Nós usamos cookies em nossos sites. Informações sobre cookies e sobre como você pode se opor ao uso de cookies a qualquer momento, ou encerrar seu uso, podem ser encontradas em Política de Privacidade.

Queremos saber: quando foi a última vez que um smartphone te surpreendeu?

Queremos saber: quando foi a última vez que um smartphone te surpreendeu?

Você não precisa ser um gênio para constatar que a insatisfação de muitos usuários sobre os smartphones aumentou muito nos últimos anos. Poucos anúncios promovem debates profundos ou então geram comoção, deixando a sensação de que chegamos no limite e que nada mais surpreende. Isso é realmente uma verdade para você?

Se você me fizesse, em 2013, uma pergunta sobre a coisa mais legal em ser editor do AndroidPIT, eu muito provavelmente iria te responder que testar smartphones era a tarefa mais prazeirosa que eu fazia. E, de fato, era bem isso mesmo. Testar, fazer hands-on, ir em eventos e palestras que falavam sobre smartphones eram coisas que eu costumava fazer toda a semana, e minha escrivaninha estava sempre cheia de caixas e mais caixas de produtos de todos os tipos para testes.

Quem trabalha comigo hoje em dia, porém, sabe muito bem que a última coisa que eu gosto de fazer é resenhar um smartphone. Sério, não há mais sobre o que falar pois, ou ninguém se interessa pelas reais novidades do aparelho, ou o debate em torno do lançamento é sempre vago. Não culpo os consumidores de tecnologia, pelo contrário, esse ciclo de lançamentos e inovações que estamos vivendo há pelos menos dois anos segue bem saturado para todos nós.

Que marca será protagonista da próxima grande inovação? Será que o negócio dos dobráveis vai pegar? Pois bem, são muitas as perguntas que tenho hoje em mente sobre o futuro dos smartphones. Uma delas, no entanto, eu quero dirigir a todos vocês: quando foi a última vez que um smartphone te surpreendeu? Participe da nossa enquete de hoje e deixe também um comentário compartilhando sua opinião.

Enquete: quando foi a última vez que um smartphone te surpreendeu?

Artigos recomendados

51 Comentários

Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.
Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.

  • Não sou fan da Apple, mais a última vez que um smartphone me surpreendeu foi no primeiro iPhone, lembro que como não podia testa-lo l,fiquei uma semana a procura dos mais diversos vídeos na internet para ver todas as funções, foi incrível.
    Tudo o que veio depois e até os dias atuais nada mais passam de upgrades e variações.


  • Acho que o Motorola milestone 3


  • Ultimamente o que estamos vendo são apenas incrementos. Mais RAM, mais armazenamento, mais processamento, mais bateria (tá bom, nem tanto), mais câmeras, visual mais caprichado, mais tela.

    Basicamente, é isso.


  • Pra mim o que mais me surpreendeu até hoje foi o Nokia N95 e o Motorola V3 pelo design e funcionalidades, tivemos também o primeiro Moto G, que surpreendeu o mundo por tudo que entregava por um custo baixo. Infelizmente as empresas tentam entubar materiais de alto custo em celulares medianos, isso tem elevado o valor dos celulares absurdamente.


  • O Zenfone 2 me surpreendeu na época, 4 de RAM era surreal


  • Acredito que o Razr com uma boa tela de 6 dobrável, com boa câmera e segunda tela de 3,5 externa para ações simples, como responder WhatsApp, navegar em Redes sociais e Internet pegaria


  • Caraca, tava faltando alguém dizer isso.

    A última vez que me surpreendi foi com o Moto Maxx.
    Tamanho da bateria, material de construção, o clock absurdo de 2.7Ghz do 805.
    Depois disso, uma leve surpresa com a primeira tela curvada nas laterais da Samsung - nunca vi utilidade.

    Hoje alguns aparelhos dao a impressão que só existem pra manter a sequência de lançamento anual. Vide o S9, Moto G5 ao G6.

    Em contrapartida até acho normal que tenhamos nos acostumado às features "repetidas" ja que nossa tecnologia não permite tantos saltos...

