Nós usamos cookies em nossos sites. Informações sobre cookies e sobre como você pode se opor ao uso de cookies a qualquer momento, ou encerrar seu uso, podem ser encontradas em Política de Privacidade.
Porque tenho e continuarei tendo um smartphone topo de linha
Sony Xperia Z2 Hardware Opinião 4 min para ler 162 Comentários

Porque tenho e continuarei tendo um smartphone topo de linha

Há uma semana, minha colega de redação, Rosa Donoso, escreveu um artigo falando sobre os motivos que a levam a não ter um smartphone topo de linha. Apesar de respeitar a opinião dela, preciso dizer que penso de uma forma completamente diferente. Depois de ter o meu primeiro high-end, nunca mais conseguirei fazer o downgrade para um intermediário novamente.

Desde maio de 2014, o meu smartphone é o Xperia Z2, da Sony. Ou seja, já faz dois anos que utilizo o aparelho diariamente. Isso significa que o meu smartphone passou por três atualizações do sistema operacional: Android KitKat (lançamento), Android Lollipop e, desde a semana passada, o Android Marshmallow.

Esta não é uma ode ao Xperia Z2, mas às possibilidades de um topo de linha

Entretanto, essa não foi a característica que me fez optar pelo Z2 na época do seu lançamento, mas a qualidade do áudio e a tecnologia de cancelamento de ruído dos fones de ouvido. Depois de testar essas funções e me apaixonar pelo conjunto da obra do aparelho, resolvi comprá-lo.

Meu smartphone passou por três atualizações do sistema operacional

Comprar um smartphone topo de linha, poucos meses após o seu lançamento é uma decisão que deve ser bem pensada, visto que o dispositivo poderia baixar de preço um ou dois meses depois de chegar às lojas. Entretanto, queria tudo o que o Xperia Z2 oferecia naquele momento e resolvi fazer a compra. Da qual nunca me arrependi.

A câmera do Xperia Z2 é melhor que a do iPhone 6
netflix 5
A qualidade e brilho da tela do Xperia Z2 continuam sendo superiores mesmo depois de dois anos / © ANDROIDPIT

Estamos em 2016 e a câmera do Xperia Z2 é melhor que a do iPhone 6. Posso confirmar isso sem medo de críticas, pois faço uso dos dois dispositivos diariamente, mesmo o último não sendo meu. Aliás, mesmo uma das coisas que mais me preocupavam quando comprei o Z2, acabou se tornando uma bela surpresa.

Só quem tem um smartphone de vidro sabe qual é a sensação de ver o aparelho escorregar das mãos e cair no chão. Infelizmente, não sou uma pessoa que quando compra um celular corre para adquirir uma capa e/ou adesivo de proteção. Assim, a traseira do meu Xperia Z2 está em pedaços, especialmente ao redor da câmera, mas nunca precisei trocar. Já está assim a cerca de um ano e o aparelho ainda funciona como novo.

xperia z2 camera quebrada
Apesar de ser de vidro, o Xperia Z2 caiu inúmeras vezes, mas nunca precisei trocar nenhuma das suas partes... ainda / © ANDROIDPIT

Caso você ainda não tenha entendido, esta não é uma ode ao Xperia Z2, mas às possibilidades de um topo de linha. Permanecer com o Xperia Z2 por dois anos não é uma tarefa difícil, pelo contrário, como o último update do SO para Marshmallow, o dispositivo ficou ainda mais rápido. O software da câmera, inclusive, passou a oferecer imagens ainda melhores.

O que quero dizer com isso é que, apesar do preço de um smartphone high-end ser alto, o que você tem em troca justifica o investimento. A questão aqui é como você faz esta escolha. Não serei hipócrita a ponto de dizer que se você usa o celular apenas para acessar redes sociais e navegar na internet deveria comprar algo "mais em conta", pois se optasse por um topo de linha, talvez você não precisasse trocar o smartphone pelos próximos quatro anos.

Depois de cinco meses, meu Xperia Z2 foi roubado, a polícia não encontrou o aparelho via IMEI (claro), mas nem por isso optei por um intermediário, comprei um novo Z2. O motivo disso: já sabia que um topo de linha me traria mais benefícios a longo prazo.

Agora me diga você: qual é a sua opinião sobre ter um smartphone high-end?

Facebook Twitter 16 Compartilhado

Os comentários favoritos dos leitores

  • Camila Rinaldi 01/05/2016

    Andinho, como disse no meu artigo (que é uma opinião minha por sinal), você faz as suas escolhas com base naquilo que precisa. Usei o Moto G 2013 por um bom tempo, foi uma incrível mão na roda. A Motorola realmente conseguiu suprir uma incrível gama de usuários com o Moto G (qualquer geração). A minha questão aqui não é criticar low ou mid-range, mas dizer que eu sou muito feliz com a minha opção por um high-end em determinado momento, pelas claras questões que levantei no artigo. Pode ser "bla bla bla" para você, mas a minha experiência é que um topo de linha pode me trazer mais benefícios a longo prazo, apenas isso. Jamais irei dizer que um smartphone de baixo custo ou de custo mediano não seja bom. ;)

  • Gustavo Rotondo 01/05/2016

    tu tem sorte de ter um z3+ nesse frio que ta fazendo

  • David CD 01/05/2016

    Ótima matéria Camila.
    Realmente, é como a Camila diz, quando se tem um top de linha, vc nunca mais quer saber de intermediário. E o xperia z2, como o lg g3, galaxy s5 são smartphone com qualidades ainda de top de linha.
    Eu, mesmo que seja de geração anterior, sempre irei de top de linha.

  •   32
    Conta desativada 01/05/2016

    Olha, não é por nada não... mas foi a coisa mais idiota que já li aqui. Vou acreditar que tenha sido irônico.

162 Comentários

Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.

  • Apesar de saber que essa matéria não é exclusivamente sobre o Z2, eu gostaria de saber se a sua bateria é satisfatória? Em comparações a Galaxy S5, LG G3 quem são top de linhas que foram lançados próximos a ele, o Z2 se sai melhor? Atualmente é possível adquirir esses aparelhos por preços de intermediários que são bem inferiores a eles.


