O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site. OK
582 Compartilhado 196 Comentários

Review do Moto Z: o smartphone que se transforma

A Motorola trouxe ao mercado o segundo smartphone com o conceito modular, depois do LG G5 SE, o Moto Z. Testamos o dispositivos e seus módulos durante algumas semanas. Neste review, você vai conferir se o projeto da Lenovo deu certo e se, realmente, o Moto Z é um bom smartphone. 

Avaliação

Prós

  • Módulos funcionam muito bem

Contras

  • Sem entrada para fones de ouvido
  • Fotos de baixa qualidade em ambientes com pouca luz

Lenovo Moto Z – Data de lançamento e preço

O Moto Z foi anunciado pela Motorola durante um evento no dia 14 de setembro, em São Paulo. O aparelho pode ser encontrado nas cores preto com grafite e branco com dourado. Junto com o dispositivo, os usuários têm acesso aos Moto Snaps, os acessórios que se acoplam na parte traseira do telefone.

O Moto Z é vendido em um pacote básico, que inclui uma Snap Shell e um Moto Snap. A variante em branco e dourado vem com uma Snap Shell (capa traseira) de bambu e o Moto Snap de bateria, mais o bumper; já o modelo em preto e grafite acompanha uma Snap Shell de couro e o Moto Snap de bateria. Ambos os modelos chegam a partir de R$3.199,00.

Os preços sugeridos para os Moto Snaps - vendidos separadamente -  são:

  • Caixa de som - JBL Soundbooster: R$699,00
  • Projetor - Moto Instashare: R$1.499,00
  • Bateria extra: Incipio Offgrid: R$399,00
  • Zoom para câmera - Hasselblad True Zoom: R$1.499,00

Os kits do Moto Z incluem o dispositivo + 1 Moto Snap de bateria + 1 Moto Snap adicional e podem ser encontrados com os seguintes preços:

  • Power Edition - Moto Z + Incipio Offgrid + Snap Shell: R$3.199,00
  • Power and Sound Edition - Moto Z + Snap de bateria + JBL Soundbooster: R$3.499,00
  • Power and Projector Edition - Moto Z  + Snap de bateria - Moto Instashare: R$3.999,00
  • Power and Hasselblad True Zoom Edition - Moto Z + Snap de bateria + Hasselblad True Zoom: R$3.999,00

Lenovo Moto Z – Desenho & Qualidade de Construção

O Moto Z tem um projeto de design totalmente diferente daquilo que estávamos acostumados a ver na série Moto. O dispositivo não tem a traseira côncava ou levemente curva, pelo contrário: o Moto Z é uma placa lisa e bem acabada feita em alumínio.

AndroidPIT lenovo moto z review 3563
As Moto Snaps deixam o Moto Z mais confortável / © AndroidPIT

Para chegar a este acabamento impecável, e consideravelmente fino, a Motorola precisou eliminar a entrada padrão de fones de ouvido (mini jack) e deixar a câmera traseira com uma enorme protuberância. As Snap Shells ajudam a adicionar algumas camadas de espessura ao aparelho, visto que as mesmas não possuem funções e são feitas em couro ou Kevlar para ajudar no manuseio do aparelho. 

Essa capa, além de tornar o manuseio mais anatômico, protege os pinos magnéticos, torna a câmera menos protuberante e a parte traseira do dispositivo menos deslizante.

androidpit motoz traseira
O Moto Z é um dispositivo muito elegante / © AndroidPIT

 A pegada do telefone é um grande diferencial, visto que o Moto Z é, atualmente, o aparelho mais fino do mercado. A espessura mínima não causará estranheza, principalmente se você já manuseou o iPhone 6 ou o Galaxy S7 flat, como é o meu caso. Para se ter uma ideia da espessura do Moto Z, então confira o dispositivo junto do Moto X Style na imagem abaixo:

androidpit motoz moto x style
O Moto X Style aparenta ter quase o dobro da espessura do Moto Z / © AndroidPIT

Muitos usuários falam sobre a proeminência que existe no módulo da câmera traseira do Moto Z. De fato, a câmera saltada chama um pouco atenção, mas, na prática, essa característica passa despercebida. O dispositivo fica firme quando depositado em uma superfície plana.