    P.s.: tela dobrável ainda não me parece nada útil nem tão maravilhoso assim.


  • Nexus 5


  • LG K900, Samsung Beat, Galaxy Note9, Motorola V3, Galaxy Fold e OPPO Find X.


  • Os últimos aparelhos que me surpreenderam foram os LG G5, Moto Z e agora o Galaxy Fold.


  • O Nokia N95 na época foi uma grata surpresa pelo que ele oferecia, depois dele até me surpreendi com o Nokia 1020 pela câmera e por usar Windows Phone, sempre achei o Iphones muito caros e na época não gostava do Android, em 2014 o Moto X (2014) me surpreendeu e me fez embarcar de vez no mundo do Android, depois disso só o lançamento do Galaxy S6 Edge com sua tela curva, desde então tenho achado muito mais do mesmo.


  • Com o iPhone X, uma mudança nos paradigmas da Apple!


  • Foi com a apple, quando lançaram o iPhone 5 com impressão digital, achei daora, hoje em dia qualquer empresa é mais do mesmo, nem tela curva está me surpreendendo.


  • Galaxy S10 e: Power Share


  • Acho que o último movimento que me surpreendeu foi quando a Samsung lançou o S6 EDGE e sua tela curva.

    CAV


  • Relativo isso, não? meu "recentemente" pode ser o "há muito tempo" de alguém.

    Mas a ultima coisa que me surpreendeu, de verdade, foi o reconhecimento facial que a apple implementou a partir do Iphone X.


  • Samsung Galaxy Note 4, o melhor smartphone da história dos celulares, prevejo o trono para ainda mais 5 anos au quando algum fabricante inovar em bateria.


  • os smartphones que mais me surpreenderam foram , Nokia Lumia 930 , moto x 2014 e Nexus 6 2014.. porém não tive a oportunidade de ter nenhum ..


  • que eu me lembro, foi em 2014, com o Xperia Z2, aliás, apesar dos problemas desse modelo, foi um dos melhores quê tive até hoje, de lá pra cá nunca mais nada me impressionou e/ou me empolgou


  • O que mais me deixa surpreso são as fabricantes retirando funcionalidades dos modelos achando que tão inovando (ou enchendo o celular com furos de câmeras e o software nada otimizado pra isso) kkkkkkkkkk


  • Ultima vez que me surpreendi com um aparelho foi quando o Zenfone 3 Zoom/S foi lançado, não pela inovação, mas pelo conjunto que ele entregava... tinha tudo que os outros aparelhos (até hoje) insistem em dividir. Não se pode ter 5000 de bateria num corpo relativamente fino, câmeras excelentes, espaço, memoria RAM, tela grande, design moderno (pra época) num único aparelho....
    Recentemente, em questões de inovação, o smartphone sem furos da Meizu me chamou bastante atenção, porém ta muito longe de ser uma realidade.


  • Foi com Galaxy a80. Achei brilhante a ideia da Samsung com aquela camera giratória. Mas acho que vai dar problema no futuro, principalmente se cair no chão haha


  • Me surpreendi com o Galaxy Fold. Só que mais com a ideia do que com o produto, que é um pouco decepcionante.


  • Creio que a última vez que me surpreendi foi quando vi um celular com 8 núcleos e 4Gb de RAM, na época era a mesma quantidade de memória do meu PC de casa, depois disso não vi nada de mais, tanto que meu último celular foi um desses com 8 núcleos (Zenfone 3) e não troquei desde então, antes disso trocava pelo menos a cada 1,5 ano


  • O A80 é um excepcional dispositivo, pena não ter slot para expansão da memória e conector P2.


