Nós usamos cookies em nossos sites. Informações sobre cookies e sobre como você pode se opor ao uso de cookies a qualquer momento, ou encerrar seu uso, podem ser encontradas em Política de Privacidade.

Review 16 min para ler 24 Comentários

Review do Xiaomi Mi 8: o OnePlus killer

A conclusão deste teste demorou um pouco, mas eu queria ter tempo suficiente com este smartphone. O emblemático smartphone de Lei Jun tem uma grande tarefa: convencer o povo que a Xiaomi é capaz. Mas isso é verdade? Todas as respostas podem ser encontradas em nosso review do Xiaomi Mi 8.

Avaliação

Prós

  • Velocidade de processamento
  • LED-IR para reconhecimento facial
  • Duplo GPS
  • Dual SIM com suporte a 4G+
  • Design sólido
  • Excelente display
  • Câmeras no auge da competição
  • Boa vida útil da bateria
  • Carregamento rápido
  • Software com atenção aos detalhes

Contras

  • Google Services não é nativo
  • Pouca independência
  • Presença do notch
  • Visão Geral de Multitarefa (MIUI10)

Xiaomi Mi 8 – Data de lançamento e preço

Infelizmente, sabemos, não existe atualmente nenhuma informação oficial sobre a disponibilidade de aparelhos da Xiaomi no Brasil. Porém, diversas importadores já disponibilizam o Xiaomi Mi 8 para compra por preços que variam de R$ 1.900 a R$ 2.300, dependendo do modelo, da loja e das promoções.

Um design bom, mas intercambiável

O Xiaomi Mi 8 vem com aspectos de design controversos que certamente poderiam ter sido evitados. O notch, o arranjo das câmeras, as aberturas para o microfone e alto-falante – tudo lembra descaradamente o iPhone X .

Isso não é necessariamente uma coisa ruim mas eu, pessoalmente, como um fã da marca Xiaomi, lamento a perda do caráter de um produto que poderia facilmente superar a concorrência. Tudo o que você precisa fazer é olhar para os smartphones da série Mix para entender isso.

AndroidPIT Xiaomi Mi 8 8345
O Mi 8 infelizmente não é muito original / © AndroidPIT por Irina Efremova

O Xiaomi Mi 8 foi projetado para um público diferente, o mainstream. O design do iPhone X é popular e vende bem, quer gostemos ou não. Em termos de tamanho, o Mi 8 também se aproxima do iPhone X: 154,9 x 74,8 x 7,6 mm e 175 gramas.

A parte de trás é feita de vidro e tem curvas agradáveis nas laterais. A espessura do smartphone diminui constantemente com a moldura de alumínio. O sentimento na mão é uma reminiscência do Xiaomi Mi 5 com borda bisotada.

Infelizmente, a Xiaomi não trouxe aqui o espetacular material cerâmico da série MIX. Você não gosta disso? Então o Mi MIX 2S é uma alternativa. Os dois smartphones são tecnicamente semelhantes, mas visam diferentes grupos de clientes.

xiaomi mi 8 explorer 1
O sensor de impressão digital integrado no monitor é reservado ao Explorer Edition / © Xiaomi

No meio da parte de trás do aparelho, o sensor de impressões digitais rápido e confiável encontra o seu lugar. Ele ainda não causou problemas. No entanto, eu também o usei muito raramente, já que o Mi 8 é equipado com um excelente reconhecimento facial, que eu irei detalhar mais adiante.

Apenas um degrau acima do Mi MIX 2S

O notch do painel AMOLED de 6,21 polegadas no formato 18:7:9 é bastante amplo . Abaixo da tela ainda há um quadro um pouco grosso, e provavelmente não é possível ter algo menor do que isso aqui. Com uma resolução FullHD+ de 1.080 x 2.248 pixels, a tela é otimizada para uso diário. Os contrastes e as cores brilhantes convencem e tudo pode ser ajustado.

Com uma relação entre tela e corpo de 84%, o Mi 8 supera o Mi MIX 2S, que chega a 82%. E isso apesar – ou talvez por causa – do entalhe.