androidpit camera detalhe motoz
Câmera proeminente do Moto Z / © AndroidPIT

O modelo na cor preta é mais discreto e esconde os sensores frontais que estão presentes no dispositivo. O único contra desta versão é que as marcas de dedo ficam mais visíveis, o que passa mais despercebido no Moto Z de cor mais clara.

androidpit moto z side
Lateral do Moto Z / © AndroidPIT

A parte frontal do dispositivo lembra bastante o Moto G4 Plus, principalmente quando olhamos a parte inferior, onde fica o sensor biométrico. O leitor de impressões digitais não é um botão, ou seja, o mesmo não é clicável.

AndroidPIT lenovo moto z review 3519
Sensor biométrico do Moto Z  / © AndroidPIT

O vidro do Moto Z possui o efeito 2D nas laterais, causando a impressão de que as bordas se juntam com o painel do dispositivo. De modo geral, posso dizer que o Moto Z é um aparelho com acabamento impecável, boa ergonomia e extremamente fino. 

Lenovo Moto Z – Tela

O painel do Moto Z possui 5,5 polegadas, resolução Quad HQ (2560 x 1440 pixels, 535 ppi) e tecnologia AMOLED. A tela do dispositivo possui o brilho e o contraste fortes, mas, com relação às cores, não temos a mesma saturação que pode ser encontrada nos dispositivos da Samsung que usam a mesma tecnologia.

Contudo, a intensidade do brilho deste display é um pouco fraca para um painel AMOLED, mesmo quando a luz do visor está em 100%. Existe um menu que ajusta apenas as cores da tela, mas o efeito do brilho permanece o mesmo. A Motorola vem utilizando a tecnologia AMOLED há algum tempo, logo, quem já teve a oportunidade de utilizar o Moto X 2014 ou o Moto X Force estará, de certa forma, familiarizado com a tela do Moto Z.

AndroidPIT lenovo moto z review 3516
Tela 2K do Moto Z  / © AndroidPIT

Lenovo Moto Z – Características Especiais

Moto Snaps

O Moto Z tem o grande diferencial de contar com o conceito de acessórios modulares, permitindo que novas possibilidades sejam acrescentadas ao aparelho. Os Moto Snaps são os módulos que se acoplam na parte traseira do dispositivo, podendo transformá-lo em um projetor multimídia ou numa caixa de som potente.

A grade magnética que mantém os Moto Snaps conectados pode ser encontrada na parte traseira inferior do Moto Z. Durante o manuseio do dispositivo não é possível notá-las, apenas quando você passa o dedo na região onde a mesma está posicionada. 

AndroidPIT lenovo moto z review 3549
Os módulos são conectados nesses pinos magnéticos  / © AndroidPIT

 Quando um Moto Snap é conectado ao dispositivo, o usuário sente uma vibração que confirma o pareamento entre eles. Todos os acessórios acopláveis que estavam disponíveis na sede da Motorola virão para o Brasil. São eles:

  • JBL SoundBoost (caixa de som)
  • Moto Insta-ShareProjector (projetor multimídia)
  • Incipio Power Pack (bateria extra de 2.220 mAh)
  • Hasselblad True Zoom (em breve)
AndroidPIT lenovo moto z review 3591
O módulo de som da JBL / © AndroidPIT

O Moto Snap da JBL é o acessório que mais adiciona volume ao aparelho, mas, mesmo assim, faz um trabalho excepcional. O áudio emitido por esse speaker pode ser comparado com qualquer outra caixa Bluetooth de boa qualidade que é vendida no mercado. É um som realmente bom, claro e balanceado.

O speaker da JBL foi desenvolvido em conjunto com os especialistas da empresa. O som emitido pelo Moto Z é bom e a caixa acoplada contribui para uma experiência ligeiramente mais imersiva. Contudo, vale salientar que o volume de áudio reproduzido por este Snap não é excepcional.

