Nós usamos cookies em nossos sites. Informações sobre cookies e sobre como você pode se opor ao uso de cookies a qualquer momento, ou encerrar seu uso, podem ser encontradas em Política de Privacidade.

Review 7 min para ler 58 Comentários

Hands-on do Pocophone F1: um novo e excitante capítulo (agora em vídeo)

Atualizado: VíDEO DO HANDS-ON

O Pocophone F1 foi oficialmente apresentado pela Xiaomi em Paris em um evento que marca sua chegada oficial na Europa. O AndroidPIT não pode perder o evento! Então, aqui estão as nossas primeiras impressões deste dispositivo emocionante diretamente da capital francesa.

Novo garoto no pedaço

Como outro aparelhos da Xiaomi, não há nenhum plano anunciado de trazer o Pocophone F1 para o Brasil ainda, mas ele estará disponível em breve em outras regiões como Índia e Europa.

As configurações de armazenamento incluem 64 GB, 128 GB e 256 GB, com preços entre US$ 300 e US$ 400 respectivamente em cada mercado. Isso equivale a R$ 1.225 e  R$ 1.635 sem impostos, em conversão direta. Ele estará disponível a partir de 30 de agosto.

As cores incluem Rosso Red, Steel Blue e Graphite Black, além da Premium Armored Edition com kevlar. Estes são preços verdadeiramente competitivos que dificultarão não apenas o principal concorrente da Poco, a OnePlus (cuja filosofia é bastante similar), mas também a própria Xiaomi e seus outros dispositivos.

Plástico? Sim, mas é um bom plástico

O design do novo smartphone chinês certamente não é o mais procurado e único no mundo . A tampa traseira é feita de plástico mas não é removível, e isso é uma pena, porque seria tecnicamente possível permitir que os usuários substituíssem a bateria com esse material sendo usado.

Além disso, o smartphone não possui certificação de resistência à água ou poeira, então você deve tratá-lo com cuidado. No centro da tampa traseira, sob as câmeras, está o leitor de impressões digitais amplo e de fácil acesso.

IMG 6254
As teclas de volume separadas ficam logo acima do botão liga/desliga / © AndroidPIT

Ele é bastante confortável de segurar, mesmo que a sua altura de 15,5 centímetros e 180 gramas de peso pareçam pesados. A construção e a montagem são boas e, apesar de os materiais não estarem ao nível dos principais carros-chefe, é bastante agradável de manejar.

No lado direito estão os dois botões de controle de volume, que são separados, e também o botão liga/desliga. No lado esquerdo há a bandeja para dois cartões SIM ou berço para o cartão de memória (que ocuparia o segundo slot SIM, ou seja, ele é híbrido).

IMG 6260
O smartphone é confortável de segurar, mesmo que seja um pouco grande para uso com apenas uma das mãos / © AndroidPIT

Semelhante ao Mi8 em forma, mas não em substância

A frente abriga o grande display IPS de 6,18 polegadas com uma resolução de 1080 x 2246 pixels e uma relação de exibição de 18,7:9 devido à presença de um grande notch.

Visto de frente, ele pode lembrar muito o Xiaomi Mi 8, um smartphone que provavelmente tem muitos componentes em comum com o Pocophone F1. A tela é protegida por Gorilla Glass, mas a versão não foi especificada.

O painel IPS é ótimo, as cores são vivas, o brilho parece suficiente . Os pretos são bastante profundos, mas não absolutos. O contraste é bom e me lembra muito o painel Xiaomi do Mi MIX 2S, que já experimentei antes.

IMG 6263
Um notch enorme que permite desbloquear o smartphone com o seu rosto na escuridão total! / © AndroidPIT

Uma modificação de uma versão modificada do Android

Uma vez ligado, o smartphone roda a MIUI 9.5 desenvolvida pela Xiaomi e baseada no Android 8.1 Oreo. A Poco, no entanto, adicionou toques pessoais como um novo launcher e muitas novas otimizações que visam tornar a experiência fluida, rápida e responsiva.

A equipe afirma que a launcher otimizada da MIUI foi até 28% mais rápida . Mas comparado com o quê? De acordo com a Xiaomi, esses dados são comparados com o OxygenOS e o próprio Android!

Na primeira impressão, launcher à parte, não notei grandes diferenças com a MIUI que conhecemos bem. No review completo, é claro, poderei fornecer informações mais detalhadas.

AndroidPIT Pocophone launch event 144606
O novo launcher Poco estará disponível em breve na Play Store / © AndroidPIT by Irina Efremova

Rápido como um Fórmula 1

Sob o capô, encontramos o Snapdragon 845, SoC da Qualcomm que representa o melhor disponível no mercado no momento, refrigerado com o que a Pocophone chama de tecnologia LiquidCool . Em suma, é uma tubulação de cobre com vapor de água que dissipa melhor o calor.

Todos os esforços da Poco foram direcionados para tornar o Pocophone F1 o smartphone mais rápido de todos os tempos. A velocidade é a única coisa que importa e certamente 6 GB de RAM LPDDR4X ajudam nisso.

