Nós usamos cookies em nossos sites. Informações sobre cookies e sobre como você pode se opor ao uso de cookies a qualquer momento, ou encerrar seu uso, podem ser encontradas em Política de Privacidade.

Vale a pena comprar um carro-chefe em 2017?

Vale a pena comprar um carro-chefe em 2017?

Todos os anos nos perguntamos o mesmo: será que vale a pena investir em um carro-chefe agora? Este dispositivos possuem as especificações mais altas e recursos exclusivos. Mas será que isso justifica gastar tanto dinheiro para ter um flagship? Decidi analisar isso.

Não existe uma resposta "simples" para esta pergunta, pois é uma questão subjetiva, essa necessidade (ou desejo, dependendo da situação) muda com as expectativas de cada pessoa, e é evidente que todos são livres para fazer o que quiserem com seu dinheiro.

Que tipo de smartphone você compra?

Geralmente, você só terá um carro-chefe (geralmente chamado de "flagship") se quiser o melhor smartphone em todos os aspectos. Isso não significa que os dispositivos de gama média sejam ruins, o Galaxy A5 (2017), por exemplo, é um ótimo intermediário. De um modo geral, vale a pena comprar um carro-chefe se você estiver procurando pelo menos um dos seguintes aspectos:

Você deveria comprar um carro-chefe se...

... você quer tirar fotos, vídeos e gravar áudio de alta qualidade

Os topos de linha possuem hardware melhor (melhor abertura, sensores mais potentes e outros) e software com opções de uso avançadas. Por exemplo, o novo flagship da HTC, o U11, é o atual campeão de benchmark de câmera. E os aparelho que vêm abaixo dele, também são carros-chefe, veja aqui.

AndroidPIT HTC U 11 4793
O HTC U11 é o atual campeão no benchmark de câmeras de acordo com o DxOMark / © AndroidPIT

Muitas vezes subestimado, o áudio também é um elemento importante neste tipo de dispositivo. Não é necessário dizer que a qualidade do som geralmente é excelente, mesmo que o alto-falante do dispositivo tenha uma importância limitada para o usuário, que pode querer ao final apenas conectar o smartphone a um alto-falante ou fone de ouvido Bluetooth. 

Contudo, não podemos esquecer da importância do microfone para gravação de áudio e vídeo. Se a qualidade da gravação for fraca, a qualidade do áudio também o será. No entanto, a resolução da tela e a qualidade do som geralmente são melhores em carros-chefe do que em qualquer outra categoria.

... você quer um smartphone atraente

Acima, falei sobre a subjetividade da escolha, mas vamos voltar ao tema: o que é um smartphone atraente? Aparelhos parecidos com outros, em especial com o iPhone, mostram a pouca criatividade das fabricantes. Todo mundo têm sua própria resposta para isso, mas uma coisa é certa: as flagships são os dispositivos mais atraentes. 

Percebemos uma mudança na tendência de design das fabricante recentemente, que estão se esforçando para diferenciar os seus dispositivos de gama alta e mostrar mais originalidade e criatividade, um excelente exemplo é o novo Samsung Galaxy S8.

AndroidPIT Samsung Galaxy S8plus 1966
O Galaxy S8 e sua variante Plus são muito atraentes / © AndroidPIT

... você quer um sistema funcional que possa suportar qualquer jogo (incluindo VR)

Esqueça o design e vamos para os componentes internos. Flagship tem que ter os componentes necessários para o uso perfeito de qualquer aplicativo. Ao contrário dos dispositivos de gama média, os smartphones de gama alta possuem os processadores mais recentes. O Snapdragon 835 embala dispositivos como o Sony Xperia XZ Premium e o Xiaomi Mi 6; o Kirin 960, o Huawei P10; o Exynos 8895, o Galaxy S8+; e assim por diante.

... você quer uma versão recente do software

Este é um assunto irritante. O Android é extremamente fragmentado e as fabricantes demoram apara acompanhar suas versões mais recentes. Em geral, o método mais certo de se obter a versão mais recente do software é comprando um carro-chefe que, na maior parte das vezes, traz por padrão de fábrica a versão atual do sistema.

Quando você compra um topo de linha, você investe uma soma de dinheiro que deverá garantir que o aparelho terá atualizações contínuas para novas versões de software. A maioria dos fabricantes demora para oferecer o update, fato, mas essa é uma garantia que mid-ranges e low-end não possuem, em geral.

... você simplesmente quer o melhor

Se você vai investir em um dispositivo, você também pode obter o melhor. Se é isso que você quer, talvez você deva optar por um dispositivo topo de linha.

Você não deve comprar um carro-chefe se...

... você não exige muito de um dispositivo

Você usa seu smartphone para algumas funções básicas? Talvez você use apenas para fazer chamadas, conversar no Messenger ou WhatsApp de tempos em tempos, tirar algumas fotos (e a qualidade da foto não é algo realmente importante) e não  pretende consumir mídias como filmes e vídeos. Então, não precisa investir em um flagship.

Se você tem usos limitados para o dispositivo, um intermediário com certeza será suficiente para atender as suas expectativas.

AndroidPIT roaming travelling TV tower 2
Você não precisa de um carro-chefe para fazer chamadas e conversar no WhatsApp / © AndroidPIT

... você não se importa com as atualizações do Android

Se você tem usos limitados, provavelmente não está interessado nas atualizações mais recentes da plataforma. Muitas pessoas não precisam de novos recursos, como o modo multi-tela disponível no Android Nougat, por exemplo. 

