Nós usamos cookies em nossos sites. Informações sobre cookies e sobre como você pode se opor ao uso de cookies a qualquer momento, ou encerrar seu uso, podem ser encontradas em Política de Privacidade.

3 min para ler 92 Comentários

Mais um tijolo na supremacia dos smartphones: Samsung agora é a maior fabricante de chipsets do mundo

Por muito tempo, ouvimos falar da Intel reinando no mundo dos chips. Em matéria de desktops e notebooks a Intel era a rainha e o resto nadinha. AMD tentou e tenta chegar perto, mas um competidor que não colocaríamos no jogo há 6 ou 7 anos não só apareceu, como encostou e passou a gigante americana. Quem diria, a Samsung agora é a maior fabricante de chipsets do mundo.

A Intel conseguiu o feito de trabalhar com dois concorrentes ferrenhos ao mesmo tempo, Apple e Microsoft e manteve sua supremacia por incríveis 25 anos. No mundo da tecnologia isso é uma eternidade. Mas nada dura para sempre e, assim como estamos vendo o mercado de computadores convencionais cair a ano a ano com o aumento das vendas de smartphones cada vez mais próximos de serem computadores em tudo, a Intel também teve seu lugar tomado.

galaxy j7 prime screen one
Seu J7 Prime ajuda a engrossar esses números / © AndroidPIT

É verdade que a empresa se embrenhou no mundo dos smartphones, tablets e outros gadgets portáteis, mas esse jamais foi seu forte. Conhecedores um pouco mais antigos de tecnologia móvel nacional vão fazer a conexão entre os chips móveis da Intel e a parceria com a Asus no Zenfone 2.

Assim que conseguiu, a Asus partiu para a Qualcomm, deixando para trás os processamento da Intel que não sabia lidar com a bateria. A Intel nunca conseguiu melhorar seus produtos dessa área o suficiente para que fossem realmente competitivos junto à Qualcomm. Nos dias de hoje, MediaTek já é um destaque maior do que a Intel foi na época.

É importante frisar, porém, que isso não se deve apenas à linha Exynos de processadores da Samsung. Chipsets no geral podem incluir muito mais produtos, como memória, chips para outras partes dos aparelhos, etc.

samsung 512 gbyte speicherchip
Alguns dos produtos Samsung / © Samsung

Essa informação chegou através do relatório financeiro final de 2017 da Samsung, publicado ontem. A renda total da divisão de chipsets foi de US$ 69 bilhões no ano passado, bem maior do que os US$ 62,8 bilhões reportados pela Intel no mesmo período. E os números da Intel ainda foram um recorde da empresa, que nem assim deixou de perder seu primeiro lugar.

A receita total da Samsung em 2017 foi de US$ 225 bilhões, com lucro de US$ 50,7 bilhões. Notem que estamos falando em bilhões. Seus S7s, J7s, A5s e outros ajudaram nisso. Sua decisão de gastar mais em um smartphone e deixar o computador de lado, também. E para 2018, a empresa pretende investir em inteligência artificial, serviços na nuvem e no setor automotivo. IBM, Ford, Apple e outras líderes podem começar a se preocupar.

O que isso nos ensina? Que jamais podemos considerar apenas os concorrentes atuais. Sempre pode surgir alguém poderoso, quase que do nada (considerando-se 25 anos de liderança) e chegar ao topo.

O que você acha? A Samsung vai dominar outras áreas em breve.

Via TechCrunch Fonte: Samsung

Os comentários favoritos dos leitores

  • Soterio Salles há 9 meses

    O tempo passa pra todo mundo, IBM já foi sinônimo de PC assim como Nokia foi de celular. A Samsung foi inteligente vendo que compensava vender as peças que sobravam da fabricação dos Galaxies kkkkkkkkkkkkkkkkkk

    Pode parecer loucura mas é possível dizer que todo smartphone fabricado atualmente tem algum componente feito pela Samsung, até a Apple que é a maior rival da sul coreana usa desde o iPhone 4 algum componente.

    Eu torço para que outras fabricantes cresçam também, até porque um "mundo só de Exynos" não é nada interessante...

  •   48
    Conta desativada há 9 meses

    A questão é que a Qualcomm investiu muito pesado nessa tecnologia ...o que não foi o caso da Intel, quando ela firmou parceria com a Asus... achou que a fama que ela tinha em computadores e notebooks seriam suficientes, e não foi o caso, acabou ficando pra trás... Mesmo pq seu faturamento vem daí e não como fornecedor pra indústria mobile

  • Denis há 9 meses

    A Samsung tem potencial e mercado para crescer ainda mais.