Existem também as Moto Snaps, que são acabamentos para a traseira do dispositivo e estarão disponíveis no Moto Maker quando o dispositivo for lançado no Brasil. Essas capas, que também se conectam magneticamente, possuem o revestimento em couro legítimo, em madeira e em Nylon balístico.

androidpit moto z projetor
Moto Insta-ShareProjector / © AndroidPIT

O Moto Insta-ShareProjector transforma o Moto Z num projetor versátil, capaz de se adaptar em diversas superfícies, como paredes, tetos e até no chão. O acessório, assim como o speaker da JBL, oferece uma alça para que o mesmo fique depositado em alguma superfície.

O projetor espelha a tela do dispositivo da mesma forma como é feito com o Chromecast. Contudo, o Moto Insta-ShareProjector conta com uma resolução de apenas 480 pixels. A imagem projetada é muito boa e se passa facilmente pelo padrão HD.

Por fim, mas não menos importante, está o módulo desenvolvido pela Hasselblad, chamado True Zoom. Esse componente adiciona um módulo de câmera ao corpo do dispositivo. Contudo, a Motorola ainda não divulgou quando este Snap será vendido no Brasil. Assim, não irei detalhar sobre seu funcionamento nesse momento, visto que será melhor aguardarmos a disponibilidade do acessório no mercado.

AndroidPIT lenovo moto z review 3610
Hasselblad True Zoom / © AndroidPIT

Moto Mods: os módulos realmente funcionam?

Visualmente, os Moto Mods são bem construídos e bonitos. Em uso cotidiano, suas funcionalidades variam bastante, e isso deve agradar uns e outros. O investimento no aparelho é bem interessante, contudo, estes módulos complementam a experiência de uso e dão um outro sentido para o Moto Z. Basicamente, os Mods/Snaps elevam a qualidade das funcionalidades existentes no smartphone, como áudio, câmera e bateria, para um nível que seria tecnicamente impossível de ser implementado de forma nativa.

Essas opções podem ser adquiridas no mercado separadamente, como mini projetores, bateria removíveis e speakers Bluetooth, mas, nenhum deles irá promover o encaixe e a portabilidade que é oferecida pelos Snaps. Vale ressaltar aqui que o investimento no Moto Z com uma ou mais Moto Snaps é alto, portanto, cada usuário precisa avaliar seu orçamento pessoal e o real uso que dará aos mesmos.

Adeus entrada mini-jack: USB Type-C

O Moto Z é um dos primeiros dispositivos Android que estará disponível no Brasil com o novo padrão de USB. A USB Type-C conta com uma velocidade superior de transmissão de dados e de carregamento, proporcionando maior agilidade na hora de transferir arquivos ou de carregar a bateria. Esse novo padrão substitui a entrada convencional de fones de ouvido, a mini-jack, mas o usuário pode utilizar um fone através de um adaptador, que já está incluso.

Existem outras vantagens que tornam o USB Type-C o melhor padrão do momento, e você pode conferir todos os benefícios dele no artigo abaixo:

androidpit moto z usb c
Conector USB Type-C do Moto Z / © AndroidPIT

Usar o Moto Z com o adaptador de fone de ouvido é uma tarefa complicada. Se você esquecê-lo em casa, por exemplo, possivelmente ficará sem ouvir música no dispositivo. As alternativas para isso é usar um fone Bluetooth ou algum outro que tenha um conector USB Type-C. No Brasil, os fones de ouvido com essa conexão ainda não são vendidos oficialmente. 

Lenovo Moto Z – Software

O Moto Z sai de fábrica rodando com Android 6.0 Marshmallow e com a mesma interface que a Motorola vem investindo há alguns anos, ou seja, próxima da versão pura do SO. Não existem aplicativos específicos para o funcionamento dos Moto Snaps pré-instalados, visto que os mesmos dispensam o uso desse tipo de recurso para o pareamento.

Com relação ao software, não tenho muitas observações a fazer, e isso é um ponto positivo. Próximo ao Android puro, ele permite que cada usuário baixe e instale aplicativos com funções favoritas separadamente. Também não temos no SO nenhum bloatware ou função desnecessária. Apesar de contar com o sensor biométrico, o Moto Z possui o Moto Display, que é um segunda tela de bloqueio que exibe informações quando o smartphone é utilizado.

androidpit motoz android
O Moto Z roda com o Marshmallow / © AndroidPIT

Lenovo Moto Z – Performance

O Moto Z é embalado pelo processador Snapdragon 820, com quatro núcleos de 1,8 GHz e 4GB de memória RAM. A versão comercializada no Brasil possui 64 GB de armazenamento interno e expansão via microSD para até 2TB. O slot do cartão SIM é híbrido, permitindo que o usuário possa utilizar dois chips ou um chip-SIM e um cartão microSD.