Esses recursos não são úteis para você, então por que ter uma atualização? Por razões de segurança, é claro, mas talvez isso não seja uma prioridade para você visto que o Android entrega patches mensais de segurança e muitos aplicativos podem ser atualizados via Play Store.

... você prefere consumir mídia através do tablet, PC ou TV

Em teoria, você pode assistir a filmes em qualquer dispositivo que suporte um leitor multimídia ou um aplicativo de streaming. Dito isso, quanto mais avançado o dispositivo, mais agradável será a experiência que você terá. Muito mais memória de armazenamento para informações, melhor estabilidade (você não quer um aplicativo que corta no meio o filme) e, claro, uma tela suficientemente grande (mínimo de 5 polegadas) e suficientemente moderna para oferecer excelente qualidade.

Porém, se você preferir uma tela maior e um dispositivo especializado em exibição de vídeo, comprar um carro-chefe parece um pouco inútil.

androidpit Chromecast 2015 24
É muito mais confortável assistir a um filme em uma TV do que em um smartphone / © AndroidPIT

... você tem um orçamento limitado

Não nos enganemos, a maior desvantagem dos carros-chefe é o preço deles, que geralmente começa em torno de R$2.500,00 e pode chegar até R$4.500,00. Embora seja verdade que você está adquirindo uma pequena maravilha da tecnológico, cada um dos seus componentes vêm a um preço, e isso geralmente nos faz questionar se esse investimento é realmente necessário. Se você hesitar, a resposta provavelmente é não.

A boa notícia é que os preços da maioria dos flagship diminuem com o tempo. Por exemplo, você pode comprar um Samsung Galaxy S7, que originalmente custou cerca de R$3.599,00, por menos de R$2.000,00 hoje. A desvantagem é que, uma vez que o preço de venda baixa tão rápido assim, o custo de revenda será ainda inferior.

E aí, qual é a sua análise: vale a pena comprar um carro-chefe em 2017?

Artigos recomendados

Os comentários favoritos dos leitores

  • Alexandre SR 14/06/2017

    Financeiramente falando nunca vale a pena mas se a grana não é problema aí vai de cada um... Uma vez li em algum lugar na internet uma frase que acho que é a realidade: "Quem quer smartphone poderoso é blogueiro e leitor de blogs"...rss Na prática pouquíssimas pessoas precisam do poder de fogo dos tops.

  • Rogerio Droid Tec 14/06/2017

    Eu particulamente adotei a estratégia de comprar sempre o Top de linha do ano passado, hoje estou com Galaxy s7, lá pro final do ano ou começo de 2018 eu vou pensar em talvez pegar o s8, do jeito que tá hoje prefiro me resguardar do que fazer um gasto ao meu ver desnecessário por "status".

  • Paulo Ricardo 14/06/2017

    Eu criei uma regra de compra pra mim faz uns 6 anos, que é nunca gastar mais que 2 mil reais em um smartphone, então sempre que eu preciso comprar um aparelho novo, eu junto esses 2 mil e vejo qual melhor aparelho que eu posso comprar com isso, e geralmente é um topo de linha de gerações passadas. Eu escolho os topos de linha do passado porque eles são completos em termos de funções e sensores, posso até não usar todo esse esse poder de fogo, mas quando eu precisar, ele vai está lá.

  •   100
    Conta desativada 14/06/2017

    VALE A PENA COMPRAR UM CARRO-CHEFE EM 2017?
    NÃO.

  • Deivis Schuman
    • Mod
    14/06/2017

    Vale sim se ele custar um valor parecido com os intermediários atuais!
    Por exemplo o Galaxy S7 está na mesma faixa de preço do Moto Z2 Play. E neste caso compensa mais o Galaxy S7 no meu ponto de vista!

142 Comentários

Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.
Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.

  • Acredito que o celular sendo um flagship ou intermediário deve atender a necessidade do usuário, no meu caso sou bem atendido pelo intermediário Moto G4 Plus. Embora o desempenho poderia ser um pouco melhor, mas avaliando a questão custo como a maioria o Moto G4 Plus saiu pelo mesmo preço do meu S3 há anos.


  • Fico com um intermediário, atende tudo preciso. Um exemplo bom de aparelho é o Moto z1, tem snapdragon 835, por 2.000 reais


    • Vixe, se tá totalmente perdido hein, Moto Z1 intermediário? Snap 835??? Ele é snap 820 e não é intermediário... Aff.


  • Sempre optei por intermediários que entregam desempenho decente e não te deixam a ver navios no dia a dia. Às vezes nós ficamos tão preocupados em ter um "mega high end" e despejamos rios de dinheiro num material que vai se desvalorizar em curto espaço de tempo. Quantas vezes a gente já gastou uma grana considerável num smartphone pra ver o mesmo modelo com desconto na semana seguinte? kkkkkkkk


  • Hoje em dia não compensa comprar os tops a esses exorbitantes valores, mas creio que com um ano de diferença como por exemplo o G5 SE top de linha da LG em 2016 que custava mais de 2,5k e agora tá 1,4k


  •   14
    Conta desativada 16/06/2017 Link para o comentário

    Ai depende... Comprar um carro chefe em 2017??? Mas o carro chefe de que ano???? Você pode comprar um carro chefe de 2016... Estando no ano de 2017!!!
    A pergunta deveria ser... Vale a pena comprar um carro chefe lançado neste ano de 2017?????


