Nós usamos cookies em nossos sites. Informações sobre cookies e sobre como você pode se opor ao uso de cookies a qualquer momento, ou encerrar seu uso, podem ser encontradas em Política de Privacidade.

2 min para ler 6 Comentários

O Wi-Fi 6 vem aí; saiba do que ele é capaz

A Wi-Fi Alliance, responsável por definir padrões para a rede wireless, anunciou a nova geração da rede sem fio, o Wi-Fi 6. O padrão, já conhecido no mercado, chega para trazer maior abrangência de banda e facilitar o entendimento do usuário com relação às categorias do Wi-Fi.

O Wi-Fi 6 corresponde a categoria 802.11ax, que será lançada no mercado no ano que vem. Ao invés de investir em nomenclaturas menos populares e mais técnicas, como, por exemplo, o Wi-Fi 802.11a/b/g/n/ac/ax, a Wi-Fi Alliance está investindo na simplificação dessas categorias em nomes e símbolos mais práticos.

Dessa forma, como disse acima, o Wi-Fi 6 corresponde a categoria 802.11ax, enquanto que o Wi-Fi 5 é o 802.11ac, e o Wi-Fi 4 é o 802.11n. Na embalagem dos roteadores lançados a partir de 2019 será exibido o símbolo com a indicação da categoria do Wi-Fi seguida por um desses números, que representam suas respectivas gerações.

Os símbolos nas embalagens de produtos compatíveis, como celulares e roteadores, assim como os ícones de sistemas operacionais, serão adaptados das seguintes formas: 

wifi6
Símbolos e faixas dos Wi-Fi / © Wi-Fi- Alliance

O Wi-Fi 6 suporta as frequências 2,4 GHz e 5 GHz e o sistema de multicanais, que podem ser multiplicados com velocidades mais estáveis e conexões mais rápidas em aparelhos compatíveis. Essa capacidade suporta a velocidade máxima de 14 gigabits por segundo. O padrão anterior, o Wi-Fi 5 (antigo 802.11ac), funcionava de forma semelhante, mas com suporte apenas a frequência de 5 GHz.

Mesmo com o lançamento previsto para 2019, os primeiros equipamentos com Wi-Fi 6 devem demorar para chegar de fato às prateleiras.

6 Comentários

Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.

Artigos recomendados