Nós usamos cookies em nossos sites. Informações sobre cookies e sobre como você pode se opor ao uso de cookies a qualquer momento, ou encerrar seu uso, podem ser encontradas em Política de Privacidade.

‘Touch 3D’ pode chegar aos smartphones em 2014

‘Touch 3D’ pode chegar aos smartphones em 2014

Alguns aplicativos e o próprio software nativo dos smartphones já permitem que alguns comandos sejam obedecidos sem a necessidade de tocar o aparelho. Mas o controle do smartphone com gestos no ar pode estar prestes ganhar mais força, graças à tecnologia "Touch 3D". 

leap motion sensor 650x0
Tecnologia presente em laptops HP chega aos smartphones ano que vem / © Leap Motion

O Touch 3D é uma tecnologia desenvolvida por uma empresa sueca chamada Leap Motion que permite operar dispositivos móveis com gestos feitos no ar. Existe uma loja de aplicativos e jogos dedicada a esta tecnologia com sensor de movimento e além disso, graças a plataforma open source da empresa, desenvolvedores podem adicionar a tecnologia em seus apps.

“A expectativa é que já no próximo ano smartphones e tablets cheguem ao mercado com o Touch 3D embutido. Isto deve acontecer no segundo semestre de 2014”, afirmou o CEO da Leap Motion Michael Buckwald.

Michael disse ainda que já está negociando com grandes fabricantes de smartphones e tablets para criar funcionalidades mais relevantes para o usuário. Uma delas pode ser a utilização do aparelho como controle remoto. O Leap Motion já pode ser encontrado em alguns laptops, como o HP Envy 17, que tem um sensor Leap próximo ao touchpad. O sensor lê vários gestos feitos próximos a ele, mas o programa está sendo aprimorado e o reconhecimento passará de uma para duas mãos, o que também deve aumentar a capacidade de acionar múltiplos comandos de uma vez.

O rumor é que uma das empresas que estaria em negociação com a Leap seja a Nokia. É possível que a empresa lance em 2014 um aparelho com Windows 8.1 batizado de “Goldfinger”, que terá a funcionalidade de controlar o dispositivo apenas com gestos no ar, na frente e ao lado do smartphone. Os gestos permitirão a navegação pela interface do dispositivo. 

Ao que tudo indica, o controle gestual pode ganhar muita força ano que vem. Rumores indicam que a Nokia deve lançar um Lumia que poderá trazer algo semelhante. A Samsung pode aprimorar o Air Gestures e o iPhone também não vai ficar para trás, como já foi demonstrado na WMC deste ano pela Neonode com seu case que possui controle gestual usando o bluetooth. E você, acha que as empresas estão certas em apostar no controle dos aparelhos pelo movimento? Deixe seu comentário aí embaixo!

Fonte: DigitalTrends

Artigos recomendados

16 Comentários

Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.
Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.

  • A galera aí tá reclamando da bateria. Enquanto os smartphones ficam cada vez mais finos, com mais processamento e telas maiores, o problema vai ocorrer indefinidamente. Mas se falar que o celular vai engordar meio centímetro e pesar umas 100 g a mais para a bateria durar uma semana, ninguém vai querer! :)


  • Acho que ainda está um pouco longe de nosso alcance. infelizmente.


  • O grande problema dessa história, que amuntuara mais um tecnologia que sem dúvida bem trabalhada trará grandes avanços mas por outro lado, consumirá bastante bateria.


  • a medida que o hardware melhores menos energia é necessário. Olhe o consumo de um aparelho 5 anos atrás e suas funções comparadas a hoje.


  • O pessoal fala de bateria como se ninguém no mundo estivesse tentando melhorá-la. Pra quem não entende do assunto parece facil melhorar a bateria, mas a tecnologia usada ultimamente já está estagnada.
    É a mesma coisa que comparar a evolução do software contra o hardware. O software evolui bem mais rápido e o hardware acaba não acompanhando. Como o software praticamente não possui limitações (principalmente físicas), a maioria das pessoas diz que as empresas não se esforçam para evoluir o hardware no mesmo ritmo.


  • Por que não embutem uma bateria de avião nos smartphones? Só assim pra poder acompanhar a evolução dessas tecnologias. Aparelhos mais caros, melhoraes mas a bateria nada de melhoria... Aff z


  • Concordo com a grande maioria, toda tecnologia nova é bem vinda, mas as baterias do jeito que estão não dá. Não demora e teremos que carregá-la de 2 em 2 horas. As empresas tem que investir em baterias de super duração.


  • acho que sim, quanto mais tecnologia inovadora melhor.


  • é bacana ñ vou negar mas acho q vai depender das funções q vamos poder utilizar desse recurso ainda acho o comando por voz mais útil mas esse pode vir se tornar muito útil tbm apesar q ñ adianta colocar mais sensores sem melhorias na bateria q ñ se ve melhoria significativa a bastante tempo seria mais útil no momento um smartphone ou tablet com maior duração de bateria do que isso mas é muito legal a tecnologia


  • Achei muito legal,mais se os preços almentarem ai não vai adiantar nada!!


  • Acho que ainda não estamos prontos para essa tecnologia não... O correto agora é aprimorar o que já existe, como por exemplo a bateria que descarrega muito rápido --'


  •   14
    Conta desativada 13/12/2013 Link para o comentário

    inútil? que exagero esse comentário...
    há um tempo atrás tbm diziam que o kinect era inútil...


  • talvezzzzzzzz seja uma boa função para tabletes SEEEEE os comandos funcionarem a uma distancia boa, porem, volta a ser inutil se houve um aprimoramento do comando de voz...


  • inútil, só vai tornar os apatelhos + caros, a bateria vai descarregar ainda + rapido, por uma função totalmente descartavel.


  • cada dia q passa as tecnologias evoluindo mas o mas importante q é a bateria nada fazem...


    • Concordo plenamente, do que adianta isso tudo se você não tem autonomia com relação a energia? A bateria até hoje praticamente não evoluiu em nada, simplesmente.

Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.