AndroidPIT Xiaomi Mi 8 8292
O Mi 8 é para os fãs do notch, o Mi MIX 2S é para o restante / © AndroidPIT por Irina Efremova

A tela do Xiaomi Mi 8 foi muito bem em nossos testes. Claro, não pode competir com painéis AMOLED da Samsung, que são considerados os melhores no mercado. Nem é o belo e verdadeiramente sem moldura Mi MIX 2S. No geral, o desempenho é da mais alta qualidade e a capacidade de personalizar tudo de acordo com suas próprias preferências ajuda imensamente.

AndroidPIT Xiaomi Mi 8 8285
Como muitos outros fabricantes, o entalhe também pode ser escondido aqui / © AndroidPIT por Irina Efremova

Se você está interessado em um Xiaomi topo de linha, tem que pensar sobre algo: quer um smartphone sem notch e não tem nada contra um painel IPS, mesmo que isso signifique a ausência de um display sempre ligado? Então o Mi MIX 2S é provavelmente a melhor escolha. Além disso, a série MIX é caracterizada pelo corpo de cerâmica e pelo design original.

Mas se quiser ter um display OLED por causa das ótimas cores ou da tela sempre ativa e pode viver com um entalhe moderno, então o Mi 8 não irá decepcionar. Eu, pessoalmente, prefiro a qualidade da exibição do Mi 8, mesmo que seja apenas um pouco melhor que a do Mi MIX 2S.

O melhor reconhecimento facial "não-3D" no mundo

Neste caso, o Notch tem o direito de existir, porque abriga um transmissor e receptor IR para suportar o reconhecimento facial. A Xiaomi usa um sistema clássico sem reconhecimento 3D, que já conhecemos de muitos outros smartphones.

A diferença está precisamente neste LED infravermelho no notch, que torna possível usar o reconhecimento de rosto mesmo em completa escuridão. O desbloqueio é tão rápido que você nem sempre tem tempo de tocar no leitor de impressões digitais. Isso às vezes é impressionante.

AndroidPIT Xiaomi Mi 8 8341
O sensor roxo à direita é o sensor IR / © AndroidPIT por Irina Efremova

GPS duplo é melhor que o GPS normal

O Xiaomi Mi 8 é o primeiro smartphone do mundo a usar um GPS de dupla frequência. Isso supostamente garante uma melhor recepção e estabilidade do sinal. Depois de alguns dias de uso em Berlim, devo dizer que o Xiaomi Mi 8 não encontra o sinal mais rápido que os smartphones com sistema GPS convencional.

Além disso, a recepção não é visivelmente melhor. Se você tem um ou dois GPS em seu smartphone agora não importa muito. Mas o que é perceptível na vida cotidiana é a impressionante precisão e a taxa de atualização durante a navegação passo a passo.

O smartphone suporta os padrões A-GPS, GLONASS, BDS, GALILEO e QZSS. O Mi 8 é claramente o smartphone que eu levaria em uma longa viagem ao redor do mundo .

AndroidPIT pokemon go 8840
Não há mais desculpas para começar a correr / © AndroidPIT

MIUI: Um amor tão antigo quanto a própria empresa

MIUI, a interface Android da empresa, tem uma história muito antiga. Lembre-se que a Xiaomi nasceu como uma empresa somente de software. A produção de hardware veio muito mais tarde. O primeiro smartphone foi introduzido em agosto de 2011, há sete anos, ou seja, o Mi 1.

Desde então, muita coisa mudou, mas não a atenção aos detalhes e o gosto estético impecável da Xiaomi no design do software . A base do Android foi atualizada para o Oreo 8.1 para aproveitar a NNAPI (Neural Network API) da plataforma Snapdragon da Qualcomm.

AndroidPIT Xiaomi Mi 8 8304
Mesmo com o software, a Xiaomi sabe o que faz / © AndroidPIT por Irina Efremova

Atualmente, a Mi 8 MIUI 9.5 está pré-instalada no Mi 8, mas os primeiros betas da MIUI 10 com um novo design já estão disponíveis, e a versão final será lançada em breve. No entanto, encontrei um ponto de crítica: gostaria de alterar a visão da multitarefa. O Android P tem uma interface de usuário muito semelhante a da MIUI 9, mas com o MIUI 10 isso foi alterado.

xiaomi mi 8 miui10
MIUI 10 é uma das interfaces Android mais bonitas de sempre / © AndroidPIT

Esta visão geral é um pouco frustrante, no entanto: depois de fechar um aplicativo, o restante se move e ajusta seu tamanho. Então, se você está com pressa, pode acontecer que você se perca e feche outro aplicativo. Isso me lembra da interface do usuário que a BlackBerry usava em seus primeiros passos no Android. Enfim, era possível desativar isso no BlackBerry, mas não na MIUI 10.

