O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site.

1 min para ler 77 Compartilhado 54 Comentários

Sem mais eventos de venda: Redmi 2 estará disponível a qualquer momento

Desde o lançamento no Brasil há cerca de dois meses, a Xiaomi só vende o Redmi 2 durante os eventos de venda que acontecem mais ou menos a cada semana. Pois a partir de amanhã, dia 25, a Mi venderá o smartphone e o Mi Power Bank diretamente pelo site, a qualquer hora.

Tradicionalmente, a fabricante chinesa vende seus lançamentos primeiramente através de seus eventos de venda, para só depois liberá-los no site. No Brasil, apenas o Redmi 2 foi lançado, mas provavelmente teremos outros smartphones logo, logo. A liberação das vendas no Redmi 2 e do Power Bank pode indicar que a Foxconn tenha conseguido suprir a demanda da Mi no país.

redmi 2 eventos
Redmi 2 disponível todo o tempo./ © Mi Brasil

A Mi Brasil iniciará as vendas livres do smartphone e da bateria a partir de amanhã, 25 de agosto, às 15h. O preço do Redmi 2 continua o mesmo, R$ 499,00 à vista no cartão ou boleto e R$ 549,00 em até 10x no cartão. Além disso, a Mi Power Bank estará à venda por R$ 99,00. 

Qual smartphone a Mi precisa trazer para o Brasil?

77 Compartilhado

Os comentários favoritos dos leitores

  •   32
    Islan Oliveira 25/ago/2015

    Corte de gastos. Vendendo só pela internet sai mais barato.

  • Blind 24/ago/2015

    Eu não acho nenhum pouco absurdo pois se você pensar como Empresa e até como Consumidor consciente entenderá que para chegar neste preço barato, eles vendem diretamente do site sem intermediários. E os Eventos são uma TRADIÇÃO da Empresa na qual sempre foi anunciado e falado, então quem quer um, que se adeque a Empresa e sua filosofia. Fora que isso sempre acontece no começo de um mercado novo, assim eles conseguem análisar o perfil do mercado, ver se realmente venderá bem (pra não ter que ficar com aparelhos parados em estoque). Você se tivesse uma Empresa faria o mesmo.

    Agora que viram o quanto está realmente vendendo bem e provavelmente já estão fazendo versões produzidas aqui no Brasil, eles liberaram. Mas vamos ver se as vendas continuarão bem por muito tempo, pois produzir mais do que se vende é complicado.

    Ah, existe tbm o fator "exclusividade" que querendo ou não, atraí muito as pessoas que "conseguiram" comprar o seu num evento "especifico".

    Para mim o ideal é sim venderem liberado sem hora marcada como vai ocorrer, mas se for pra aumentar os preços por venderem em lojas físicas ou parceiros e aumentar 30% como costuma ser cobrado, não vale a pena. Espero que com a lei do bem agora com redução de imposto para esses aparelhos, baixe mais ainda o valor final em torno de 450. Ou quem sabe já era esperado para eles venderem com margem de lucro abaixo, não ganhando basicamente nada em cima pois são aparelhos importados e se torna mais caro. Para depois compensar com a redução de imposto, manter o preço em 499 e conseguir o lucro perdido dentro desse periodo de 1 mês e meio.

    Devemos pensar como Empresa e consumidor, só assim algo seria JUSTO.

  • Yuri Barbosa 25/ago/2015

    Este comentário foi escrito através de um redmi 2. E podem acreditar no que dizem os reviews. Ou até mais. É o celular mais fantástico do momento. Pelo que promete, o que cumpre e o que custa.

  • Gustavo L. 24/ago/2015

    O preço do redmi 2 não aumenta com a alta do dólar, mas a Motorola aumenta o do moto G... Vai entender.

54 Comentários

Escreva um comentário:
Mostrar todos os comentários

O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site. Mais informações