Nós usamos cookies em nossos sites. Informações sobre cookies e sobre como você pode se opor ao uso de cookies a qualquer momento, ou encerrar seu uso, podem ser encontradas em Política de Privacidade.

3 min para ler 73 Comentários

Em breve, você poderá pagar impostos de importações por boleto e cartão

Para os adeptos da importação, nada é mais chato do que receber em casa aquele papelzinho informando que sua encomenda chegou, mas ela foi taxada e você deverá ir até a agência mais próxima realizar o pagamento, muitas vezes em dinheiro vivo. Isso está para mudar.

Na quinta feira, 21 de setembro, o subsecretário de Aduana e Relações Internacionais da Receita, Ronaldo Medina anunciou uma novidade que está sendo levada em conjunto pela Receita Federal e os Correios. Muito em breve, será possível pagar os impostos de importações por boleto bancário.

AndroidPIT xiaomi mi 6 0254
Xiaomi Mi 6, um dos preferidos na importação / © AndroidPIT

Isso vai permitir que você não precise mais ir até a agência dos Correios com dinheiro na mão, e sim pagar o boleto com antecedência, em casa ou no trabalho, com cartão de crédito ou via internet banking. Ou, ainda, direto no caixa do banco.

Não haverá qualquer mudança na alíquota dos impostos. Produtos que excederem o calor de 50 dólares e caírem na malha fina da Receita Federal ainda terão serão taxados em 60% do valor do produto, mais ICMS, caso o Estado possua.

Mas segure seus dedos nervosos que clicam em sites chineses. O sistema deve entrar em funcionamento dentro de 30 dias, através do site Portal do Importador, que ficará dentro do site dos Correios. Em seis meses, o plano é que esteja em operação total.

site dos correios
Site dos Correios, onde ficará o Portal do Importador / © AndroidPIT

Assim que o produto passar pelo pente fino, caso seja tributado, uma informação já será repassada ao contribuinte. Ele receberá uma carta com instruções para se cadastrar uma primeira vez no portal. Lá, acessará o boleto ou já poderá pagar a guia de imposto direto, via cartão de crédito.

O sistema vai atuar forte também dentro dos Correios, que já estão na lista de privatizações do Governo. Processos internos manuais passarão a ser digitais, e a instituição vai receber informações mais completas de agências pelo mundo.

Essa iniciativa, além de evitar o trabalho de ir até a agência, vai ajudar o produto a chegar mais rápido. Os Correios estimam que possa diminuir em até 10 dias o tempo de entrega. Uma ótima novidade, já que, geralmente, os produtos que compramos na China levam 4 dias de um país a outro e mais 45 dias para sair da Aduana e chegar em suas mãos.

Mas há os pontos negativos, ao menos para quem não aprecia ser taxado. Com a automatização e digitalização de processos, a taxação passará a ser mais precisa, o que significa que haverão menos injustiças e sobretaxas, mas também que muito mais itens poderão ser analisados e taxados. É uma faca de dois gumes.

Então, agora vai ficar mais fácil e até mais rápido importar aquele Xiaomi Mi 6 que você estava desejando. Mas, considere que poderá ter bem mais chances de ser taxado.

Você achou essa novidade boa ou ruim? Prefere o conforto e praticidade ou menos chances de ser taxado?

Fonte: Estadão

Os comentários favoritos dos leitores

  • Ismael Pini Gonzales 22/09/2017

    Se tudo funcionar como o prometido pode ser uma boa notícia (muita gente sempre quis ter outra opção de pagamento)...
    Não sou contra o imposto, só acho a alíquota exagerada e tinham que regulamentar direito as isenções (menos de 50 dólares ou de 100).
    Sempre tive medo de importar por não saber as regras ao certo e ouvir casos de sobretaxa.

  • Stella Dauer
    • Admin
    • Equipe
    22/09/2017

    Marcio, as boas notícias são chegar rápido e poder pagar as taxas com mais tranquilidade. Porém, a taxa padrão sempre foi de 60%. O que eu costumo dizer é que não é azar ser taxado, é sorte não ser. Porque ser taxado deveria acontecer em 100% dos produtos. Isso só não é feito porque não há equipe suficiente chegando 200 mil pacotes por dia. A taxa sempre foi de 60%, não tem como pagar menos que isso a não ser que o sistema seja burlado com um preço diferente. Mas, se você for pego mentindo no preço, pode levar multa em cima do imposto. :(

  • Stella Dauer
    • Admin
    • Equipe
    22/09/2017

    O prazo de entrega pode cair para apenas 10 dias. Acho que se for roubada ou extraviada, será possível pedir reembolso. Mas, provavelmente, será um processo burocrático e demorado....

  • Stella Dauer
    • Admin
    • Equipe
    22/09/2017

    Bom vai ser o dia em que pagaremos, mas teremos retorno ideal do que pagamos....

  • Stella Dauer
    • Admin
    • Equipe
    22/09/2017

    O que prometem é entrega em até 10 dias

73 Comentários

Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.