  •   76
    Conta desativada 16/06/2017 Link para o comentário

    Vale. pronto! Já respondi.


  • Se e somente se eu fosse comprar um smartphone top de 2017, eu me arriscaria comprando o Moto Z por causa do projetor e a bateria extra. Somente por esse motivo.


  • Tb fico na dúvida se valeria a pena dar o preço de um carro, uma moto.. um pc gamer num carro chefe do ano. 4500 fora temers é um valor muito alto pra correr o risco de ser roubado, de ser avariado, sem contar que com este valor pode investir em uma multimidia legal pra casa, como uma boa tv + notebook/ videogame/ home theater ou pc gamer.. pode investir numa ótima câmera.Por outro lado tem todo o glamour e o status, a sensação de novidade, ápice de tecnologia. Eu fico muito animado com VR ou AR e é bacana saber que esta tecnologia está disponível. Sobre os carros chefes dos anos anteriores, eu acho o S6 edge muito bonito e quem sabe uma aquisição futura.. rs


    • Eu sempre levo em consideração o que posso fazer com a grana de um "high end"... pagar mais de R$2.000,00 num smartphone é fora de cogitação pra mim. Mesmo que eu tivesse a grana, às vezes é melhor estabelecer um limite pra não levar prejuízos


  • Utilizo um Meizu M2 note... Muito bom smartphone... Não vejo tanta diferença dos tops para os intermediários assim, para q se justifique a diferença de preço... Comprei o meu por 700,muito barato....


  • Gosto de celular de tela grande e preciso de bateria de grande capacidade. Pesquisei e acabei comprando dois A9 por 1.499 reais cada um. Um preto e um dourado. Gastei na compra dos dois aparelhos 2.998 reais. Com esse valor eu não conseguiria comprar um top de linha vendido no Brasil pela LG, Samsung ou Sony, por exemplo.


  • Os que dão valor no seu dinheiro sempre compram um Top da geração anterior, sem ter problema com bugs defeitos de fabricação e descaso do fabricante...comprando o modelo mais confiável desde então por 1/3 do preço de um lançamento duvidoso que chega custando 5 rins sem ter reais avanços tecnológicos que façam por merecer o preço cobrado.


  • Eu acho que a melhor opção é o S7 pelo oq ele oferece e o custo benefício


  • Eu gostaria sim de comprar o S8. Mas, tenho certeza que isso não fará diferença nenhuma. Duas semanas após você ter tirado da caixinha, virado do avesso todos os recursos (feito criança com brinquedo novo), começa a perceber que só vai usar mesmo pra ler emails do trabalho, enviar um ou outro zap zap, ver vez em quando um vídeo engraçadinho do face. Vez em quando as notícias e pra distrair, um joguinho atari da loja do Googleplay.
    Estou com o S6 desde o lançamento. Vou comprar uma atual sim quando: o aparelho lançado fizer o usuário voar ou quando eu tiver dinheiro sobrando pra fazer essa graça luxuosa de trocar por um "top".
    Ter um carro chefe é besteira.


  • Estou com galaxy note 3 dês do dia que lançou no brasil, já faz bastante tempo, única coisa que eu tenho que reclamar é que a bateria já era. Já comprei uma nova que já morreu em 1 ano. me lembro que paguei 2300 por um desconto que tive nas americanas.com o valor dele no lançamento era + de 3mil, hoje em dia se eu comprar um carro chefe concerteza irei optar por importar, estou esperando o xiaomi mi mix 2 e mi note 3 vamos ver qual vai me agradar mas. meu note 3 vou da pro meu filho.


    • Eu tinha o LG G3, que deu problema na bateria 5 meses depois que venceu a garantia e mesmo assim foi trocado de graça pela LG, então, meses depois, deu o crônico defeito na tela que escurece, permanecendo o aparelho ligado. Hoje, tenho o Oneplus 3T, celular com hardware potente já na última versão do Android.


      • Meu lg g3, deu defeito nessa semana na tela, que fica escurecendo. Mas não deu nem tempo de importar, acho que vou comprar um intermediário, pra depois importar um top de linha. Acho que é o melhor caminho.

        Conta desativadaHenrique P.Conta desativada


      •   76
        Conta desativada 16/06/2017 Link para o comentário

        Gente, não fala mal da LG. O Paulo Henrique está vendo os comentários e vai ficar bravo. Não faz isso com ele não.


  •   43
    Conta desativada 15/06/2017 Link para o comentário

    Eu só to com medo da mulher na foto...


  • Os únicos carros chefes que conheço é sua carteira... Só ela pode comprar!


  • Não existe essa de carro chefe... Basta ter dinheiro no bolso, e pronto... Fim de papo!