  • Concordo plenamente, vale a pena alongo prazo, celular high-range foram feitos com o que tem de melhor pra trazer maximo de conforto e benefícios que os intermediários não tem, eles irão trazer uma vida útil mais longa até vc precisar trocar por um novo, tudo é sempre mais rápido e fluido em um top de linha, vc praticamente não terá problemas com performance do aparelho por bastante tempo. Lógico se tem condições de comprar um vale o investimento, os tops de linha de geração passada são uma ótima escolha pra quem não quer gastar tanto.


  • Tive um Xperia Z1, era um ótimo aparelho porém me decepcionei bastante com a assistência técnica da Sony. Agora estou com o Vibe A7010 e estou gostando muito do aparelho!


  • po pera ai, camera do xperia z2 melhor que do iphone 6????????????????? huuuuummmmmmmm sera que não existe nada tendencioso ai?????? pq essa afirmação????? pelo megapixel?????? melhor rever esse comentario, meus irmao tem um z3 e achei a camera do z3 inferior ate do aque do moto x play da minha esposa, e pior camera lenta lenta lenta, 8 anos pra bater!!!!1 isso é fato pois tenho acesso aos 3 smarts que falei e ja tive um iphone 6 e hoje possuo um note 5!!!!!


    • Um colega meu, que ja teve um IPhone 6, me disse que a câmera do Z2 é superior, só não posso dizer, a noite por não poder comparar, mais durante o dia, e claramente superior. Eu tenho um Z2, e não teria nenhum problema em admitir se fosse pior, agora a frontal é realmente bem fraca, muito ruído!


  • Meu primeiro Smartphone foi o Moto G1, e vou te dizer, é como o Gol da VW "pau pra toda obra, guerreiro". Quem fala mau do Moto G, é porque levou uma galhada da mulher ou pé na bunda do chefe (frustrado). Deixei ele com minha esposa e, peguei o LG G4 na BlackFraude 2015, fiquei entre ele e o Note 4. Bom, PT$ 1.200,00 é melhor que PT$ 1.600,00 né, então... E, de quebra, ganhei a MELHOR CÂMERA DO MERCADO (até 2015 claro) e o Slimport " espelhamento 4K a 60fps". O processador pode não ser o melhor, mas roda tudo e esquenta muito pouco. Tá aí minha experiência. Agora, comprar um Smart só porque tem carcaça de metal, tampa de vidro e/ou empresa modinha, tem que ser um imbecil e otário. Abç!


  • Eu tive o Z1 .Era um aparelho espetacular.Mas me decepcionei com a Assistência técnica em Goiânia.
    Sony nunca mais.


  • Bom, faltou comentar o mais básico de tudo, que um top de linha dificilmente trava, ou lhe trará problemas de falta de espaço de armazenamento. Eu tive um Z1 e, após 1 ano de uso, passei pra minha esposa. Funciona bem que é uma maravilha. Já o meu Z3 vai completar facilmente dois anos sem problema algum. Claro, alguma coisa aconteceu, como a tampa lateral do cartão de memória e chip, que soltou e estou atrás de uma nova, pois de resto meu Z3 está perfeito (pouquíssimos arranhões na base, só isso).

    Meu primeiro top de linha foi justamente o Z1. Isso me trouxe algumas lições, e uma delas era justamente a citada no texto, de que o aparelho pode durar bons anos, desde que cuide bem dele. Ter um celular com traseira de vidro pela primeira vez, como foi o Z1, me fez adquirir a capa protetora antes mesmo de pegar o Z3. Além disso, nos tops de linha as fabricantes costumam não nos deixar na mão quando o android recebe nova versão. Pretendo usar meu Z3 sei lá até quando. Ele está em perfeito funcionamento, e eu o utilizo para dezenas de tarefas profissionais sem engasgo. Como tenho experiência com fotografia, a câmera top me atraiu, e percebo que houve pouquíssima evolução nesse aspecto nos smartphones em geral nos últimos anos. Não sinto a menor necessidade de pegar o Z5, por exemplo, ou um iphone 6, ou o Samsung S7 Edge plus (que dizem ter a melhor câmera do momento) só pelas pouquíssimas evoluções ocorridas recentemente.

    Pra me fazer trocar de aparelho, só se ele for roubado, danificado ao extremo, ou se ele realmente começar a ficar obsoleto. Até eu adquirir um top de linha, era cético com essa adoração ao iphone, até porque aqui no Brasil as pessoas pensam primeiro na ostentação por ser o mais caro. Mas agora entendo a fidelidade a um aparelho assim, top de linha. O acabamento de um aparelho assim (pelo menos os da Sony, Samsung e Apple) costuma ser de alto padrão, mais resistente, e o hardware é poderoso, evitando falta de espaço na memória e travamentos.


    •   45
      Conta desativada 05/05/2016 Link para o comentário

      Compra o dock. Os pontos dourados laterais servem para vc recarregar seu z3 sem abrir a tampa da usb. Tem para z2 e z1 tbm


  • Só tenho um top que é o iPhone 4S, estou bem satisfeito com ele até hoje, atualizado, ligeiro, olha que ele é de 2011


  • Chama-se brio o fato de não querer regredir. Peguei o mesmo costume e procuro sempre ter o top de cada SO móvel, exceto iPhone.


  • Já tive um S2 (na época era o topo de linha) e me arrependi. Era grande demais e cheguei à conclusão que não preciso de tanto hardware. De lá para cá, sempre optei pelos midrange principalmente pelo tamanho. Hoje em dia, tenho um A3 e não me arrependo. Acho um absurdo pagar mais de mil reais por um smartphone. Prefiro um notebook.


  • Tenho um S5 e ficarei com ele por um bom tempo, Snapdragon 801, leitor biométrico, Led infravermelho, bateria removível, capas sview show, Quad Core, resistente a água e poeira, usb 3.0, caracoles, pagar por um Upgrade com todas essas funções num top novo sairia salgado.


  • Para mim é indiferente a marca, o importante é funcionar bem.


