Nós usamos cookies em nossos sites. Informações sobre cookies e sobre como você pode se opor ao uso de cookies a qualquer momento, ou encerrar seu uso, podem ser encontradas em Política de Privacidade.
A lenda que nunca morre: o smartphone Google de baixo custo
Opinião Google 3 min para ler 12 Comentários

A lenda que nunca morre: o smartphone Google de baixo custo

Você acredita? Eu acredito, e tenho cada vez mais esperanças, mas não como antes. Há anos esperamos um smartphone de baixo custo do Google, aos moldes da famosa linha Nexus, mas esse sonho vai sair do papel?

Atualmente, há mais rumores do que nunca. Quase todos os dias, brota uma nova notícia falando sobre aprovações no FCC, novas funções e uma eterna tentativa de explicar o quê o tal do Pixel baratinho terá a menos do que a linha principal. A data de lançamento é outra incógnita.

Desde que o Google abandonou a linha Nexus e lançou a linha Pixel, muita gente ficou órfão do conceito que era apresentado anteriormente. Os aparelhos Nexus eram conhecidos por um excelente custo benefício, trazendo atualizações contínuas de software e um hardware muito bom.

Google Pixel 3 Lite vs Pixel 3 Lite XL comparison 91mobiles 1
Rumores indicam que os pixel "lite" ou 3a serão assim / © Onleaks / 91mobiles

O mesmo se manteve com os Pixel, basicamente, mas o preço não acompanhou. De uma linha cujo objetivo era espalhar o Android em sua melhor forma pelo mundo, passaram a uma linha cara, uma tentativa de objeto de desejo e, acima de tudo, um portfólio luxuoso para que o Google mostre seus dotes de software.

Eu tenho um Pixel 3, é meu daily driver. A quem me pergunta se o indico ou não, a resposta é sempre a mesma: ele é imbatível em câmera e em atualização de sistema. Mas é só isso. Se é o que você procura, ele é o ideal. Não que os Pixels sejam ruins, pois apesar de alguns problemas, são hardware de ponta, alinhados com os atuais.

O problema é que os Pixel não têm outros destaques para competir ou se sobressair junto aos concorrentes. E, na verdade, nem acredito que o Google queira ficar chutando seus parceiros. Nexus ajudou a disseminar o Android, coisa que não é mais necessária hoje em dia, consagrado como está.

androidpit google nexus 5x
Quem não amava a linha Nexus? / © AndroidPIT

Por isso, um Pixel a preço popular é, sim, um desejo forte meu. Gostaria realmente de ver o que a Big G pode fazer para trazer o melhor, mesmo que sem destaques, a um intermediário premium (não acredito que vá ser mais “popular” do que isso). E acho que esse é o momento certo para essa “lenda” se tornar realidade.

Os indícios são muitos, e os principais são lançamentos de grandes OEMs, como o Galaxy S10e da Samsung. Nunca foi tão popular ter uma versão mais simples do seu aparelho. Infelizmente, usando alguns desses mesmos exemplos, isso não necessariamente (e bem pouco provavelmente) signifique preço baixo. Até a Xiaomi já fala em aumentar seus preços.

As versões Lite de muitas fabricantes estão vindo custando bem caro. Lá fora, o Galaxy S10e chegou por US$ 750, aproximadamente R$ 2.900, e chegou aqui por aqui a R$ 4.300. Acredito que podemos esperar um preço similar a esse para um Pixel 3a, como está sendo chamado. Não há nenhum motivo pelo qual o Google colocaria o preço muito abaixo disso, seu foco não são as vendas.

Pixel 3 XL 07
Qual será o futuro da linha Pixel? / © AndroidPIT

Então eu boto como grande probabilidade a chegada de um novo Pixel, um pouco mais barato, antes do anúncio do Pixel 4, talvez até no Google I/O. Mas de forma alguma acredito que teremos algo como na época dos Nexus. Estamos em uma época de preços altos, e levarão uns anos para isso mudar. O Google, que nunca se esforçou para precificar bem seus Pixel, não será o líder dessa mudança. E não, não virão para o Brasil.

Você acredita na lenda do Pixel baixo custo?

Facebook Twitter 58 Compartilhado

12 Comentários

Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.

  • Leio matérias da Stella escutando a voz dela alto e claro na minha mente,eu hein!!!!!!


  • Seria interessante o Google fazer dois lançamentos por ano, um intermediário e um top de linha. Porém com os valores atuais dos smartphones sai mais barato importar um top da geração passada.


  • Pessoalmente não acredito que isto ocorra , quem quiser um gadget com " Android puro " terá que se contentar com os que rodam o Android One.


  • Verdade seja dita, só é caro por carregar o nome Google.
    Outras fabricantes montam aparelhos com os mesmos hardwares e conseguem oferecer bom preço.


  • acho dificil rolar


  • O dobrável da Samsung ficou por quantos anos na promessa? Por fim veio de fato ao mundo...
    A Google chegou a negar que estava trabalhando em Pixels intermediários? Se não ainda há esperança, talvez como Pixel 4 Lite que e junto dos próximos aparelhos esse ano...

    Agora smartphone lendário é o Surface Phone da Microsoft... Desde os tempos do Windows Phone relevante que falam nele...


  • Na época do nexus sim hoje não rola mais


  • Nunca vai rolar.


  • Sinceramente, não. A política de preços baixos já se foi, infelizmente, agora é tudo mais caro. Ano de 2017 para 2018, comprei um Asus ZEKL554, o preço estava muito bom para um intermediário com SnapDragon 660. No lançamento do S9, fiquei interessado em comprar-lo, mas o alto preço cobrado me afastou para bem longe. Estava atrás de um dispositivo que pudesse passar um tempo longo com ele, e o S9 era a opção. Só agora, em 2019, com o lançamento do S10, consegui numa promoção, comprar o S9 num preço imbatível e imperdível. Porém, a tendência é só aumentar. Estou muito satisfeito com o desempenho do Samsung Galaxy S9.


  • Também acho uma boa, acredito ter demanda ainda reprimida por um intermediário premium com ótimas câmeras e atualizações constantes. Mas eu acho que chega abaixo dos 650 dólares, afinal os próprios Pixel 3 e 3XL estão no momento (e dizem que vai continuar assim) com descontos de 200 dólares sobre o preço de lançamento, e não seria muito racional a escolha dos novos intermediários com preços semelhantes aos topos de 2018.


  • Resumindo em poucas, o sonho ainda não virou realidade. #droga