Nós usamos cookies em nossos sites. Informações sobre cookies e sobre como você pode se opor ao uso de cookies a qualquer momento, ou encerrar seu uso, podem ser encontradas em Política de Privacidade.
Samsung comemora 30 anos no Brasil como líder, goste você ou não
Samsung 5 min para ler 72 Comentários

Samsung comemora 30 anos no Brasil como líder, goste você ou não

A Samsung comemora neste ano 30 anos de Brasil. E para celebrar a data a empresa nos convidou para ver de perto seus feitos, é claro. Sabemos que a Samsung é atualmente uma das maiores empresas de tecnologia do mundo e líder em vários segmentos no Brasil e no mundo, incluindo aí o de celulares. Ao longo do texto compartilho com vocês alguns números interessantes, mas antes vamos falar de smartphones.

A Samsung começou a atuar no segmento de celulares muito antes de pensarmos em smartphones, mais precisamente no ano de 1998. De acordo com dados da GFK divulgados pela empresa, em 2010, a Samsung tinha 21% desse mercado. Em 2012, aí com a categoria de smartphones a todo o vapor no país, a Samsung fechou o ano com 49% de fatia de mercado. Desde então, a sul-coreana vem se mantendo na liderança, com um market share de 50% na média nos últimos 5 anos. Bom, disso você já sabia, né?

O que você (talvez) não soubesse é que a Samsung tem 50% de participação no segmento de smartphones premium, aqueles com preços a partir de R$ 1.900. De acordo com a GFK, enquanto o mercado total cresceu 20,8% (unidades) no primeiro semestre de 2017, o segmento premium cresceu 33% (unidades) no mesmo período. Sim, você não entendeu errado: mesmo em meio a crise, o segmento de aparelhos que custam R$ 1.900 cresce.

AndroidPIT Samsung Galaxy S8 vs S8plus 2055a
 Galaxy S8 e S8+ / © AndroidPIT

Cadê aquele emoticon com a mão no queixo? Foi daquele jeito que ficamos com essa informação: Hummm.

Então quer dizer que mais pessoas estão comprando aparelhos mais caro? Basicamente sim, mesmo em meio a crise. Em março, quando estive na MWC e conversei com analistas, inclusive do Brasil, eles disseram que a faixa a partir de R$ 2.000 estava crescendo e por isso as fabricantes estavam começando a trazer mais produtos desta categoria. Para Antonio Quintas, vice-presidente da divisão mobile da Samsung, que respondeu a uma pergunta de um colega, essa categoria cresce porque na crise as pessoas veem mais valor agregado nos produtos que compram, e smartphones acima de R$ 2.000, nós sabemos, costumam entregar um desempenho bastante satisfatório.

Outra coisa a se notar é que essa categoria premium da GFK é bastante extensa, indo de R$ 1.900 ao infinito, ou melhor, aos aparelhos que estão quase na casa do R$ 5.000. Logo, quando falamos que o segmento premium cresce, e que a Samsung tem uma parcela representativa dessa categoria, não estamos falando que eles estão vendendo Galaxy S8 e S8+ a rodo (e, em breve, o Note 8 também), mas sim que estão vendendo bem produtos da linha A e, eu apostaria, smartphones topo do ano anterior, no caso, o Galaxy S7 e S7 Edge.

galaxy a7 2017 review sete
Galaxy A7 / © AndroidPIT

Outras possíveis explicações para isso são que as pessoas estão mais conhecedoras do assunto, e hoje sabem mais a diferença que faz um bom smartphone na mão, e também que elas estão conscientes de que se trata também de uma ferramenta de trabalho. Está aí o WhatsApp for Business chegando para provar que celular não é só passatempo.

No passado, o Bruno já falou sobre o que é um smartphone premium e sobre a existência dessa categoria de intermediários premium. "Os dispositivos verdadeiramente Premium são apresentados como objetos de luxo e desejo, possuem características que os diferenciam do high end vigente e, em alguns casos, são colocados no mercado como produtos exclusivos ou de luxo. (...) Para os fabricantes, o segmento Premium é vantajoso por alguns aspectos, e os principais são: o público que consome esse segmento não é afetado diretamente pela crise econômica do país, a produção é feita em baixa escala e as margens de lucro são maiores". Se somarmos a isso o fato de que para a GFK o premium começa em R$ 1.900 temos a explicação para o crescimento da categoria e também da Samsung.

