O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site. OK
5 min para ler 82 Comentários

Xiaomi Mi Pad 2 alcança marca impressionante no Benchmark AnTuTu

Em evento realizado nesta terça-feira (24), a companhia chinesa Xiaomi apresentou dois novos aparelhos. O phablet Redmi Note 3, que falamos em outro post, e o tablet Mi Pad 2. Embora visualmente ele seja idêntico ao seu antecessor, e também ao iPad Mini, da Apple, debaixo do capô ele traz algumas novidades interessantes. A principal delas é a possibilidade de rodar tanto o Android Lollipop quanto o Windows 10. Mas fica a pergunta: será que novos tablets ainda têm espaço no mercado?

Destacar mudanças recentes

Atualização: O novo aparelho alcança uma pontuação impressionante no benchmark Antutu. Veja mais detalhes na seção "Especificações técnicas".

Falando em termos de design, ele não inova, apostando no que vem dando certo desde a popularização dos tablets, ou seja, um gadget no formato retangular. Diferentemente do seu antecessor, o Mi Pad 2 usa metal em sua carcaça, ao invés do policarbonato, utilizado no Mi Pad. Sem dúvida, isso traz um visual mais elegante e premium para o dispositivo. Infelizmente, porém, ele não veio com leitor de impressões digitais, assim como o Redmi Note 3.

id152123
Mi Pad 2 lembra muito o iPad Mini / © Xiaomi

Xiaomi Mi Pad 2: Especificações técnicas

Como já dito acima, o Mi Pad 2 roda tanto o Android 5.1 Lollipop quanto o Windows 10, mais recente versão do SO da Microsoft. Assim, quem estiver procurando um tablet Android poderá optar pelo Mi Pad 2 com Android e interface MIUI 7, que trouxe muitas novidades. Porém, quem procura um tablet Windows e quer fugir um pouco das mesmas fabricantes que disponibilizam esse tipo de produto, poderá apostar na chinesa Xiaomi. Vale salientar que os sistemas não funcionam em paralelo, ou seja, em dual boot. Será necessário escolher ou um ou outro.

Alheio ao sistema operacional, o Mi Pad 2 possui uma tela de 7,9 polegadas com resolução de 2048 x 1536 pixels, o que dá cerca de 326 ppi. O tamanho da tela é igual ao do iPad Mini. Ele possui um processador Intel X5-X8500 de quatro núcleos rodando a 2,4 GHz. É ele que permite a utilização do Windows no tablet. Além disso, ele conta com 2 GB de memória RAM LPDDR3 e um chip gráfico Intel HD Graphics.

Para finalizar a tabela de especificações técnicas, temos uma memória interna de 16 ou 64 GB, câmera traseira de 8 MP sem LED para o flash e uma câmera frontal de 5 MP. A bateria é de apenas 6.190 mAh. No ato da compra, o cliente deve escolher qual sistema operacional prefere usar.

  XIAOMI MI PAD 2
Tela 7,9 polegadas
Tecnologia da tela LCD IPS
Resolução  Full HD (1920 x 1080 pixels)
Sistema operacional MIUI 7 - Baseada no Android Lollipop 5.1 ou Windows 10
Memória RAM 2 GB LPDDR3
Memória interna 16 GB e 64 GB
Processador Intel X5-Z8500
Câmera frontal 5 MP
Câmera principal  8 MP
Bateria 6.190 mAh
Dimensões 200.4 x 132.6 x 6.95 mm
Peso 322 gramas

Um dado interessante a se falar sobre o processador Intel utilizado no Mi Pad 2 é que ele foi fabricado utilizando a litografia de 14 nm, semelhante ao Exynos 7420, da Samsung. Isso faz com que ele tenha uma eficiência energética acima da média. Segundo alguns benchmarks, ele se equipara ao chipset Qualcomm Snapdragon 808. Ou seja, em termos de desempenho, deve atender à maioria dos usuários.

Segundo o site Gizmochina, fontes informam que, rodando com Android, o novo aparelho teria uma pontuação impressionante de 85.101 pontos no benchmark Antutu, ficando atrás somente do Huawei Mate 8 com 92.746 pontos e Meizu Pro Scoring com 85.652 pontos.

MiPad2 benchmark
Este seria o resultado do Mi PAd 2 / © Gizmochina
O processador Intel utilizado no Mi Pad 2 foi fabricado utilizando a litografia de 14 nm, semelhante ao Exynos 7420, da Samsung.
Mipad2
A parte traseira do Mi Pad 2. / © Xiaomi

As vendas se iniciam no começo de dezembro, inicialmente apenas a versão com Windows 10. Depois o modelo com Android será comercializado. A versão com 16 GB tem preço sugerido de US$ 156, o que dá cerca de R$ 580 sem impostos e frete. Já o modelo com 64 GB sai por US$ 203,00, pouco mais de R$ 750,00. Uma desvantagem é que nenhuma das opções traz conectividade 4G LTE.

Sem dúvidas, é um bom tablet. Talvez não seja tão rápido e fluido quanto um iPad Mini, que tem tanto o hardware quanto o software desenvolvidos em conjunto. Porém, o conjunto de componentes é suficiente para rodar o Android Lollipop sem engasgos. Talvez o Windows 10 sofra um pouco com o decorrer do tempo, mas, dependendo do perfil de uso, ele pode vir a calhar. Porém, o questionamento maior é sobre a utilidade dos tablets no atual cenário de mercado.

Mipad22
O Mi Pad 2 foi lançado com o Redmi Note 2 e um purificador de ar da Xiaomi. / © Xiaomi

Notadamente, as vendas e os lucros das empresas oriundos dos tablets estão caindo ano a ano. Os usuários cada vez mais preferem comprar smartphones a tablets. O mercado de celulares não para de crescer e mais empresas investem pesado nisso. Assim, será que compensa investir dinheiro em um tablet, mesmo com Windows 10? Queremos saber a sua opinião. Você possui um tablet? Se sim, o considera necessário, imprescindível para o seu dia a dia? Qual tipo de uso você dá para ele?

Os comentários favoritos dos leitores

  • Doug Schuindt 24/nov/2015

    Falou o cara que escreve "aprendao".

  •   45
    ............... 30/nov/2015

    Já tinha visto esse tablet em outros sites, e o mesmo me despertou um grande interesse justamente pela variante com Windows.
    Ainda não tinha visto algum benchmark do processador Intel Atom X5-X8500, e os resultados até o presente momento me impressionaram. Agora espero ver alguns resultados do Atom x7-Z8700.
    E aos seres de outro mundo que falam que os processadores da Intel são “retrocesso”, rodem a baiana garotinhas e vão estudar um pouco antes de falarem asneiras.

    Respeito à opinião pessoal de cada um, mas não tolero a ignorância gerada pela falta de conhecimento.

    ( ͡° ͜ ʖ ͡° )

  • Dk22 24/nov/2015

    Gosto de ambos sistemas, mesmo utilizando mais o Android, acho que o Windows 10 vai atrair um grande número de usuários principalmente pelo fato do sistema ser incrível e neste caso por ser um Tablet acho que maioria dos usuários do Windows em notebooks e computadores vão ''amar'' a ''novidade''.

  • Gaki Kunashii 30/nov/2015

    kkkkkkk

    Assino embaixo!

82 Comentários

Escreva um comentário:
Mostrar todos os comentários

O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site. Mais informações

Entendi