Um verdadeiro campeão que não tem que ter medo da competição

Quando se trata de performance, a pequena dúvida que tinha com o Mi 8 foi embora. Graças ao Snapdragon 845 e 6 GB de RAM, tudo corre de forma muito suave e rápida , graças também às otimizações de software da Xiaomi. A memória interna é generosamente dimensionada com 128 GB e é suficiente para todas as fotos e vídeos 4K que você fizer.

AndroidPIT Xiaomi Mi 8 8320
O Batmóvel da Xiaomi: rápido, poderoso e muito bem equipado! / © AndroidPIT por Irina Efremova

Eu gostaria de falar brevemente sobre a conectividade do smartphone. O Mi 8 tem uma conexão 4G+ que está ativa nos dois cartões SIM ao mesmo tempo. Assim, você pode facilmente selecionar seu cartão preferido e não precisa trocar os cartões no slot do SIM. A recepção sempre foi excelente, só a Huawei tem, na minha experiência, um desempenho melhor.

Poderoso sem recursos especiais

No Xiaomi Mi 8 não há componentes milagrosos empolgantes. A energia é fornecida por um Snapdragon 845 com oito núcleos (4x 2,7 GHz Cryo 385 Gold e 4x 1,7 GHz Cryo 385 Silver). O chip gráfico é um Adreno 630 e 6 GB de RAM de acordo com o padrão LPDDR4X e 128 GB de memória UFS 2.1 interna completam a oferta de hardware.

No geral, dificilmente há uma característica que faria o Xiaomi Mi 8 se destacar de outros smartphones topo de linha de 2018. Apenas a otimização do firmware pode ser crucial – e a Xiaomi geralmente não decepciona.

Nota: Rodamos os benchmarks no Mi 8 com a MIUI 9.5. Uma atualização para a MIUI 10 pode afetar os resultados.

Testes de benchmark do Xiaomi Mi 8

  Pixel 2 XL
(Snapdragon 835)
Huawei P20 Pro
(Kirin 970)
Galaxy S9
(Exynos 9810)
Sony Xperia XZ2
(Snapdragon 845)
Xiaomi Mi 8
Geekbench CPU
Single core
1867 1920 3645 2412 2380
Geekbench CPU
Multicore
6291 6780 8820 8420 8332
3D Mark
Sling Shot ES 3.1
3571 2972 3274 4679 4608
3D Mark
Sling Shot ES 3.0
4714 3346 3873 6140 6062
3D Mark
Ice Storm Unlimited ES 2.0
37844 30602 38488 63589 61644
PassMark Memory
(RAM)
13836 14087 24721 12418 11935
PassMark Disk
(Storage)
47759 64144 72538 73208 70966

Nossa tabela de benchmark mostra que o Mi 8 apresenta um bom desempenho contra a concorrência atual. Imediatamente pode ser visto que os smartphones com um Kirin 970 ou um Snapdragon 835 têm desvantagem. Isso não é surpreendente, afinal, ambos são uma geração de chips mais antigos e novos chips sempre registram um aumento de desempenho.

A comparação realmente interessante é com o Exynos 9810, que é usado no Galaxy S9 e Galaxy S9+. O chip da Samsung tem uma resultados impressionantes e ultrapassa outros chipsets em termos de poder de processamento – o Geekbench é nossa testemunha aqui. O chip gráfico mais recente da Qualcomm é único e passa os benchmarks de todos os concorrentes.

Assim, vemos que o Xiaomi Mi 8 tem uma desvantagem em comparação com o Sony Xperia XZ2. Seus resultados de benchmark foram sempre alguns pontos acima da concorrência com o Snapdragon 845. Isso mostra o quanto a Sony otimizou seu software.