  • Gosto do Z2 principalmente por parecer muito com o z5 que eu quero demaaaais


  • Tem um vídeo no youtube que pode te ajudar na escolha kkkk
    procure por idiots


  • Para mim, ter um celular high-end tem que durar mais do que as fabricantes pensam que duro. Pagamos duro para ter as melhores especificações e 1 ano depois já é considerado obsoleto por várias massas de pessoas.


  • É possivel ter sim um celular top de linha, o problema maior é que as pessoas querem ter os lançamentos do ano e se gabarem por ter um s7, 6s e etc. Hoje você ja encontra galaxys6 mais baratos e vários outros tops... Falo da Samsung pq os celulares desvalorizam demaaais e se esperar um pouco vc sempre vai ter um top...


  • pq você é rico kkkk


  • Você tem e continua com um topo de linha porque você tem condições de comprar!


  • Pelo meu uso um bom intermediário já é o suficiente, não tiro o mérito das pessoas terem aparelhos top de linha, elas fazem o que quiserem com seu dinheiro. Mas, acho melhor ter um aparelho mais barato que entrega quase tudo que um top de linha. Vai do gosto de cada um mesmo!


  • concerteza assim como a maioria das coisas são caras mais vale muito a pena comprar exemplo comprei meu note 5 por 3.700 não me arrependo de nada o celular é perfeito e vou continuar com ele até não ter mais opdates o erro de muita gente é compra um topo de linha assim que ele é lançado e paga muito caro eu prefiro espera mais um pouco ainda paguei caro no note 5 visto que hoje se tem até por 2.500 em certas lojas


  • Oi Camila então gostei muito da matéria, tambem possuo um z2 na variante branca e axo ele fantástico, e gostaria de saber se a bateria dele no Android 6.0 consegue durar mais do que já dura? Já que minha variante ainda não chegou a ser atualizada,ah e gostaria de saber tbem qual dos dois você escolheria o z5 ou o X performance?


  • Tá na hora de trocar esse cacareco menina!!!


  • Meu primeiro top de linha foi um incrível Nokia N95, fiquei 2 anos com ele até adquirir um N8 que fiquei usando como aparelho principal por dois anos até comprar um iPhone 4s que depois comprei um Lumia 1020 no lançamento e usei ele até março dese ano quando comprei um S7!!! Top de linha compensa bastante com tanto que vc esteja disposta a pagar seu preço.


  • Essa última imagem responde a pergunta que fiz em outra matéria, sobre o smartphone nas mãos da Camila estar quebrado na região da câmera.. Uma verdadeira imagem de dor e sofrimento.

    Quanto a matéria, acho que depois que se tem uma experiência com um top de linha (mesmo que """antigo"""), é difícil voltar aos intermediários, e, principalmente, os de entrada.
    Ao menos comigo, e com algumas pessoas que conheço que fizeram a troca, é assim.

    Mas, uma dúvida: a Camila não estava com um S6 Edge, ano passado?


  •   19
    Conta desativada 02/05/2016 Link para o comentário

    E essa afirmação da camila sobre a atualização para o marshmallow, faz eu ter ainda mais certeza que o android é imensamente superior ao IOS. Enquanto na maça todos babam pelo update de aparelhos antigos, mas que deixam os APARELHOS LENTOS... no android até pode demorar, mas os aparelhos ficam cada vez mais rápidos.


    • Apesar da fragmentação do Android, sua afirmação é plausível. Tiro por base o iPhone 4S, que minha namorada possui. Ela parou o ciclo de atualização a partir da versão 7, por não ser mais interessante para ela.

      Mas é só procurar reviews bastante negativos sobre a atualização para a versão 9, que praticamente inutiliza o aparelho, vista a imensa lentidão que é proporcionada. Não posso opinar em relação a outros aparelhos, pois a arquitetura do SO da maçã nunca me chamou a atenção.


  • Comprei em dezembro um Xperia Z3, preferir pegar um topo de linha do ano passado do que pegar um intermediário e não me arrependo em nada o Z3 é fantástico.


  • Foi exatamente essa linha de pensamento que me fez escolher o Maxx na época de seu lançamento - E uma promoção relâmpago do Submarino que o fez baixar de R$ 2.4 pra R$ 2.0 =D


  • Concordo plenamente com a Camila (como sempre rsrsrs), com apenas uma ressalva: prefiro um High End do ano anterior. Saí de um Moto G 2013, que é um celular excelente, para um Lg G3, que também é um ótimo aparelho. A minha opção por ambos foi, basicamente, pelo mesmo motivo: suporte no XDA. Hoje consegui corrigir em partes os problemas do aparelho (esquenta muito + baixa autonomia de bateria -> tenho usado um custom kernel + underclock). Entretanto, o LG G3 eu peguei de segunda mão, visto que não acho plausível, em minhas condições atuais, gastar mais de R$1.000,00 em um aparelho celular.
    Resumo da ópera: paguei R$750 no meu G3 e tenho uma experiência premium em quase todos os sentidos (o SOT/ tempo de tela me decepcionou um pouco, ainda mais saindo de um road warrior como o Moto G 2013).
    Ou seja: Vida longa aos High-ends, principalmente os flagships!
    Ps.: pretendo comprar um S7 como meu próximo aparelho, mas daqui a 2 anos apenas.


  • Bom dia Camila!
    Concordo que ter um high-end é bom demais! Desde 2012 tenho meu S3. Não comprei no Brasil e meu anterior, um Nokia N8 (não sei se era high-end na época, mas a câmera era excelente), que eu usava desde 2008, foi comprado fora. Devido aos altos preços praticados aqui e a alta do dólar, considerei comprar um intermediário até o high-end cair de preço ou esperarei lançar o do próximo ano pra comprar do ano anterior. Câmera, tela, boa memória interna e RAM dos high-ends me conquistam!


  • Isso sempre há de levantar a eterna dúvida: mid-range ou high-end?

    Eu particularmente, sempre preferi investir um pouco a mais e pegar o dito "top" da balada, do que ficar passando veneno com aparelho mais modesto. Não critico quem possui, mas simplesmente não me atende.


