Nós usamos cookies em nossos sites. Informações sobre cookies e sobre como você pode se opor ao uso de cookies a qualquer momento, ou encerrar seu uso, podem ser encontradas em Política de Privacidade.
Review do Xiaomi Mi MIX 3: impossível esquecer
Xiaomi Mi MIX 3 Teste de dispositivos 13 min para ler 15 Comentários

Review do Xiaomi Mi MIX 3: impossível esquecer

Algumas semanas se passaram desde a chegada do Xiaomi Mi MIX 3 na nossa redação e, desde então, o smartphone sempre ficou por aqui. É um dispositivo elegante e poderoso, mas ainda tem algumas falhas, sobre as quais vou falar nesta análise completa.

Avaliação

Prós

  • Design
  • Construção sólida
  • Caixa cheia de acessórios
  • Desempenho muito satisfatório
  • Tela
  • Preço competitivo

Contras

  • Bateria de baixa capacidade
  • Sem certificação IP
  • Sem conexão física de áudio

Barato? Não, mas ainda tentador

A série MIX sempre foi especial para a Xiaomi e com o Mi MIX 3 não foi diferente. A atenção aos detalhes já é evidente ao abrir a caixa. Você encontra logo de cara uma "carta de agradecimento" assinada por Lei Jun, CEO da empresa.

Xiaomi Mi MIX 3 01
A embalagem dos smartphones MIX é sempre especial / © AndroidPIT


A caixa é cheia de acessórios, e dentro dela nós encontramos:

  • Carregador de parede QuickCharge 3.0 (18W) compatível com USB;
  • Cabo USB Type-C;
  • Adaptador USB Type-C/3,5 mm;
  • Pin para extrair o berço do SIM;
  • Case em plástico rígido;
  • Carregador sem fio de carregamento rápido (10W).

Infelizmente não há fones de ouvido, mas como podemos reclamar dado o preço do smartphone? Existem fabricantes que, por mais que o dobro do valor exigido pela Xiaomi, não incluem sequer um adaptador de fone de ouvido ou um carregador rápido...

Falando de preço: O Xiaomi Mi MIX 3 está oficialmente à venda pelo preço de R$ 2.110 reais em sites chineses. A versão de 8 GB de RAM sai por aproximadamente R$ 2.825.

Um trabalho de arte

A Xiaomi sempre comparou a série MIX a obras de arte. Para a empresa, representa a união entre arte e tecnologia . Com o Mi MIX 3, ela mais uma vez enfatizou esse conceito. O smartphone é realmente elegante e a construção é robusta.

O mecanismo de deslizamento manual é auxiliado por ímãs que fornecem feedback agradável. Abrir e fechar o slider lembra os dias de Nokias com teclado retrátil e o movimento rapidamente se torna viciante. Não se preocupe em brincar demais com isso: a empresa garante 600 mil aberturas e fechamentos (o que é muito).

Xiaomi Mi MIX 3 05
Sujeira se acumula rapidamente na área escondida pelo controle deslizante / © AndroidPIT

As curvas do smartphone deixam ele confortável na mão, e a traseira em cerâmica quase sempre dá uma sensação semelhante ao vidro, mas de uma maneira mais agradável. As bordas do smartphone são feitas de alumínio da série 7000 mas, apesar disso, devo admitir que em algumas condições o smartphone pareceu um pouco pesado demais com seu peso de quase 220 gramas.

O dispositivo, no entanto, é equilibrado de modo a "esconder" esse peso – perceptível apenas de tempos em tempos e em condições não padronizadas, como, por exemplo, quando usado deitado no sofá ou na cama.

Xiaomi Mi MIX 3 08
No lado direito você encontrará o balanço de volume e o botão liga/desliga / © AndroidPIT

Infelizmente, não há certificação IP e o slider certamente não é compatível com poeira e sujeira. O Mi MIX 3 não é o companheiro ideal para se levar para a praia ou ambientes empoeirados, como uma oficina ou fábrica.

