Nós usamos cookies em nossos sites. Informações sobre cookies e sobre como você pode se opor ao uso de cookies a qualquer momento, ou encerrar seu uso, podem ser encontradas em Política de Privacidade.

5 min para ler 47 Comentários

Tudo o que você sempre quis saber sobre o USB Type-C

Já estamos dando adeus para as entradas Micro USB. Esta conexão foi a padrão nos últimos anos para smartphones Android e outros eletrônicos, mas está sendo substituída pelo USB Type-C, que foi introduzido no mercado com a chegada dos recentes MacBooks e também do Chromebook Pixel, em 2014. Aqui nós te mostramos tudo o que você sempre quis saber sobre o USB Type-C.

O que significa USB?

USB é a sigla usada para “Universal Serial Bus” e se refere ao tipo de conexão usada em um Bus (conexão ou canal para transferir dados) para conectar, trocar dados e fornecer eletricidade para alimentar dispositivos eletrônicos em geral.

O USB-IF é um consórcio formado pelas principais empresas de tecnologia do mundo – como a Samsung, Nokia, LG e outras – e é responsável pela publicação das normas do padrão USB. A primeira norma foi publicada em 1998 e corresponde ao USB 1.1. Contudo, esse tipo de conexão não começou a se popularizar até a sua versão 2.0, que é a usada na maioria dos dispositivos atuais.

androidpit USB 3
USB é a sigla usada para “Universal Serial Bus”  / © AndroidPIT

Por outro lado, temos que diferenciar as versões USB e os tipos de conectores do mesmo. As versões trazem especificações que dizem respeito a velocidade de transmissão de dados e o suporte de intensidade da corrente elétrica. E cada versão suporta vários tipos de conectores.

Versões do USB

  • USB 2.0: trata-se da maioria dos USB dos computadores. A taxa de transferência de dados é de, no máximo, 60 MB/s, mas a média é de 35 MB/s. A intensidade elétrica pode gerar até 900 mA, mas o normal são 500 mA. Infelizmente, a maioria dos cabos só tem suporte para esta intensidade.
  • USB 3.0: esta versão pode ser reconhecida pelo plástico azul dentro do conector. Sua taxa de intercâmbio é 10 vezes maior que a versão 2.0, podendo chegar a até 600 MB/s e é capaz de transmitir 5W a uma amperagem de 1000 mA. Apenas alguns cabos suportam a intensidade da versão 3.0.
AndroidPIT usb on the go 8810
Nem todas as versões são compatíveis com todos os conectores / © AndroidPIT
  • USB 3.1: é a versão mais recente do USB. Podendo chegar a uma velocidade de transferência de mais de 1,2 Gbit /s, esta edição promete revolucionar o modo como transferimos dados através dos nossos dispositivos.

Tipos de conectores

Os conectores dependem de seus tamanhos. Os mais comuns são:

  • Tipo A: é o mais conhecido de todos e se trata do que nós, pobres mortais, chamamos simplesmente de USB. Ele está presente em quase todos os computadores e, pelo menos, em uma das extremidades de todos os cabos carregadores.
  • Tipo Mini-B: mais antigo, é o conector que era utilizado em diversos eletrônicos, como tablets, smartphones e equipamentos. Um pouco maior e mais larga que a micro-B, foi substituída por essa.
  • Tipo Micro-B: é o conector encontrado na maioria dos smartphones e tablets do momento. Também conhecido como Micro-USB.
  • Type-C: o conector Type-C chegou há pouco tempo ao mundo, mas já está dominando e unificando o mercado, com a maioria dos novos dispositivos trazendo a entrada para este tipo de porta.

Vantagens do USB Type-C

Carregar seu smartphone em menos de uma hora

São várias as vantagens do USB C ou Type-C: resistência, velocidade na transmissão de dados e no carregamento, a entrada que é simétrica e muito mais. Veja mais no artigo abaixo:

Desvantagens do USB Type-C

Cabos com conector Type-C e versão USB 2.0

Nem todas as fabricantes ajustam seus cabos para a nova versão. Alguns deles tem conector Type-C, mas incluem a versão USB 2.0, o que pode ser muito perigoso. Se usarmos esses cabos com carregadores e smartphones que têm o padrão Tipo C, USB 3.1, podemos chegar a deixar o dispositivo inutilizável como aconteceu com Benson Leung, engenheiro do Google.

USB Type-C é incompatível com a carga rápida tradicional

Isso realmente não é uma desvantagem, mas vai contra o preconceito que temos sobre o carregamento rápido. O Quick Charge da Qualcomm, o Turbo Charge da Motorola e o OPPO VOOC Flash Charge usam a linha de dados para fornecer energia extra para o USB 2.0. NO USB 3.1 a linha de dados só pode ser utilizada para dados.

Androidpit usb type c 0401
Os cabos USB Type-C tem vantagens e desvantagens a ser avaliadas / © AndroidPIT

A energia no conector Type-C não precisa usar a linha de dados, porque suporta muito mais eletricidade (100W) que a carga rápida tradicional (18W). Na verdade, ela pode ser até 5 vezes mais rápida (teoricamente) que a corrente de carga rápida.

O USB Type-C ainda não é muito comum e relativamente caro

O USB Type-C ainda está sendo introduzido no mercado e ainda são poucos os dispositivos que contam com entrada para este tipo de conector, assim como cabos que realmente se ajustem à versão, embora cresçam todos os dias. Os únicos dispositivos que cumprem com o USB 3.1 Type-C à risca são os da linha Nexus, do Google. Além disso a maioria dos carregadores e cabos que realmente são USB Type-C é bastante cara.

Conselhos para usar o USB Type-C

  • Cuidado com os cabos USB Type-C baratos. Estes podem sair muito caros a longo prazo;
  • Ainda que seu dispositivo venha com um USB Type-C, verifique as suas especificações;
  • Use sempre o cabo e carregador que vêm com o seu dispositivo;
  • Se você precisa de um substituto, procure saber a qualidade e compatibilidade do produto com o dispositivo.

E você, já teve algum problema com um cabo USB Type-C?

135 Compartilhado

Os comentários favoritos dos leitores

  • Phelipe B. há 6 meses

    A galera reclama que o cabo USB Micro-B não é compatível com o USB C e blá blá blá.

    Queria que essa galera voltasse no tempo e visse como era sensacional os cabos prioritários tá Samsung, Nokia, Motorola..., transferir fotos do celular para o PC era tarefa dos deuses.

    Havia necessidade do cabo que nunca vinha com o aparelho, depois tinha que instalar o software, aí torcer pra tudo ser reconhecido e depois fazer o download das fotos no PC.

  • Jairo rios há 6 meses

    Meu único aborrecimento foi encontrar um cabo type C de qualidade no mercado, tem muita gambiarra inclusive em lojas especializadas, mas do resto eu me adaptei bem

47 Comentários

Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.

Recommended articles