O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site. OK
15 min para ler 1.764 Compartilhado 368 Comentários

Android Nougat: estas são as principais funções do novo SO

Atualizado: Nougat está em menos de 1% dos smartphones

O Android 7.0 Nougat foi anunciado pelo Google em setembro. Recentemente, com a chegada do Pixel e do Pixel XL, a Google começou a trabalhar na versão 7.1.1 para os Nexus, que foi liberada no dia 5 de dezembro. Espera-se que as fabricantes comecem atualizar seus dispositivos ainda este ano, visto que atualmente o Nougat está presente em menos de 1% dos smartphones ativos pelo mundo. Os dados sobre a distribuição do Android estão no tópico "Distribuição", vale a pena conferir.

Destacar mudanças recentes

Otimize seu tempo

Navegue pelos temas do seu interesse utilizando este índice:

Android 7.0 Nougat - Distribuição

Por se tratar de um sistema novo, o Nougat avança lentamente entre os aparelhos que rodam com versões mais antigas do sistema. Como sempre, usuários de aparelhos Nexus recebem o software com antecedência agora, temos também os Pixel, que são os verdadeiros privilegiados no sentido de atualizações.

Devido a fragmentação do sistema, é comum que versões posteriores lançadas há menos de um ano ainda continuem avançando, visto que muitas fabricantes demoram até 18 meses para atualizarem seus aparelhos. O Google liberou em seu site os dados da distribuição do Android referente ao mês de novembro, onde podemos ver a participação do Android Nougat e o avanço do Marshmallow.

Em comparação com agosto, a distribuição do Marshmallow cresceu 11%, enquanto o KitKat encolheu em 4% entre os aparelhos ativos e que rodam com o sistema. Abaixo, você confere os dados:

Versão Participação
Anteriores 15,3%
Android 4.4.4 KitKat 24%
Android 5.0 Lollipop (inclui 5.1) 34%
Android 6.0 Marshmallow 26,3%
Android 7.0 Nougat 0,4%

Android 7.1 Nougat - Funções

Os recém-lançados smartphones da série Pixel saem de fábrica com o Android 7.1 Nougat. Essa não é apenas uma versão com correções pontuais de segurança e bugs, mas vem acompanhada por novas funções. De acordo com o changelog dessa versão, parte dos recursos existentes no 7.1 Nougat são destinados aos novos aparelhos Pixel.

Assim, é esperado que os usuários desses smartphones sejam agraciados por recursos exclusivos, enquanto para os demais, o Android 7.1 Nougat será apenas uma versão do SO com melhorias gerais. A grande mudança do novo SO está no Pixel Launcher, que vem com atalhos especiais para os ícones que ficam na tela de início.

Cada ícone oferece uma função diferente, especificamente os serviços do Google. Como podemos ver na imagem abaixo, esses atalhos executam algumas ações que otimizam a experiência do usuário com o software, como a possibilidade de abrir uma nova guia no Chrome sem mesmo lançar o navegador:

AndroidPIT Google Pixel Event2016 0010
Atalhos exclusivos do Pixel Launcher, o lançador dos Pixel / AndroidPIT

Software de câmera

Outra mudança da nova versão é o software de câmera, que ganhou novos recursos para o modo manual e um HDR otimizado para os novos aparelhos do Google. Em relação ao software da câmera, não está claro quais recursos serão liberados para todos e quais serão exclusivos dos Pixel.

Daydream

A plataforma Daydream ganha uma integração nativa com o sistema, que será aproveitada por dispositivos compatíveis com determinadas especificações. Uma das novidades aqui é o gerenciamento de tópicos, que está otimizado e faz um melhor uso dos núcleos da CPU e do processador gráfico.

Modo de luz noturna

O Android ganhará um recurso que está presente no iOS e que também pode ser utilizado através de software de terceiros. O Modo de luz noturna altera o tom das cores do display e o adapta para melhor visualização em ambientes com baixa luminosidade. Assim, as telas poderão contar com uma variação de cores mais quentes (amareladas), indo além do convencional azulado.