Além de abocanhar essa fatia de mercado mais gostosa, por assim dizer, a Samsung também vai bem nas camadas abaixo. A Família J é a linha de smartphones que mais vende no Brasil desde 2016, segundo levantamento da GFK, com destaque para o J5 em primeiro lugar e o J7 em segundo lugar. E, assim, o Brasil se consolida como a 3ª maior subsidiária da Samsung no mundo em volume de vendas de smartphones.

TVs e notebooks

Segundo a TNS Kantar, a Samsung é a marca mais lembrada e preferida dos brasileiros em celulares e televisores nos últimos anos. Porque sim, outro foco do aniversário da Samsung foi seu desempenho em TVs. Com a recente parceria com a SporTV para transmitir com exclusividade jogos da Seleção na Copa e as finais em 4K fica bastante claro que a empresa não está para brincadeira e que está gastando alguns milhões para ficar à frente da concorrência nesta categoria de produto também.

A Samsung é líder global por 10 anos consecutivos em televisores. No Brasil, em 10 anos, a companhia a conquistou mais de 17% de participação e alcançou, em 2016, 42,6% de market share conforme levantamento da GFK. Só no segmento dos televisores premium, de aparelhos UHD 4K com preço acima de R$ 8.000, o mercado cresceu 14%, enquanto a Samsung cresceu 26%.

Em 2017, a Samsung fez uma aposta no mercado gamer com o Odyssey e, segundo eles, chegaram a 40% de participação de mercado em dois meses pós-lançamento.

Curiosidades sobre os 30 anos da Samsung no Brasil:

  • Operação brasileira da Samsung inclui duas fábricas, uma em Manaus e outra em Campinas;
  • São cerca de 10 mil colaboradores, sendo 53% homens, 47% mulheres;
  • Há um centro de P&D proprietário voltado a inovação e dois independentes, juntamente com um Design Center em São Paulo;
  • Há também dois centros de distribuição e mais de 33 centros de parceiros de logística no Brasil.
Facebook Twitter 359 Compartilhado

Os comentários favoritos dos leitores

  • Ricardo Barbosa 30/09/2017

    Desde que você nunca atualize o SO, a Samsung funciona perfeitamente. E é tão inovadora que sua mais famosa e popular divisão de tablets (Tab E) foi lançada no Brasil (e no mundo) com os lendários processadores Spreadtrum e com o mais recente Android 4.4. Isso há menos de 2 anos, quando já estávamos usando o Android 6. Os lançamentos de 2018 sairão de fábrica com Android 5.1 ou 6.0 (se tivermos sorte). Enquanto isso, no mercado de celulares, segue a saga para completar todas as letras do alfabeto. Pelos meus cálculos, as letras K e F ainda estão disponíveis. Só de olhar, nunca sei se estou diante de um S5, de um J7 ou de um A5. Pra mim, são todos iguais. Se você quiser algo diferente precisará comprar um Edge. Mas também não será possível distingui-lo de um Edge de 2015. Não odeio a Samsung, só acho que, tirando a linha S Edge, o resto é carne de vaca.

  • Giordano Santiago 30/09/2017

    Já tive, não gostei. Próximo!

  • DogNinja 30/09/2017

    Ui ui ui
    Falou a defensora da Samsung.
    Cada uma que a gente lê...
    😂 😂 😂

    Ao menos tem uma coisa que eu adoro na Samsung:
    2 ou 3 meses após o lançamento do produto, o preço despenca...aí eu deixo os trouxas comprarem a primeira leva do produto... Sujeito a defeitos, preço mais caro...aí após esse período, dá pra comprar por 60% a 70% do preço de lançamento...novo do mesmo jeito...Vide S8...A5...
    Nisso eu apoio a Samsung!
    Continue assim!
    😉😊🤗

  •   100
    Conta desativada 30/09/2017

    Também não sou preso a marca nenhuma...
    Gostei comprei e não estou nem aí se os outros gostem ou não, mas nada de Maçã mordida porque nunca gostei.

  •   35
    Conta desativada 30/09/2017

    Monopolizando o mercado? kkkkkkkkkkkkkkk

    Man, ele tem a maior gama de aparelhos e veja que há alguns anos ela era ridicularizada por isso. Porém, com o passar do tempo outras marcas aderiram a esta estratégia, vide Lenovo. Então falar de monopólio onde temos mais de 10 empresas competindo, é ao meu ver, injusto.