Para jogos, a GPU Adreno 530 é totalmente adequada, visto que a mesma dá conta de rodar games mais básicos e também aqueles com gráficos mais avançados. Pokémon GO, mensageiros instantâneos, redes sociais, Need for Speed, Asphalt 8 e outros apps e títulos mais exigentes rodam sem problemas. A performance do Moto Z é excepcional, aliás, não temos como esperar menos de um aparelho que é embalado pelo chipset mais moderno do mercado e com altas especificações.

Abaixo, você confere o resultado do Moto Z em alguns testes de benchmarks:

  • 3DMark Unlimited: 24660 pontos
  • 3DMark Slingshot OpenGL 3.0: 3001 pontos
  • 3DMark Slingshot OpenGL 3.1: 2195 pontos
  • Geekbench 4: Single-Core: 1487 pontos / Multi-core: 3991 pontos
     

Lenovo Moto Z – Áudio

No Moto Z temos um speaker mono posicionado na parte superior do dispositivo. É notório que o som emitido pelo aparelho é bom, mas uma segunda caixa estéreo tornaria tudo mais interessante. Músicas e áudio de chamadas são reproduzidos de forma clara e sem muitas distorções.

AndroidPIT lenovo moto z review 3589
O áudio do Moto Z é mono, mas é possível torná-lo estéreo com a ajuda do Snap da JBL / © AndroidPIT

Lenovo Moto Z – Câmera

A câmera principal do Moto Z possui 13MP e conta com estabilização óptica. O software de câmera que roda neste dispositivo é o mesmo que está presente no Moto G4 Plus, com comandos avançados que podem ser configurados manualmente pelo usuário. O sensor Sony IMX230 realiza o foco rapidamente com a ajuda de um laser e permite que as imagens sejam processadas sem borrões em condições de baixa luminosidade.

androidpit motozcamera
Modo avançado do software de câmera do Moto Z / © AndroidPIT

A câmera frontal conta com 5MP e vem acompanhada por um flash de LED, semelhante ao do Moto X Style. Essa lente possui uma boa abertura angular para amantes de selfies individuais e em grupo.

androidpit motoz tela
Câmera frontal de 5MP + flash de LED do Moto Z / © AndroidPIT

Com esses números, o resultado das imagens não deveria decepcionar, certo? Contudo, eles são ótimos quando o dispositivo está em boas condições de luminosidade, até porque nestes casos é difícil encontrar algum borrão ou erro na reprodução de cores. Em boa iluminação a qualidade é excelente.

Ao anoitecer o software da câmera ativa automaticamente a opção de modo noturno, que diminui a velocidade do obturador. Com a iluminação mediana, e com este modo avançado, ainda é possível obter fotos boas. Agora, no escuro ou com baixa luz e auxílio do flash, a qualidade das imagens cai bastante.

As selfies obtidas a partir da câmera frontal são boas, exceto quando o modo de embelezamento está ativado. Com ele habilitado, a pele fica macia demais e pouco nítida. O flash frontal ajuda pouco, na verdade, ele não é muito indicado para ser direcionado ao rosto.

 Você pode conferir o ensaio completo da câmera do Moto Z clicando neste link do Google Fotos.

Lenovo Moto Z – Bateria

A bateria do Moto Z possui 2.600 mAh e é compatível com a tecnologia de carregamento rápido da Qualcomm. Segundo a Motorola, o dispositivo pode render até dois dias em uso convencional, visto que o mesmo conta com otimizações no software que é quase puro. O design fino não suportou, obviamente, uma bateria com maior capacidade, como é o caso do Moto Z Play. Em nossos testes, contudo, os números ficaram um pouco abaixo do divulgado pela Motorola.