Atualizações em segundo plano

Essa função já havia aparecido em versões betas do Android 7.0 Nougat, mas será na versão 7.1 que as chamadas "atualizações em segundo plano" farão a sua estreia. Essa função permite que uma partição do sistema gerencie as atualizações que serão instaladas no dispositivo. Assim, bastará o reinício do aparelho para que elas sejam aplicadas, visto que essa novidade gerenciará o download e a instalação das mesmas sempre que necessário.

Notificações com o sensor biométrico

O sensor biométrico ganhará uma nova função, que é a de deslizar para acessar notificações. Com isso, usuários que hoje já utilizam esse recurso poderão deslizar com o dedo para baixo em cima do sensor para que as notificações sejam exibidas.

Android 7.1 Nougat: disponibilidade

O Android 7.1 Nougat chegou de fábrica nos aparelhos Pixel e Pixel XL. Após um período de testes público nos modelos Nexus 9, Nexus 6P, Nexus 5X, Pixel C e Nexus Player, eis que a Google liberou o update final da mais nova versão do SO para estes dispositivos no dia 5 de dezembro.

Com relação a atualização NMF26 que está chegando via OTA aos aparelhos listados acima, apenas o Nexus 6 não está incluso nessa primeira leva. O aparelho ainda roda com o Android 7.0 Nougat, contudo, é esperado que a atualização chegue para o modelo em breve.

Android 7.0 Nougat - Funções

1. Encriptação nativa

A segurança foi um ponto abordado pelo Google durante sua fala sobre o Android Nougat. A nova versão do SO conta com o recurso de encriptação nativa, que acrescenta uma camada extra de segurança para os usuários que utilizam o sistema.

Além do sistema, serviços do Google contarão com o novo recurso, como é o caso da Play Store, que possui um sistema de análise que garante que os apps disponíveis na loja sejam seguros e legítimos. O Chrome também foi adicionado as ações de segurança que virão com o Nougat. O navegador mais utilizado no mundo terá uma plataforma otimizada, que analisará sites potencialmente perigosos.

2. Fim da tela de otimização de apps

Com o objetivo de tornar o sistema mais ágil e intuitivo, o Google removeu no Android Nougat a famosa tela "O Android está otimizando 1 de 200 apps", que aparecia de vez em quando ao reiniciar o sistema. Além disso, as atualizações automáticas e aquelas que rodam em segundo plano garantiram aos usuários o acesso as versões mais recentes dos apps sem precisar que o usuário faça alguma interferência manual.

3. Novos emojis

O Android Nougat contará com 72 novos emojis, que variam entre alimentos e outros sobre a representatividade feminina. Esses últimos, por exemplo, trarão versões femininas de emojis de profissões. Os alimentos variam bastante, passando por frutas, como abacates, até utilitários domésticos.

O Android Nougat vem com 72 novos emojis! Totalizando 1.500 opções
New Emoji android nougat
O Android Nougat traz mais emoticons ao teclado do Google / © Google

4. Gráficos e tempo de execução

As informações reveladas durante o Google I/O sobre o desempenho gráfico do sistema foram referentes à tecnologia Vulkan. Falamos mais sobre a introdução dessa API mais moderna no sistema no artigo a seguir:

Enquanto a Vulkan se encarregará de processar gráficos mais avançados, como aconteceu com o padrão OpenGL, o compilador de arquivos JIT se encarregará de otimizar o desempenho do sistema.

Aplicativos são instalados 75% mais rápidos e ocupam 50% menos de espaço no Android Nougat

Segundo o Google, o JIT alcança velocidades de desempenho até 600% maiores do que o Marshmallow. Além disso, essa tecnologia consome menos bateria e otimiza o tempo de instalação de aplicativos no sistema. Além de tornar a instalação de apps 75% mais rápida, o JIT contribui para que eles ocupem menos espaço, aproximadamente 50% menos.