72 Comentários

Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.

  •   16
    Conta desativada 04/10/2017 Link para o comentário

    Ri muito com o titulo da materia. Imagino haters mordendo cotovelos e destilando ódio.


  •   84
    Conta desativada 02/10/2017 Link para o comentário

    samsung meu amor te adoro mas volta com os botoes fisicos ou capacitivos Sai dessa merda de botao da tela pq é horrivel

    Conta desativada


  • Eu lendo esse texto blá blá blá....

    Conta desativada


  •   85
    Conta desativada 01/10/2017 Link para o comentário

    A Samsung é uma boa marca, sempre gostei dos smartphones dela (mesmo quando eram ruins, diga-se touchwiz), atualmente não uso mais pois os preços dos tops estão absurdos. As televisões são ótimas, atualmente tenho uma smart TV dela e curto bastante, futuramente quero comprar uma 4k com tela curva. O que achei mais incrível foi quando soube que na fronteira da Coreia do Sul com a do norte (pertence a do sul), tem um robô militar equipado com metralhadoras e inteligência artificial, se ele identificar qualquer ameaça, começa a atirar sozinho. Espero que ele não tenha touchwiz, Pq aí na hora da guerra vai que ele trava Hahahahaha 😂


  • brasileiro é burro e não procura se informar, muita gente acha que só existe samsung e motorola


    •   85
      Conta desativada 01/10/2017 Link para o comentário

      Aí é que entra o marketing em peso...

      Conta desativada


  •   62
    Conta desativada 30/09/2017 Link para o comentário

    A Samsung é realmente uma das melhores empresas do mundo, tanto que é líder mundial no segmento de smartphones, vende eletrodomésticos e vende até trator, se bobear vende tudo. Possui uma boa qualidade em seus produtos e merece estar aonde está. Embora eu gostaria de ver esse mercado mais acirrado, com LG, Sony, Lenovo, entre outras empresas. Sigo nessa minha '' luta '' de encontrar o aparelho que se encaixe no meu perfil de uso e fiquei bastante chateado, com a não comercialização do A3 2017 no Brasil. Fazendo um paralelo, o iPhone SE por exemplo, tem vendido muito bem e caiu no gosto de quem prefere tela menor assim como eu, mas sigo analisando, qual modelo irei comprar, pois cogitei até o próprio iPhone SE devido ao tamanho de tela, preciso fazer a escolha acertada, pois irei ficar de 3 a 4 anos com o aparelho. O problema, é que praticamente não existe mais nenhum Android com tela inferior a 5 polegadas, e comprar um aparelho porque as fabricantes ditam as regras, isso eu não faço. A Apple nunca fui um grande fã, mas admiro a diversidade de modelos para todos os gostos, e virou um Oasis nessa ilha de obsessão por telas grandes.

    Terei que optar por qual modelo escolher, estou mesmo bastante decepcionado com as fabricantes de Android, e a Samsung era a minha única '' solução ''. Mas, se eu tiver que mudar de sistema, como cheguei a usar o Windows Mobile, fazer o quê, nem tudo é perfeito, enviei dezenas de reclamações e pedidos a Samsung Brasil sobre o A3 2017, e não fui prontamente atendido e sim enrolado, por mais de 8 meses de espera, com a desculpa de que o modelo chegaria, entretanto não veio e importar, não importarei, por causa da garantia, sou rígido e exigente com certas coisas e achei uma profunda falta de consideração com quem prefere Android e telas menores. Muitos amigos e parentes, pularam o barco, foram para a Apple, não que lá seja melhor, mas pelo jeito, deverei depois de tantos anos no Android, ter que usar um iPhone. Mas, mesmo que eu mude de sistema, espero ainda ver alguma fabricante tendo que lançar um aparelho menor de 5 polegadas, mesmo que pareça uma utopia.

    Ainda reiterando, se há modelos com telas de 5.2, 5.5, 5.7,5.8, 6,0 ou mais, deveria também existir um de 4.5 ou 4.7 polegadas. Esse público fica restrito a usar essas telas '' imensas '', a qual, mal cabe no bolso da calça, pois fica um volume aparente além de chamar atenção. Eu sei que o smartphone tem um '' mundo '' ali dentro, mas ele também tem a função celular, e é importante para mim, pois segurar um tijolo nas mãos é complicado. E caso caia no chão, nem a lei da física ajuda, pois quanto maior o tamanho, o risco de quebrar a tela aumenta.