Medimos o desempenho da bateria com o PCMark. Com uso moderado, como reprodução de vídeos, navegação e uso de mensageiros, aproximadamente 20% da bateria era consumida por hora. Neste mesmo tipo de uso, só que com brilho mais alto e alguns jogos casuais, tive uma duração de 5 horas e 48 minutos da bateria. É uma marca baixa, mas é relativamente aceitável para um modelo com 2.600mAh de bateria.

Lenovo Moto Z – Especificações Técnicas

    • Tipo:
    • Smartphone
    • Fabricante:
    • Lenovo
    • Dimensões:
    • 75,3 x 155,3 x 5,2 mm
    • Peso:
    • 136 g
    • Tamanho da bateria:
    • 2600 mAh
    • Tamanho da tela:
    • 5,5 polegadas
    • Tecnologia da tela:
    • AMOLED
    • Tela:
    • 2560 x 1440 pixels (534 ppi)
    • Câmera frontal
    • 5 megapixels
    • Câmera traseira
    • 13 megapixels
    • Flash:
    • Dual-LED
    • Versão do Android:
    • 6.0.1 - Marshmallow
    • Interface:
    • Stock Android
    • RAM:
    • 4 GB
    • Memória interna:
    • 32 GB
    • Memória removível:
    • microSD
    • Chipset:
    • Qualcomm Snapdragon 820
    • Número de núcleos:
    • 4
    • Velocidade máx.
    • 1,8 GHz
    • Conectividade
    • HSPA, LTE, NFC, Bluetooth 4.1

Veredito preliminar

O Moto Z é um dispositivo que chega ao mercado com uma proposta fantástica, que pode parecer um pouco complicada em um primeiro momento. Os acessórios acopláveis são realmente funcionais e, diferente do proposto pelo LG G5, eles se conectam ao aparelho sem a necessidade de desligá-lo ou de fazer algum tipo de esforço. Os Moto Snaps são sólidos e não mostram qualquer fragilidade.

Outro ponto que me chamou muita atenção foi o visual do aparelho, que é confortável e bem construído. Mesmo sendo um dispositivo fino, o Moto Z é robusto e muito sólido nas mãos. Posso dizer que a Motorola soube unir muito bem especificações à elegância. 

Por outro lado, o usuário deve saber que o Moto Z tem como um de seus principais atrativos os módulos Moto Snaps. Sem eles, o aparelho é um top de linha com bom hardware, bateria mediana e câmera que funciona melhor em condições de boa luminosidade. Portanto, leve em consideração o investimento necessário caso você esteja pensando em adquirir o dispositivo com algum outro módulo.

O custo/benefício do aparelho é contestável, até porque o Moto X Style tem configurações semelhantes e continua sendo um produto viável. Se você já tem um X Style, não tem muitos motivos para investir no Moto Z levando o hardware em consideração. Agora, se você busca por um produto inovador, aposte sem medo no novo top de linha da Lenovo, tendo em vista os pontos negativos que levantamos neste review.

O que você achou do Moto Z? Você investiria no dispositivo com ou sem os módulos?

Os comentários favoritos dos leitores

  • Phelipe Breves há 8 meses

    A Lenovo acertou em cheio com seu conceito de "modularidade". Essa jogada de não ter que reiniciar o aparelho para acoplar os "módulos" é sensacional.

  • Lucas R. há 8 meses

    Como eu queria ser surpreendido positivamente em relação ao preço desse smartphone. Mas ai me lembro que moro no Brasil.

  • Anderson Carvalho há 5 meses

    Seria muito bom se ele tivesse uma bateria maior, entrada convencional para fone de ouvido, display Super Amoled e custasse uns 1000 reais a menos... Ué, acabei de descrever o Moto Z Play.

  • Lucas Goulart F. há 8 meses

    Quero!
    Mas quero o Z Force...

  • Victor Hugo D. há 8 meses

    Inovou sim, e realmente só em fotos que tinham vazado era feio, vendo assim ele é lindo e a capinha vai ser algo obrigatório por conta da camera kkk mas tá bom, além de ser muito fino o que ja agrada bastante .. Lenovo ta de parabéns. mas vai ter sempre os mimizeiros de plantão que vão falar q tá feio, que nunca compraria... cada um tem sua opinião, mas tem que se reconhecer que no quesito visual e inovação esses são os melhores aparelhos que a motorola já fez.(ou lenovo ? rs)

196 Comentários

Escreva um comentário:
  • Não entendo o porque de tanto alarde em relação a protuberância da câmera. Quem é o Moto Z perto do Lumia 1020?