5. Controlar o nível de importância das notificações manualmente

Com o Android Nougat é possível organizar as notificações em seis níveis diferentes, são eles:

  • Bloqueado - Nunca mostrar notificações
  • Mínima - Mostra a notificação de forma silenciosa na parte inferior da lista
  • Baixa - Mostra as notificações de forma silenciosa
  • Normal - Permite que as notificações emitam sons
  • Alta - Mostra as notificações parcialmente na tela e emitindo sons
  • Urgente - Mostra a notificação no topo da lista, exibindo-a parcialmente na tela e permite sons

Para acessar essas novas configurações de notificações, vá até: Configurações > Sintonizador System UI > Outros > e ative a opção Mostrar todas as configurações de importância. Agora vá em; Configurações > Apps, selecione um aplicativo e clique em Notificações. Você verá uma opção para modificar a importância da notificação.

ANDROIDn
Com o Android Nougat  é possível modificar a importância das notificações manualmente / © ANDROIDPIT

6. Modo de Realidade Virtual

Agora, vemos o primeiro sinal do que muitos já suspeitavam: o suporte nativo para RV (Realidade Virtual) no Android Nougat. A dica sobre o que o Google está trabalhando aparece no menu do novo sistema Android. Indo em: Configurações > Apps> configurar apps > Acesso especial > Serviços de ajuda para RV, você encontra uma tela esperando para ser preenchida com uma lista de aplicativos usando um API compatível com apps de RV.

Também há uma referência a algo chamado "Sustained performance mode" no novo framework do SO, que está certamente destinado a ajudar dispositivos a executar o exigente modo RV por longo períodos. Como todos que já tiveram o prazer de usar um Gear VR saberão, o dispositivo normalmente aquece rapidamente e sai do software de RV, um problema que o Google terá que resolver se a realidade virtual se tornar mais popular.

7. Melhorias no Launcher Google Now

O Google fez algumas melhorias no launcher Google Now. Você pode usar o gesto de pinças (juntando o de indicador com o polegar como se fosse beliscar a tela) na tela inicial para voltar a tela de visualização geral, onde, no pé da página, irão aparecer papéis de parede, widgets e configurações.

E, finalmente, as opções ao arrastar apps da página inicial para a gaveta de aplicativos são consistentes. Elas executam os seguintes comandos: "Editar, Remover/Cancelar, Desinstalar e informações do app". Uma modificação pequena, porém de muita importância.

8. Capacidade de alterar o tamanho da interface e da fonte

“Tamanho da letra " e "Tamanho da Tela”. Saiba que essas duas opções estão agora nos parâmetros de fábrica, dedicados à acessibilidade por quatro níveis de configurações.

Você poderá reduzir o tamanho da interface e da fonte, conforme o seu gosto. Isso será bastante útil para deficientes visuais ou aqueles que acham que a interface nativa do Android é muito vazia em meio a uma tela grande. 

ANDROIDNFONTEOK
No Android Nougat você poderá ajustar o tamanho da fonte e da interface / © ANDROIDPIT

9. Smartphones encriptados funcionarão mesmo após reiniciar inesperadamente

Quem conta com um smartphone Android sabe que, de vez em quando, o aparelho pode ter um reboot do nada. Até aí, nada demais. O problema é quando o telefone está criptografado, o que o transforma em um peso de papel estiloso, já que chamadas, e-mails e outras funções ficam totalmente inutilizadas enquanto o aparelho passa pelo processo de descriptografar. 

No Android Nougat, o Google mudou o cenário. Na nova versão do sistema, ele permitirá que o dispositivo, mesmo criptografado, mantenha suas funções devidamente operacionais após um desses reboots inesperados. 

Para que isso ocorra, o Nougat terá uma função chamada Direct Boot, que faz com diversas funções e apps consigam executar tarefas mesmo no modo restrito. No entanto, manter o smartphone funcional sob as condições explicadas acima não depende exatamente do usuário e sim dos desenvolvedores dos apps. Eles devem executar o comando “LOCKED_BOOT_COMPLETED” e determinar quais dados podem ficar livres da criptografia. 