Tela cheia, sem distrações

A principal característica da série MIX da Xiaomi é a presença de uma tela praticamente sem moldura . Com o Mi MIX 3, a empresa deu um passo adiante – alcançando uma relação tela/superfície frontal de 93,4%. Praticamente toda a frente do smartphone é coberta pela tela, com molduras laterais finas e ligeiramente mais pronunciadas na parte superior e inferior.

Xiaomi Mi MIX 3 02
Maravilhoso! / © AndroidPIT

A diferença na parte superior é quase imperceptível e foi usada pela Xiaomi para introduzir orifícios para a cápsula auricular localizada no controle deslizante, bem como um pequeno LED para notificações. A parte inferior provavelmente inclui o hardware necessário para gerenciar o painel.

Não se deixe enganar pela diferença de tamanho do chamado "queixo" em relação aos outros três lados: essa borda é como a moldura do iPhone XR, sendo que a única diferença é que esse parece mais equilibrado graças às bordas de tamanho igual ao redor da tela.

Quanto aos recursos, pela primeira vez na série MIX o display é um painel OLED (que permite manter o slider fino) com um tamanho de 6,39" e resolução FHD+ (2340 x 1080 pixels, aspecto 19,5:9). Você pode ajustar a temperatura de cor branca e a gama de cores nas configurações. Existe a função de display Always On, bem como um filtro de luz azul para uso noturno e suporte para a reprodução de conteúdo HDR.

Um bom uso do botão físico extra

No lado esquerdo do Mi MIX 3 existe um botão "extra" que na China está ligado às funções Xiao AI (inteligência artificial) da empresa . Felizmente, na versão global, a Xiaomi contou com o Google para remover todos os vestígios do assistente digital chinês e integrou o Google Assistente. Esta tecla pode ser completamente desativada (anota isso, Samsung!) E você pode programar a pressão dupla ou a pressão longa.

xiaomi mi mix 3 button
Não é possível iniciar aplicativos personalizados, mas há muitas funções úteis / © AndroidPIT

A Xiaomi ainda precisa de um pouco de ajuda da comunidade

Quando ligamos o smartphone, encontramos o Android 9 Pie com a interface MIUI , a skin que certamente não se parece com o Android, mas que é extremamente elegante e precisa em detalhes. A ROM Global da Xiaomi está disponível, mas para quem desejar, a comunidade online Xiaomi.eu criou uma interface de usuário mais "ocidentalizada" e completa, pelo menos para o meu gosto. Eu recomendo.

Xiaomi mi mix 3 software 1
A MIUI é uma dos poucas interfaces do Android que eu realmente aprecio ao máximo / © AndroidPIT

Isso requer o desbloqueio do bootloader (você terá que esperar pela confirmação do Xiaomi após 72h) e um pouco de trabalho manual, mas como resultado você terá um smartphone compatível com o Google Pay, o aplicativo Google Pixel Camera e até o Digital Wellbeing.

O melhor de tudo, a publicidade é removida dos aplicativos do sistema. Além disso, todas as funções disponíveis com base na seleção da região de uso do smartphone serão desbloqueadas. Entre elas, você também encontra o desbloqueio de reconhecimento de rosto (não é o 3D).

Xiaomi mi mix 3 software 2
Com a ROM da Xiaomi.eu, o Mi MIX 3 fica realmente completo / © AndroidPIT

No entanto, preciso dizer uma coisa: a Mi MIX 3 não suporta o DRM Widevine Level 1, então isso significa que você não pode usar seu smartphone para transmitir conteúdo de vídeo HD (por exemplo, da Netflix). Uma pena, dada a bela exibição do smartphone, mas você pode reproduzir vídeos do YouTube até 4K, 60fps e HDR...

Rápido o suficiente para intimidar a OnePlus e a Huawei

A bordo do smartphone está o Snapdragon 845 AIE acompanhado por 6 GB de RAM e 128 GB de memória interna (não expansível) . Na China, existem variantes com até 10 GB de RAM (das quais você realmente não precisa) e até 512 GB de memória interna UFS 2.1 que talvez possam ter atraído alguns usuários.