  • Aparelhos top são diferentes, alem de todo poder de processamento são os aparelhos que lançam novas tecnologias, eu era usuário de iphone, tive o 3g, 3gs, 4, 4s que acabei trocando em um Motorola razr xt 910, meu primeiro Android, a partir daí só tive Android, passei para o S3, moto x1, moto X2, galaxy S5 e S5 duos, Xperia Z3 dual, galaxy S6 flat, depois me acostumei com telas edge peguei um S6 edge 64g, note 5, s7 flat, S7 Edge 32g, e hj em dia S7 Edge black piano 128g e S8+. Fora esses aparelhos tive alguns xiaomi MI4 e mi5 e hj em dia estou com um Xiaomi mi5s 64g cinza para vender e pegar o Gear S3 frontier, sem sombra de dúvidas para quem gosta de tecnologia como eu vale muito a pena atualizar o seu dispositivo, hj meus aparelhos estão completos, tanto o S7 Edge black piano qto o S8+ com os gears VR, para quem quer consumir multimídia de forma imersiva não tem nada melhor no momento. Depois dos samsung hj em dia o melhor Android com modificações para mim é a Miui sem sombra de dúvidas.


  • Sempre tive tops de Linha começando com o galaxy S2, depois galaxy S3, aí peguei o S4 e logo depois o s5 todos eles 1 ano depois de seu lançamento aí veio o s6 não me atraiu nem um pouco disse pra min msm vou ficar um bom tempo com o s5 aí coloquei ele em cima da geladeira de casa e meu pai derrubou ele... Display quebrado 600 reais pra arrumar desisti e então peguei um moto maxx adivinha? Me roubaram então comprei um LG G4.... E fiquei um ano com ele.... Aí ótimo aparelho câmera top bom acabamento mas.... Bateria pífia... Só passava nervoso... Vemdi ele é com parei agr um moto z play na promoção e adivinha? Tudo que eu sempre precisei de um top pra fazer estou fazendo super de Boa com um intermediário.... Boa bateria Boa tela boa performance nada a reclamar tirando a câmera que é apenas satisfatória e depois de anos gastando dinheiro descobri que muitos dos motivos para comprar um top não existem pelo menos não hj em dia... Desculpem o texto enorme mas tinha que explicar a burrada que fiz todos esses anos... E que muitos ainda fazem... Gastar dinheiro com NOMES e não com NECESSIDADES


  • Até o momento não vejo nenhum aparelho que me traga vontade de aposentar meu Note 5. Talvez o Note 8 traga essa vontade, mas o preço faz ela passar rapidinho....


  • Eu sou um usuário "pesado", tanto que tenho um plano de só 1 GByte de internet, mas com 3.000 (três mil) minutos ou 50 horas de ligação. Mas preciso MUITO de um recurso que só tenho hoje nos LG G5, G4 e G3, no V20 e nos Samsung S6 e S5:
    O infravermelho. É muito ruim você querer ou precisar de um recurso e não ter como obtê-lo. Você fica "nas mãos" do(s) fabricante e, às vezes, nem assim consegue o que quer/precisa.


    • Que triste isso cara. Sei bem a utilidade do infravermelho no dia a dia, o uso bastante. Infelizmente as fabricantes estão descartando o infravermelho, sendo que é um recurso que a maioria irá usar.


  •   74
    Conta desativada 15/06/2017 Link para o comentário

    Antes eu comprava um carro chefe todo ano. Agora estou comprando a cada 2 anos, já que a diferença de um para o outro não é muito grande, pra não dizer que na maioria das vezes é estética.


    • Às vezes nem na estética está mudando tanto assim. S6 e s7 praticamente o mesmo conceito. Lg g3, e lg g4, mesmo conceito. Mas concordo contigo Sidney, trocar a cada ano de smartphones não é viável.

      Henrique P.Conta desativadaConta desativadaConta desativada


    • Concordo totalmente...

      Conta desativadaConta desativada


    •   76
      Conta desativada 16/06/2017 Link para o comentário

      Concordo. Eu também não estou mais comprando todo ano. É muito consumismo. Prefiro comprar cerveja.

      Conta desativadaConta desativada


  • Claro que vale. Este ano os aparelhos estão inovando. Estou esperando o Note 8.


    • Acho que será o smartphone que mais irá inovar nos últimos anos. Afinal esse note 8 tem uma missão complicada, apagar o vexame do note 7.

      Henrique P.Conta desativadaConta desativadaConta desativada


    •   74
      Conta desativada 15/06/2017 Link para o comentário

      Se o Note 8 vier como estou esperando, vou sim trocar de smartphone, mas só porque no ano passado meu alvo era o Note e não o S7. Mas trocar o S7 pelo S8, de maneira nenhuma.


  • Comigo desde seu lançamento, enfim meu X Force está se mostrando cansado. Não se enganem, excelente aparelho ainda, me sem leitor biométrico, câmera não me atende mais...
    Dessa forma irei esperar e ver o que a Motorola me reserva, caso não venha um novo Force para o Brasil, receio ter que me tender à Samsung e seu anormalmente lindo S8.

    Conta desativadaConta desativada


  • A depender do caso, sim, porém eu diria de anos anteriores, a exemplo do OnePlus 2 e OnePlus 3T (sim o OP3T já é dito top de linha de geração anterior).


  • Há quem ache, e que não ache loucura, mas no brasil até quem pode pagar 4 mil num smartphone no fundo sabe que é loucura.


  • Se fosse para comprar um Smartphone agora, o escolhido seria o S7, o preço está ficando atraente e, além disso, há certeza em receber atualização.

    Conta desativada


  • Continuo muito FELIZ com meu MARAVILHOSO Moto Maxx!!!