10. Integração do "Mono Play” para os deficientes auditivos

Se o usuário tiver problemas auditivos, ele terá como opção definir nas configurações de áudio a saída de som em mono, permitindo uma melhor audição do que é reproduzido no smartphone.

Screenshot 20160408 184818
Reprodução em mono: para auxiliar deficientes auditivos / © ANDROIDPIT

11. O API JobScheduler vai tornar seu smartphone mais rápido 

Para o Android Nougat, o Google está prestando especial atenção em todos os processos que estão ocorrendo nos bastidores. Para melhorar a performance do smartphone, os desenvolvedores do sistema estão apostando na API JobScheduler que vai, basicamente, organizar as ações dos apps que estão rodando a todo o momento em segundo plano no telefone. 

Basicamente, o JobScheduler vai estipular horários pré-determinados para cada ação desses apps. Será possível aumentar ou diminuir a frequência com que os aplicativos ficam pedindo atualizações (um backup de uma foto para a nuvem, por exemplo, ou “cobrando” quando o celular voltará a ficar online), ajustando isso nas configurações de economia de dados. 

Com isso, o JobScheduler fará com que esses apps, que não param de funcionar em segundo plano, façam isso apenas em redes Wi-Fi, com as atualizações funcionando em “grupos”, ao invés de individuais. 

12. Os parâmetros do sistema estão mais espertos

O que dizer sobre as configurações do Android Nougat, exceto que eles estão verdadeiramente mais espertos a partir de agora? A nova versão do sistema introduz novas ideias que simplesmente melhoram a situação atual. 

Screenshot 20160408 184753
Os parâmetros do sistema estão mais gráficos e espertos / © ANDROIDPIT

Podemos ver agora que cada seção especial traz um item específico e com melhor visualização. Para citar alguns exemplos: o WiFi agora indica a rede que o aparelho ocupa, a spec de consumo mostra o número de dados móveis consumidos, o nível de volume é indicado por uma porcentagem (%) e o menu de memória indica a quantidade que o aparelho está rodando. Tudo mais gráfico e inteligente.

13. Responder mensagens pela barra de notificações

Podemos dizer que essa função é a que mais lembra o iOS no Android Nougat. Agora, mensagens poderão ser respondidas a partir da tela de bloqueio, pela própria notificação. Com isso, o usuário não precisará mais ir até o aplicativo para responder algo.

android n responder barra notificacoes
Agora você responde conversas na barra de notificações / © ANDROIDPIT

14. Menu hambúrguer entre as configurações do sistema

O menu hambúrguer - aquele com três linhas - foi definitivamente incorporado as configurações do sistema. Agora, quando o usuário estiver no menu do Bluetooth, por exemplo, poderá alternar entre as outras opções de configurações utilizando o menu lateral esquerdo. 

O menu hambúrguer ja é padrão em aplicativos do Google. Portanto, faz todo o sentido tê-lo por padrão no Android Nougat.

android n menu configuracoes
Menu "hambúrguer" integrado ao Android Nougat / © ANDROIDPIT

15. Projeto Svelte

O Projeto Svelte é uma engine que foi lançada na época do Android KitKat. O objetivo desse projeto é fazer com que dispositivos com especificações mais modestas sejam capazes de rodar o Nougat de maneira mais fluida. A evolução desse mecanismo deverá ficar mais evidente com o lançamento da versão final do Android Nougat.

16. Nova função de multi-janela

O Google tem trabalhado arduamente para trazer um sistema multitarefa nativo e eficiente para o ​​Android. No Nougat, ele finalmente está pronto. A imagem abaixo mostra a funcionalidade, que roda em tablets e telefones, e que se parece muito com o que já está sendo oferecido pela Samsung em seus dispositivos.

android n multijanela
Função de multi-janela do Android Nougat / © ANDROIDPIT

Como a maioria das grandes mudanças de plataforma, os desenvolvedores terão de optar pelo modo de divisão da tela para que seus apps rodem perfeitamente, adicionando um novo atributo chamado resizableActivity.

