O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site. OK
7 min para ler 5 Compartilhado 11 Comentários

Review BLU Life Play - um dual-SIM em várias cores

Há pouco mais de um mês, escrevi sobre o lançamento do BLU Life Play no Brasil. Interessei-me tanto pelo aparelho, que resolvi trocar meu pequeno problema Samsung Galaxy Y por ele. Depois de um tempo usando, aqui vai uma review do aparelho.

blu life play
5 opções de cor / © BLU

BLU Products 

A empresa surgiu em 2009, em Miami, Flórida. A missão da empresa é proporcionar aparelhos não muito caros sem sacrifícios no design ou nas especificações. Os aparelhos são vendidos sempre desbloqueados e sem contrato com operadoras, ao todo a empresa já vendeu mais de 10 milhões de telefones em 40 países (América Latina, Caribe e Estados Unidos). A BLU tem escritórios nos EUA, México, China, Brasil, Colômbia, Equador, Honduras, Trinidad & Tobago, Haiti e Venezuela.

Design

Na escolha das cores já se nota uma diferença entre a BLU e as outras fabricantes: não há opção de preto, mas sim um grafite, além do branco, rosa, amarelo e o azul. Por uma leve compulsão, escolhi o azul. O telefone é bem leve (125g), e a parte traseira é levemente curvada, o que facilita na hora de segurá-lo. Além disso, a capa traseira de plástico é fosca e um pouco texturizada, o que dá uma impressão melhor quanto à qualidade do material. O azul vaza da traseira até a borda na frente do aparelho, abraçando todo o dispositivo. 

Na frente encontramos o display de 4,7 poelgadas, os três botões capacitivos embaixo (Menu, Home e Voltar), no topo da tela, a câmera frontal de 2MP, o speaker do telefone e os sensores. A moldura do display é bem fina, mantendo a impressão de um design de qualidade. Na lateral direita temos os botões de volume e o de ligar/desligar; os botões são de plástico prata, que combina com o resto dos detalhes também em prata. Na parte superior encontramos a entrada microUSB e para os fones de ouvido. Os fones representam um pequeno problema, já que os que acompanham o aparelho são um pouco desconfortáveis; o som é fantástico, mas infelizmente não é possível utilizar outros fones: todos os que testei apresentaram muito ruído e distorção, também fica difícil utilizar os fones da BLU em outros aparelhos, já que o pino é um pouco mais longo para encaixar no case.. A parte inferior e o lado esquerdo são limpos, sem nenhum botão ou entrada.

blu life play2
Design um tanto minimalista, mas ao contrário das imagens de divulgação, os botões laterais são prateados. / © BLU

Na parte de trás, encontramos a câmera de 8MP no lado esquerdo superior, um flash de LED ao lado da lente, do outro lado, escrito em prata, está: 8.0 Megaspeakers no canto inferior esquerdo e o logotipo da BLU em prata centralizado logo acima do speaker encerram as intervenções da fabricante no exterior do aparelho. A capa traseira é removível, nesse momento nota-se que o telefone é de plástico, já que a capa parece ser um tanto frágil. Ao remover a capa, encontramos a bateria removível de 1800mAh, a entrada para um cartão microSD (até 32GB) e as entradas para os cartões SIM: um normal e um mini.

Tela

A tela do Life Play é de LCD IPS, com 4,7 polegadas. As cores são bem marcadas, mas não saturadas demais, o branco é claro, o preto sofre um pouco pela retro-iluminação de LED. Os ângulos de visão sofrem um pouco pelo brilho da tela, que tende a refletir bastante o ambiente quando olhamos para ela de ângulos muito estranhos. Diretamente contra o sol a tela fica bastante escura, mas ainda é possível usar o aparelho e ler mensagens, por exemplo. Um ponto negativo é que o vidro é um imã para digitais.

A resolução é de 1280x720, o que quer dizer em torno de 312ppp.

Software

Ao contrário do que previa, o Android que vem com o aparelho não é vanilla, é quase. A BLU fez algumas pequenas modificações no OS: nas Configurações, há uma aba "COMMON SETTINGS", onde se encontram as configurações mais importantes e mais comumente acessadas; há também um power saver, que desabilita algumas funções quando a bateria fica muito baixa, além disso, os apps de Calendário, Relógio e Contatos também sobreram modificações, mas essas são quase que só estéticas. 

blu life play contacts
Contatos no BLU Life Play: cores diferentes do Android stock / © AndroidPIT

A BLU também inclui alguns apps próprios, mas nada muito invasivo: um tocador de música bem básico, um explorer para arquivos, uma lanterna, uma bússula e rádio FM (que usa os fones como antena). Obviamente não encontramos nenhum app de operadoras.

Basicamente encontramos um Android Jelly Bean 4.2.1 vanilla​, com alguns toques da BLU, mas nada que modifique muito a experiência.

Performance

O processador Mediatek quad-core com 1,2GHz usa tenologia ARM Cortex-A7 e tem 1GB de RAM. Não senti nenhum lag durante o uso. Não costumo jogar muito no smartphone (só Dots), mas testei alguns jogos e eles rodaram sem grandes problemas. Para uso no dia-a-dia, o processador aguenta perfeitamente e responde super rápido a qualquer mudança.

