Nós usamos cookies em nossos sites. Informações sobre cookies e sobre como você pode se opor ao uso de cookies a qualquer momento, ou encerrar seu uso, podem ser encontradas em Política de Privacidade.

Vem aí o primeiro smartphone com 10GB de RAM: exagero ou necessidade?

Vem aí o primeiro smartphone com 10GB de RAM: exagero ou necessidade?

Memória RAM é uma necessidade básica, isso é fato. Muitos modelos disponíveis no mercado entregam capacidades suficientes para que as principais tarefas possam ser executadas num smartphone sem maiores problemas. Na China, contudo, a fabricante Vivo está prestes a lançar um modelo com 10GB de RAM, o primeiro do mercado a contar com essa quantidade.

A Vivo é uma fabricante, digamos, bastante promissora. A empresa conta com investidores chineses de peso, como o grupo BBK Eletronics, que é o principal investidor de marcas como Oppo, Nokia e OnePlus. Durante a CES 2018, por exemplo, o primeiro sensor biométrico incorporado na tela foi demostrado através de um smartphone conceito da Vivo. Já deu pra perceber que realmente estamos diante de uma marca chinesa com viés bastante inovador, certo?

Acontece que a empresa está buscando por novos horizontes no que diz respeito ao hardware. Em breve, a Vivo deve apresentar ao mundo (ainda que as vendas sejam restritas ao mercado chinês) o Vivo Xplay7. Esse modelo deve ser o primeiro smartphone do mercado a contar com nada menos que 10GB de memória RAM. Algumas imagens do dispositivo já foram vazadas na internet:

xplay7 side
Este é o Vivo Xplay 7/ © Gizmochina

Além da quantidade exorbitante de RAM, o Xplay7 deve vir em versões com 256GB ou 512GB de armazenamento, tela 4K com bordas frontais otimizadas, desbloqueio de tela via reconhecimento facial, biometria incorporada na tela e câmera traseira com sensor duplo (um carro alegórico).

Exagero ou necessidade?

Memória RAM nunca é demais. O Android é uma sistema bastante flexível e que se adapta facilmente em smartphones com diferentes quantidade de memória RAM. É claro que a otimização entre o sistema e o hardware é uma responsabilidade do fabricante, e não exatamente do SO da Google. Um modelo com 2GB de RAM, por exemplo, reserva em média um cache de 600MB para evitar que a memória seja esgotada. Já um modelo com 6GB de RAM, como o OnePlus 5, por exemplo, mantém em uso cerca de 60% do espaço total, deixando aproximadamente 3GB de RAM reservados (sem uso).

Como disse, essa otimização, do que é usado ou não, varia de fabricante para fabricante e também de acordo com o hardware do modelo. Nós testamos smartphones com 4GB, 6GB e 8GB de RAM para saber como é feito o gerenciamento dessas diferentes quantidades. O teste completo você confere aqui:

É claro que no futuro aplicativos e jogos ainda mais exigentes podem surgir na Play Store, usando ainda mais a Realidade Aumentada, por exemplo. Mas, até o o momento, me atrevo a dizer que 10GB de RAM está mais para marketing do que algo vantajoso e de utilidade real.

Você concorda? O que achou do Vivo Xplay7?

Fonte: Gizmochina

Artigos recomendados

Os comentários favoritos dos leitores

  • Stella Dauer 30/01/2018

    Certeza que temos marketing aqui. Talvez, um dia, daqui a alguns anos, precisemos de tudo isso. Mas no momento eu acho puro marketing.

    Mas também tem um Q de pioneirismo. Entre as fabricantes, é importante ser o primeiro. E quando o primeiro abre a porteira, os outros podem ir experimentando.

  • AC&MM 30/01/2018

    Você concorda? O que achou do Vivo Xplay7?
    Isso está mais pra marketing do que real necessidade, claro, levando em consideração um usuário comum, que seria a grande maioria.
    A questão é que com uma grande quantidade de memória RAM aliada a um bom processador, consequentemente, teríamos muitas tarefas sendo realizadas em um curto período de tempo e, naturalmente, um consumo maior de energia. Em resumo, pode-se ver nitidamente que não adianta uma quantidade fantástica de memória RAM e, supostamente, um bom processador nesse ou em qualquer outro aparelho se a autonomia da bateria e o gerenciamento de energia continuarem sendo ignorados.
    Se eu estiver errado, me corrijam.

  • Jairo rios 30/01/2018

    Apelo de marketing , mais nada , agora.......e a bateria ? Ou otimização para aumentar a autonomia da bateria ? Nada né.

  • Stella Dauer 30/01/2018

    Exatamente... cadê a bateria? Digo: é porque é mais fácil enfiar 10 GB de RAM em um aparelho do que melhorar a bateria. Certamente...

  • David CD 30/01/2018

    Exagero? Sim. Mas eu gostaria muito de ter um smartphone com 10 gb de RAM.

90 Comentários

Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.
Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.
Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.