Nós usamos cookies em nossos sites. Informações sobre cookies e sobre como você pode se opor ao uso de cookies a qualquer momento, ou encerrar seu uso, podem ser encontradas em Política de Privacidade.
Xiaomi Mi 8 Pro: uma jóia “antiga” que ainda tem valor (Review)
Xiaomi Mi 8 Pro Hardware Teste de dispositivos 10 min para ler 18 Comentários

Xiaomi Mi 8 Pro: uma jóia “antiga” que ainda tem valor (Review)

O Xiaomi Mi 8 Pro poderia ser a jóia da coroa de Xiaomi, se não fosse pelo fato de que seu sucessor já está no mercado. O Mi 9 chegou com tudo no mês passado e deixou seu irmão mais velho parecendo "ultrapassado”. Mas mesmo com um quê de “vintage”, o Mi 8 Pro tem um custo benefício imbatível, e é um dos melhores aparelhos da fabricante chinesa.

Avaliação

Prós

  • Ergonomia
  • Câmera
  • Design original e bonito
  • Reconhecimento facial e leitor de digitais sob a tela
  • Alto desempenho
  • Boa relação custo-benefício
  • NFC

Contras

  • É muito liso, desliza fácil da mesa
  • Bateria não dura o quanto deveria
  • Leitor de impressões digitais sob a tela é um pouco lento
  • Não tem carregamento sem fios.

Preço e disponibilidade

O Xiaomi Mi 8 Pro não está à venda no Brasil, mas pode ser encontrado facilmente em sites como o Mercado Livre por cerca de R$ R$ 2.800, mas quem estiver disposto a importar pode encontrá-lo em sites chineses por cerca de US$ 450, o que dá R$ 1.800. Uma bela diferença, mas não sem seus riscos.

Beleza exterior. Ou será interior?

Nós sempre reclamamos da falta de originalidade no design dos smartphones, mas isso é algo que não acontece com o Mi 8 Pro. A traseira “transparente” Xiaomi é algo único no mercado e que chama a atenção desde o primeiro muito, permitindo ver as “entranhas” do aparelho sem ter de abrí-lo.

Mas temos que avisar que a “transparência” na verdade é uma ilusão. O que você está vendo é na verdade uma peça plástica que representa uma versão “idealizada” da placa mãe de um smartphone. Verdade ou não, o resultado é brilhante. Elegante, original e bonito ao mesmo tempo sóbrio, se você não gosta que seu smartphone se destaque muito em termos de cores.

xiaomi mi 8 pro 08
A carcaça transparente deixa ver as "entranhas" do MI 8 Pro. / © AndroidPIT

Confesso que o “circuito” na traseira me cativou, assim como as sinuosas curvas do aparelho. O Mi 8 Pro é um smartphone compacto com cantos e bordas arredondadas, algo que somado ao seu corpo fino e esguio  o torna perfeito em sua mão. 

Mas nem tudo são flores. Ele é tão escorregadio que literalmente "salta" de quase qualquer superfície lisa para o chão. Eu perdi a conta de quantas vezes ele foi subitamente de encontro aos azulejos da minha casa. Pelo menos é resistente: quase não sofreu danos fora uma pequena marca em um dos cantos. Pouca coisa pelo que poderia ter sido.

A outra falha, desta vez estética, está na frente do smartphone. Sim, você adivinhou, é aquele notch enorme que ocupa mais da metade da área superior da tela e é praticamente o mesmo que no... sim, você adivinhou: o iPhone X. Não é a primeira vez que os aparelhos da Xiaomi's são inspirados nos de Cupertino...

xiaomi mi 8 pro 13
Qual dos dois é um iPhone? / © AndroidPIT

E não é a única coisa que é "copiada" da maçã. Voltando para a parte de trás do smartphone, a câmera dupla colocada à esquerda, na vertical e com o flash no meio, lembra apenas uma coisa: a Apple.
 

A magia de uma tela AMOLED

A beleza deste Xiaomi não se limita à traseira. Se conseguir ignorar o notch, você verá uma grande tela AMOLED que mostra cores vivas e pretos profundos . O painel de 6,21 polegadas e resolução FHD + de 2248x1080 é uma verdadeira maravilha e um luxo para os olhos.

xiaomi mi 8 pro 04
A tela AMOLED do Mi 8 Pro / © AndroidPIT

Além disso, ele suporta o modo "sempre ligado" e permite que você ajuste a temperatura da cor conforme lhe convir. Seu brilho máximo de até 600 nits possibilita ver tudo perfeitamente nele mesmo sob luz solar total. Para a noite e seus momentos de leitura em casa, você pode usar o "modo de leitura" que tornará as cores da tela mais quentes para não prejudicar seus olhos e seu sono.