  • Votei em recentemente, porque de vez em quando me surpreendo. Mas no passado me surpreendi quando comprei um Sony Ericsson w700i, que tinha uma qualidade de áudio excepcional. Depois, quando comprei um Nokia n70, que foi meu primeiro smartphone, com Symbian como sistema operacional... Quando comprei um Nokia n82, que tinha uma câmera ótima e fiquei com ele um bom tempo até comprar um Nokia Lumia 720, que me surpreendeu de novo por ser meu primeiro com tela touch e grande. Depois por trocar por um Lumia 1520, meu primeiro contato com uma tela de 6 polegadas. Daí me surpreendi de novo quando fui pro Android, com um Alcatel Idol 4, que era lindo e tinha uma qualidade de som maravilhosa. Troquei por um ZTE Axon 7, que também me surpreendeu com o áudio e a tela 2k. Logo em seguida comprei um Oneplus 3T, que me surpreendeu pela rapidez e as funções da Oxygen OS... Mas não me surpreendi tanto quando troquei por um 5T, achei mais do mesmo e não tive um ânimo suficiente pra continuar com ele, nisso coloquei a venda e agora tô com um Google Pixel 2 XL, que de novo me surpreendeu pela simplicidade do sistema, pela qualidade de áudio (autofalantes e nos fones Bluetooth), tela, acessórios, beleza (tenho um White Panda, que eu acho o aparelho mais bonito que já vi) e câmera. Hoje tô bem feliz, por assim dizer, com ele e pretendo ficar uns anos e depois trocar por outro Pixel ou experimentar um Nokia. Outros que eu não tive, mas queria ter, e me surpreenderam foram o Nokia n8, Nokia 808 Pureview, HP Elite X3, Nokia Lumia 1020, Nokia Lumia 830, Microsoft Lumia 950 XL, Motorola Moto X Force, Blackberry DTEK 60, Nokia 7 Plus, Oneplus 5T Sandstone White (tenho um Midnight Black a venda), Nubia z17s e Sony Xperia 1.


    • Também sou fã dos Nokia originais, que a Microsoft após ter comprado a Nokia, conseguiu dar um triste fim para uma era de ouro da empresa Finlandesa .
      Tive estes que estão na sua lista:
      Nokia Lumia 1020 (ainda tenho 2 destes, um de 32 Gb e o outro com 64 Gb, que era exclusivo da Vivo), Nokia Lumia 830, Microsoft Lumia 950 XL (ainda tenho 2 destes) . Também ainda tenho um Lumia 920, zero km, nunca usado, apenas o atualizei para o Windows 10 . O Modelo Lumia 930 era ótimo, mas esquentava como se fosse uma torradeira !


      • Eu ainda tive um Lumia 730 e um 640 XL que foi meu último com Windows, migrando pro Android com um Alcatel. E antes de comprar o Pixel, comprei um Nokia 7 Plus no Aliexpress que nunca chegou. Deu como perdida a encomenda. Mas desde que a HMD voltou com a Nokia, eu tô querendo um. Mas por enquanto não comprarei.


  • Pra ser bem sincero os que realmente me surpreenderam positivamente foram o moto x 2013, junto com o moto g que me fizeram realmente mudar os olhos referente a Android, sim eu era fan boy da Apple, e o s7 com sua qualidade que definitivamente se tornou um padrão a ser seguido nos celulares, depois a maior evolução e surpresa foram com o s8 é seu design, nunca vi um design tão bonito desde o iPhone 5, e a evolução da linha note após note 5 que realmente demonstraram o potencial do aparelho.
    Hoje uso um s9 porém cada vez tenho me surpreendido negativamente o notch foi uma surpresa desagradável, e a luta pra sumir com a câmera na frente após s8 realmente fez com que vários franksteins aparecem e tudo mais do mesmo, cada vez mais câmeras que servem cada vez menos.


  • sony ericsson estéreo


  • Votei recentemente devido ao Galaxy A80. Antes dele, o Oppo Find X. Aí sim, fiquei anos sem ser surpreendido de verdade.


  • Eu me surpreendia com os smartphones da Nokia (a verdadeira), eram realmente belos smartphones.


    • No mínimo com identidades próprias. Eram aparelhos com teclados exóticos ou formas de "transformação". Uma única empresa sabia o que era diversidade. Hj todas são quase idênticas.


  • Atualmente não tem nada de surpreendente nos aparelhos, não tem muito de realmente interessante que possam trazer, então agora ficam empurrando coisas que o consumidor não precisa e ainda afirmando que é a coisa mais surpreendente do mundo, smartphone gamer? só tem lançado jogo porcaria pra smartphone... smartphone com tela enorme? Preciso de um aparelho que caiba no bolso VR? Não lançam nada de interessante que faça bom uso disso...