  • Fiz uma compra dia 18 de outubro, paguei minha taxa hj pelo novo sistema, mas foi uma luta porque parece que o site dos correios não ta suportando, ta dando muito erro, tela travando, tem q ter muita paciência. Agora vamos ver o quanto mais vai demorar pra chegar em minha residência.


  • vamos ver como será na prática, mas se funcionar assim, preparem-se pra levar 60% do valor REAL do produto


  •   26
    Conta desativada 25/09/2017 Link para o comentário

    Que assim seeeeeja !!!


  •   86
    Conta desativada 24/09/2017 Link para o comentário

    Tem informação errada na matéria, a isenção de impostos é para até $100 (Decreto lei 1.804, de 3 de setembro de 1980), essa história de $50 é uma instrução normativa da própria receita federal que foi divulgada em 1999. Ou seja, uma instrução normativa interna da receita nunca vai passar por cima de uma lei federal, e caso aconteça, é certeza recorrer e ganhar. Eu não reclamo de pagar impostos quando importo produtos que são taxados (esse ano já paguei R$800 com 3 aparelhos que importei E valeu a pena pelo custo beneficio dos mesmos), mas vejo que essa lei precisa de uma atualização, já tem quase 40 anos e esse valor de $100 é completamente defasado...

    Conta desativada


  • Foi a melhor notícia que recebi nessa semana, mas se eu pagar pelo site e os correios perderem a encomenda? Meu prejuízo será maior ainda, não?


  • Bacana, mas os Correios Brasileiro SÃO A VERGONHA MESMO ASSIM, OU MELHOR, ESSE GOVERNO


  • Nossas fabricantes são uma piada, nossa economia não nos permite comprar coisas legais com um preço justo, nosso governo impede que compremos lá fora.
    #Brasil


  • "Grande" avanço.

    Queria poder receber minhas encomendas. Há coisas PARADAS nos Correios há mais de um mês, já liberadas pela alfândega.

    Por esses dias a RFB editou uma Instrução Normativa (me escapou o número agora) que alterou várias questões sobre a importação e exportação de bens. Foi revogada a antiga portaria que tratava da isenção de mercadorias até 50 USD. A dúvida agora é se a RFB tributará tudo o que chegar ou se observará a isenção legal (que não é bem uma isenção) de até 100 USD.


  • Fiscais mau-caráter, roubos, extravios, alto fluxo de importação e a falta contínua de funcionários, tudo continuará igual.
    Enquanto isso a gente finge que pagar a taxa de importação antecipadamente e diminuir o tempo de entrega em 10 dias será uma boa solução. :)


  • Eu não espero esse "mar de rosas" vindo do governo!
    Isso ai tá me cheirando a uma "é uma cilada bino!"


  • Se for extraviado?
    O valor pago vai ser o que está declarado??
    Ou eles vão jogar para as lojas ainda, cujo fazem!!


  • É, como próprio artigo diz, "é uma faca de dois gumes", bom por um lado e ruim por outro. Estou acostumado em comprar micro SD XC no site DX e nunca foi taxado, mas agora com essa mudança, fatalmente, serei. Ainda bem que fiz uma compra no DX recente (parecia que estava prevendo) e acredito que já esteja chegando.

    Conta desativada


  • Melhor notícia da semana. Tomará que na prática não prejudique o contribuinte com valores abusivos.

    Conta desativadaConta desativada


  • de qualquer forma é grana saindo kkkkk mas isso é bem prático


  • Não haverá qualquer mudança na alíquota dos impostos. Produtos que excederem o "calor" (editor não Seria valor?) de 50 dólares e caírem na malha fina da Receita Federal ainda serão taxados em 60% do valor do produto, mais ICMS".

    "Balela, já cheguei a ser taxado em compras bem menores que US$ 50,00, concordo que viabilizar outras opções de pagamento e a informátização do processo é um avanço razoável, em contra - partida temos esse abuso de 60%... SESSENTA PORCENTO! Essa é alíquota da taxa sobre produtos importados. Absurdo! Quanto à redução de 10 dias no prazo da entrega, se na prática isso funcionar já irá ajudar, pois nunca recebi nenhuma encomenda em menos de 45 dias.


  • Que boa noticia.
    Estou com varias encomendas para chegar, depois do meu redmi note 4x empolguei kkkkkkk.
    Meu smartphone na época foi taxado e tive que ir buscar nos correios, tive que faltar um dia no trabalho para fazer isto.

    O único porém disto tudo é que as possibilidade de termos um produto não taxado vai ser bem menor, já que o trabalho todo deixará de ser manual.


  • Pra receber pagamentos é rápido o governo tomar alguma solução pra facilitar esse processo, agora pra fazer um sistema de rever os impostos cobrados na mercadoria ninguém faz. Comprei uma Mi Band 2 ontem na GB, espero não ser taxado nesse migue que o governo dar que abaixo de $50 não é cobrado imposto pois muita gente já foi!

Mostrar todos os comentários