  • Camila, você está com o seu Z2 a muito tempo. Hoje se você tivesse que comprar um smartphone novo, qual você compraria? Abçs


  • Já eu prefiro os intermediários que possuam um bom cxb. Meu primeiro smartphone foi o Razr D3, troquei ele pelo Moto G 2014 e se não tivesse sido furtado continuaria com ele, principalmente porque tinha Rom oficial da Cyanogen. Hoje possuo um Redmi 2 Prime e não penso em trocar ele tão cedo, a única coisa que me decepciona um pouco nele é a câmera, mas não é uma das minhas prioridades.


  • Compro sempre o TOP. E sempre no lançamento. Porém dou um intervalo entre um e outro. Hoje tenho o S6 Edge, que comprei logo no lançamento (foi caro!), porém não penso em trocar pelo S7. Antes dele, tinha o Galaxy NOTE 3, e digo: É um celular TOP, que se eu não tivesse trocado pelo S6, ele ainda me serviria uns bons anos, pois mesmo não sendo atualizado pro android M (de forma oficial), ele é rápido e estável (sim, tenho ele até hoje). Assim, o preço pago compensa pelo benefício, e pela durabilidade. Afinal, tenho que ter um smartphone bom, pois é o aparelho que mais uso no dia a dia.


  • Chorem quem tem uma carroça intermediária (zoas)

    Aff o pessoal sabe que os mid-range são ruim, mais fica de fanboyagem, :v mid-range só serve pra uso básico


  • Atualmente no Brasil com o dinheiro de um High end dá pra comprar um carro 😂😂😂


  • Olá Camila. Excelente artigo. Me restou uma dúvida: você foi assaltada na Alemanha?


  • Minha opinião eh igual a sua, desde 2012, quando comprei um S3 que sempre prefiro pegar topo de linha, sempre são mais rápidos e confiáveis que os modelos intermediários, a questão eh apenas paciência pra esperar a melhor hora de comprar! Desse jeito usei o S3, S4, Z1 e agora o Z3, vc gasta um pouco mais, mas vale a pena. Desses telefones aí, nenhum foi mais que 1500,00.


  • O problema não é comprar um top de linha, mas sim saber que ele será esquecido quanto a atualizações por parte das fabricantes.


  • Tbm acho q é viável adquirir um top


  • Concordo com você Camila Rinaldi depois que comprei meu primeiro topo de linha que foi um Xperia Z1 agora eu so compro topo de linha a experiência de um topo de linha é inesquecível você não precisar ficar trocando de aparelho todo ano pois seu processador um bom tempo como topo. Depois de dois anos comprei um Z3 não vou trocar -lo tão cedo.


  • Em relação às atualizações as fabricantes deveriam tomar vergonha na cara e atualizar pelo menos por 5 anos, deveria ser lei, sendo que a Google passa o Android sem cobrar nada, então é uma tremenda falta de vergonha e não custa tanto assim atualizar e agradar o usuário.


    • "e não custa tanto assim atualizar e agradar o usuário"
      Será que não? Custear uma atualização do Android não deve ser tão barato para a fabricante como se pensa, especialmente se estamos falando de um aparelho com anos de "estrada".
      Você deveria exigir 5 anos da Google quanto ao Nexus, pois eles brigam com o iPhone por terem uma abordagem similar. Mesma coisa os Lumias tops como os Lumias 920, 1020 e 1520, que até receberam a nova versão depois de 3 anos, mas não oficialmente (ainda; com exceção do último, se não me engano).
      E não é questão de "tomar vergonha na cara". Manter atualizado um aparelho Android envolve muito mais coisa do que se pensa, leonardo. Mesmo que elas tem em mente o objetivo de uma atualização, na prática uma atualização funciona, para elas, de outra forma. "Se eu atualizar o S5 e deixá-lo igual ao S7 na maioria dos recursos, isso não vai comprometer as vendas do aparelho mais recente?" "Se eu atualizar o J5 e deixá-lo parecido com o S7, não corremos o risco de perdermos vendas do aparelho top para um aparelho intermediário?".
      Você tem que entender que para elas o usuário é o último que entra na "balança". Bom se não fosse assim, mas a realidade é cruel assim mesmo.


  • Meu primeiro smartphone Android foi um Sony Ericsson Xperia Mini Pro 2011, e assim, depois da experiência com ele (sem trocadilhos) nunca mais quis outro da marca, por travar absurdamente, as teclas não funcionarem como deveriam. Troquei, e a partir daí, passei a comprar Samsung, primeiro foi o Ace II GT8160, depois o S2 Lite GT 9070 (que depois da atualização, 4.1.2, passou a travar devido a pouca quantidade de memória, 556 MB de Ram), então veio o S4, um ótimo dispositivo; agora estou no S5 NE (já vou vender pois é muito fraco para um smartphone com oito núcleos), mas passarei para Motorola, o Moto Maxx, que comprei e já chegou, só falta comprar um nano sim para utilizá-lo em definitivo. Não sou muito chegado a tops pelo preço que me deixa bem distante deles, e outra, para o meu uso, um dispositivo como o Moto Maxx, me serve muitíssimo bem, visto que vou atrás da melhor relação custo benefício.


  • Tenho um S2 desde 2012 ele é bom faz ligação manda SMS e tem o jogo


  • Eu também penso assim, se vou gastar meu dinheiro, quero comprar o melhor aparelho possível. Não é comprar por ser caro, por ostentação, mas eu sempre procuro as melhores especificações possíveis (pra mim), e sei que terei ele por muito tempo até precisar trocar de novo.


  • No meu caso, tenho o Moto X Style, o mesmo atende "praticamente" todas as minhas necessidades(em relação a um celular),seja na velocidade, câmera, memória e funcionalidades em geral, não me deixou na mão até agora, então, apesar do preço, vale o "investimento", mesmo tendo aparelhos "melhores" com preços quase equivalentes. Foi um "grannnnnnde" salto do meu antigo Samsung Omnia M (que rodava o WP)para este, e com ele ficarei por alguns bons anos,


  • Eu sou um dos que concorda que é melhor um high-end ultrapassado com um ano ou dois, que um mid-range atual.