Agora falando do dia-a-dia

Ok, então o Xiaomi Mi 8 tem hardware bastante forte a bordo. Mas também vemos esse enorme poder na vida cotidiana? Vamos para os cenários do mundo real.

O Mi 8 é executado na vida cotidiana sem problemas e sempre responde rapidamente à interação. Tropeços ou quedas de desempenho de curta duração não foram registrados. Fiquei até um pouco surpreso com o quão rápido os aplicativos realmente abrem – aqui o Mi 8 excedeu minhas expectativas.

Mas também tenho críticas. Isso porque as animações de miniaturas de aplicativos abertos não são tão fluidas quanto o Mi MIX 2S. Às vezes, presenciei ligeiros atrasos na atualização da tela. Isso é incomum para um smartphone topo de linha. Mas eu suspeito que isso é devido ao software não otimizado perfeitamente. Eu particularmente espero pela MIUI 10, que esperançosamente irá melhorar nesse ponto.

AndroidPIT Xiaomi Mi 8 8304
Xiaomi Mi 8 com Android 8.1 Oreo / © AndroidPIT por Irina Efremova

Com jogos, o Mi 8 não tem problemas. Não houve situações de jogo gaguejantes, nem com títulos elaborados graficamente. Mesmo após longas sessões com PUBG ou Final Fantasy, não vi problemas com as taxas de quadros.

Ao mesmo tempo, pode-se notar que o Mi 8 aquece apenas ligeiramente, de modo que o estrangulamento térmico dificilmente ocorre. Uma coisa o Mi 8 tem em comum com outros smartphones: quem esperava o maior desempenho do chip, não deve esperar uma longa duração da bateria. Já falo sobre isso.

Espero que você tenha um bom fone de ouvido sem fio...

É o ano de 2018 e, como acontece com tantos flagships nos dias de hoje, o Mi 8 também não tem a conexão para fones de ouvido. Embora haja um adaptador USB Type-C para mini-jack, que está incluído na caixa, um bom par de fones de ouvido sem fio é provavelmente a melhor solução aqui.

O smartphone também possui Bluetooth 5.0 com suporte para os padrões aptX, AAC e LDAC. O codec da Sony pode finalmente ser usado por todos os smartphones com Oreo e mais recentes, já que foi incluído no projeto AOSP, no qual a empresa japonesa sempre esteve envolvida.

AndroidPIT Xiaomi Mi 8 8336
No topo há apenas um segundo microfone / © AndroidPIT por Irina Efremova

Infelizmente, o Mi 8 não tem configuração de alto-falante estéreo , há apenas um alto-falante solitário na parte inferior. Novamente, temos o problema típico de que você pode cobri-lo com as mãos acidentalmente. Seria desejável que a Xiaomi usasse o como alto-falante o segundo alto-falante para chamadas, conforme vemos e ouvimos de mais e mais concorrentes.

A câmera não é mais uma vulnerabilidade em smartphones Xiaomi

A câmera dupla de 12 megapixels é a protagonista aqui. O DxO Mark avaliou o desempenho geral do conjunto com uma pontuação de 99 pontos (105 para fotos e 88 para vídeos). Assim, o Mi 8 supera o seu modelo iPhone X e até o Pixel 2 ( XL) .

Embora o Mi MIX 2S traga o mesmo hardware, a qualidade das fotos não consegue ser acompanhada. Uma atualização de software está a caminho e deve reduzir significativamente a distância para o modelo irmão.

IMG 20180629 134215
A comida que provei é tão boa quanto o Mi 8 a mostra em cena / © AndroidPIT

A câmera principal com sensor Sony IMX363 e abertura f/1.8 e a lente telefoto com zoom 2x e abertura f/2.4 trazem excelentes resultados e oferecem todas as funções comuns, desde o filtro de beleza ao modo retrato. Além disso, o boom da IA não quer perder a Xiaomi, e isso ajuda a fazer ótimas fotos.

A câmera frontal tem sensor de 20 megapixels e abertura f/2.0. A câmera captura muitos detalhes, mas a faixa dinâmica e a qualidade geral das imagens não podem competir com um Pixel 2, especialmente em retratos.

