditar, achei que fosse uma brincadeira, mas era verdade!

oneplus 6t mclaren edition 13
O OnePlus 6T tem recarga rápida com a tecnologia OnePlus Warp Charge a 30W / © AndroidPIT

Mesmo depois de três meses, recarrego a bateria OnePlus 6T com muito menos freqüência do que a média dos smartphones no mercado. Mas a melhor surpresa veio quando consegui colocar minhas mãos na edição McLaren. Ele suporta a nova tecnologia OnePlus Warp Charge 30W, que torna o carregamento ainda mais rápido.

Certamente não estamos no mesmo patamar da tecnologia Super VOOC da Oppo, mas devo dizer que a relação entre recarga/autonomia é muito maior do que a média de todos os dispositivos que pude testar nos últimos meses.

Aprovado, mas não com louvor

Chegamos ao veredito final: depois de três meses, ainda vale a pena considerar um OnePlus 6T? Na minha opinião, sim. Não há dúvida de que este smartphone representa fielmente a imagem que a empresa construiu para ele: velocidade. Se você precisa de um aparelho que seja rápido, ágil e que nunca trave, é o OnePlus 6T. Também há a excelente bateria te permite chegar à noite em todas as situações e um software altamente otimizado e personalizado na medida certa, graças ao feedback da comunidade.

Quanto à câmera e fotos noturnas, ainda há muito trabalho a ser feito e espero que a OnePlus faça algo a respeito. A empresa é famosa por suas otimizações de software, então por que nivelar por baixo quando é fácil demonstrar o potencial dos sensores usando aplicativos de terceiros como a Câmera do Google?


*Texto com a colaboração do editor do AndroidPIT.com.br Rafael Rigues.

Artigos recomendados

Os comentários favoritos dos leitores

  • Tiago há 9 meses

    Melhor review que eu já li neste site! Honesto e direto. Esse "endeusamento" com os chineses é meio tosco pq na maior parte das análises só vejo louvor pelos dados técnicos e não pelo conjunto.

  • Juliano Olivetti há 9 meses

    A principal crítica do artigo foi extremamente pertinente. Afinal a OnePlus deu grande destaque ao seu modo noturno, seguindo a onde dos Pixel, mas ainda parece estar muito longe de qualquer solução semelhante. Mas claro, isso não apaga os diversos méritos do aparelho, ainda mais sabendo que ele custa quase a metade do topos de linha atuais.

24 Comentários

Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.
Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.

  • Tenho um OP6T há aproximadamente 100 dias tb. O sistema é muito fluido e rápido. O desbloqueio digital falha várias vezes, fazendo eu recorrer para o desbloqueio facial. Já recadastrei as digitais algumas vezes e até melhorou. A câmera ao tirar fotos direto pelo WhatsApp, as vezes sai com tom azulado ou amarelado aí é tirar nova foto que sai normal. A bateria chega ao final do dia com uns 40% em uso normal/moderado. Só as atualizações que pra mim não estão ocorrendo, pois ainda estou com patch de segurança de janeiro.


  • Eu quero ter um 1+


  • Oneplus não consegue me fazer ter vontade de ter um ainda


  • Oneplus sempre produz excelentes aparelhos, realmente desempenho e bateria são os pontos fortes. Só deixei de usar oneplus pq não fazem aparelhos compactos, tipo modelos de no máximo 5.8".


  • A matéria foi muito boa. Porém tem uma ressalva, não acredito que a remoção do P2 tenha sido acertada. A Samsung por exemplo ainda a mantenhe e continua vendendo bem os seus top de linha. Aliás, deixei de usar oneplus (5T em especial) por não me adaptar ao tamanho. Se fizessem dispositivo como Samsung e Apple tamanho menor e o plus venderiam bem.

    CAV


    • O problema é que o trabalho de transição do P2 para o USB-C simplesmente falhou.
      Ou seja, não faz sentido remover a entrada P2, se o USB-C não será o seu substituto.

      Se tivessem feito do jeito certo uns quatro, três anos atrás, hoje o P2 já poderia estar em processo de descontinuação, e não deixaria tanta saudade.


    • relativo, em um ano nunca usei a emtrada p2 do meu 5t. Só Bluetooth. Cabos quebrando e enrolando estou fora.


  • Olha me baseando por vários outros Review acredito que teve algum erro referente ao desbloqueio na tela, só aqui vi problemas no mesmo, em outros reviews o uso foi excelente e super rápido.
    No mais adorei o Review e concordo com o software da câmera pecar, não só a OnePlus mas a Xiaomi também deixa a desejar prova disso é o Mi8 a diferença do software da câmera padrão comparado com o GCam é absurdo a diferença.


  • Um dos melhores reviews do androidpit sem duvida alguma. O famoso "direto e reto" sem frescuras e enrolações. Estava com muita vontade de comprar um galaxy note pela spen, porem a duração de bateria e desempenho(do meu ainda op5) estão mto boas e não posso deixar pra trás uma marca que eu gostei tanto. Aguardando ansiosamente o oneplus 7.


  • As críticas são bem pertinentes. As câmeras realmente não são o ponto forte da OP, apesar de não ser um vexame. Foi frustante no início, pois coloquei muita expectativa pelos comentários maravilhosos sobre a câmera. Mas a experiência do OxygenOS e boa autonomia da bateria compensa o investimento.


  • Gostei do review , compraria um 6T sem pestanejar ( caso necessitasse trocar de celular) .


  • Tenho o OP6, em relação a desbloqueio facial ele é muito rápido e reconhece até mesmo no escuro. Não tenho o problema de volume em chamada pois o fone fica na frente mesmo, já na câmera é só usar o modo Pro que vc tira fotos incríveis em ambientes escuros, realmente o software no modo noturno n é tão esperto.
    No geral gostei eu d+ de tudo nesse celular, meu anterior era um S7 Edge e o OP6 ganha em tudo de lavada, inclusive na câmera, a diferença é grande até mesmo de dia.


  • Trata-se de um excelente dispositivo, mas no momento, estou de olho no modelo 6.


  • [OFF] Houve alguma mudança no sistema de pontos do AP? Eu era nível 12 e acordei 11 um dia destes faltando mais de 100 pontos a serem atingidos. rsrs


  • Tenho um OnePlus 6T e gostei muito do texto do review, achei bem coerente com a experiência que estou tendo. Não tive tantos problemas com o sensor de fingerprint, o dedo que eu mais uso ele reconhece muito bem (sim, ele aprendeu com o tempo), os outros acabe sendo consideravelmente mais lento (o que realmente irrita)

    Apesar de ter gostado do review achei o título bem fora do que está escrito no texto. O título reforça o aspecto negativo, sendo que o texto é majoritariamente positivo.


  • quero ver se não falava mal do sensor biométrico na tela do Galaxy S10... como alguns estão falando


  • Eu tenho um OP6T e não tenho nenhum problema em detecção da digital. Existe uma pequena demora em relação ao botão físico que eu tinha no Galaxy S7 mas sempre desbloqueou o meu dispositivo sem reclamar.

Mostrar todos os comentários
Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.