  • Paguei 1100 no meu Moto X Force.


  • Rs. Camila, até dezembro eu era compulsiva. Tive o Note 3, Galaxy S3, depois fui pro S6 edge. Moto Maxx, Lumia 1020, Microsoft 640 Xl. Também todos os Iphones, desde o primeiro até o 6s plus. Sony, Z1, Z2, Z3. Vendi todos porque precisei reformar a casa. Agora tô com o Z5 e o C5 ULTRA. Adoro os topo de linha, mas o C5, que estou digitando nele, inclusive, me ganhou. uso mais que o Z5. Acho que é o tamanho da tela, de 6 polegadas, que é muiiito boa. As duas câmaras com 13 mega são excelentes. Na classificação ele é um intermediário né, mas tem cara de topo. Então, acho que tem intermediário tão bom quanto um topo. Pelo menos esse da Sony. Ps. Curto muito seus artigos.


  • Gosto de jogar com todos os detalhes por isso só top.
    Viso também, boa tela, câmera, acabamento, memória interna, áudio e outras coisas.


  • Só estou esperando a oportunidade certa pra comprar um "high end" de anos anteriores, por enquanto, um intermediário bem configurado e com Root está suprindo as minhas necessidades.


  • Agora, uma coisa é real, depois que anda de carro 1.8, 2.0, não quer mais andar de 1.0 ou 1.4... Mesmo sabendo que todos te levam pro mesmo lugar...
    Deu pra entender?!


  • Eu tinha um IPhone 4S que comprei no lançamento, durou 4 anos, sem travar, sem engasgos, me supria de boa, um top pode ser caro mas com o tempo ele se paga, ainda mas o iPhone que pode ser caro como um S7 ou Z5, e com o tempo ele não cai tanto como os outros. O valor de venda dele é ótimo.
    Se vc compra um top, acredito eu, é pra usar por 3 anos ou mais, pois ele atende muito bem!


  • Só compro high end pela performance mesmo. Celular travando jamais.


  • Tenho o galaxy s5 duos e apesar da capa do celular esta rachada e quebrada e o aparelho tbm ser de 2014, ele me satisfaz bastante ainda, e nao vou trocar tão cedo


  • meu lg g3 é um top de linha do mesmo ano do Z2, não me vejo trocando por um intermediário, esperando o 6.0 pretendo ficar mais 2 anos com ele


  • eu nunca largo mão de um top de linha ... quando vc começa não para mais de comprar tops kkkkk


  • Top de linha é vida sim apesar do grande valor pago em um smartphone 📱, ele demorara um bom tempo para fica ultrapassado
    S4 6 Meses
    Note 3 1 ano e 6 meses
    S6 2 meses
    G4 atual smart
    Próximo um G5 ou note 6

    Conta desativada


  • É justamente por essa longa duração que meu próximo cel será um top de linha


  • O problema de ter um topo de linha é que vc fica viciado em novidades, eu não consigo mais ficar sem trocar de celular todo ano, os recursos e as novidades sempre deixam você mais curioso.

    Moto X
    Moto X 2014
    LG G4
    Galaxy S7 Edge (em breve)


  • Concordo plenamente com o artigo. Sempre tive os tops e nunca me arrependi, mas meu ritmo de trocas é um pouco maior. Hoje tenho um LG G3 Internacional (3GB/32GB) e um iPhone 6S Plus 128GB. O LG está comigo desde o ano passado e o iPhone foi adquirido recentemente para substituir o Lumia 930.


  • bla bla bla .. tenho um Moto G 2013 a quase 3 anos e continua "novinho" em tudo; nunca deu problema, rarissimamente dar uns leves travamentos em jogos pesados, nunca me arrependi da compra e olha que eu moro no campo e trabalho cm irrigação. Confesso que ultimamente ele vem apresentando problemas na bateria e sei que já é hora de aposenta-lo...
    enfim, não é preciso pagar uma fortuna em um top sendo que um intermediário supre minhas necessidades por um preço sem comparação.


    • Andinho, como disse no meu artigo (que é uma opinião minha por sinal), você faz as suas escolhas com base naquilo que precisa. Usei o Moto G 2013 por um bom tempo, foi uma incrível mão na roda. A Motorola realmente conseguiu suprir uma incrível gama de usuários com o Moto G (qualquer geração). A minha questão aqui não é criticar low ou mid-range, mas dizer que eu sou muito feliz com a minha opção por um high-end em determinado momento, pelas claras questões que levantei no artigo. Pode ser "bla bla bla" para você, mas a minha experiência é que um topo de linha pode me trazer mais benefícios a longo prazo, apenas isso. Jamais irei dizer que um smartphone de baixo custo ou de custo mediano não seja bom. ;)


      • Melhor mesmo é o AndroidPit voltar a fazer promoções pros leitores. Adoraria ganhar um top de presente...


      • gostei do ponto de vista, com certeza hoje já dá para ficar mais tempo com um smartphone top, levarei em conta sua opinião na próxima compra.


      • Concordo com você, Camila. Existem casos e casos, às vezes um low resolve pro tipo de uso, mas pra quem quer uma experiência melhor, sempre o topo de linha vair melhor.


      •   21
        Conta desativada 02/05/2016 Link para o comentário

        Né!


      • Camila, eu já tive 2 Xperias, o Z1 compact e o Z3, porém tive alguns problemas comuns: 1- som dos auto-falantes muito baixos, a ponto de ficarem inaudíveis em ambientes externos. 2- câmera muito lenta para capturar as fotos, por varias vezes apareciam marcas (scanlines amareladas) e problemas de superaquecimento no Z3 para gravar videos. 3- Bateria, ambos não duravam mais de 3 horas de tela ativa, foi bem decepcionante.


    • Amigo me desculpe mas provavelmente você mudará de opinião após adquirir um topo de linha. Eu tive justamente o Moto G 2013 e antes dele estava com o Galaxy S2. Passando 6 meses eu não suportava mais o Moto G. Foi então que adquiri um Galaxy S4 o qual fiquei 1 ano com ele e a diferença de qualidade/hardware foi gritante. Atualmente utilizo um Galaxy S6.


