Nós usamos cookies em nossos sites. Informações sobre cookies e sobre como você pode se opor ao uso de cookies a qualquer momento, ou encerrar seu uso, podem ser encontradas em Política de Privacidade.

opinião 5 min para ler 56 Comentários

Porque o Motorola One pode ser meu próximo smartphone

Não está fácil escolher um smartphone hoje em dia, ainda mais um Android. Preço, variedade de modelos, variedade de interfaces. São tantas opções que acabam nos confundindo, não sabemos como escolher e nem como saber direito qual será o smartphone que vai funcionar com a gente. Mas o Motorola One surge por aí como uma alternativa interessante.

Geralmente, eu consigo me acostumar a qualquer smartphone que eu esteja testando, do mais caro e potente até os mais simples intermediários de entrada. Mas costumo me sentir mais à vontade com interfaces simples, com funções extras mínimas, pois são os apps que coloco ou as modificações que eu faço que vão dar cara a ele. Será que o Motorola One seria uma boa escolha para mim?

Moto One image Leak side
Essas são as últimas imagens que temos do Motorola One / © 9 Mobiles

É o mais perto que teremos de um Pixel por enquanto

O Brasil é um mercado importante para a Motorola, uma empresa que, apesar de ter seu flagship Moto Z2 Force (com um Z3 a caminho), não compete de igual para igual com topos de linha da Samsung, Sony, OnePlus, Huawei e outras. Logo, o que ela pode oferecer a nós são justamente os aparelhos intermediários, então é quase certo que ela trará a linha One para cá.

Já não podemos dizer o mesmo do Google. Sua linha Pixel, admirada pelos que curtem uma interface mais limpa, tem chances extremamente pequenas de aportarem por aqui. Servindo mais como um portfólio da empresa, essa linha vende pouco e é exclusiva de poucos países. Sendo assim, as melhores chances que temos de um Android mais simples está na linha One.

AndroidPIT Google Pixel 2 1677
Google Pixel 2 traz o Android aperfeiçoado pelo Google / © AndroidPIT by Irina Efremova

Atualmente, tenho um Pixel 2 e um Mi A1 comigo justamente para conhecer mais sobre essas versões do Android por aqui. Aprecio ambas e, apesar de o sistema do Pixel ter mais funções e um app de câmera muito bom, o Mi A1 não perde em usabilidade e sua fluidez é algo ótimo para um aparelho do seu preço.

Android One e Project Treble podem garantir atualizações mais rápidas

Se você ainda não sabe o que é o Treble, sugiro conhecer no artigo abaixo. Esse projeto, disponível a partir do Android Oreo, permite que as atualizações cheguem mais rapidamente, dependendo menos das OEMs por ser mais fatiada que as outras versões.

O Android One, por si só, é uma iniciativa da Big G de levar um sistema mais puro, leve e sem bloatware a mais pessoas, através das fabricantes. É uma parceria mais clara entre a empresa e a fabricante, já que uma cuida do hardware, e a outra do software. A fabricante não precisará fazer quase nada para entregar o update.

project treble changes
Com o Treble, atualizações são mais fáceis e, portanto, mais rápidas / © Google

A garantia é de dois updates grandes, então se você comprar um Android One com o Oreo, terá também o Android P e Q a caminho. Os updates de segurança são garantidos por três anos. Eu não sei você, mas para mim essas são notícias muito boas em um mundo com tantos aparelhos abandonados.

Facilidade de modificações, personalizações e ROMs

A ideia é diminuir a fragmentação, mas de quebra ganhamos o caminho facilitado para updates mais velozes e mais frequentes e, por que não, também a ROMs e modificações. O Android One é bem simples e quase sem recursos e extras, e é justamente isso que pode me motivar a deixá-lo com a minha cara e com as funções de que gosto.

Se você é um apreciador de tecnologia móvel e Android como eu, sabe que essas características soam como música, e já posso esfregar as mãos e fazer a lista do que eu posso adicionar a um aparelho desses.

AndroidPIT xiaomi android one 2039
Xiaomi Mi A1, um dos Android One mais famosos / © AndroidPIT

Bons materiais e boas especificações

Apesar de tanta pureza e simplicidade, o Motorola One não é um smartphone de entrada. Par aparelhos mais simples, o Google criou o Android Go. Por isso, não estou esperando nada menos que um intermediário bem decente. Os rumores já apontam a versão One Power com Snapdragon 636, 4 GB ou 6 GB de RAM e bateria de 3.780 mAh.

Em um mundo em que os intermediários já fazem praticamente tudo o que precisamos sem tropeços, uma versão mais pura do sistema com essas especificações certamente serviriam para mim como um daily driver decente e útil. A grande maioria dos usuários quer isso.

Um possível bom custo/benefício

Estamos falando então de um possível ótimo custo/benefício, e minha carteira bate palmas e me elogia quando eu digo essas duas palavras. Se pegarmos como comparação o Mi A2, Android One da Xiaomi, que já apareceu em alguns rumores, os preços prometem.

ASUS ZenFone Max Plus M1 02
Asus já tem um modelo com Android One? Será que chega no Brasil? / © Asus

A versão mais cara do Mi A2 pode trazer 128 GB de armazenamento, 6 GB de RAM e Snapdragon 660 pelo valor de R$ 1.615. Posso chutar que os aparelhos da Motorola, mais simples e com custo Brasil, devem chegar por valores similares. E como os preços caem em menos de um mês, podemos esperar algo bacana por aqui.