  • Ano passado, troquei meu galaxy S4 pelo Galaxy note 4. Eu queria um top da Samsung já tinha um tempinho... Mas a grana não dava, pois é caríssimo em época de lançamento. Eu queria por causa da memória, processador e algumas funções melhores que o do S4. Tenho uma boa quantidade de app e trabalho com a agenda o tempo todo. Eu posso dizer que estou super satisfeita com o note 4, que mesmo depois de seu lançamento em outubro de 2014, não trava, é super rápido, instalei todos os apps que uso e estou gostando muito dele, paguei um pouquinho caro, mas valeu cada centavo. Porém, o que comprei, é lote fabricado em 2015, veio com Android 5 e custou R$ 2.350.00, + frete de R$ 24,00 e vai ter que durar ao menos uns 4 ou 5 anos. Senão, haja dinheiro... 😊😊😊😊

    Conta desativadaCandidoJoãoConta desativada


  • Vale sim se ele custar um valor parecido com os intermediários atuais!
    Por exemplo o Galaxy S7 está na mesma faixa de preço do Moto Z2 Play. E neste caso compensa mais o Galaxy S7 no meu ponto de vista!


  • Eu criei uma regra de compra pra mim faz uns 6 anos, que é nunca gastar mais que 2 mil reais em um smartphone, então sempre que eu preciso comprar um aparelho novo, eu junto esses 2 mil e vejo qual melhor aparelho que eu posso comprar com isso, e geralmente é um topo de linha de gerações passadas. Eu escolho os topos de linha do passado porque eles são completos em termos de funções e sensores, posso até não usar todo esse esse poder de fogo, mas quando eu precisar, ele vai está lá.


  • Todos querem os tops de linha atual, quando na verdade um intermediário atenderia com folga o usuário, eu estabeci uma meta comprar um top de linha e ficar com ele no mínimo dois anos, não temos que olhar só para os prós de um determinado produto, mais também os contras, como por exemplo os preços praticados aqui no Brasil são o cúmulo do absurdo para um smartphone cuja função principal é fazer ligações e manda mensagens, fora que hoje em dia a diferença de hardware de um top e um intermediário e bem absoleta contando que os dois atendem muito bem.

    DenisDavid CDConta desativadaConta desativada


  • Tenho um desses, o S7 Edge, mas atualização do android... Nada!!! Não comprem da operadora pois não atualiza. O meu comprei em plano da Claro e está paradão...

    Conta desativada


    • Sempre os smartphones de operadora são os mais demorados para atualizarem, mas no seu caso fica mais fácil entrar no site sammobile fazer download da rom sem vínculo de operadora para o seu modelo Samsung e fazer o flash com o programa que incluso na rom e terá as atualizações.


    •   74
      Conta desativada 15/06/2017 Link para o comentário

      MPitta, faça através do ODIN. Troquei o meu firmware da Claro por um ZTO e recebi a atualização quando ela saiu. Vale a pena e não perdi o Knox nem o Samsung Pay. Livre-se dessas amarras da Claro.


  • (Na minha opinião). Depende do preço e das configurações. Hoje em dia, alguns intermediários premium estão se saindo tão bem quanto um carro-chefe. No meu caso, acabei de pegar um Moto Z Play onde o que mais me atraiu e tbm pela necessidade, foi a bateria. E é um intermediário premium do ano passado. Muito bom aparelho. Rápido, bonito e com uma bateria monstra. E nas lojas está custando em torno de 1500. Vale a pena.

    Conta desativadaConta desativada


  • Eu não trocava o meu smartphone desde 2014. Um Moto X2 (que passou a ser meu reserva). Procurei um aparelho que tivesse as características dele, com algumas melhorias e encontrei isto no Moto G5 plus, que possui uma boa bateria e uma câmera melhor. A única coisa que não possui é o Moto Voz.

    Conta desativada


  • Tô usando um Nexus 5x que nem era o top de 2015, mas tem desempenho excelente, câmera incrível, bateria ok, é leve e pequeno, único ponto fraco é o som que não é muito alto, mas tenho caixa Bluetooth pra isso. A questão, mesmo para quem não exige muito do aparelho, é que top de linha dura mais que intermediário, então vale a pena pagar algo a mais pra não precisar pagar um novo smartphone depois de um ano e meio.


  • Tive Nexus 4 comprado na época que chegou no Brasil e era considerado o topo de linha ou próximo, depois dele foi o Moto X Style e aqui com ele pretendo trocar só ano que vem, muito provavelmente para um intermediário que já tem boas configurações, estarão atualizados e se duvidar com um desempenho próximo, se não for intermediário, no máximo 2.000, acima disso não vale a pena, as vezes temos muito nos smartphones e nos privamos de certas coisas com receio, medo, etc. (Violência Brasil), enfim, concordo também com pessoas que comentaram aqui sobre smartphones até 1.500, topos de linha do ano passado ou até mesmo o intermediário premium do ano passado e por fim, cuidar do dispositivo por 2 ou 3 anos.


  • Respondendo a pergunta Sim vale a pena , se vc for um usuário de perfil avançado que realmente o usufrui do alto processamento de dados , armazenamento e consome mídias através de um dispositivo mobile ... fora que estes novos tops de linha veem com algumas novidades bem vindas !!!


  • Tenho um moto Maxx , top de linha da Motorola de 2014 e até hj, ele me atende perfeitamente em tudo que exijo dele, até mesmo em jogos com gráficos mais pesados.
    E a bateria dele, mesmo após quase 3 anos de uso, ela dura um dia inteiro, sem precisar de recarregar.