No AnTuTu ele fica entre o Nexus 7 e o Nexus 10, mas bem longe do Galaxy S4 ou do HTC One.

blu life play antutu
No meio dos concorrentes / © AndroidPIT/AnTuTu

Câmera

A câmera é boa, apresentou bons resultados tanto em lugares com iluminação natural quanto com luzes artificiais, às vezes, com o sol muito forte, as fotos ficam um pouco esbranquiçadas, mas talvez seja minha total falta de talento em tirar fotos, em ambientes internos, as luzes tendem a ficar difusas. Em ambientes muito escuros, é necessário ou usar o flash ou a função HDR. 

blu life play festa
Foto tirada em uma festa, com HDR. / © AndroidPIT
blu life play festa2
Na mesma festa, sem HDR. / © AndroidPIT
blu life play pano
A opção panorama está presente. / © AndroidPIT
blu life play parque
Fotos esbranquiçadas com muito sol. / © AndroidPit
blu life play cafe
As luzes ficam um pouco difusas em ambientes internos. / © AndroidPIT

Bateria

A bateria de 1800mAh é um problema. Com o WiFi ligado todo o tempo, e usando internet bastante, a bateria não aguenta o dia todo, mais de uma vez tive que regarregá-la durante o dia para não ficar sem o aparelho. Com 3G a história é diferente, a bateria aguentou muito bem o uso mesmo pesado e só tive que regarregá-la no final do dia. Entretanto, recomendo levar o carregador consigo. Existe a opção "Power Saving", que ajuda bastante na duração da bateria.

Especificações

Tela 4,7 polegadas, LCD IPS, 16M de cores, 1280x720 (~312ppp)
Processador Mediatek quad-core rodando a 1,2GHz, com 1GB de RAM
Sistema Operacional Android Jelly Bean 4.2.1 quasi-stock
Armazenamento 4GB interno, expansíveis com cartão microSD de até 32GB
Câmera traseira: 8MP, flash de LED, autofoco, vídeo de 1080 a 30fps; frontal: 2MP
Conexões WiFi, Bluetooth 4.0, 3G (no mini-SIM)
Bateria 1800mAh
Dimensões 137x68,4x7,9mm
Peso 125g

Conclusão

Nos Estado Unidos o BLU Life Play está à venda por 229USD, desbloqueado e sem contrato, o que o torna um celular muito barato para suas especificações. No Brasil, o preço oficial é de 1 200 reais, mas no mercado livre é possível encontrá-lo por 640 reais. 

O telefone não é um topo de linha, nem em níveis de performance, nem em especificações internas, entretanto, é um ótimo telefone. A BLU manda junto com o aparelho um case na mesma cor do telefone e uma lâmina de proteção para a tela, o que é um detalhe interessante, já que passa uma mensagem de cuidado e atenção.

Não é um telefone para heavy-users, que jogam muito ou usam apps que puxam muita bateria ou processamento, mas para a maioria das pessoas, é tranquilo. A bateria é um ponto importante, que me incomoda bastante, mas penso que já que adaptei bem a ela. A câmera é muito boa, nada comparável a um Lumia 1020 ou a um Galaxy Zoom, mas não deixa muito a desejar.

As opções de cores são um ponto muito positivo, já que fogem do tradicional branco/preto, mas essa é uma tendência que está se espalhando rápido. O celular é leve e muito confortável de segurar e usar, tanto com uma mão, quanto com as duas. O sistema operacional poderia ser stock​, mas fora a questão da atualização (que ainda não pude experimentar), não vejo muitos problemas com as leves modificações da BLU.

Adorei o telefone e não pretendo trocá-lo tão cedo por outro, para quem não quer um contrato de um ano com uma operadora e não se importa em comprar pelo mercado livre, é uma ótima opção. 

5 Compartilhado

11 Comentários

Escreva um comentário:

  • o review foi muito interessante mas uma coisa que tenho em duvida é. e as atualizações????


  • qual o problema com as cores a fabricante estar certa em botar cores variadas assim ela atende todos tipo de consumidores,todas deveriam fazer o mesmo.


  • Tenho life one x e a bateria ñ dura um dia, ligado ou ñ o wifi ele acaba a bateria Até se eu ñ uso ele ñ recebeu ligaçao a bateria ñ dura , me arrependi d ter comprado . Meu amigo tem um galaxy note usa ele o dia todo emails , internet ,wifi ele,etc e a bateria dura 2 a 3 dias . Fora o volume dele que é super baixo .:-!


  • gostaria muito de comprar um. onde posso compra-lo? sera que vale a pena? tenho um Sansung. SII.


  • Oi gostei do review , quero comprar uma para minha mulher, e venho pesquisando bastante, no caso da bateria nao pode ser trocada por outra com maior duração compativel?


  • Fica com 2gb disponiveis de memoria, faz o root, instala o app Link2sd, e manda tudo para o sdcard, foi o que fiz no meu.


  • Comprei um para testes, bom custo beneficio, so tem um problema, 4Gb de memoria que ficam em 2gb disponiveis, Para resolver isso, deve fazer root no aparelho, colocar um sdcard, e mandar todos aplicativos para o mesmo. No mais, nao fica nada atras de topos de gama como Samsungs, Sonys, etc.


  • Bem legal a review. Eu teria um blu azul, mesmo sendo heavy user.


  • +daniel
    obrigado!

    quanto às cores, bem, o que posso dizer, eu tive um Motorola V3 dourado...


  •   28

    +Francisco

    Parabéns pelo review detalhado. E parabéns também por nos mostrar esta alternativa a grandes fabricantes. Prova que falta de fama não é sinônimo de falta de qualidade. Já havia ouvido falar na Blu, no fórum ha pessoas que falam muito bem dela.

    No mais estou com o +Jefferson, meu celular tem que ser preto.

    Abraço


  •   60

    acho que eu to fora da casinha, não consigo gosta te celular colorido, pra mim tem que ser preto, ou no máximo grafite, terrível essas cores , mas tem gosto pra tudo.

O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site. Mais informações

Entendi