    Conta desativada


    • Xperia XZ1 da Sony tá aí com tela de 4.6" e hardware de top de linha... O único problema é que ele não vai ser comercializado oficialmente no Brasil, então só importando.


  • A touchwiz com o Android 6.0 para frente ficou muito bonita e fluida, uso android puro mas preciso ficar instalando apps para fazer coisas que a interface customizada faz nativamente. Eu realmente gosto da Samsung, da linha J para cima ela esta fazendo um trabalho bem bacana.


    •   85
      Conta desativada 01/10/2017 Link para o comentário

      O que mais melhorou da linha de smarts da Samsung nos últimos tempos foram os intermediários, com a interface mais leve.


  • Lembrando aos que não entenderam direito a matéria: a Samsung é líder no Brasil juntando TODOS os produtos que ela comercializa em território nacional, e não apenas celulares... O "queridinho" J5 até hoje não conseguiu ultrapassar o Moto G1 como aparelho mais utilizado pelos brasileiros.

    CAVConta desativadaConta desativada


    • Mas certamente brigou com o Galaxy Grand Prime entre os aparelhos mais procurados e vendidos da marca aqui no Brasil nos últimos anos.


  • Volta logo, Nokia ...


  • Até curto a Samsung, só reclamo deles nao deixarem o Android puro, fora isso nao tenho o que reclamar da Samsung


  • Já tive, não gostei. Próximo!

    Conta desativadaConta desativadaConta desativadaConta desativadaConta desativadaTenente ZuretaConta desativadaConta desativada


  • Nada como Samsung, mas odeio suas alterações no Android.


  • Estou usando um A9, meu primeiro Samsung, desde o início do ano e estou adorando o aparelho.


  • Por mais que tentem desmerecer a Samsung ela continua em primeiro.
    Não vou render os comentários com vários e vários merecimentos da empresa.
    Parabéns Samsung.


  • A Samsung já foi uma grande bagunça no mar do Android, metralhando sequencialmente dispositivos quase todos os dias no mercado. Vem mudando e inovando e é bom pra todo o mundo. Parabéns.


    •   85
      Conta desativada 01/10/2017 Link para o comentário

      Verdade, lembro da época que tinha mais de um lançamento por mês, era tanto Galaxy que não dava nem pra lembrar todos....

      CAVConta desativada


      • Ela não mudou tanto assim nesse sentido.
        Ela só reestruturou os seus lançamentos, pensando com mais cuidado e delimitando melhor suas séries de aparelhos (ao invés de usar nomes genéricos como Ace, Pocket, Young, Trend, Fame, Grand, Core, etc).


  •   55
    Conta desativada 30/09/2017 Link para o comentário

    Se tratando de certos intermediários e os topo de linha são muito bem fabricados. Tive, recentemente um J5 Prime, apesar de um aparelho de boa aparência, o espaço interno (8GB) apenas era um sério problema. Então, me desfiz do mesmo. Por outro lado tive um S5, aí eu entendi, apesar de não ver motivos para eu fazer isso, porque as pessoas compram um aparelho da linha S, realmente é smartphones muito bom. Não deixa nada a desejar, e digo (hoje o S5 está com meu filho) o S5 ainda dá um show em muitos lançamentos recentes por aí. A Samsung é uma empresa estrategista desde sempre, sempre trouxe celulares para todas as pessoas, mais caros e mais baratos. Na verdade a empresa caiu na graça de muitos, tem pessoas que não compram outra marca de jeito nenhum. Já eu gosto da diversidade, experimentar várias marcas para poder ter uma análise prática dos mesmos.


  • Interessante. Só não entendi o "goste você ou não". Para quem foi a indireta? haha


    •   85
      Conta desativada 01/10/2017 Link para o comentário

      Tem muito fanboy de marcas por aqui, então sempre tem discussões bestas sobre qual é melhor e qual faz mais kkkkk


  • Não amo e nem odeio, Samsung tem sido um expoente no mercado mobile e feito um bom trabalho, exceto quando o assunto é preço, bloatwares e Updates do SO", tem muito que melhorar assim como as demais fabricantes que atuam no mercado brasileiro.