  • Não, no Brasil não vale a pena. Na maioria das vezes o que separa um top de um intermediário premium é só o processador. Não acho que vale a pena pagar 4k num smartphone apenas para ter um processador de última geração. A maioria das pessoas não precisa de tanta potência.

    Conta desativadaConta desativada


  •   16
    Conta desativada 14/06/2017 Link para o comentário

    Prefiro aparelho de no máximo 1500 reais. Pois troco todo ano pra sempre ter um celular na garantia.


  •   61
    Conta desativada 14/06/2017 Link para o comentário

    Compro top do ano passado , oferece tudo que um atual tem menos o software atualizado. Melhor do que pagar $$$$ por 10% a mais de velocidade e processamento.

    Conta desativada


  • Creio que a troca de um smartphone por outro só deva ocorrer quando há mudança significativa de tecnologia. Deve, sim, ser sempre comprado um modelo TOP com perspectivas de ficar com ele uns 3 ou 4 anos. Adquiri um modelo TOP à época (o Galaxy Note 3) e estou com ele até hoje pretendendo trocá-lo por um TOP com Snapdragon 845 em 2018 (que terá tecnologia 5G embutida). Isso sim, representa um grande salto de tecnologia e poderei ficar com ele até 2020 ou 2021.


  • Vale a pena um top de linha somente se ele for seu "computador de bolso" que você usa muito pra tudo,trabalha,depende muito da câmera,usa o celular para edições,progamas de escritório,tem muitos apps e consome muita mídia e jogos!


  • Eu só compro de for o Topo de linha do ano passado. Tipo o S7 agora que tá num preço bacana. E na Black Friday ele deve cair para uns R$1600 por aí.


  • Antes eu só comprava tops, mas hoje estou em vista de um intermediário avançado como moto z2 play, zenfone 3 ou até mesmo moto z de 1 geração que vira e volta entra em promoção, aí é só ser feliz!


  •   7
    Conta desativada 14/06/2017 Link para o comentário

    É como comprar um carro zero km, ao sair da loja já perde o valor. No caso de Smartphone, além de perder o valor, a depreciação é mais rápida. Portanto, não comprem no período de lançamento.

    Conta desativadaConta desativada


    •   74
      Conta desativada 15/06/2017 Link para o comentário

      Principalmente porque, como os carros novos, os primeiros modelos sempre vem com vários problemas que são sanados no segundo ou terceiro lote.

      Conta desativadaConta desativada


  • O que mais deve ser levado em consideração é a parte do uso. Para a maioria da população, um Galaxy A, um Moto G5+, um Sony, atende muitíssimo bem, devendo-se levar em consideração apenas as nuances de cada um. Conheço muita gente que quer ter um Galaxy S8 mas não pode tê-lo, e aí faz das tripas o coração apenas para ter um carro chefe atual para fazer ligações e tirar foto no espelho. É um desejo da pessoa. Tudo bem. Mas não vale a pena desperdiçar tanto desempenho apenas pelo glamour. Eu mesmo me encantei com os dual Edge da Samsung mas nunca pude ter um. E talvez nem venha a possuir, porque quando estiverem acessíveis para mim, não vão mais receber atualizações e, portanto, estarão obsoletos. E com certeza haverá um intermediário com bom desempenho recebendo atualizações de sistema.


  • Prefiro investir nos Flagship Killers, como os da OnePlus, tenho um 3T que peguei recentemente, e é perfeito, daqui a poucos dias sai o OnePlus 5 pra desbancar os grandes, e tem outras opções mais baratas e com o mesmo potencial dos carro chefe atuais, é bom dar uma pesquisada antes de comprar. Lado negativo de importar é a demora e o Imposto de Importação, mas ainda sai bem mais em conta no bolso. Recomendo ;)

    Conta desativada


  • To querendo o s8 ,


  • tô querendo o Nexus 6,kkk que agora tá mais em conta e não deixa de ser atraente


  •   32
    Conta desativada 14/06/2017 Link para o comentário

    Top de 1 ou 2 anos atrás é uma ótima opção, mesmo pq celular não é descartável, entra ano tem que se trocar, vai durar 2, 3 anos sem problemas algum

    Conta desativadaDavid CDConta desativadaLeandroConta desativada


  •   84
    Conta desativada 14/06/2017 Link para o comentário

    Depende do que significa valer a pena , se for em questao de custo nenhum vale , se for em questao de ter o melhor entao sim claro q vale


  • Financeiramente falando nunca vale a pena mas se a grana não é problema aí vai de cada um... Uma vez li em algum lugar na internet uma frase que acho que é a realidade: "Quem quer smartphone poderoso é blogueiro e leitor de blogs"...rss Na prática pouquíssimas pessoas precisam do poder de fogo dos tops.


    • Belo comentário brother! \O/

      Conta desativada


    • Acho que a durabilidade e fluidez de um flagship a médio prazo compensam. Induzi amigos a pensarem isso, mas depois de um tempo também concordaram comigo por livre e espontânea vontade.
      Depois que se usa um high end é bem complicado voltar para os de entrada ou intermediários, ainda mais com os preços aqui no país, então ficar tranquilo por 2~3 anos eu acho bem vantajoso, mas normalmente duram mais.


