O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site. OK
171 Compartilhados 70 Comentários

WhatsApp já tem data para fim do suporte a versões antigas do Android e isso é bom!

Com o objetivo de oferecer mais recursos de segurança aos usuários, o WhatsApp anunciou que está terminando o suporte para as versões Android 2.1 e Android 2.2. Já era hora de um dos maiores serviços de mensagens do mundo tomar essa atitude, pois alimentar um sistema que representa apenas 0.1% da distribuição do Android é mantê-lo ainda entre nós.

Além do investimento em segurança, o WhatsApp também informou que nestes sete anos investindo em diferentes sistemas operacionais, ficou claro que algumas versões fazem parte do passado, e hoje já não faz sentido continuar investindo em tais variantes de software:

Por mais que estes aparelhos celulares tenham feito uma importante parte em nossa história, eles não possuem a capacidade requerida para que possamos expandir os recursos de nosso aplicativo no futuro.

No Android, o Froyo já não terá mais suporte até o final de 2016. Da lista que não contará mais com o suporte do WhatsApp ainda fazem parte os sistemas BlackBerry, incluindo BlackBerry 10, Nokia S40,  Nokia Symbian S60, Android 2.1 e Android 2.2 e Windows Phone 7.1.

O Froyo já não terá mais suporte até o final de 2016

Sinceramente, se uma versão específica do sistema operacional, que representa apenas 0.1% dos aparelhos rodando com a plataforma da Google, passa a limitar serviços por não possuir a capacidade mínima requerida para que tal aplicativo possa expandir os seus recursos, está mais do que na hora de remover tal suporte.

O WhatsApp já deu início a um programa de beta testers bem mais claro e objetivo e, com esta decisão de parar de oferecer suporte para as plataformas citadas acima, acredito que a equipe de desenvolvedores irá trazer funções mais funcionais ao aplicativo no futuro.

E aí, o que você achou da decisão do WhatsApp de parar o suporte para o Android 2.1 e Android 2.2? Você conhece alguém que ainda usa o Froyo e pode ser afetado por esta decisão?

Fonte: WhatsApp

Os comentários favoritos dos leitores

  • Phelipe Breves há 9 meses

    Encerrar eu acho complicado, pois em época de Android 6.0, quem usa 2.1 é pq realmente não tem condições de trocar de aparelho. Creio que seria mais justo eles liberarem uma versão "capada", com os serviço básico em sua essência só para não acabar com o suporte de vez.

70 Comentários

Escreva um comentário:
  • Obrigar usuarios a trocarem de aparelhos para que uma fatia do fabricante vá para o whatsapp, é uma boa tática. Esperemos que esta tática nao chegue na petrobras, senao nao veremos mais calhambeques rodando nem em saloes de raridades. Parabens a todos que concordam com a extinção dos modelos antigos. este link mostra um pouco da propaganda enganosa:whatsapp.com/faq/pt_br/android/21166563

  • Particularmente, não concordo com relação a um dos sistemas citados, o BB10, pois o mesmo ñ foi abandonado pela BlackBerry (mesmo que ela agora foque em android), e roda em aparelhos com ótimas specs (vide BB Passport) , então acho injusto, mas no universo android, tava mais do que na hora, afinal, o principal rival, iOS, já havia desabilitado para versões antigas do seu sistema!...

    • Mas se o BB10 suporta instalação de apk, porque que o WhatsApp vai ser afetado? A Facebook desenvolve um app do WhatsApp em outra extensão usada por versões mais antigas do SO que o BB10 ainda suporta? Ou ela vai restringir o funcionamento do apk especificamente nos aparelhos com BB10 mais ou menos como o Facebook já faz com o app de sua rede social nos Androids Eclair e inferiores?

      • Bem, vou lhe explicar da forma mais básica: Os aparelhos da Blackberry possuem 4 sistemas - BlackberryOS, BlackBerry Tablet OS, Blackberry10 e mais recente o Android (BB Priv), o BlackberryOS se baseia em JAVA, e usa, entre outros formatos, o .alx , já o BB Tablet OS e o BB10 se baseiam em um sistema chamado QNX , e usa formato .bar , mas também roda apps android (.apk), os formatos nativos que serão descontinuados, mais no caso do BB10, rodará o .apk em paralelo.

        CAV

  • A situação é tão grave que esses dias achei um tablet a venda em uma loja, e quando fui ver a versão do sistema me deparei com o Honeycomb.

    • A culpada disso é o Google que não descontinua.

      • Mas o Honeycomb, por parte da Google, já era faz tempo. Tanto é que ela nem faz questão de citá-lo nos relatórios mensais de participação de mercado das versões do Android já faz mais de 2 anos (se eu não me engano).