Reconhecimento facial e leitor de impressões digitais sob a tela: combinação vencedora

Reconhecimento facial e leitor de impressões digitais sob a tela são a “dupla dinâmica” que lhe permite desbloquear o Mi 8 Pro. Mas há um “porém”: quando recebi meu modelo, não consegui encontrar a opção de reconhecimento facial em "Bloquear tela e senha", então só consegui registrar minhas impressões digitais.

xiaomi mi 8 pro 11
No "Notch" ficam uma câmera de 20 MP para Selfies e câmera IR para reconhecimento facial / © AndroidPIT

Admito que a idéia de usar um leitor de impressões digitais sob a tela pela primeira vez me deixou especialmente entusiasmada, embora eu perdesse este entusiasmo mais tarde - junto com minha paciência - pela lentidão do processo. Especialmente considerando que era o único método que eu conseguia usar no meu Mi 8 Pro. “Onde está o leitor tradicional na parte de trás como no meu amado Huawei Mate 20?”, pensei o tempo todo.

Mas depois de muitas tentativas, consegui descobrir como habilitar o reconhecimento facial:  é preciso mudar a região do aparelho para “Hong Kong”. E aí pude constatar que o reconhecimento facial do Xiaomi Mi 8 Pro, que usa luz infravermelha em vez de luz visível, é eficaz e rápido como uma bala. Em condições normais, no escuro, com um chapéu ou de qualquer outra forma estranha que você tente, o recurso funciona perfeitamente.

xiaomi mi 8 pro face unlock es
Demorei para descobrir como, mas consegui habilitar o reconhecimento facial! / © AndroidPIT

Android Pie e MIUI 10: um smartphone atualizado

O Mi 8 Pro vem com o software mais recente, para garantir uma experiência mais do que satisfatória. Embora durante os meus primeiros dias de uso o smartphone estivesse funcionando com o Android Oreo 8.1, a atualização para o Android Pie veio rapidamente, e trouxe junto a versão mais recente da MIUI, a interface proprietária da fabricante chinesa.

Embora alguns sejam a favor de ter um Android mais puro em seu telefone, eu sempre valorizo os fabricantes que tem seus próprios sistemas operacionais, então eu sou fã da MIUI da Xiaomi e da EMUI da Huawei, que experimentei usando o Huawei Mate 20 pelo qual me apaixonei tanto.

Esteticamente, gosto da MIUI. Mas tenho que dizer que ela é um pouco “complexa”. Há muitas coisas nos menus, e ou você sabe o que está procurando (ou que pelo menos a opção existe), ou é praticamente impossível conhecer todos os recursos oferecidos pela MIUI 10.

Há também uma coisa que me deixou particularmente louca: publicidade. É claro que o baixo custo dos smartphones tem que ser subsidiado de alguma forma, mas a presença de anúncios é tão abusiva que tira você do sério.

Desempenho “Profissa”

Apesar de não vir equipado com o mais recente chipset da Qualcomm, o Mi 8 Pro respondeu como um verdadeiro campeão a praticamente qualquer coisa que pedi a ele . O Snapdragon 845 está na medida certa, e o aparelho não “engasgou” em nenhum momento. 

Não é à toa que ao longo de 2018 o chip foi escolhido para concorrentes como o OnePlus 6T ou a versão norte-americana do Galaxy Note 9. Combinado com 8 GB de RAM, o Mi 8 Pro desempenha facilmente todas as tarefas de uso diário: Facebook, Instagram, duas contas de e-mail, WhatsApp, chamadas, pesquisas na Internet ... e muito mais.

Xiaomi Mi 8 Pro comparado a aparelhos semelhantes

  Xiaomi Mi 8 Pro Xiaomi Mi MIX 3 OnePlus 6T Samsung Galaxy 10e
3D Mark
Sling Shot ES 3.1
3338 4548 4702 4404
3D Mark
Sling Shot Vulkan
3112 3624 3861 4308
3D Mark
Sling Shot ES 3.0
4373 6231 6388 3870
3D Mark
Ice Storm Unlimited ES 2.0
65170 64974 64753 54986

O Mi 8 Pro roda com fluidez absoluta, mesmo em jogos exigentes como o PUBG ou assistindo Netflix. Mas devemos mencionar que o Xiaomi Mi 9 tem o Snapdragon 855, o processador mais recente e poderoso da Qualcomm.
 