Este atributo permite aos desenvolvedores especificarem as dimensões mínimas permitidas ao se redimensionar o app, determinando ainda se esse redimensionamento será imediato ou se será necessário reiniciar o aplicativo com os novos tamanhos. Há também um novo modo de "picture in picture", que presumivelmente transforma aplicações em pequenas janelas flutuantes.

17. Novo painel de notificações

O painel de notificação foi totalmente redesenhado, alinhando perfeitamente com vazamentos anteriores. Controles de energia agora vivem na parte superior e, no final, há um botão expansível no estilo drop-down. Como dissemos antes, agora é possível responder diretamente a partir de uma notificação sem ter que abrir o aplicativo.Trata-se de um recurso que usa a mesma API Remote Input do Android Wear, e vários aplicativos já são compatíveis com ele.

android n barra notificacoes atalhos rapidos
Novo painel de notificações do Android Nougat / © ANDROIDPIT

As notificações agora podem também ser "empilhadas", otimizando o espaço na área correspondente. Os desenvolvedores podem optar por colocar as notificações de um mesmo aplicativo empilhadas em uma única linha; tocando no novo botão de expansão ou usando um gesto de dois dedos é possível expandir as que estão agrupadas.

18. Informações de emergência

Agora, sempre que você configurar um novo dispositivo, poderá adicionar todos os seus dados de emergência. Pode parecer bobo, mas este tipo de informação pode salvar a sua vida em caso de acidentes graves, visto que até o seu tipo sanguíneo pode ser adicionado, bem como qualquer tipo de alergia.

android n informacoes emergencia
Adicione as suas informações de emergência ao configurar um aparelho pela primeira vez / © ANDROIDPIT

19. Modo Doze aprimorado

O modo de economia de energia proprietário do Google, o "Doze", foi melhorado no Android Nougat. Anteriormente, o recurso só funcionava quando o telefone estava em repouso, mas, agora, "ele adicionalmente economiza bateria sempre que a tela é desligada" Nós ainda testaremos o novo sistema para ver realmente o quanto os novos recursos irão impactar no consumo de energia no uso diário.

android n bateria
Modo de economia de energia chega aprimorado no Android Nougat / © ANDROIDPIT

Usar este sistema toda vez que o telefone desliga a tela não seria algo que todos gostaríamos, mas vamos ter que ver como ele funciona na prática. É possível que uma versão menos extrema de Doze rode sempre monitorando o consumo de energia dos apps, de modo a não prejudicar a usabilidade e as notificações recebidas pelos programas. 

20. Uso da biblioteca OpenJDK no lugar do Java

A gigante de Mountain View decidiu abandonar as APIs de Java no Android Nougat por uma versão de código aberto, conhecida como OpenJDK. Diferente dos rumores que especulavam sobre um possível impasse judicial entre a Oracle e o Google, a mudança na biblioteca de códigos está ligada ao apoio da Big G para a comunidade open source.

Além disso, com o OpenJDK, a empresa, de certa forma, teria mais controle sobre os códigos, já que seus desenvolvedores poderão contribuir diretamente e de forma mais rápida com melhorias.

Android 7.0 Nougat - Lançamento

O Android 7.0 Nougat foi originalmente lançado em 22 de agosto e, desde então, o Google vinha trabalhando na atual versão do sistema, a 7.1, que chegou com os Pixel em setembro. A versão 7.1 que roda nos aparelhos Pixel é um pouco diferente da atual compilação liberada para os Nexus em 5 de dezembro, a 7.1.1.

Atualmente, estes são os aparelhos que rodam com a mais recente versão do Android 7.1.1 Nougat: Nexus 5X, Nexus 6P, Nexus 9, Nexus Player e o Pixel C. O Nexus 6 receberá o update posteriormente, rodando hoje o Android 7.0 Nougat.