IMG 6252
Um flagship barato / © AndroidPIT

Quanto à memória interna, você pode aproveitar facilmente os 64 GB, 128 GB ou até 256 GB de versões de memória (UFS 2.1) expansíveis ainda com um cartão micro SD. Portanto, existem modelos para todos os gostos e orçamentos.

À primeira vista, o smartphone pareceu impecável, mas teremos que esperar o veredito final após um review completo.

Fones de ouvido e alto-falante estéreo

A Poco investiu nos favoritos dos fãs, como o alto-falante estéreo e a conexão para fone de ouvido . Apesar da configuração estéreo, o alto-falante na parte inferior do smartphone parece poderoso o suficiente, mas não espere milagres do segundo alto-falante.

Ótimo ter uma conexão de 3,5 mm, mas o áudio Bluetooth no aptX HD ou LDAC certamente pode te trazer mais satisfação.

IMG 6258
Mantendo a conexão de áudio / © AndroidPIT

Olhe atentamente para a câmera

O Pocophone F1 tem duas câmeras dispostas verticalmente na parte traseira, uma câmera f/1.9 de 12 megapixels (Sony IMX363) e uma câmera f/2.0 de 5 megapixels usada principalmente para capturar a profundidade de campo para aplicações AR e o efeito bokeh artificial.

IMG 6251
A câmera principal é a mesma que Mi 8 e Mi MIX 2S / © AndroidPIT

O que chama a atenção é a câmera frontal de f/2.0 de 20 megapixels, localizada no notch e usada para destravar a tela com reconhecimento facial. Se fosse tão rápido e confiável quanto o Xiaomi Mi 8, seria um dos melhores no mercado entre soluções não 3D.

Infelizmente este método de desbloqueio virá somente mais tarde através de uma atualização OTA. Isso também é graças a um LED infravermelho localizado no notch que permitirá que o smartphone seja desbloqueado mesmo na escuridão total.

A câmera principal de 12 megapixels e a frontal de 20 megapixels são as mesmas que encontramos no Mi 8 e, graças a esse detalhe, a equipe F1 da Pocophone poderia usar o mesmo algoritmo AI para melhorar as fotos. Vou publicar no review completo algumas fotos tiradas com o smartphone e minhas opiniões sobre isso.

IMG 6249
Até a embalagem do smartphone se destaca com seu amarelo brilhante / © AndroidPIT

O poder tem que durar

Aqui está o segundo recurso matador do Pocophone F1 (além do processamento topo de linha): a enorme bateria de 4.000 mAh. Essa bateria deve garantir uma ótima vida útil para o aparelho, levando em conta também os resultados já excelentes obtidos pelos outros flagships da Xiaomi com uma capacidade de bateria menor. O smartphone tem suporte ao Quick Charge 3.0 e inclui o adaptador para isso na caixa.

O carregamento é feito através da porta USB Type-C na parte inferior do smartphone, mas não há carregamento sem fio.

IMG 6256
A porta USB Type-C está aninhada entre os alto-falantes / © AndroidPIT

Xiaomi Pocophone F1 – Especificações Técnicas

Dimensões: 155,5 x 75,3 x 8,8 mm
Peso: 180 g
Tamanho da bateria: 4000 mAh
Tamanho da tela: 6,18 polegadas
Tecnologia da tela: LCD
Tela: 2246 x 1080 pixels (403 ppi)
Câmera frontal 20 megapixels
Câmera traseira 12 megapixels
Flash: Dual-LED
Versão do Android: 8.1 - Oreo
RAM: 6 GB
8 GB
Memória interna: 64 GB
128 GB
256 GB
Memória removível: microSD
Chipset: Qualcomm Snapdragon 845
Número de núcleos: 8
Velocidade máx. 2,8 GHz
Conectividade HSPA, LTE, Dual-SIM , Bluetooth 5.0

O começo de algo grande

O Pocophone F1 é um dispositivo muito especial. A velocidade está no seu DNA graças ao SoC mais poderoso disponível no mercado e à enorme quantidade de RAM disponível. Até mesmo a bateria é digna de um verdadeiro carro-chefe, mesmo que sua eficácia precise ser comprovada.

Os materiais e design certamente não são os melhores e a falta de certificação IP pode levar a algumas reclamações. No entanto, para o preço proposto, atualmente é impossível encontrar um smartphone tão bom no papel.

Será interessante ver como a competição se manterá contra a novidade do pedaço, incluindo os dispositivos da Xiaomi nessa faixa de preço. No momento, se o seu orçamento é de cerca de R$ 1.500, você nem precisa comparar o Pocophone F1 com outros smartphones na mesma faixa: apenas compre!

A Pocophone e a Xiaomi acabam de criar uma nova categoria de smartphone com desempenho máximo e preço baixo, renunciando aos extras desnecessários. Esperamos que muitos outros sigam esse excelente exemplo.

58 Comentários

Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.
Mostrar todos os comentários

Recommended articles