Nós usamos cookies em nossos sites. Informações sobre cookies e sobre como você pode se opor ao uso de cookies a qualquer momento, ou encerrar seu uso, podem ser encontradas em Política de Privacidade.

Opinião 5 min para ler 81 Comentários

Se o Android viesse sem Chrome, Maps ou Gmail, você usaria outras opções?

Sou bastante crítico ao Google, sobretudo nas questões que dizem respeito a nossa privacidade. Em alguns países, devido a legislação vigente, os serviços do Big G não podem vir pré-instalados, enquanto que em outros a empresa é obrigada a ser mais clara quanto a privacidade do usuário. A União Européia está multando o Google, entre outras coisas, por prática anticompetitiva com 0 Android em torno de seus serviços. A pergunta que fica com isso é a seguinte: você viveria sem os apps e os serviços do Google no seu Android?

Acho que o Google é uma empresa que precisa melhorar bastante em inúmeros sentidos que não dizem respeito apenas ao Android. Acontece que, assim como a Apple, a IBM ou a Microsoft, a gigante de Mountain View fez seu próprio caminho no mundo tecnológico ao longo dos últimos anos. Naquilo que toca os dispositivos móveis a empresa é a única que oferece o Android como plataforma aberta aos fabricantes interessados, diferente do que é feito por Apple ou Microsoft.

Sistemas como o iOS ou o finado Windows Phone contam com inúmeros serviços e aplicativos pré-instalados que, muitas vezes, não podem ser desinstalados e sequer alternativas são oferecidas ao usuários. Tente migrar suas conversas do WhatsApp de um iPhone para o Android, por exemplo, e verá que a Apple não permite que as informações saiam do iCloud para o Google Drive. Claro, este é apenas um pequeno exemplo.

Acontece que o Google é a única empresa que licencia o código-fonte do Android para outras marcas e, devido a enorme presença do sistema operacional, que foi pulverizada no mundo ao longo dos últimos anos pelas mãos de inúmeras marcas, a soberania do SO somada aos serviço pré-instalados nele acabam gerando um certo desconforto frente aos concorrentes. Em contrapartida, o Android como plataforma aberta traz inúmeras vantagens e, uma delas, é a possibilidade das concorrentes lançarem seus próprios serviços dentro da plataforma.

ios 12 vs android p 0516
Serviços do Google são os principais diferencias do Android / © AndroidPIT

Nesse sentido, a Apple foi menos democrática ao banir, por diversas vezes, aplicativos do Google de sua loja para favorecer os seus, como foi o caso do Google Maps, que era integrado de fábrica ao iOS, e o YouTube, que ficou um tempo na geladeira da maçã. A Microsoft também já fez coisas semelhantes com seu Windows Phone, vale lembrar.

Sabemos que os serviços do Google são melhores não apenas pelo fato de a empresa investir em pesquisa e desenvolvimento, engenharia, entre outros. Pelo lado ruim, basta olhar o cemitério de softwares e aplicativos que morreram com pouco tempo de vida e potencial. O custo do bom funcionamento dos serviços do Big G está sob o uso de nossos dados, assim como os do Facebook e da Amazon.

E vale uma menção honrosa aqui com relação aos serviços oferecidos por Mark Zuckerberg, que aparecem "de graça" pelas operadoras e também geram prática anticompetitiva com demais alternativas do mercado. Você não consegue sair do WhatsApp, por exemplo, para ficar sem falar com seus contatos favoritos no Telegram, que é consideravelmente superior em recursos. Ou seja, a prática do Facebook é tão anticompetitiva quanto a do Google com o Android.

No caso do Google, existe um grande debate em torno dos serviços pré-instalados. O primeiro deles é que muitos usuários gostam dessas aplicações e preferem o sistema da forma como é concebido pela empresa, com menos aplicativos e serviços de terceiros pré-instalados.

São poucas as fabricantes que conseguem se destacar com serviços próprios dentro do Android, como a Samsung e a Xiaomi, por exemplo. Olhando pelo lado do usuário, a questão da existência dos serviços do Google de fábrica é totalmente aceitável, visto que eles garantem mais funcionalidade ao sistema e suporte prolongado. 

Agora, com relação às práticas anticompetitivas pela visão da lei, ter os serviços do Google instalados de fábrica pode gerar uma certa comodidade e, consequentemente, serviços em potencial que poderiam ser lançados dentro da própria plataforma acabam sendo inviabilizados devido ao desinteresse do usuário em conhecer alternativas. E é exatamente por uma conclusão semelhante a essa que a União Europeia está multando Google em R$ 19 bilhões.