    •   32
      Conta desativada 02/05/2016 Link para o comentário

      Achei engraçado que um tempo atrás tu disse que só tinha o moto g porque não tava com condição de comprar um top de linha, mas se tivesse, trocava todo ano, ué ??


    • Bem, claramente Andinho esta desdenhando de algo que ele ainda nem experimentou...
      Hora diz que não quer, que é "bla bla bla", outra hora diz que quer e que não tem condições... Enfim, sou usuário high e sou trabalhador comum. Cada um tem as suas prioridades, uns preferem roupas, outras beleza em geral e outros celulares!
      Camila, acompanho suas matérias (que são as melhores, minha humilde opinião) e acho que poderíamos respeitar todas as opiniões!

      Parabéns pelo trabalho sempre impecável!


    • Tudo puxa saco da Camila rsrsr :O


  • verdade


  • Nunca havia tido um topo de linha e a cerca de um mês atrás decidi me aventurar em um, o Moto X Style. Não faço um uso tão extremo do meu celular, mas a possibilidade de ficar sem trocar de celular por alguns anos é realmente uma coisa que me parece ser muito boa. Espero ficar pelo menos 2 anos com este, sem me incomodar...


  • Concordo, atualmente possuo um Asus Zenfone 2 que é classificado como intermediário, porem, tenho acesso aos Moto G's da vida e realmente, meu uso nunca mais foi o mesmo.
    Ok, ele não tem a melhor tela, a melhor câmera ou a melhor bateria, mas simplesmente pelo fato de quando eu quero jogar, eu tenho um aparelho que roda tudo liso, ou eu ao menos poder deixar vário jogos instalado sem ter que desinstalar nenhum por não tem espaço para mais nada.
    Não penso em deixá-lo tão cedo e quando sair deixar, vai ser para algo melhor. Meu dispositivo supriu todas as minhas necessidades, algo que não encontrei em nenhum outro pelo preço que paguei.
    Realmente valeu o investimento em um High-end


  • Ótima matéria Camila.
    Realmente, é como a Camila diz, quando se tem um top de linha, vc nunca mais quer saber de intermediário. E o xperia z2, como o lg g3, galaxy s5 são smartphone com qualidades ainda de top de linha.
    Eu, mesmo que seja de geração anterior, sempre irei de top de linha.


  • Sempre tive top de linha mas nunca compro no lançamento, espero as "promoções da vida"


  • Meus parabéns Camilla, muito bom quando a gente acerta assim numa aquisição. E para os que dizem que é muito caro, basta deixar o consumismo de lado que um top dura 3 anos como top com um pé nas costas.


  • Não curto os "tops" ($$$$$$$) kkkkkk


  •   83
    Conta desativada 01/05/2016 Link para o comentário

    Prefiro os tops, só tive um apareho básico, que foi um Ace l. De lá pra cá, só hi end. É bom demassss


  •   45
    Conta desativada 01/05/2016 Link para o comentário

    Hj tenho um z3+, apesar de ficar mal falado ele me satisfaz. O firmware "anti-incêndio" o transformou de octa para hexacore, 4 nucleos indo até 1,55GHz e 2 em 778MHz.
    Uso muito o chrome, cam e apps, para mim a carga dura de 26 a 30h.
    Durante o uso da cam, esquenta mas não vai te queimar. O AR Effect exige e também esquenta, mas nunca o app fechou comigo. É uma ferramenta super legal.
    Eu dei sorte pois no meu o que menos exige da cam e mal muda a temperatura é o 4K. Já gravei 8:30 min e podia ter ido mais tempo.
    Nunca o molhei nem nunca caiu.
    O meu é branco então vc nem vê as digitais atrás, somente contra a luz. A moldura metálica tem a tonalidade de ouro branco.

    - Câmera de 20.7 mb no modo manual. Frontal 5 mb
    - 32 gb sendo uns 20 livres.
    - Som stereo
    - IP 65/68
    - Remote Play ( conecta ao ps4, caso a tv esteja indisponível)
    - Dual + sd
    - grava a tela em full hd ( pode transmitir ao vivo no Youtube)
    - 2930 mAh
    - 3 gb ram
    - Multiplas contas de usuário tipo pc ( acho que vem em qq com 5.0 em diante).
    - Stamina/ ultra stamina
    - Dar zoom em video ao assistir ( não faço ideia se td smart tem isso)
    - X reality e modo supervívido
    - Usb livre , não tem a tampinha



    Dicas para quem tem ou quer : película e capa ( esta uso só na rua), usar fone de ouvido pois a traseira vibra ao aumentar muito o volume o que me deixa com receio de estourar o vidro. Escorrega em mesas, mas menos que o z3.


  • Depois da minha experiência com um top de linha! Nunca mais quero voltar pra um intermediário.


  • Vai do bolso e necessidade de cada um , mesmo para quem gosta de jogo e somente necessita verificar emails , redes sociais e tira fotos ocasionais qualquer middle end atende bem as necessidades.


  • Temos aparelhos intermediários muito bons, mas a qualidade dos Tops é algo inegável!


  • tenho um moto x 2013 comprado no inicio de 2014, o sistema começou a dar umas travadas e resolvi instalar cyanogenmod, melhorou 200%, uso o cm a 8 meses sem nenhum problema e meu celular da pau em qualquer moto g 2015


  • Eu compro de acordo com a necessidade. Hj tenho um note 4, mas o meu aparelho ideal hoje seria um note 4 com um pequeno downgrade: tela fullhd "apenas", gpu não precisava ser tão boa (pois não jogo) e sem leitor de digital e batimento cardíaco. Isso por si só teria reduzido bastante o preço do aparelho, mas como não tinha outro equivalente...


  • Legal a matéria! Parabéns!
    Quem adquire um aparelho com mais recursos normalmente passa a ter hábitos de acordo com os recursos que estão disponíveis e dificilmente se sentirá confortável em perdê-los.

    Mas a cada lançamento os intermediários estão mais robustos e os top excessivamente caros, por isso eu não estranharia uma migração no sentido dos intermediários a curto prazo.