5G Xiaomi Mi MIX 3
A empresa anunciou a chegada da variante 5G / © GizChina

A versão chinesa difere apenas no software, que pode ser substituído com um pouco de paciência. A maioria das bandas telefônicas globais é suportada pelo dispositivo, incluindo a banda 20 em falta em muitos dispositivos do mercado chinês.

Ambos os cartões SIM podem usar 4G ao mesmo tempo. A Xiaomi também anunciou a chegada de uma variante do Mi MIX 3 com o novíssimo Qualcomm Snapdragon 855 e o modem Snapdragon X50 para compatibilidade com redes 5G.

Do ponto de vista das características técnicas, o Mi MIX 3 não é diferente de muitos outros que foram anunciados e testados por nós em 2018. E isso também se confirma pelas pontuações obtidas nos nossos testes de benchmark:

Xiaomi Mi MIX 3: teste de benchmark

  3DMark Sling Shot Extreme 3DMark Sling Shot Vulkan 3DMark Sling Shot 3DMark Ice Storm Extreme Geekbench 4 (Single/Multi) PassMark Memory PassMark Disk
Xiaomi Mi MIX 3 4548 3624 6231 64974 2423/9032 11947 67959
Huawei Mate 20 Pro 3564 3335 2648 37330 3326/9726 31071 75478
OnePlus 6T 4702 3861 6388 64753 2396/8981 12364 75065
Samsung Galaxy S9+ 3304 3021 3966 38701 3771/8923 24164 67765
Google Pixel 3 XL 4079 3333 5247 35526 2350/8333 7540 69870

No entanto, o smartphone é extremamente rápido. Os únicos dois smartphones que foram igualmente rápidos entre os que testei foram o OnePlus 6/6T e o Huawei Mate 20 Pro (e nesse eu testei a versão Porsche Design e que conta com um SoC Kirin 980 da próxima geração).

O Pixel 3 XL que me acompanha desde o momento do seu lançamento é ágil graças à presença do Android mais limpo, mas os smartphones Xiaomi topo de linha (além dos dois rivais mencionados acima) são ainda mais rápidos, embora seja difícil de acreditar nisso.

Isso demonstra mais uma vez como o software pode fazer a diferença – especialmente ao abrir aplicativos, uma ação que na MIUI 10 é acelerada pela IA. Não está claro como a inteligência artificial manifesta sua presença neste caso, mas os efeitos estão lá e são visíveis a olho nu.

Alto-falante de áudio decepcionante, mas poderoso

Em termos de áudio, o Mi MIX 3 me deixou perplexo . Não há uma conexão de 3,5 mm, embora você possa conectar fones de ouvido com fio através do adaptador incluído ou diretamente ao USB Type-C.

Ao conectar fones de ouvido com fio, você pode aproveitar ao máximo o potencial musical do dispositivo, incluindo um equalizador global, predefinições feitas para os fones de ouvido da empresa e um volume alto de verdade (eu tive que limitá-lo com medo de queimar os fones de ouvido USB Type-C que usei para o teste).

xiaomi mi mix 3 audio
Um equalizador global está disponível, mas somente se forem usados fones de ouvido com fio / © AndroidPIT

Por outro lado, encontrar essas funções não é fácil porque elas não são encontradas no menu de configurações de áudio, mas em uma categoria separada "oculta" nas configurações avançadas. Também nada do que eu mencionei está habilitado se você usar fones de ouvido Bluetooth. Se estou usando um fone de ouvido sem fio, você não acha que preciso de um equalizador, Xiaomi?

Xiaomi Mi MIX 3 09
Alto falante individual que não me impressionou / © AndroidPIT

Quanto aos alto-falantes, encontramos um único alto-falante voltado para o lado da porta de carregamento. A cápsula do fone de ouvido não é amplificada para som estéreo. O volume do alto-falante principal é bom, mas não muito alto. A qualidade é média, enquanto o som de saída é plano e não tem graves.

Uma câmera completa e divertida

A traseira tem um par de câmeras, os mesmos sensores do Mi8, Mi8 Pro e Pocophone F1, que foram classificados pela DxO Mark com uma pontuação total de 108 pontos – um resultado que a Xiaomi orgulhosamente nos lembra.