Por fim, continuo achando que, mesmo que o Android viesse sem os serviços do Google, usuários do mundo todo optariam por usar ao menos metade deles por vontade própria. Mesmo que a conta caia sobre o uso dos nossos dados, grande parte das opções oferecidas pela empresa estão em um patamar superior de funcionamento e usabilidade em comparação a seus concorrentes. Afinal, os serviços do Google são os principais pontos fortes do Android e o usuário pode, além de personalizá-lo, comprar celulares com outras plataformas livremente.

Aqui, fica a pergunta: você deixaria de utilizar os serviços do Google caso eles estivessem ausentes no Android? Acha que a melhor forma de contornar isso seria deixando aplicativos como Chrome e a busca do Google removíveis?

Os comentários favoritos dos leitores

  • Stella Dauer
    • Admin
    • Equipe
    há 4 meses

    Eu gosto muito do Chrome, provavelmente usaria todas as coisas do Google, como já uso. A única coisa que gostaria é que fosse possível desinstalar os apps, pois acho que isso é uma liberdade legal.

    Como alternativa, acho que eles poderiam apresentar aquele menu inicial que já vi em alguns aparelhos, oferecendo mais apps Google para serem instalados quando você liga o aparelho pela primeira vez.

  • Deivis Schuman
    • Mod
    há 4 meses

    É uma questão que divergem opiniões. Eu particularmente só uso o youtube e o chrome no meu smartphone, e mesmo vindo outros instalados de fabrica, eu não me interessei em usar. Em questão de concorrência desleal, eu acho que a união europeia esta forçando um pouco a barra, acho que tem dedo de outras fabricantes por trás dessa multa bilionária!

  • Douglas Charles Cunha há 4 meses

    Coisas que faço quando compro um celular novo, pela ordem:
    1) Instalo o Nova Launcher Prime e coloco como padrão.
    2) Instalo o Swiftkey e coloco como padrão. Desinstalo todos os teclados e linguagens do Gboard.
    3) Instalo o Opera e o Flynx e desinstalo o Chrome.
    4) Desinstalo Gapps tipo Banca, Games, Música, Livros e Filmes.
    5) Desinstalo aplicativos de fabricantes.
    6) Instalo o Waze para navegação. Mantenho o Maps para consulta rápida de locais.

    Aplicativos do Google que não dispenso e instalaria de imediato se não viesse no celular: Gmail, YouTube, Busca, Assistente, Play, Fotos.

    Sobre essa novela:
    Apple e Microsoft sempre trazem seus aplicativos padrão nos seus sistemas. A Apple ainda é mais rígida em aceitar o usuário tirar o padrão para colocar outro de preferência.
    A Microsoft, mesmo você instalando outro, vez ou outra, fica perguntando se você não deseja usar o dela.
    A Google não obriga as fabricantes a colocarem os Gapps e não impede as mesmas de colocarem seus aplicativos próprios ou de outra empresa.
    Comprei alguns Redmi 5 Plus para minhas filhas e esposa e neles vieram aplicativos da Microsoft instalado, alem de aplicativos da própria Xiaomi.
    Acho uma palhaçada essa atitude da UE.

81 Comentários

Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.

  • Quando compro um novo smartphone, faço root, instalo custom rom e recovery, desinstalo o que não me interessa e uso muitos app do Google. Maps, Youtube, Chrome, Assistente, Gboard, Fotos, Gmail entre outros. Sou fã do Google e se não viessem instalados, eu instalaria.


  • Na minha opinião o Chrome é dispensável. Está com muitos anúncios abusivos. Eu posso querer ter o direito de não os ver. Já testei vários aplicativos de email, mas o do Gmail é muito bom, rapido e ágil para sincronizar emails antigos. Em relação ao Maps eu desconheço alguma outra opção decente. Pode ser ignorância minha, mas me acomodei com os apps pré-instalados.


  • Uso o navegador principal Opera para o meu uso tem mais portabilidade, gps o Here maps da Nokia e para o meu e-mail o Gmail.


  • Essa multa é abusiva e um absurdo. Se sou dono de uma empresa e ofereço um produto de graça para as pessoas, cabe a eu escolher o que quero que vá junto com o produto e cabe ao público aceitar ou não o que ofereço.


  • Eu só uso YouTube e para pesquisas.. Mas ainda assim como alternativa até por preferir o Bing da Microsoft.. Aliás eu na maioria das vezes uso só o que for da Microsoft, até por ter sido um usuário assíduo do sistema wp é só passando para o Android mesmo por falta de opção.. E nesse caso dessa multa, eu tiro o chapéu para a união europeia que fez o que já deveria ter feito antes..


  • Hummm


  • Meu antigo Xperia Z3 tinha 3.100 de bateria. Já passou do tempo da Samsung rever esse conceito ridículo.