Como baixar e instalar o Android 7.0 Nougat

Se você quer saber se o seu Nexus está rodando com a última versão do Android, acesse: Configurações>  Sobre o telefone> Atualização do sistema. Se você ainda não recebeu o software mais atual (Android 7.1.1 Nougat) e o seu dispositivo é compatível com o mesmo, opte por fazer uma instalação manual. Para isso, recomendamos que você acesse o artigo abaixo e siga nosso tutorial:

E aí, o que achou de todas as novidades do Android Nougat?

Os comentários favoritos dos leitores

  • Daniel S. Fonseca há 6 meses

    Eu sou usuário android faz um bom tempo, venho acompanhando como a Google vem atualizando o Android de forma rápida e as vezes precipitada, as mudanças que vejo na prática são medíocres, elas poderiam ser feitas com uma simples atualização sem necessidade de mudança da versão do Android, sem falar que enquanto meia duzia de pessoas desfrutam do NOUGAT 7.0 a maioria esmagadora continua no 5.0 ou 4.4, e não vejo nem nesse site nem em qualquer outro de tecnologia a notícia de reuniões intermináveis da Google com as fabricantes medindo esforços pra tornar as versões recentes mais acessíveis a grande massa de usuários e admiradores desse sistema, fica na cara que por de trás dessas empresas e a Google que o interesse e somente vender, enriquecer com a cobiça do homem, pra mim teria muito mais valia e credibilidade se a Google pegasse uma versão do sistema e investisse nele, como o 4.4 que foi de grande aceitação, de resto a conclusão é uma só, a Google continuará atualizando as versões com mudanças medíocres que a grande massa nunca experimentará, fazendo como as fabricantes já fazem a anos lançando modelos novos de aparelhos a cada 3 - 4 meses com o título de "NOVO" mais que na verdade só adicionam alguns pixeis na câmera e chamam isso de "inovação"

  • David CD há 6 meses

    Parabéns pelo seu comentário, só li verdades. Vendem como se fosse novidades, porém está longe disso.

  • Franco Luiz há 4 meses

    O titulo deveria ser " Android nougat : Estas sao as principais funçoes que a google pegou de outras fabricantes e implementou no android puro "

  • Henrique Menezes Carmo há 6 meses

    Concordo. O que mais me incomoda no Android é que depois que anunciam a nova versão, mesmo que você tenha o celular mais caro e mais avançado da geração, ele só vai ser atualizado 1 ano depois e olhe lá. Nessas horas a Apple faz seu nome...

  • Claudio O. há 3 meses

    Se consumir menos bateria pra mim tá ótimo!

368 Comentários

Escreva um comentário:
  • Eu tenho o moto G4 play e queria saber se ira vir pra ele esse nougat , e quando vem se vir?

  • Se for assim o Android O nem haverá mais root o sistema estara mais protegido contra malwares vírus e protegido. Só espero que isso não aconteça.

  • Bom dia para todos o mau LG k10 reberar a nova versão do Android 7.0

  •   45

    Se o android cada vez fica mais pesado, como há ganho em benchmark?
    Todos estão aumentando .....

    Leio vários sites de android, como tenho um z3+ sempre vou na sessão Sony.
    No 6.0.1 o XZ faz antutu entre 135000 e 139000, há quem diga que no N está 148000.

    Mesmo com os tops mais potentes a cada ano, duvido que o N seja mais otimizado que o 4.2 ou 4.4 .

  • Atualizei meu Moto G4 e estou sofrendo com alguns bugs

    • Você é soak test???? Ou recebeu a versão final via OTA? A Motorola informou pra alguns usuários no Google+ que estão enviando via OTA pra alguns lotes do varejo!!! Quais os bugs que você está experimentando? Ja tentou testar o celular restaurando as configuracoes de fábrica?

  • toda vez e mais do mesmo

  • Esperando a google lançar um android descente ainda, quero algo novo e inovador

  • Vocês sabem se esses menus de contexto (quando pressiona o icone) estarão disponíveis para outros aparelhos sem ser o Pixel e os Nexus?