  • Ui ui ui
    Falou a defensora da Samsung.
    Cada uma que a gente lê...
    😂 😂 😂

    Ao menos tem uma coisa que eu adoro na Samsung:
    2 ou 3 meses após o lançamento do produto, o preço despenca...aí eu deixo os trouxas comprarem a primeira leva do produto... Sujeito a defeitos, preço mais caro...aí após esse período, dá pra comprar por 60% a 70% do preço de lançamento...novo do mesmo jeito...Vide S8...A5...
    Nisso eu apoio a Samsung!
    Continue assim!
    😉😊🤗

    Amilton LopesConta desativadaConta desativadaConta desativadaConta desativadaConta desativadaConta desativadaConta desativada


    • A lg consegue ser pior


      •   85
        Conta desativada 01/10/2017 Link para o comentário

        A LG foi a melhor esse ano, o top dela caiu R$2000 em menos de 6 meses uahauahaua 😂


    •   85
      Conta desativada 01/10/2017 Link para o comentário

      Mas toda marca é assim, sempre após o lançamento os preços começam a cair, até os Xiaomi, One Plus e etc, ficam mais baratos com o passar dos meses. O Mi6 era vendido em média por R$1500 no lançamento em maio, agora se acha fácil na faixa de R$1200 ou até menos com cupons de desconto....


      • Oneplus está quase pelo mesmo preço de lançamento...Iphones só baixam o preço depois de vários meses...mas, o que Samsung e LG fizeram com os primeiros compradores de S8 e G6 beirou ao ridículo... Só faltou a faixa "Eu sou trouxa"...desvalorização de 30% a 50% semanas após o lançamento só vi com esse G6 e esse S8.
        😡


  • Desde que você nunca atualize o SO, a Samsung funciona perfeitamente. E é tão inovadora que sua mais famosa e popular divisão de tablets (Tab E) foi lançada no Brasil (e no mundo) com os lendários processadores Spreadtrum e com o mais recente Android 4.4. Isso há menos de 2 anos, quando já estávamos usando o Android 6. Os lançamentos de 2018 sairão de fábrica com Android 5.1 ou 6.0 (se tivermos sorte). Enquanto isso, no mercado de celulares, segue a saga para completar todas as letras do alfabeto. Pelos meus cálculos, as letras K e F ainda estão disponíveis. Só de olhar, nunca sei se estou diante de um S5, de um J7 ou de um A5. Pra mim, são todos iguais. Se você quiser algo diferente precisará comprar um Edge. Mas também não será possível distingui-lo de um Edge de 2015. Não odeio a Samsung, só acho que, tirando a linha S Edge, o resto é carne de vaca.

    CAVAmilton LopesConta desativadaConta desativadaConta desativadaConta desativadaConta desativadaConta desativadaConta desativadaConta desativadaDogNinja


  • Samsung quero meu Note 8 256GB 6GB...pra já anda logo.


    •   85
      Conta desativada 01/10/2017 Link para o comentário

      E ela vai querer feliz com os mais de R$5000 que vai cobrar por ele 😂

      Conta desativada


  • Ame ou odeie mas não podemos negar que ela está alí puxando o barco!


  • Bom atualmente tenho um Xiaomi Redmi Note 4 e sinceramente me atende perfeitamente e me vejo seguindo essa linha Xiaomi por alguns anos minha esposa tem o S7 o que me incomoda de fato é ainda os apps pré instalados mas no geral (em todos os seguimentos exceto notebook) gosto da marca e da qualidade dos equipamentos...

    Conta desativada


  • Eu gosto muito da Samsung e gosto da Apple porém não gosto do IPhone! Prefejo um MIMIMI desnecessário em 3. 2. 1.


    • Eu concordo, pq tenho alguns produtos (Ipad, MacBook) da marca, e os Iphones nunca conseguiram me atender como os Galaxys, da linha S...


    •   85
      Conta desativada 01/10/2017 Link para o comentário

      Eu já gosto dos iPhones, pena que são caros kkkkk. Mas futuramente quero voltar a usar junto com o Android....