Som estéreo sem saída para fones

Outra das surpresas agradáveis ​​com que o Mi 8 Pro me encantou é o excelente som estéreo. Na verdade, não percebi até ouvir algumas gravações que fiz durante um show de Bill Ryder Jones. Uau! Os alto-falantes externos fazem um bom trabalho, com som limpo e de qualidade.

xiaomi mi 8 pro 09
Os alto-falantes ficam ao lado da porta USB-C na parte de baixo / © AndroidPIT

Com fones de ouvido, a coisa melhora. Você pode até mesmo equalizar o som nas configurações, entre outras coisas. Mas não há nenhum vestígio de uma entrada para fones de ouvido com plugue de 3,5 mm. Pelo menos um adaptador deste formato para USB-C está incluso na caixa.

Duas câmeras mais do que suficientes

Fiquei chateada porque a marca d'água padrão "estragou" minha primeira e espetacular foto (não se esqueça de desativá-la nas configurações da câmera). Aquela primeira foto, à noite e em condições desfavoráveis, me deixou apaixonada pela câmera para sempre.

xiaomi mi 8 pro 02
A câmera dupla do Mi 8 Pro é mais do que suficiente. / © AndroidPIT

O Xiaomi Mi 8 Pro tem os mesmos sensores que seu irmão maior, o Mi 8. Portanto, temos uma câmera traseira dupla de 12 MP, com uma lente grande angular com abertura f / 1.8 e uma lente telefoto com f / 2.4. A câmera frontal tem um sensor de 20 MP que mostra seu poder nas selfies.

hercules xiaomi mi 8 pro
Grande quantidade de detalhes em uma foto sob o sol, com um bom efeito Bokeh. / © AndroidPIT

Como os grandes, o Mi 8 Pro também tem um modo AI, além do modo retrato (sim, com o famoso e muito adorado efeito bokeh), HDR e, claro, um modo manual onde você pode ajustar a câmera da forma que melhor se adequa a você. O aplicativo da câmera é fácil de usar e muito eficiente.

A gravação de vídeo também tem qualidade, algo que você pode comprovar na galeria acima. Gravar em concertos foi um prazer. O Mi 8 Pro é capaz de gravar em 4K a 30 FPS, e também filma em câmera lenta em 1080p a até 240 FPS.

Uma bateria não cumpre bem seu papel

Se eu tiver que colocar um defeito no Mi 8 Pro é a bateria. Os 3.000 mAh são um tanto insuficientes para um smartphone com suas características. Eu tive dificuldade em chegar ao final do dia sem ter que parar para reabastecer.

Ao menos ele suporta carrega rápida usando a tecnologia Qualcomm Quick Charge 4+, o que permite que ele “volte à ativa” em um instante. Não leva nem uma hora para chegar a 100% de carga, e em apenas meia hora você pode ter 50% de carga para continuar com o dia a dia.

O 400 mAh a menos em relação ao Mi 8 - sim, o Pro tem uma bateria menor, algo que não tem lógica - são perceptíveis. E muito. Se você coloca o sobrenome Pro em um smartphone, você deve ter em mente que o usuário que o escolhe também é Pro.

Pessoalmente sou muito exigente e uso o celular constantemente, tanto para o trabalho quanto para minha vida pessoal. Ainda assim, é claro que o Mi 8 Pro provavelmente irá satisfazer as necessidades de um usuário comum.

xiaomi mi 8 pro 05
Design inovador ou mais bateria? Para mim a resposta é clara. / © AndroidPIT

Vale a pena abrir mão de uma porção valiosa da bateria pelo design? Porque segundo alguns a “pegada” seria o motivo para a redução, fazendo com que uma bateria maior literalmente não caiba no dispositivo.

Xiaomi Mi 8 Pro – Especificações Técnicas

Dimensões: 154,9 x 74,8 x 7,6 mm
Peso: 177 g
Tamanho da bateria: 3000 mAh
Tamanho da tela: 6,21 polegadas
Tecnologia da tela: AMOLED
Tela: 2248 x 1080 pixels (512 ppi)
Câmera frontal 20 megapixels
Câmera traseira 12 megapixels
Flash: LED
Versão do Android: 8.1 - Oreo
Interface: MIUI
RAM: 8 GB
6 GB
Memória interna: 128 GB
Memória removível: Não disponível
Chipset: Qualcomm Snapdragon 845
Número de núcleos: 8
Velocidade máx. 2,8 GHz
Conectividade HSPA, LTE, NFC, Dual-SIM , Bluetooth 5.0

Veredito final: sim, é possível!