Quer saber mais sobre a câmera do Mi 8? Confira o nosso teste completo sobre ela no link abaixo:

Muito melhor sem o Google

O Xiaomi Mi 8 que testamos ainda estava equipado com o software chinês da empresa. Não apenas existem vários aplicativos pré-instalados para o mercado chinês, mas todos os aplicativos do Google estavam ausentes.

Se você instalar manualmente os aplicativos do Google, terá muitos problemas. Então existem, por exemplo, dificuldades com a sincronização dos contatos e o upload automático para o Google Fotos – sendo este último resolvido por alguns usuários engenhosos. Significativamente irritante, no entanto, é o aumento do consumo de bateria. O que isso significa, em última análise, é difícil de dizer.

AndroidPIT Xiaomi Mi 8 8331
O conector USB Type-C está localizado na parte inferior / © AndroidPIT por Irina Efremova

Com o firmware global, que vem pré instalado nas versões internacionais do aparelho (aquelas que compramos nos sites chineses), os aplicativos são um pouco mais estáveis ​​e o consumo da bateria melhora. A bateria de 3.400 mAh, que pode ser rapidamente recarregada graças ao Quick Charge 4.0+, não irá desapontá-lo, mas não irá surpreendê-lo . 

Para efeitos de satisfação sobre os testes, executamos tudo em um Mi 8 com a MIUI 9.5.6.0 chinesa, mais especificamente a versão de compilação OEACNFA. Para nossos testes, o novo GPS de dupla freqüência permaneceu ativo o tempo todo, assim como o Bluetooth e a conexão de dados 4G nos dois cartões SIM. Infelizmente, a versão chinesa da ROM causou problemas com nosso teste de benchmark com o PC Mark.

O suficiente por um dia, mas não mais do que isso

Antes de instalar os serviços do Google e instalar aplicativos que são importantes para mim com a ajuda de APKs, a maioria dos smartphones da Xiaomi ainda surpreende com uma duração de bateria fenomenal. Apesar do uso intensivo, em que o smartphone é ligado e desligado com muita freqüência, eu alcancei tempos de tela entre seis e sete horas e posso, assim, gerenciar um total de 12-13 horas sem uma visita a tomada. Para um smartphone com uma capacidade de bateria de 3.400 mAh esse não é um valor ruim.

A história mudou com a instalação da Play Store e de outros serviços do Google. Eles interferem na configuração das opções de economia de energia para permitir que os aplicativos sincronizem e recebam notificações no modo de espera. Gostaria de salientar mais uma vez que essas impressões ainda podem mudar com a disponibilidade da ROM Global. Mas com a ROM chinesa, a duração da bateria no meu caso caiu literalmente pela metade.

O Quick Charge 4.0+ é incrível

Conectado a uma fonte de alimentação com QC 4.0+, é possível carregar o Mi 8 de zero a cem por cento em menos de uma hora e meia. Falta apenas uma fonte de alimentação correspondente na caixa. Comparado com a fonte de alimentação Quick Charge 3.0 incluída, é notável que o QC 4.0+ é 90% mais rápido do que o padrão mais antigo. Até um nível de 50% de bateria a diferença de tempo é de pelo menos 10 minutos.

chart
A vantagem do QuickCharge 4+ sobre o QC 3.0 é de apenas alguns minutos / © AndroidPIT

Mas não é uma tragédia, porque mesmo assim o Mi 8 chega a uma carga completa em pouco menos de duas horas. Seria desejável que a Xiaomi também implementasse o carregamento sem fio do Mi MIX 2S neste smartphone. Apenas a conexão de cabo permanece, e essa decisão não é realmente compreensível.

Uma pena, o Mi 8 da Xiaomi não conseguiu me convencer em termos de duração da bateria. Isso porque se você considerar que muitos componentes do Mi 8 são iguais aos do Mi Mix 2S, esse último alcança melhor vida útil da bateria, então é razoável supor que atualmente o software é o obstáculo. O Xiaomi Mi 8 simplesmente não consegue acompanhar os concorrentes como o Pixel 2 XL ou o Huawei P20 Pro.

Muito provavelmente, as fraquezas do Mi 8 serão erradicadas com o lançamento da MIUI 10 ou de um firmware global, mas atualmente o Xiaomi Mi 8 não consegue se destacar da massa cinzenta de smartphones equipados de forma semelhante.