    • Certas pessoas querem ter o poder nas mãos, literalmente - mesmo sem precisar disso tudo. É ter uma Ferrari só pra andar a 60 km/h kkkkkkkkkk só pra exibir o material


  • Claro que compensa, mas sempre o do ano anterior, como por exemplo :Samsung s7 que já se encontra por 1700 ou menos em algumas promoções.


  •   26
    Conta desativada 14/06/2017 Link para o comentário

    Carros-chefe? Nem $$$onhando...


  • Não! Todo carro chefe fica defasado em 2 anos no máximo, não compensa o preço pago!

    CAVConta desativada


    • Como se todo mundo fosse ficar com o mesmo smartphone por mais de dois anos...
      (Se não quebrar no meio do caminho, ou bater a vontade de comprar coisa mais nova durante esse tempo)


      • Conheço muita gente que fica sim com o aparelho por mais de 2 anos. Um exemplo são dois amigos que tenho, cada um tem um top de linha.
        Um comprou o S6 assim quando foi lançado, vai fazer dois anos agora e já está defasado. O outro comprou um moto Force, porém ainda aguentando firme o tranco do dia a dia.
        Mas é como você disse ai CAV, muitas coisas podem realmente acontecer ou o mais provável é a pessoa abusar do aparelho. kkkk Infelizmente não tenho esse luxo, tenho que ficar enquanto tiver ligando e funcionando. kkkk


  •   62
    Conta desativada 14/06/2017 Link para o comentário

    Existe sempre essa obsessão de termos sempre o melhor, o mais caro e etc. Mas ai você mesmo se pergunta. Será que eu preciso? Se o seu uso é básico, um bom intermediário dá conta do recado e sobra, sem ter que gastar rios de dinheiro, e ainda, pode investir em coisas muito mais importantes. A tecnologia muda muito em pouco tempo, o que era ultra mega faster and power hoje, daqui a 6 meses ou um ano, já fica para trás, e fora o dinheiro gasto comprando em lançamentos, pois paga-se o preço sempre mais caro. Vamos ter consciência pessoal, dinheiro não dá em árvore, e até pessoas ricas tem suas crises. Para que se endividar e viver de aparências?

    Como moramos no Brasil, tudo aqui é mais caro, então faça sua compra pensando a longo prazo. Por que ficar todo ano trocando de smartphone, é jogar dinheiro no lixo. Nunca você vai estar satisfeito, se a sua situação permite esse mimo, ai é outra história, mas não vale a pena. Bom senso faz o cidadão equilibrado e mais consciente.


    • Cara comentário perfeito. Já tive vários Smartphones e somente um deles foi um top (iPhone 5s que comprei 1 ano depois do lançamento). Agora que voltei para um intermediário Moto G4 Plus (nem tão intermediário assim), vejo o quanto fui iludido. Não que eu não tenha gostado do aparelho da Apple, no mínimo a experiência com ele foi sensacional, mas meu novo novo aparelho é fantástico e cada vez que olho pra ele depois de 8 meses de uso, vejo o quanto estou satisfeito (mesmo com update atrasada mas foda-se, mas é a experiência de um Smart do que suas updates).

      O que quero dizer é: é bom as pessoas analisarem BEM as PRÓPRIAS necessidades. O pessoal não se conhece direito e começa a implantar hábitos de consumos na própria vida que se forem olhar lá no fundo, é tudo fruto da influência do consumismo desenfreado. Como você disse, falta mais consciência por parte do pessoal que compra somente para ter o melhor sem saber se muitas vezes aquela compra atende corretamente à necessidade de seu uso.


      •   62
        Conta desativada 14/06/2017 Link para o comentário

        Realmente Guilherme, termos o equilíbrio é a melhor forma de estarmos satisfeitos, com aquilo que buscamos.


      • Exatamente! Temos que adquirir com nossas necessidades. Também uso um moto g4 plus e ele atende perfeitamente minhas necessidades.

        Conta desativada


  •   83
    Conta desativada 14/06/2017 Link para o comentário

    No sistema Android só tive um aparelho que não era top de linha, que foi o Galaxy Ace l, que comprei para testar tanto o SO quanto a marca Samsung, que para mim era desconhecida no ramo de telemóveis. Na verdade, até então, só tinha comprado um produto da marca, um vídeo cassete que era até bonzinho. Cinco meses com o Ace foram suficientes para aprovar a marca e o sistema. Parti para o S2 e desde então só uso os tops da Samsung...

    Conta desativadaConta desativadaConta desativada


    •   61
      Conta desativada 14/06/2017 Link para o comentário

      Perecido comigo peguei um Galaxy y pra testar o Android(e a Samsung) depois parti produto tops só que de um ano atrás.

      Conta desativada


  • Com certeza não! Intermediários já dão conta do recado.


  • Minha resposta seria "NÃO" em razão do custo elevado.
    O benefício em ter um flagship do ano é bom, mas ele é, em muito, superado pelo seu custo (no Brasil)
    Então a relação custo x benefício acaba ficando desvantajosa aqui em terras tupiniquins.

    Eu sou um usuário intermediário. E sei que existem muitos usuários hardcores nesse mundo Android, que precisam de um celular melhor.
    Mas acho difícil imaginar alguém que tenha uma necessidade de processamento e qualidade tão grande que um S7 Edge, um One Plus 3 ou um Mi 5S não sejam capazes de atender. Pelo menos eu não conheço ninguém que VERDADEIRAMENTE PRECISE de um aparelho melhor que esses. Geralmente é só pelo hype ou por status.