É verdade que o Mi 8 Pro não é o modelo mais recente da fabricante chinesa. Mas também é verdade que ele é um smartphone topo de linha que reúne tudo o que é necessário para ter sucesso. E por um preço de “apenas” 450 Dólares, em média.

Design, tela grande, desbloqueio facial, leitor de impressão digital sob a tela, excelente câmera, bom desempenho, carregamento rápido ... O que mais você poderia pedir? OK, concordamos: um pouco mais de bateria. Mas tudo o mais ainda faz do Xiaomi Mi 8 Pro uma ótima opção, mesmo com seu sucessor recém-chegado e o OnePlus 6T logo à frente.

É possível fazer um ótimo smartphone a um bom preço? Sim, é possivel e o Mi 8 Pro é a prova disso.

E você, o que achou do Mi 8 Pro? Deixe suas impressões nos comentários abaixo.
 

Facebook Twitter 94 Compartilhado

18 Comentários

Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.

  • Excelente análise, de fato ainda é um aparelho sensacional, e o SD845 ainda é muito forte e dá conta de tudo, fazendo frente os atuais samsung Exynos 9820. Eu uso um LG G7 ThinQ com o SD845 e não tenho do que reclamar, ainda me atende muito bem.


  • Quanto aos pontos negativos do mi 8 a moça deu uma forçada legal hein.


  • Belissimo aparelho, me faz lembrar muito o meu antigo nintendo 64 azul transparente :D


  • Tenho o Mi 8 pro. E posso falar que no uso diário a média de bateria é a mesma do Mi 8 normal, porque é isso que o pessoal do grupo do Mi 8 relata, uma media de 7 horas de tela, e é geralmente isso que eu faço com o meu Mi 8 pro, já cheguei a fazer 9 horas de tela, com mais de 1 dia fora do carregador. Outra coisa, o 8 pro lançou tem nem 8 meses! É sensacionalismo chama-lo de velho. Mas vou levar como uma ironia. Outra coisa, ele não tem som estéreo! É um som mono que sai somente do lado direito, mas sim é muito limpo e de qualidade. Entrada P2 serve pra quê mesmo? Amenos que você faça a idiotice de querer escutar música por fones de cabo e carregar ao mesmo tempo, entrada P2 não fará diferença.


    • Rafael Rigues
      • Admin
      • Equipe
      há 2 semanas Link para o comentário

      Vinícius, note que o "antiga" está entre aspas. É claro que o Mi 8 Pro não é uma velharia. É que o Mi 9 já está no mercado, e por isso o Mi 8 Pro pode ficar parecendo "ultrapassado" para o consumidor final.


    • O cidadão escreve que quem escuta mídia utilizando a entrada P2 para fones de ouvido é idiotice... deve ser idiotice também para você a certificação IP68, certificação militar, bateria melhor, garantia, etc, etc...
      É verdade, existem muitos idiotas por aí, sorte sua não ser um...

      Ratificando: Relendo o comentário verifiquei que relatou a situação de CARREGAR e ESCUTAR música com cabo ao mesmo tempo, o que não é possível neste aparelho.

      Desculpas pela falha. ✌


  • O dispositivo é sensacional, muito bom mesmo, porém, dois itens não me interessaram, o notch imenso e sem entrada P2.


  • Único mal da linha Mi8 pra mim foi a ausência da banda 28 do 4G... O que pode prejudicar um pouco pra quem mora no Brasil dependendo da região. De resto é um bom aparelho. Já tive contato com o Mi8 normal e pra variar só não curti o notch mas isso é questão de gosto pessoal então....


    • A falta da banda 28 não é problema, visto que nem todo Brasil ela tá liberada, acho que libera em todas as áreas até fim de abril/maio eu acho, o problema maior é ela não realizar agregação de rede B7+B3 para fazer a conexão 4G+, em algumas regiões ele agrega outras redes para usar o 4G+, porém o normal é B7+B3, troquei meu mi8 pelo mate 20 x só por causa disso, eu já sabia que não iria funcionar mesmo no Mate 20X, porém a tela maior me chamou atenção, assim como bateria.


  • A MiUi e realmente confusa no início,mas com o tempo vai se acostumando..
    Que estranho a versão "Pro",ter menos bateria que a versão normal,ainda assim,a aceitação do mesmo e ótima.
    Agora fiquei curioso de ver o que dizem sobre o Mi mais recente..
    Ótimo post.


    • Segundo a Xiaomi a redução na bateria foi pra abrigar componentes relacionados ao leitor biométrico sob o display mas muita gente acha que a redução foi pra abrigar o molde dos componentes falsos que ficam sob o vidro transparente da traseira.