  •   45

    Verizon nos EUA foi recebeu comunicado do pessoal responsável pelo beta teste do s7..
    Versão oficial só em 2017

  •   45

    O android chegou em setembro, aí os códigos são liberados para as OEMs.
    Precisam adaptar para cada aparelho.
    Tem coisa que há no X mas não tem no Y mesmo sendo mesma empresa.
    Vejam que o firmware que saia para X é diferente do de Y. A não ser que seja o mesmo hardware.

    Exemplo: o nougat que foi liberado para XZ e X Performance semana passada oficialmente é o mesmo nos 2, mas não posso instalá-lo no meu z3+. Preciso esperar pelo firmware que é feito para ele, z4 tablet e os z5.

    Aí temos:

    Sony: xz, x performance, x, x compact, z5, z3+, z4 tablet, xa e xa ultra

    Samsung: note 5, s7, s6, a3, a5, a7, a8, a9, c5, c7, c9, j5 metal, j7 metal, j7 prime

    Moto: g4, z play, z, z force

    Lg: g5, g5 SE, g4 ( g5 e g5 se já tinha começado)

    Aí temos os outros fabricantes....


    Mesmo tendo boa vontade, precisam de ao menos uns 6 meses dependendo do número de aparelhos que receberão o update

    CAV

    • Por isso que o Windows segue sendo referência no que se fazer nesse sentido (me refiro ao Windows PC, e não ao Mobile, que poderia ser assim também, se a Microsoft não fosse tão frouxa a ponto de voltar atrás em seus planos).
      É um SO que, em tese, você pode instalar em qualquer máquina, que ele vai rodar, porque está preparado para rodar sem adaptações de hardware, isto é, de forma genérica. E no Windows Update, não se precisa depender da fabricante do dispositivo ou de alguma operadora de telefonia para poder instalar os pacotes corretivos que vem sempre toda 1ª. 2ª e 3ª terça-feira do mês. E os drivers específicos para aquele dispositivo não necessariamente vão atrapalhar todo esse processo, porque funciona de forma meio independente, e com sorte, atualizações para esses drivers acabam vindo daonde? Do Windows Update. E os bloatwares que OEMs como Acer, Asus, Positivo instalam também não atrapalham o processo, porque também são coisas um tanto independentes (de certa forma, funciona parecido como seria se ao ligar o aparelho com Android pela primeira vez, e ir em "Gerenciador de Aplicações" e já ver uma lista de aplicativos instalados na partição do usuário).

  • Muito interessantes essas novas funções, agora a de número 3, quase que não uso e nem preciso!!

  • As empresas demoram pra atualizar pro Nougat,e os celulares que já vem com o Nougat ou que vão ter a atualização são na maioria caros;além do mais,por algum caralho de motivo as empresas ainda tão lançando celulares com o Marshmallow ao invés do Nougat,aí fica difícil pra muita gente ter o Nougat.

  • Vou esperar até semana que vem, se não tiver bug eu instalo

  • Sobre as atualizações do android, acho que é muito desrespeito com os clientes, pois vemos o IOS atualizando seus aparelhos constantemente, a google atualizando vários modelos antigos, etc. É uma pena msm saber que vários aparelhos nem receberão o android 6.0, imagina o 7.0 então? Esse android 7.0 parce ser muito legal, acho que a melhor opção é a multijanela mesmo, na minha opinião

    •   45

      Duas coisas

      Um celular que está no 4.0 funciona quase todos os apps.
      Se vc pegar um iphone 5 e não quiser atualizar com receio de ficar lento, será que os apps funcionariam hj em dia?

      2 updates e o iphone fica ruim .. Muita gente fala isto.

      CAV

  • esses anteriores que vai ate o jelly bean deveriam ser desligados, não existe um aparelho que preste atualmente nessas versoes. e a google deveria obrigar todas as fabricantes que tem aparelhos com no minimo 1.5 de ram atualizarem para o 6.0.

Mostrar todos os comentários

O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site. Mais informações

Entendi