Nós usamos cookies em nossos sites. Informações sobre cookies e sobre como você pode se opor ao uso de cookies a qualquer momento, ou encerrar seu uso, podem ser encontradas em Política de Privacidade.

Estes são os processadores Snapdragon dos próximos modelos intermediários

Estes são os processadores Snapdragon dos próximos modelos intermediários

O segmento de processadores para dispositivos móveis é bem competitivo. Prova disso é que nem mesmo a Intel conseguiu emplacar seus chipsets em diferentes marcas, ficando restrita a poucas fabricantes. Para manter a gama de modelos básicos e de intermediários competitiva, a Qualcomm lançou uma linha de processadores que oferecem suporte para inúmeros recursos e especificações.

Os novos processadores da Qualcomm foram anunciados em Hong Kong, e os dois principais fazem parte da série 600, que embala modelos intermediários e até topos de linha, como é o caso do LG G5 SE. O novo Snapdragon 653 vem com a mesma CPU octa-core do modelo 652, com quatro núcleos Cortex A72 e outros quatro 453, que agora rodam numa frequência máxima de 1.95GHz. Segundo a fabricante, o novo chipset tem um desempenho 10% superior ao seu predecessor.

O modelo 653 é o mais avançado dessa leva, suportando até 8GB de memória RAM. O segundo chipset, o Snapdragon 626 também foi otimizado em relação ao seu antecessor, agora suportando oito núcleos de até 2,2GHz. Além disso, o novo Snapdragon 626 vem com uma tecnologia chamada TruSignal, que melhora a recepção do sinal da operadora em diferentes tipos de regiões.

Os Snapdragon 653 e 626 oferecem suporte para câmeras duplas e até 8GB de memória RAM

Sobre os dois novos processadores mais avançados, o 653 e o 626, ambos oferecem suporte para altas velocidades de download e upload no 4G, além de suporte para câmeras duplas, que é uma novidade que chegou a pouco tempo com o iPhone 7 e os novos Google Pixel e Pixel XL. Além disso, a Qualcomm oferece suporte para a tecnologia de carregamento turbo, a Quick Charge 3.0.

Por fim, temos o Snapdragon 427, que é voltado para aparelhos mais básicos. Estamos falando de um quad-core que suporta a frequência máxima de 1.4GHz e que também oferece a tecnologia TruSignal. Esse modelo possui um modem 4G e oferece suporte pleno para dual-SIM.

Ainda não existem informações sobre quais modelos devem chegar ao mercado internacional embalados pelos novos chipsets da Qualcomm. É esperado que os primeiros smartphones intermediários com o Snapdragon 653 sejam lançados na China pela Xiaomi ou pela Lenovo, mas isso ainda é uma especulação de mercado.

Será que veremos modelos intermediários com câmeras duplas no Brasil?

Artigos recomendados

Os comentários favoritos dos leitores

  • Marcelo Pereira 18/10/2016

    Galera, não tem nada haver ter muita RAM, mega Clock, super bateria... tudo tem que funcionar em conjunto!!
    O que vcs me dizem dos processadores da Apple, tipo o A9 que é um dual core e bate de frente com um Snapdragon 820 e com menos bateria? simples! melhor projeto e arquitetura de processamento...
    Quanto mais RAM, mais dados poderemos ter em memória rápida sem precisar acessar a memória lenta (SD/Interna), portanto nada haver velocidade de clock. Quanto mais moderna a tecnologia de miniaturização e arquitetura dos processadores resultam em igual ou maior capacidade de processamento de dados com menor clock e consumo de bateria!

  • Danilo Cesar 18/10/2016

    Sò não pode fazer igual a samsung, colocar 6gb de ram e um processador com clock 1.2 UEHuHUEHuhUEHuHUHEUEHUe

  • Hector Manfredi 18/10/2016

    Falou tudo! E ainda vai ter gente que vai falar que você esta falando merda, mas ok.

74 Comentários

Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.
Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.
Mostrar todos os comentários
Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.