  • Eu vejo isso como mais uma ferramenta para a crescente caminhada para o fim da desfragmentação do Android, fazendo todos serem obrigados a migrar pra versões mais recentes se quiserem continuar usando aplicativos "essenciais" do dia a dia. Entendo que o país está quebrado, mas essa é uma solução óbvia pra um problema que temos a anos e que todo usuário de iPhone gosta de cutucar, cada celular Android tá em uma versão do sistema diferente. Aos poucos, até mesmo as fabricantes vão PRECISAR dar um suporte mais longo aos seus dispositivos (18 meses de atualização) pra enfim vermos o gráfico pizza que o Google libera ter cada vez menos gente no GB, ICS, JB, KK, LP.... e mais gente no Marshmallow e futuramente no Android N...

    • Acho melhor não se iludir muito.
      Esse passo do Facebook só afeta diretamente o Android Froyo que nem consegue descer mais baixo do que já está porque há meses que ele tem 0.1% de participação no mercado.
      O Gingerbread e o Ice Cream Sandwich ainda tem relevância (mais o primeiro) pelo seu retrospecto - justamente pelo grande volume de vendas de lixos lançados por Samsung, LG e Motorola (ou você acha que o Galaxy Y é ainda falado nos dias de hoje à toa?) O Gingerbread foi e é a versão "Windows XP" do Android - e a Google ainda continua suportando o 2.3 mantendo atualizado a Play Store e o Play Services (sendo que apps como o Maps, o Translate, o YouTube e o Notícias e Clima estão desatualizados há séculos).
      O Jelly Bean e o KitKat ainda têm taxas de participação bem relevantes.
      Só depois de quase 1 ano e meio que o Lollipop foi liderar a taxa de participação no mercado.
      E o Marshmallow tem tudo pra ser pior ainda já que, se eu não me engano, em 2015, as fabricantes estavam mais ágeis para atualizarem seus tops de linha e o que se vê é que só agora em Março que os S6 da vida estão sentindo o Marshmallow.
      E como já não bastasse, nessa semana, as principais responsáveis pelo Android ser assim fragmentado, a Samsung e a LG, lançam troços com ANDROID 5.1.1. E o pior: sem perspectiva de que vão além dessa versão.
      E a Google já está meio que aceitando que essa situação é crônica pois tudo que é plausível e menos arriscado que estava ao seu alcance já foi feito. Mas as fabricantes continuam com a mesma postura.
      Enquanto a Google não tiver controle da camada essencial do Android (facilitando upgrades por sua conta) e deixar launcher e essas coisas que as fabricantes gostam de implementar em camadas separadas, a situação não deverá se alterar a curto ou médio prazo.

  • apresento a esse pessoal do froyo a cyanogem mod

  • tenho um amigo que tem um nokia c7 com synbian e tá com ele a muitos anos, felizao, usa whatsapp e ninguém convence ele a trocar já que só usa o aparelho pro básico mesmo

    • possuo um nokia 701 e entendo pq seu amigo nao quer trocar de aparelho! Ele atende a todas as necessidades de um usuário "não fresco". Recebe e efetua ligacoes, SMS e Whatsapp.. Quero mais o que? rsss! Agora é torcer para que isso nao afete os aparelhos Symbian Anna e Belle, já que eles nao fazem parte do escopo S40 ou S60...

      • Cara, chamar de fresco quem usa smartphone em um site sobre Android? Kkkkkkk vai de cada usuário, eu como desenvolvedor nunca vou abandonar o Android, mas você tem que maneirar ai velho. Pra quem só faz ligações tá ok usar um celular como esses, mais simples, agora muitos, incluindo eu, vêem vídeos, jogam alguns games, acessam rede social, tudo através do smart, não é frescura, é a necessidade de cada um.

      • vc nao entendeu... tb tenho um aparelho droid. Só disse q alguns sistemas combinam mais com a galera mais rustica q nao da tanta importancia p apps....

      • Ótimo celular, pena que perdi o meu depois de 3 anos de serviços prestados

  • Antes de migrar para o Android, utilizava um Nokia com Windows Phone 7. A própria Microsoft abandonou o sistema há muito tempo, deixando vários usuários de lado. Até os aplicativos da própria companhia eram melhores e mais atualizados nas plataformas concorrentes.
    Então embora não concorde com a estratégia do Whatsapp, isso não seria nenhuma novidade e já não é de agora que isso é uma prática no WP 7. Se não me engano, tem um banco que recentemente anunciou que não dara mais suporte ao WP 7.

    CAV

  • Na verdade é bom sim porque eu creio que essas pessoas ainda possam usar o app que ja ta instalado.

  • Não acho algo bom, muitas pessoas dependem do serviço e não tem condições suficientes pra comprar um smartphone com a versão mais recente do sistema, discordo dessa falta de apoio.

Mostrar todos os comentários

O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site. Mais informações

Entendi