Nós usamos cookies em nossos sites. Informações sobre cookies e sobre como você pode se opor ao uso de cookies a qualquer momento, ou encerrar seu uso, podem ser encontradas em Política de Privacidade.

Throwback Thursday 4 min para ler 56 Comentários

#TBT: Em que momento o SMS deu lugar aos aplicativos mensageiros?

No passado, o SMS era uma grande forma de comunicação. Os motivos eram claros: praticidade e custo/benefício. Mas você lembra quando foi a última vez que usou o serviço de SMS ou MMS depois da chegada do WhatsApp? Eu lembro, foi ontem a noite!

Lembro como se fosse hoje dos tempos em que eu e o meu Nokia 3310 tínhamos uma excelente relação, especialmente porque havia ganhado o aparelho em conjunto com um plano pós-pago no qual podia enviar até 30 mensagens de texto de forma gratuita por mês. Isso realmente me ajudava a manter a conta do celular em um valor próximo ao que uma estagiária de jornalismo no Brasil poderia pagar na época.

Como um SMS contêm apenas 160 caracteres, era sempre necessário ser a mais precisa possível para não enviar duas mensagens em vez de uma e acabar desperdiçando um SMS. Aliás, a sigla vem de Short Message Service, que em português seria Serviço de Mensagem Curta.

Depois de um tempo, minha operadora, a Vivo, passou a oferecer 10 mensagens (ou torpedo) por dia através do seu site oficial, então isso já me dava mais um respiro no orçamento. Mas o melhor de tudo foi quando chegou o Orkut, minha comunicação fluía que era uma beleza. Na sequência, redes social como o Facebook ou o serviço de mensagens MSN davam conta do recado.

sms
O SMS me fazia economizar na conta do telefone / © AndroidPIT

Contudo, muitas águas rolaram desde a época da faculdade. Hoje, meu contrato conta com 3.000 mensagens grátis e tenho pelo menos três aplicativos para o envio de mensagens instantâneas instalados no meu smartphone: WhatsApp, Facebook Messenger e Allo.

Em que momento o SMS deu lugar aos aplicativos mensageiros?

O engraçado é que, mesmo com serviços como o Facebook e o Orkut, o SMS ainda era rei nos tempos dos feature phones, ou celulares como o meu Nokia 3310, pois a internet não era algo realmente popular em celulares. Mas aí, chegou o Viber, e depois o WhatsApp e agora mandamos uma quantidade imensa de mensagens todos os dias e contá-las passou a ser simplesmente impossível.

O SMS está longe de virar coisa do passado
AndroidPIT throwback thursday sms 3
O torpedo é o que nos salva quando a rede cai / © AndroidPIT

Contudo, o SMS está longe de virar coisa do passado. Para se ter uma ideia, apenas na França, durante o último trimestre de 2015, foram enviadas 52,2 bilhões de SMSs, o que se revelou um aumento de 2,1% em relação ao ano anterior. Um dos grandes motivos para isso, com certeza é o fato de que quando mais precisamos dos serviços de mensagens instantâneas, estes não funcionam devido ao congestionamento das redes. O caso deste crescimento no número de envio de SMS na França, por exemplo, está diretamente ligado ao fato das festas de fim de ano.

Ontem, por exemplo, estava em um bar no qual não havia chance de conectar com a internet, e para avisar meus amigos de onde estava, tive que recorrer à boa e velha mensagem de texto. Antes disso, havia usado o recursos há duas semanas, quando precisava me comunicar com meus amigos no meio do festival Lollapalooza.

E aproveitando nossa série de artigos #TBT, gostaria de saber quando foi a última vez que você enviou um SMS e por quê?

Agora, se me dá licença, vou ali mandar um torpedo e já volto!


Throwback Thursday (#TBT), em português, seria algo como Quinta-feira de Retrocesso. Trata-se de um hashtag que se utiliza para, a cada quinta-feira, as pessoas postarem fotos, vídeos ou qualquer assuntos que tenha acontecido há algum tempo. Toda quinta-feira, você irá acompanhar aqui no AndroidPIT experiências passadas de nossos editores com smartphones, gadgets e tablets. Fique ligado!

56 Comentários

Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.
Mostrar todos os comentários

Artigos recomendados