Xiaomi Mi 8 – Especificações Técnicas

Peso: 172 g
Tamanho da bateria: 3300 mAh
Tamanho da tela: 6,21 polegadas
Tecnologia da tela: AMOLED
Tela: 2248 x 1080 pixels (402 ppi)
Câmera frontal 20 megapixels
Câmera traseira 12 megapixels
Flash: Dual-LED
Versão do Android: 8.1 - Oreo
Interface: MIUI
RAM: 6 GB
Memória interna: 64 GB
128 GB
256 GB
Memória removível: Não disponível
Chipset: Qualcomm Snapdragon 845
Número de núcleos: 8
Velocidade máx. 2,8 GHz
Conectividade HSPA, LTE, NFC, Dual-SIM , Bluetooth 5.0

Nem iPhone, nem Mi MIX: o Mi 8 só sabe o que ele não é

Após duas semanas de testes intensivos, esta é agora a minha conclusão. O Xiaomi Mi 8 é de certa forma o iPhone X do mundo Android, mas não esquece seu modelo irmão.

Decisões de design foram tomadas para aproximar o smartphone da aparência do iPhone de aniversário sem, no entanto, atingir a mesma sofisticação. O Mi 8 é de fato imponente na mão, mas não é tão refinado. A obra é excelente, mas no geral não tem uma certa autonomia, o que torna o Mi 8 inconfundível. E a Xiaomi pode fazer melhor, e mostra isso com a Explorer Edition e o Mi MIX 2S.

Por outro lado, o Mi 8 tem tudo para competir com os grandes nomes do mundo dos smartphones: desempenho impecável, software preciso e uma câmera que não irá decepcionar, mesmo em situações complexas. A Xiaomi não é mais um recém-chegada e quer conquistar o mundo com este Mi 8, sem dúvida.

Você teria um Xiaomi Mi 8?

60 Compartilhado

24 Comentários

Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.

  • Penso que a Xiaomi poderia ter caprichado um pouco mais. Continuo preferindo o Mix 2S


  • Só não gosto desse complexo de vira lata da xiomi, poderia oferecer um design mais original do que uma copia do iphone.


  • Tenho certeza que eu li em vários reviews gringo que essa tela amoled é fornecida pela sansung, agora não ficou claro se o modelo mais caro usa super amoled.


  • O Mi8 já conta com MIUI Global com Google Services instalado. As lojas mais populares já vendem ele assim.
    O display é AMOLED, se bem que Super AMOLED é apenas nome que a Samsung usa pra promover a tela na linha Galaxy por isso não vemos outras fabricantes usando o Super na hora de se referir ao display AMOLED. A propósito o display do Mi8 é fabricado pela Samsung.
    Já peguei um em mãos e não vou dizer que é um aparelho feio mas o notch não é pra mim, ainda mais o dele que é gigante kkkkkkkkkkkkkkkkkk
    Tenho curiosidade de ver o Explorer Edition de perto porque achei a traseira muito legal.

    Eu não compraria um por dois motivos, primeiro porque não conta com a banda 28 para o 4G o que vai afetar o uso no futuro e também por causa do notch kkkkkkkkkkkkkkkkkk
    Por isso quero o Mi Mix 2S que tem a banda 28 e não tem notch ou quem sabe o Mix 3 que vem aí.


    • Cara, se já tem banda 3 e banda 7, e já funciona o 4G na tua região, não tem pq falar que só por causa da banda 28 ele não funfa!
      O Mi Mix 2S e 3 é um celular de outra gama, é claro que não se entendeu bem o pq de terem retirado a banda 28, uma vez os celulares mais fracos contam com essa banda!


  • Olhando a lista de "bom x ruim" do AndroidPIT eu fiquei ainda mais convencido de que estou muitíssimo bem servido com meu OnePlus 6. Obrigado!


  • Dado importante que o review deixou de mencionar, o Mi8 não possui a Banda B28 do 4G, de 700 MHz.
    Vale lembrar que a rede B28 do 4G é a expansão do serviço que as operadoras gradualmente fazendo. Utiliza a frequência da rede antiga da TV analógica. Procurem no Google sobre a rede B28.
    Um flagship de versão global não oferecer essa rede é inconcebível.

Mostrar todos os comentários

Recommended articles