  • parabéns Touchwiz...opa...Samsung *** kkkkk


  • Eu gosto dos produtos da Samsung... Comprei bastante coisa deles ao longo dos anos... Foi com eles que eu comecei a usar Android, gastei uma boa grana pra comprar o primeiro Galaxy S no lançamento.
    Atualmente não tenho um smartphone da marca (preços incompatíveis com meu bolso) mas tablet pra mim tem que ser deles e com S-Pen.
    Tenho um notebook da marca que está comigo há uns bons anos e tá firme e forte embora não seja tão potente... Do Windows 7 até o Windows 10 ele tá lá fazendo o trabalho dele muito bem.
    Recentemente comprei uma TV da marca também, fiquei louco pelas telas curvas e tratei de comprar uma...

    Mas apesar disso não sou preso nas marcas não... Compro produtos que acho bom.


    •   100
      Conta desativada 30/09/2017 Link para o comentário

      Também não sou preso a marca nenhuma...
      Gostei comprei e não estou nem aí se os outros gostem ou não, mas nada de Maçã mordida porque nunca gostei.


    • Pessoas que se limitam a marcas não dão valor aos seus bolsos.
      Até BLU eu já tive, possuo um Xiaomi atualmente e estou de olho em alguns Leeco.

      Conta desativada


      • Estou atualmente com a Xiaomi nos smartphones também, adorando a MIUI e a fluidez do sistema... Mais pra frente penso em experimentar um Oneplus ou então um Nokia (de olho no futuro Nokia 9)... Também queria um Huawei mas os preços deles são meio salgados.


      • Huawei é o meu sonho de consumo, mas seus preços me impedem de comprar um. Outro que tenho interesse em comprar são os ZTE da linha Nubia.
        Realmente, os smartphones da Xiaomi me surpreendeu, são ótimos, nada a reclamar até o momento.


      • Tive um Nubia Z11 antes de pegar o Mi Mix... Rapaz a Nubia tem aparelhos muito bonitos e uma interface bem simples embora customizada, perto da MIUI eles parecem Android Puro Kkkkkkkkkk

        Agora uma coisa que pode parecer besteira pra alguns eu achei legal... É o cuidado com o visual dos Nubia... O Z11 e Z17 por exemplo vem numa caixa de plástico com o logo da Nubia em cima, fone de ouvido e carregador também são tão bonitos quanto o smartphone. Mesmo o Mi Mix não achei que tem aquele apelo visual na caixa mesmo sendo bonito.


      • Sim, vi alguns videos unboxing e reviews de alguns nubias e eles impressionam esteticamente, é de brilhar os olhos ao se abrir e ver a caixa.


  • Sempre fui muito "meio assim sei la"com a Samsung até eu dar de presente para minha namorada um A5 2016 Rosê. Celular lindo com sistema extremamente fluido mesmo com a touchwiz. Depois de mais ou menos um mês recebeu atualização para o Nougat e o que já estava bom ficou ainda melhor. Semana passada comprei um A9 2016 e estou muito satisfeito (apesar de ainda não haver atualização para o Nougat) pela sua bateria top (5000mAh) e seu display de 6 polegadas. Enquanto lançarem smartphones de qualidade em todas as faixas de preço, merecem e muito estar em primeiro.


  • Não dá para negar que os aparelhos de ponta da marca são ótimos, mas não é eles que trazem a liderança e sim os populares enquanto a Motorola vendia milhares de Moto G a Samsung vendia milhares de vários modelos isso conquista Market Share.


  • monopolizando o mercado é fácil. Se o mercado de smartphones nesse país de me*** fosse variado, com marcas chinesas, por exemplo, competindo, duvido que ficaria na liderança.


  • A Samsung tem otimos aparelhos so faltam eles se dedicarem mais em atualizaçoes


  • Não sou do fã clube, mas me adaptei muito bem utilizando dispositivos dessa marca, e do que tive, só não gostei do S5 New Edition (migrei para outra marca), porém, de todos os outros que tive, e atualmente, do que uso, o S7 Flat, não tenho do que reclamar.


  • Bem que podiam comemorar dando belos descontos em seus produtos , fazendo uma Samsung Friday -)


  • Hoje dá pra encontrar o S7 na faixa de 1500 ~1700. Eu inclusive peguei um recentemente por 1600. Na minha opinião, não tem CxB melhor ultimamente.


  •   100
    Conta desativada 30/09/2017 Link para o comentário

    Para mim não é novidade nenhuma que a Samsung é líder...
    Está fabricando ótimos aparelhos a muito tempo!