  • Ainda não tive experiência com smartphones intermediários, tive um LG de entrada, depois migrei para o LG 4x HD, Samsung S3 e agora um Note 4. Vejo muitos reviews todos os dias de todos os canais, tanto de intermediário quanto de tops. E os dos tops sempre chamam minha atenção por seus diferenciais.


  • Pra certos usuarios um hi end é apenas para mostrar que tem, apesar de não saber usar 10% da capacidade do aparelho.


    • Mas veja pelo seguinte raciocínio.
      Você não usa sempre aquela função, mas sabe que quando precisar ou quiser usar, ela vai estar lá.
      É que nem TV Digital em aparelhos intermediários. Não é algo que você usa sempre, mas em caso de emergência (queda de energia ou o fato de você estar num local que não tem TV convencional), ele vai estar lá pronto para funcionar.


  • concordo com a camila,tenho um z2,um z3c e um s4 e o z2 nunca me deixou na mão, é bom em tudo e não me arrependo

    Conta desativadaConta desativada


  • Eu tenho um Z3 ótimo aparelho, até hoje não consigui achar contras, ele é excepcional é o meu primeiro high-end. Se tiver oportunidade de adquirir um top de linha não irá se arrepender, em termos de desempenho, atualizações, câmera dentre outras coisas, a qualidade é muito boa, vale o investimento.


  •   32
    Conta desativada 01/05/2016 Link para o comentário

    Acho que cada caso é um caso. O usuário tem que pegar o que dá pro bolso e/ou o que o satisfaz. Tem uns usuários aqui falando que se não for topo de linha nem compensa ou que smartphone de X valor vai virar peso de porta rápido blá blá blá. Não sei o que eles estão fazendo com os smartphones parrudos, topos de linha, as Ferraris do mundo Android deles, mas gostaria de saber para evitar e continuar NÃO tendo problemas com meus singelos "pesos de porta" abaixo de R$ 1000.


  •   45
    Conta desativada 01/05/2016 Link para o comentário

    Como está sendo o consumo da bateria Camila?
    Muitos donos de Xperia reclamçan que o modo Doze é inferior ao Stamina e perderam boa parte da autonomia.
    Por isso fico com pé atrás . Acho que vou deixar meu z4 no L mesmo.


  • Só tive experiências com celulares intermediários e com alguns acabei me decepcionando no quesito atualizações e na utilização a longo prazo.
    Os aparelhos top normalmente trazem mais segurança nesse ponto que tem muito peso atualmente :/


  • Concordo, embora eu ache ke tendo um high-end, por mais ki a gente tente, nunca vai conseguir usar toda sua potencia, ao passo ki com um mid-end sem fazer força vc logo terá problemas, apesar de serem mais baratos, e é exatamente por isso apesar de serem bem mais caros, nao abro mao da qualidade, potencia e confiança ki um high-end oferece, prefiro ter tudo isso com sobra e nao me preocupar, apesar dos altos preços, comprei um zenfone 2 deluxe special edition a tres meses por 3.199,00, simplesmente um excelente high-end da Asus, hj ele custa 2.900,00, mas e daí, o preço sempre vai cair, isso nao importa, o ki importa é se vc ker um aparelho top e se pode pagar, vc ki deve decidir o ki ker, sendo high ou mid-end, em qqer caso há ótimas opções, é só vc escolher...


    • Exatamente, mas não usar todo o poder do aparelho é muito útil a longo prazo, algumas atualizações trazem novas funções e consequentemente exigem mais do aparelho as vezes, um dos motivos de alguns mid depois de atualizarem o software perderem desempenho é isso, eles rodam pontualmente mas quando se exige mais não aguentam. Claro, existem vários casos


  • Olha, A questão de um top ou intermediário é irrelevante. O que importa mesmo é a total realização e satisfação de uso e experiência do aparelho.
    Vou relatar minhas ultimas experiências: Em menos de dois anos tive em mãos 14 modelos e só agora me encontrei. Vou relatar os últimos. Galaxy s4 fiquei com er le menos de um mês pois fiquei insatisfeito com a bateria, ai comprei um zenfone 5 com este a experiência fora pior ainda pois eu estava insatisfeito com a bateria do S4 piorou com o zenfone 5. Dai mudei para o tao sonhado iPhone 5s fiquei apaixonado mas foi uma paixão de menos de 30 dias. Eu percebi que está paixão era puro status e foi passageira pois as limitações da Apple me incomodaram rapidamente. Logo então comprei o tao badalado moto g3, mas tive outro decepção pois o aparelho com menos de 30 dias de udo começou a travar e ficar lento. Troquei então pelo Galaxy A3 mas não me acostumei com o tamanho então logo em seguida adquiri um moto x play. Ate que gostei deste aparelho mas o formato robusto me incomodou então com menos de 15 dias mudei para o Galaxy A7 aparelho grande e com belo designe mas estava tao saturado da Samsung que não fiquei nem 10 dias com ele entre outros tive lg g3, iPhone 5c, lg prime enfim oscilei entre intermediário e top de linha ate finalmente me encontrar em um aparelho que fora amor à primeira vista e já estou com ele a 4 meses e a cada dia que passa o amor aumenta. Estou satisfeito com s câmera, com o audio, com o designe, com os recursos, com o software, com a velocidade enfim totalmente feliz e este casamento oficial fora com um intermediário chamado LE NOVO VIBER A7010


    •   32
      Conta desativada 01/05/2016 Link para o comentário

      Eita, Paulo, você rodou bastante ein? hahah Mas me diz, por que não gostou da bateria do S4? E um dia eu tive a chance de mexer no Moto G 3 de uma amiga e deu umas engasgadas mesmo, talvez se tivesse testado a edição turbo, a experiência teria sido menos desagradável.


  • Matéria lixa em... Nossa.......


  • Sinto cheiro de treta no ar !!!


  • Oq dizer de um aparelho tipo moto maxx que hoje eh possível encontrar usado por 1000 reais?