  • Talvez.
    Maps: não encontrei alternativa melhor até agora pra quem anda a pé pela cidade, com exceção do Moovit que eu uso para ônibus, todo o resto de cálculo de distância entre lugares ou procura de estabelecimentos o Maps da conta.
    Gmail: Nem uso, uso o Outlook como e-mail principal e aplicativo Outlook também.
    Chrome: meu navegador principal no trabalho, no notebook, no desktop, no celular, continuaria usando, principalmente por questão de compatibilidade, extensões e sincronização. Tentei usar Vivaldi, mas não rolou, os demais navegadores já testei e também sempre deixavam a desejar em relação ao Chrome em uma ou outra coisa.
    Google Doc/Planilhas/Apresentação: Esse eu não usaria, acho o Office infinitamente melhor.

    Acho que já passou da hora da Google dar opção de selecionar determinados aplicativos ao configurar um novo aparelho, ia ser bem melhor.


  • se não viessem instalados, eu os instalaria. simples assim.

    Principalmente o Maps. Não vejo alternativa aceitável e ter que pensar em usar a porcaria do waze me dá pesadelos.

    Email eu uso outro app (TypeApp) que integra todos meus emails (sim, o gmail também faz isso mas o outro tem interface melhor, IMHO)


  • A melhor coisa seria se fosse dada a opção ao usuário no setup inicial. Quando liga o aparelho pela primeira vez apareceria uma mensagem "vc quer instalar o Chrome como navegador ou uma das outras opções abaixo 👇". "Vc quer instalar o Gmail ou uma das opções abaixo 👇". Aí cada fabricante poderia colocar umas 3 opções de cada app para o usuário escolher já na instalação. Eu iria gostar se fosse assim


  • uso o navegador (n decepciona) e o e-mail (melhor q o gmail) padrões da Samsung. Ainda uso o maps por sincronizar com alguns contatos e ser fácil de encontrar empresas pelo nome.


  • opção é oq não falta


  • não uso nenhum deles, uso Outlook, Edge, Here (offline) e Waze (Online)


  • Raramente uso Gmail e troquei o Chrome pelo Samsung Internet, principalmente por poder usar o leitor biométrico no lugar das senhas. Mas o Maps e alguns outros apps eu não troco.


  • Estão fazendo uma caça ao Google enquanto todos fabricantes fazem o mesmo de alguma forma para promover seus aplicativos. Eu só uso mesmo o Maps, fotos e Google, principalmente navegador prefiro o yandex e e-mail TypeApp.


  • Dos aplicativos usados como exemplo só uso o Maps. Abandonei o Chrome há mto tempo tanto no mobile como no PC. Passei a utilizar o Opera e no momento utilizo o Firefox. Para e-mail utilizo o Aquamail. O Maps até uso bastante.


  • Navegador estou usando o Microsoft edge e notei na hora diferença de velocidade pra abrir páginas de tudo que se possa imaginar. Deixa o Chrome pra trás com certeza e além disso o Chrome consome muita memória RAM. Portanto, Chrome : Ti larguei. Com relação aos outros aplicativos do Google não vejo necessidade nenhuma. A única exceção é claro é o YouTube.


  • quando se tem dinheiro , quem realmente se importa com aplicativos, se vc pode ter qualquer tipo de aparelho?


  • Coisas que faço quando compro um celular novo, pela ordem:
    1) Instalo o Nova Launcher Prime e coloco como padrão.
    2) Instalo o Swiftkey e coloco como padrão. Desinstalo todos os teclados e linguagens do Gboard.
    3) Instalo o Opera e o Flynx e desinstalo o Chrome.
    4) Desinstalo Gapps tipo Banca, Games, Música, Livros e Filmes.
    5) Desinstalo aplicativos de fabricantes.
    6) Instalo o Waze para navegação. Mantenho o Maps para consulta rápida de locais.

    Aplicativos do Google que não dispenso e instalaria de imediato se não viesse no celular: Gmail, YouTube, Busca, Assistente, Play, Fotos.

    Sobre essa novela:
    Apple e Microsoft sempre trazem seus aplicativos padrão nos seus sistemas. A Apple ainda é mais rígida em aceitar o usuário tirar o padrão para colocar outro de preferência.
    A Microsoft, mesmo você instalando outro, vez ou outra, fica perguntando se você não deseja usar o dela.
    A Google não obriga as fabricantes a colocarem os Gapps e não impede as mesmas de colocarem seus aplicativos próprios ou de outra empresa.
    Comprei alguns Redmi 5 Plus para minhas filhas e esposa e neles vieram aplicativos da Microsoft instalado, alem de aplicativos da própria Xiaomi.
    Acho uma palhaçada essa atitude da UE.

Mostrar todos os comentários

Artigos recomendados