O sensor principal é um IMX363 de 12 MP da Sony com lentes de comprimento focal f/1.8 e Dual Pixel PDAF para um foco rápido e preciso. Ele também possui um estabilizador óptico OIS de 4 eixos nesta câmera. A câmera secundária é uma teleobjetiva com o dobro da distância focal da principal, a Samsung S5K3M3+ de 12 MP.

Xiaomi Mi MIX 3 04
Um arranjo semafórico incomum... / © AndroidPIT

Na frente, escondida pelo controle deslizante, encontramos uma câmera de 24 MP (sensor Sony IMX576) acompanhada de um segundo sensor de 2 MP que ajuda a detectar a profundidade para o efeito bokeh (modo retrato) não apenas em fotos, mas também em vídeos!

jessy lighting
Não só há muitas opções de modo retrato disponíveis, como você também pode "mover" a iluminação / © AndroidPIT

O software da Xiaomi vem completo com muitos modos – um manual para entusiastas, um modo noturno semelhante ao do Google e Huawei e um modo de câmera lenta de 960fps em resolução FullHD (ou 1920 x 1080 pixels, até agora só a Sony tinha alcançado este resultado).

Claro, existem também modos de retrato, filtros de beleza e um uso quase obsessivo da palavra IA. Felizmente, as funções de inteligência artificial podem ser rapidamente ativadas ou desativadas sem termos que entrar nas configurações. Isso permite que você faça testes para verificar se os efeitos ficarão bons.

Uma possibilidade interessante que existe (na ROM Beta ou na ROM personalizada da Xiaomi.eu) é instalar o aplicativo Google Pixel Camera. A capacidade de usar o modo HDR+ e o Night Sight dá ao seu smartphone uma vantagem!

Uma duração melhor que a esperada

Apesar do peso e espessura substanciais, o Mi MIX 3 possui uma bateria de apenas 3.200 mAh para chegar ao final do dia. Felizmente, ele pode ser recarregado com rapidez suficiente graças ao carregador de 18W que vem na caisa ou você pode manter a carga em um nível alto usando o carregador sem fio de 10W que a Xiaomi tem o prazer de incluir.

Xiaomi Mi MIX 3 10
Com cabo ou sem cabo, cabe a você! / © AndroidPIT

No meu dia-a-dia tenho que admitir que não pude reclamar da duração da bateria do Mi MIX 3 , sempre chegando à noite com mais de 20% da bateria residual em dias normais e continuando sem me preocupar mesmo durante as noites mais longas com amigos.

Isso se deve ao excelente software da Xiaomi, que sempre me surpreende com seu nível de otimização. Por outro lado, eu teria gostado de encontrar os mesmos 4.000 mAh do Pocophone F1.

xiaomi mi mix 3 battery
Escolha: é isso o que falta em muitos smartphones... / © AndroidPIT

Sim, para impedir que aplicativos úteis sejam fechados em segundo plano com muita agressividade, você precisa brincar um pouco com as configurações. Pelo menos, você pode escolher como o smartphone deve se comportar e não precisa se submeter às opções impostas pelo fabricante. Há também muitos recursos de economia de energia, como a redução da resolução do monitor ou um modo extremo que nunca senti a necessidade de ativar.

Xiaomi Mi MIX 3 – Especificações Técnicas

Dimensões: 157,9 x 74,7 x 8,5 mm
Peso: 218 g
Tamanho da bateria: 3200 mAh
Tamanho da tela: 6,39 polegadas
Tecnologia da tela: AMOLED
Tela: 2360 x 1080 pixels (406 ppi)
Câmera frontal 24 megapixels
Câmera traseira 12 megapixels
Flash: LED
Versão do Android: 9 - Pie
RAM: 6 GB
8 GB
10 GB
Memória interna: 128 GB
256 GB
512 GB
Memória removível: Não disponível
Chipset: Qualcomm Snapdragon 845
Número de núcleos: 8
Velocidade máx. 2,8 GHz
Conectividade HSPA, LTE, NFC, Dual-SIM , Bluetooth 5.0

Impossível de esquecer

O Mi MIX 3 não é perfeito. Não tem leitor de impressões digitais integrado no monitor ou um scanner facial 3D, mas muitos outros flagships 2018 estão na mesma situação. A tela não tem resolução QHD, mas a falta quase total de bordas, o não uso do notch e a excelente renderização de cor compensam.