Conhecer uma nova interface e sistema

É rarÍssimo vermos algo com sistema puro por aqui. Se você quer algo assim, precisa de um Pixel ou de aparelhos como o Mi A1, mas apenas via importação. Por isso, fico bem ansiosa em saber que teremos um Android One por aqui, trazendo novas expectativas e novo conhecimento sobre o Android.

moto x4 4
Moto X4 chegou ao Brasil sem Android One / © AndroidPIT

Por fim, essa é a oportunidade de a Motorola se redimir com os brasileiros depois do Moto X4, que chegou por aqui sem o Android One (tendo sido lançado com ele em outros países) e com problemas de armazenamento e software. Motorola, a linha One é obrigatória aqui!

E você? Teria um Motorola One?

Os comentários favoritos dos leitores

  • J H Gouveia há 3 meses

    Cometário desnecessário.

  • Tiago Morais há 3 meses

    Choro desnecessário é o seu, mesmo que ela fosse fã da motorola, ela entregou um artigo extenso e detalhado do porque a motorola pode ser uma boa opção daqui pra frente, ela não chegou aqui e falou "a motorola é a melhor do mundo e pronto", então argumente melhor que ela ou vai ser haterzinho lá no reddit

56 Comentários

Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.

  • "Porque o Motorola One pode ser meu próximo smartphone"
    Simples, Android One.


  • Esperando chegar por aqui, dai o G5 S Plus vai para a esposa.


  • Lixorola!!!!!😑


  • A Motorola parou de atualizar seus smartphones com os Androids mais recentes de forma rápida, como fazia no passado. Hoje é uma das mais lentas, ficando a frente apenas da LG.


  • Miui melhor interface sem sombra de dúvidas. Stella adora a motorola desde a época do Moto X1. Chegou a ser usuária até do Moto Maxx. Ela é fã boy e esse artigo é ridículo.


  • Não tenho nada contra o "notch".
    Mas se vier com traseira de vidro ficarei decepcionado!!!


  • Honestamente, acredito que um lançamento desses só é de fato voltado para vendas e marketing. Acho estranha a comparação com o Pixel, visto que a Motorola não sabe fazer câmeras decentes o bastante comparado à concorrência, e sempre tem uns design meio tortos. Dessa vez pegaram o notch e a câmera na vertical, quase nem visto, hein? Enfim, acho que ela viu todo mundo lançando aparelhos idênticos e resolveu fazer uma versão com Android One só pra ter um diferencial/destaque.


  • O Zenfone 5 da Motorola.


  • O mundo Android de hoje se compra aparelho pela versão mais atual do sistema, pois ficou muito caro os aparelhos, o povo brasileiro tem que entender que lá fora quem tem 1000 dólares no bolso tem um poder de compra muito diferente do nosso país.
    Smartphone de entrada chegam nas prateleiras de lá por menos de 200 dólares, os intermediários por 400 e os Tops entre 700 e 900 dólares, podem comprar o aparelho sem sacrifícios e usufruir os 3 anos de atualizações garantidos pelo Android One, já para maioria do povo brasileiro é quase impossível comprar um smartphone novo devido aos preços de seus lançamentos, e com um salário de 1000 reais apenas se torna um martírio e um sofrimento constrangedor.
    Quem quiser um Top é obrigado a comprar sempre modelos de um a dois anos anteriores com sistema já morto, o descaso que os fabricantes fazem para atualizar os aparelhos no Brasil é unanimidade, o Android One sera uma boa solução lá fora, aqui é mais do mesmo, se os aparelhos com Android, continuarem custando essa fortuna que estão cobrando aqui da gente é melhor ir pra Apple.
    Já cansou essa patifaria que virou as atualizações do Android, quase todo mundo usa bancos, pagam contas, fazem compras, ou seja, não é só bobagens de zap e redes sociais não, segurança e atualizações são primordiais.
    Não adianta nada enfiarem um Hardware todo poderoso, com 50 câmeras, leitor de almas, a prova de lava vulcânica, ou o raio que o parta se existir no aparelho um Software vagabundo e medíocre, que na menor das hipóteses em menos de 2 anos vai te deixar com cara de babaca.
    Pensando bem nos dias atuais, e na crise que o país se encontra, é melhor partir para outro sistema, ou vai ficar com um caríssimo elefante branco no bolso em pouquíssimo tempo, não a mais inovações no mundo Android, estão apenas enfiando Hardware nos aparelhos e cobrando 10 vezes mais por isso, o sistema que se dane, se achar ruim é muito simples, compra um novo.


  • Ao longo do tempo tive várias marcas de celulares e smartphones comecei com um W380a que gostava muito,porém tive um incidente, e comprei o Sony W100 que vivia rebootando e deu tela branca, depois tive o Galaxy Y e Y Pocket (que ganhei) que gostava muito, só troquei pro Moto pra experimentar, e esperava manter a linha E ou outro Motorola, porém com a linha E4 e E5 vieram a decepção,medo e desconfiança em relação a marca... com o tempo passei a pesquisar ...e ficar cheio de dúvidas sobre qual escolher principalmente em relação a essa política de validade programada...mas agora já tenho alguns candidatos...só é questão de tempo, preço, paciência e estratégia...


  • Vai ser uma boa opção se a Motorola realmente disponibilizar o aparelho por aqui, acredito sim que tenha um mercado reprimido de usuários que preferem o Android com cara de pixel, mas com preços baixos e vendido no Brasil.

Mostrar todos os comentários

Artigos recomendados