  • Eu tenho um Z3 e sou muito feliz com ele!!! Bora aqueça um pouco, o aparelho é muito bom. Não me arrependo nem um pouco de ter ele. Bora sejam mais caros, os melhores smartfones são os high-end!!! Vc gasta muito agora é fica bastante tempo sem trocar por outro!!!


  • Estou satisfeito com meu LG G4, nem tenho vontade de trocar tão cedo. Certa é a Apple em não fabricar modelos de entrada, eles poluem o meio ambiente, entulham as gavetas ou viram pesos de papel, pois rapidinho serão descartados, aposentados.


    •   32
      Conta desativada 01/05/2016 Link para o comentário

      Quero saber o que você e um cara ali embaixo fumaram, pois essa é da boa.


  • Camila Rinaldi, eu tenho uma dúvida: Qual a capacidade de armazenamento do teu aparelho? Você usa cartão de memória?
    Se for o modelo de 16gb, não é algo que incomoda?


  • Tenho um Z2 posso dizer que é um aparelho completo. Tirando o problema do super aquecimento!


  • Me preocupo é que com a API vulkan vindo com o Android N, meu smartphone de 2014 32bits não vá rodar todos os jogos que sairem.


    • Vdd


    • Vai rodar sim só que não com a vulkan e sim opengl


    • É quase impossível disso acontecer, quando o OpenGL ES 3.0 foi lançado, os aparelhos antigos que não suportam ficaram na mão? Quando o AEP (Android Extension Pack) foi lançado, os aparelhos que não suportam ficaram na mão?

      A resposta é não e não, as desenvolvedoras adotam essas novas tecnologias completamente apenas após elas estarem muito bem difundidas no mercado.

      O Android N só deve ganhar uma porcentagem significativa de usuários no final do ano, e mesmo assim, não vai valer a pena para as desenvolvedoras se prenderem apenas a essa nova API.

      A receita gerada, é o fator mais importante para uma desenvolvedora, quanto mais usuários ela conseguir, maiores serão as receitas geradas.

      A API Vulkan só vai deslanchar de vez daqui dois ou três anos quando a maioria dos aparelhos suportarem ela, até lá, ainda veremos muitos jogos compatíveis com o OpenGL ES 3.1 + AEP.


  • Eu tenho um S5 Mini Duos e minha esposa também faz um ano, atualizado via odim Lolipop 5.1.1, e estão perfeitos sem travas.


  • Se não for um top de linha nem compensa ter um smartphone


  • Não é uma ode, mas tbm foi muito fraca em defender o uso de um high-end :/
    *Usuário de Sony Xperia Z3+


  • A questão de ter ou não um top de linha passa muito pelo preço, eu planejo trocar de smartphone nos próximos meses, querendo gastar no máximo 1500 R$ mais além do valor me preocupa os assaltos. Se dinheiro não faltasse claro que teria um, ou dois.


    •   32
      Conta desativada 01/05/2016 Link para o comentário

      Tiago, comentário perfeito! A única ressalva é que, no meu caso, smartphones até R$ 1000 têm me atendido perfeitamente até agora.


      • aí você compra um de 1.000 e dura quanto tempo? Um de dois mil pode durar o dobro ou o triplo do tempo sem os inconvenientes de um hardware meia boca.


      •   32
        Conta desativada 01/05/2016 Link para o comentário

        Não sei o que você anda fazendo com seus smartphones, mas comigo duram muito tempo sem "inconvenientes de um hardware meia boca". Se duvidar, eles ainda tem mais boca do que você, pra falar uma coisa dessas.


      • dexeu ver se entendiii; vc deve estar falando de Samsung néh?
        Pq os meus intermediários de hardware meia boca duram muitos Janeiros.


  • Comprar um high visando usar todo seu potencial é ter um ótimo aparelho por pelo menos 3 anos, pois ele continuará sendo um excelente aparelho, o que corrobora com o fato de que comprar um high end do ano passado é melhor que um mind end do ano atual, e possivelmente mais barato. Quando eu tive o Z2 coisas foram decretadas para os próximos aparelhos que eu comprasse: construção digna, bom processamento, boa câmera, bom som, se possível frontal. Agora ainda uso um Lumia 930 e um M7, e não pretendo trocar, pois ainda são excelentes e recursos é que não faltam, e o som do M7 é muito bom, assim como a câmera do 930. Mas se fosse só pra usar redes sociais, eu teria pego um Moto G, se tem um top de linha tem de usar todo seu potencial.


  • Geralmente procuro obter os aparelhos mais atuais devido a melhora nas especificações bem como atualizações, melhor fluidez dos aplicativos, etc. Só não costumo trocar logo após o lançamento pois os valores aqui no Brasil não condizem com a ficha técnica dos aparelhos.


  • "por que eu posso" huehuehuehue


  • Concordo plenamente com a matéria quem tem um top de linha não aceita mais voltar pra um intermediário eu tenho um moto x 2014 e ele até hoje da conta do recado não me deixa na mão em momento algum agora vou esperar o moto x 2016 pra vê as configurações dele se vale a pena troco por ele


  • PS:Sony devolva o modo stamina no Meu Z2 por favor...


  • Concordo! Meu pai, por exemplo, tinha um S3, e só trocou por um S6 pois o outro quebrou! Ele usa um celular até não dar mais.

    CAV


    • Acho que a maioria deveria ser assim como o seu pai, e não trocar apenas por vaidade.
      Eu mesmo, não viso trocar de smartphone tão cedo.


      • O problema é que as fabricantes detestam esse tipo de raciocínio.
        E tem gente cuja "carne é fraca". As fabricantes gostam demais desse tipo de consumidor, pois são eles que fazem seus "bolsos ficarem gordos".


  • concordo plenamente com a matéria, tenho por coincidência o Z2 desde setembro de 2014, na época decidi comprar um celular top para ficar uns 3 anos de boa com ele, foi um ótimo planejamento!


  • Realmente os smartphones da sony ficam melhores com as atualizações, diferente da Motorola que o aparelho perde desempenho e fica cheio de bugs. Confesso que ter um smartphone que atualiza rápido é legal mas um que atualiza e quando atualiza fixa melhor. É bem melhor.