  • no Brasil é muito difícil dizer isso...

    Conta desativadaLuiz de SáConta desativadaConta desativadaConta desativada


  • Estou feliz com meu Moto G4 Play. Câmera não é das melhores, (apenas 8MP) mas pra uso comum, dá pro gasto. Enquanto ao desempenho, com 2GB de RAM e o processador de 1,2Ghz, consigo me virar sem problemas, seja com apps do dia a dia ou jogos.


  • Pensei em pegar o OnePlus 5, mas vai vir igual ao iPhone 7 Plus, ou seja, perdeu a originalidade.
    Outra, mesmo que pegue um Top, pretendo pegar um com a próxima geração de processadores da Qualcomm, o Snapdragon 845, ou seja, terá uma CPU desenvolvida dentro do processo de 7 nanômetros (nm). Hoje, os modelos mais poderosos do mercado trabalham em 10 nm, será menor e mais eficiente, com melhora de até 35% em desempenho em relação aos modelos atuais, e contará com o novo modem X20 (desenvolvido para o 5G) no novo processador da empresa, oferecendo suporte para LTE Cat. 18, que permite atingir uma velocidade de download de 1,2Gbps. Este componente pode chegar a velocidades de upload de até 150Mbps. Mas pra que eu quero um smartphone desse, no Brasil que não tem 5G? Pq poderei gastar um grana em um aparelho poderoso e ter uma vida útil mais longa, onde terei um ótimo aparelho com uma tecnologia a ser ainda empregada no país. Sendo assim, vou aguardar e trocar meu Moto X Style somente no ano que vem!


  • Depois que os chamados "top de linha" extrapolaram a barreira dos R$2.300,00 deixou de valer a pena.

    Definitivamente a resposta é não!

    Nenhum, e afirmo isso com todas as letras, nenhum aparelho vale mais que R$2.500,00.
    Os valores pedidos pelos smartphones chegaram a números absurdos.
    Até mesmo os ditos intermediários estão muito caros.
    O que um Moto G5 Plus ou Asus Zenfone 3 oferecem pelo seu preço?
    O Motorola ainda caiu de preço mas o telefone da Asus ainda continua sendo vendido na faixa de R$1.400,00 ou mais até.

    Celular prá mim, hoje, só os que custam até R$1.000,00 e ele tem que durar no mínimo 2 anos.
    E olhe lá...

    Conta desativada


  • Como eu tenho um plano pós pago bom que é usado por toda família,eu consigo sempre trocar todo ano,mas quando peguei o galaxy s6 em janeiro de 2016 não vi vantagem em adquirir o S7,justamente lendo os post de comparação do Androidpit. Mas agora vou troca-lo pelo S8.

    Conta desativada


  •   41
    Conta desativada 14/06/2017 Link para o comentário

    Sinceramente, com o preço de um Galaxy S8+, eu compro 2 OnePlus 3T, que oferecem 2x mais desempenho, e sobra pra comprar um iPhone 5S na OLX. Os preços praticados pelas fabricantes no Brasil se tornaram exagerados desde 2015, tudo por causa de quem?

    Dilma e Temer!


    • Lucas, concordo em parte com o seu comentário.
      O governo tem sim sua grande parcela de culpa pelos preços estratosféricos devido a alta taxa de impostos.
      Mas as empresas também tem sua parcela de culpa porque querem ganhar na unidade e não no volume.

      E, prá mim, o grande fiel da balança é o consumidor.
      Enquanto as pessoas pagarem R$3.900,00 em um telefone será desse jeito.
      E tem muita gente que faz isso estrangulando o orçamento e deixando de fazer coisas mais importantes.

      Conta desativadaConta desativada


    •   94
      Conta desativada 14/06/2017 Link para o comentário

      Uai Lucas, mas você estava reclamando do OnePlus 3T em outro artigo do AP!

      Conta desativada


  • é aí que temos um problema do porquê Apple x Androids. a Apple só trabalha com uma linha, seu carro-chefe enquanto o Android tem até 5 tipos de linhas diferentes.
    eu, particularmente quero um celular que seja o melhor possível em desempenho e creio que todos querem.
    porém é melhor comprar o flagship do ano anterior do que o atual. o custo & o benefício são mais do que suficientes​ para agradar a todos.
    obs: comprei um moto Z este ano e me sinto mais que satisfeito com ele

    LeandroConta desativada


  • Sempre optei pelo melhor cxb. Tive um Razr D3, troquei pelo Moto G 2014 e quando foi roubado comprei o Redmi 2 Pro que está comigo até hoje.

    Conta desativada


  • intermediário avançado, nao sou processor whore.😀


    • Na real não é só processador, tem muitas coisas superiores num flagship. Maaas, o do ano anterior (ou dois anos) sempre me serviu bem.


  • Eu procuro adquirir flagships chineses devido a qualidade x custo x benefício, e estou muito.satisfeito.


  •   100
    Conta desativada 14/06/2017 Link para o comentário

    VALE A PENA COMPRAR UM CARRO-CHEFE EM 2017?
    NÃO.


  • Eu particulamente adotei a estratégia de comprar sempre o Top de linha do ano passado, hoje estou com Galaxy s7, lá pro final do ano ou começo de 2018 eu vou pensar em talvez pegar o s8, do jeito que tá hoje prefiro me resguardar do que fazer um gasto ao meu ver desnecessário por "status".

Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.