  • Edilson Miguel há 9 meses

    haja concorrência assim ganhamos nós ( consumidores)

  • AC&MM há 9 meses

    Se, realmente, esses números são verdadeiros, isso se deve ao fato de que a perseverança e o foco em um objetivo valem a pena serem mantidos mesmo que isso signifique levar décadas pra alcançar o objetivo.
    E também mostra que, mesmo quem está na liderança, não pode, nunca, permanecer na zona de conforto.

92 Comentários

Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.

  • Pior, aqui em casa tem uns 5 aparelhos da Samsung, fora a televisão, os caras estão dominando tudo


  • A estratégia da Samsung se mostrou vencedora: inundou o mercado por anos com aparelhos de qualidade duvidosa, mas baratos, praticamente derrotando a concorrência no cansaço (e na incapacidade das concorrentes encarar a sul-coreana de frente, ou por decisões equivocadas, ou por capacidade fabril), pra depois de consolidada sua posição de destaque (é a única rival, em escala global e em volume de vendas, da Apple) subir a régua da qualidade (e do preço, e consequentemente, da rentabilidade do negócio). Se não tomar decisões erradas no intercurso dos próximos anos, a Samsung será um mundo à parte no universo Android, abocanhando não só uma parcela significativa do mercado, mas principalmente os nichos mais lucrativos.


    •   62
      Conta desativada há 9 meses Link para o comentário

      É a pura verdade, parabéns pelo texto brilhante e coerente com uma empresa que foi expandindo os seus negócios ao longo dos tempos.


  • Só da minha familia são 5 smart Samsung, fora a minha TV


    • Aqui tem 4


    •   62
      Conta desativada há 9 meses Link para o comentário

      Eu tenho Smart TV Samsung, minha mãe um J1 Mini, eu J5 Prime, fora amigos e parentes, cuja maioria tem S4, meu tio, tia S7, amiga S8, primo A5 2017, prima também A5 2017, e por ai vai, acredito que uns 90% dessas pessoas que conheço, só tem produtos Samsung.

      Isso se deve também devido a confiabilidade da marca, realmente até hoje nunca vi grandes problemas com nenhum produto Samsung, espero que continue assim.

      E tive durante quase 5 anos o lendário Galaxy Y Duos, aparelho ultra simples, nunca deu problema.


  • Nisso a AMD foi esperta ficou com o nicho das consolas. O PC não vai desaparecer como é lógico, mas também ninguém troca de ano a ano como os fazem com os smartphones,por isso a Intel vende menos mas tendo uma margem de lucro superior.


  • a Samsung tem feito um bom trabalho com seus exynos


  • olha do jeito que esta crescendo a Samsung pode dominar o mercado da tecnologia


  •   35
    Conta desativada há 9 meses Link para o comentário

    Convenci a minha esposa a sair do Moto G. Ela está fascinada com o J5 metal. O celular atende todas as suas necessidades.


  • Isso sempre ocorre, quem não lembra da Nokia, a maior fabricante de telefones móveis, incluindo o sistema Symbian, que era um dos mais utilizados no mundo dos smartphones? Ela deu a esnobada básica no Android que estava engatinhando. Resultado, a fabricante foi comprada pela Microsoft, o nome deixou de existir por um tempo, e só muito recente voltou a alguns mercados, e com que plataforma? Android!! Então, a "roda gigante da vida" vale pra tudo, o que está em cima desce, e o que está em baixo sobe.


  • A samsung investe até em tanques de guerra.


  • Agora ela pode parar de fazer trocentos j7s e fazer aparelhos com melhor qualidade com custo benefício melhorzin :p


    •   35
      Conta desativada há 9 meses Link para o comentário

      Olha o J7 Pro com 3GB de Ram e 64GB internos está ai por 1300,00. A linha J como sabemos é a linha do povão, que assim como eu não tem grana pra torrar.

      Eu tenho um J5..2015 e me atende muito bem. Pretendo ficar com ele por todo 2018. Quem sabe eu pegue um de 2018 em 2019... quem sabe.


      • Sim ela deu uma melhorada nesse último tempo colocando recursos que é visto nos tops nos intermediário e variedades com um preço melhorzinho e tal


    • Você não devia se preocupar com os J7s que ela lança.
      E sim em comprar o J7 certo, que é o J7 Pro.
      Pra principio de conversa, dos 8 J7s lançados até aqui (temos mais dois a caminho), 3 não são legítimos: J7 Prime (que na verdade é o On7 2016 ou On Nxt), J7 Max (que na verdade é o On Max com Smart Glow) e J7+ (que na verdade é o C7 (2017)).


  • Caramba. Esses coreanos estão pondo medo. Estão dominando tudo que põem a mão.
    Mas ainda acredito na força da Intel e que ela vai aparecer com algo competitivo em breve. Ninguém lidera 25 anos por ser incompetente.

Mostrar todos os comentários

Artigos recomendados