  • No passado acredito que a LG e Motorola foram bem inovadoras, na época que os celulares não eram tão inteligentes como são hoje, nem usavam Android (LG Shine, Motorola V3, por exemplo). Ultimamente, a otimização de tela, e os recursos para isso como foi apresentado no Galaxy A80 achei incrível.


  • Eu sempre me surpreendendo com os smartphones, sempre gostei do mundo mobile. Gostei do Nokia N8, iPhone 2G, Nokia Lumia 800, Galaxy S2, iPhone 6, Galaxy S8 e o meu atual iPhone X. Até o momento surpreendi com o lançamento do Mate X e o Galaxy Fold, tomará que no próximo ano venham os dobráveis com preço mais camarada.


  • Faltou a opção "quando lançaram o iphone"


  • Hoje, apenas superbaterias me surpreendem. No passado, o Moto X-Force me surpreendeu. Antes disso, o Zenfone 2. Comprei dois Zenfone 2, na sequência, ambos com defeito.


  • Realmente as coisas andam evoluindo pouco. Me surpreendi bastante com o lançamento do Moto X (2013), um aparelho a frente de seu tempo a época, pelo menos no que se refere a usabilidade, ergonomia e preço. Mais recentemente também me surpreendi com a família Pixel e seu barulho no mundo da fotografia móvel, que não foca somente em hardware, mas principalmente em otimizações e pós processamento.


  • Me surpreendi várias vezes por diversos fatores. Quando lançaram o primeiro Galaxy S, lembro que trabalhava na Oi em 2011, era o celular mais buscado, ao mesmo tempo fizeram o Galaxy Tab. Depois lembro do Motorola lançar o primeiro modelo dual core (que era uma bosta inclusive hahaha) e em resposta a ele a Samsung lançou o Galaxy S2 o celular mais rápido do mundo na época (e por ser vendedor, tinha contato com o lançado na época iPhone 3s, até hoje, fora quem comprou os Xr ou Xs, não compreendo o gosto por fotos dos iphoneiros, sempre atrás da Samy, Sony, Nokia, enfim, opinião). Em 2013 lançaram o S4 e, assim como o S3, a Samsung regrediu em seu renome graças a touchwiz, no mesmo período lançavam os primeiros Lumias (show de performance, fotos e vídeos excelentes). Em 2014 vi o maior rival das maçãs e robôs, as live tiles e me orgulho em dizer que acompanhei essa disputa usando os 3 sistemas, realmente achei que a Microsoft entraria na disputa, mas hoje vemos que foi um grande blefe, o que é uma pena. Em 2015 vi uma Xingling ofuscar os brilhos mundiais, lançando aparelhos com snapdragons de respeito, na época, por preços que nunca imaginariamos no Brasil (hoje escrevo do meu pocophone, segundo modelo após 3 anos de uso da Xiaomi) e com a qualidade que quebraria de vez o conceito Xing King! Em 2017 essa mesma marca surpreendeu com seu smartphone sem bordas e a Samsung desde 2016 seguindo com as telas infinitas. Depois disso, nada mais me surpreendeu, até lançarem o S10 fold! O que a Samsung fez foi realmente revolução, e a partir de agora podemos aguardar cada vez mais marcar entrarem nessa era em que tudo, literalmente (modo Desktop, tablet e smartphone) está na palma da mão.


  • o lançamento do s4 e do s6


  • Foi quando saí do mundinho dos celulares JAVA e conheci um smartphone com Symbian... Foi a unica vez que me surpreendi no mundo mobile, e isso faz muito tempo. Desde então é tudo um "mais do mesmo".


  • Foi quando a Samsung lançou o Galaxy S4 com todos aqueles gestos, aquele AMOLED perfeito e aquele design top.


  • Esse Samsung a80 vai dar o que falar.


  • Quando minha esposa gritou PUTA QUE PARIU PISA NO FREIO ZÉ

Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.