A bateria não é uma das maiores vistas em um smartphone, mas a otimização da Xiaomi permite que você chegue de noite sem problemas, graças à ajuda do carregamento sem fio. As câmeras não são as melhores do mundo, mas podem lutar com (e superar) muitos dos dispositivos de última geração apresentados no ano passado sem problemas – fornecendo recursos exclusivos e fotos apreciáveis ​​na maioria das situações.

Em suma, o Mi MIX 3 não é imbatível, especialmente se olharmos para as especificações individuais. No entanto, ainda é um dos dispositivos mais completos que já experimentei. Pelo preço, é um ótimo negócio e eu não me canso de recomendá-lo àqueles que estão procurando por um destaque em tela que seja poderoso, elegante e acessível.

É o primeiro telefone que conseguiu me afastar do Pixel 3 XL, que tem sido meu companheiro diário. E isso, para quem me segue há tempo, vai saber que significa muito.

O que você acha do Mi MIX 3?

Facebook Twitter 313 Compartilhado

15 Comentários

Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.

  • Um belo smartphone,a cada geração ele fica ainda melhor...


  • Recentemente comprei um Mi A2 e estou somente 90% satisfeito com a proposta do dispositivo.
    Pelo fato do Android ser Stock e não ter nenhuma otimização da fabricante, ele acaba tendo bugs nos aparelho. A comunidade reporta esses bugs que são bem incômodos e nada acontece.

    Me pergunto se isso é omissão da Xiaomi para com usuários de aparelhos intermediários.

    CAV


    • A Google talvez tenha uma boa parcela na culpa, também.
      Uma vez que problemas no Android Pie até os Pixel estão tendo (o que, convenhamos, está longe de ser uma surpresa, dado o histórico).


  • Tem alguns pontos a serem observados e que não são mencionados na matéria.

    O Xiaomi Mi Mix 3 tem duas versões, uma chinesa e uma global e não estou falando da ROM. O modelo global conta com mais bandas de 4G, incluindo a B28 que nos ajuda com o sinal aqui no Brasil e a versão chinesa não tem.
    Se você comprar um modelo chinês vai ter outro dilema, pra usar a MIUI Global vai ter que desbloquear o bootloader e com isso perderá o suporte ao Google Pay e outros apps serão ocultados da Play Store porque o aparelho vai constar como não certificado.
    Se você bloquear o bootloader de um modelo chinês com a ROM global vai dar brick no aparelho... Igual acontece com o Xiaomi Mi Mix 2S.

    Esse smartphone tem sido uma das razões de eu querer voltar a usar Xiaomi. Mas falta o mais importante... Grana pra comprar.


  • Fico na expectativa de fabricantes chinesas tipo Xiaomi, Vivo, Huawei entrarem oficialmente por aqui, mesmo pagando um pouco mais por isso. Porque não acho que valha a pena pagar quase 3000 reais num celular que nao tem garantia e nem sabemos se realmente vai chegar para nossas mãos.


  • Trata-se de um ótimo dispositivo, porém, ainda prefiro o OnePlus ou Huawei.


  • Acredito que smartphones com mecanismos deslizantes tendem desaparecer em breve..

    Esse modismo (mecanismos móveis) estão sujeitas à quebra, sujeira e travamento.. Fora que não é resistente à agua.

    Em pouco tempo teremos aparelhos com aproveitamento de tela cada vez maior, sem partes móveis.


  • Lindo, mas se não tem garantia pra cobrir , eu tô fora.


  • Com certeza se efetuasse um review de um Mi Mix 3S teria ficado mais satisfeito ainda , com sua bateria de 4050 mAh , processador mais atual , câmeras otimizadas, mas bom review.