  • O que eu sempre sinto falta nesses reviews são aquelas informações importantes que os fabricantes não revelam ou escondem propositadamente. O padrão UFS é muito mais rápido do que o padrão eMMC em se tratando de armazenamento flash. Da mesma forma eles informam USB type C, mas esquecem de dizer que isso se refere somente ao padrão do conector (pinagem) e corrente/potência suportada, sendo que eles podem implementar USB 2.0 funcionando em um conector type C, quando o USB 3.0 é 10 vezes mais rápido. O processador e a memória são muitíssimo mais rápidos que o dispositivo de armazenamento, o que faz com que um aparelho fique, em última instância, limitado muito mais pelo tipo de armazenamento flash disponível, UFS, muito mais rápido, ou eMMC, que é bem mais lento.

  • Sinceramente nao entendo pq tanta reclamação de pessoas e de alguns reviews que ja vi sobre a CAMERA dele.
    O moto Z ficou com 87 pontos de 100, no site de maior referencia, especializada em analise de qualidade de imagens e videos, o DXOMark.

    As pessoas é que so tem referencia das marcas SAMSUNG E APPLE, como se nao tivesse marcas e smartphones melhores que esses.

    • mais o iphone nuca foi referencia de melhor camera.

      • Amigo no terceiro parágrafo me referir ao quesito marca.
        Pq tenho certeza q se a SAMSUNG e/ou APPLE, tivesse feito o mesmo aparelho, sem tirar nem por, so mudando o nome da marca MOTO para SAMSUNG OU APPLE, seria com certeza a sensação do momento dos smartphones.

  • Excelente aparelho.

  • Investiria sim. Já comprei um combo na Saraiva, com o MOTO Z, a bateria, e o projetor, a vista por um bom preço. É gostei bastante, com dois chips 4 G o tempo todo e acesso constante em redes sociais, pesquisa no "Dr. Google" constante, música, "YouTube" direto só não jogos, até vendo Net Flix, com o módulo de bateria acoplado, passo 18 hrs e chego a 20% de saldo de bateria. A câmera ótima, uso só de dia e media 100 fotos ou mais ao dia. Encostei meu iPhone 6S 64, que não aguentava nesse pique 6 hrs e precisava uma tomada. É sempre fui fã de carteirinha da Apple.

  • Não saio do meu X Force por nada, super satisfeito com ele!

  • Estou com o meu faz uns 15 dias e o que me incomoda muito até agora: o vidro da lente da câmera traseira é grande, arranha muito fácil, sou muito cuidadoso e mesmo assim o vidro arranhou, creio que apenas de colocar e tirar do bolso, esses arranhões com o tempo podem prejudicar a qualidade das fotos. Acho os botões de volume e Power muito pequenos, manusea-los é um pouco complicado para que tem dedos mais gordinhos. Fora isso é um smartphone muito bom.

  • Eu particularmente achei horrível até os botões laterais ficaram horríveis, esse valor todo e a câmera de apenas 13MP e nao tem som stereo, é meu Style é sim o último Motorola de verdade que possuo. Obrigado Google por vender de novo a Motorola e Lenovo por acabar de vez com a marca.

  • Transformers 5

  • Só achei feio esse "butão" na frente que acabou com toda harmonia do design. O sensor biométrico poderia ser atrás como no vibe a7010.

  • Achei muito boa a maneira como foi tratado os módulos do aparelho. E como amante da música, já vi que serei obrigado a aceitar a ausência do p2. De resto, agradou-me bastante, exceto pelo ridículo - na minha opinião - sensor de digitais.
    Em todo caso, só compraria o Moto Z Force, a depender do preço, ainda.

  • A parte traseira com a câmera saltada e a frase "moto" na frente achei meio "Brega"...sei lá kkkkk

  • Os Moto Snaps possuem bateria própria? Vão compartilhar a bateria com o aparelho?

  • Esperando ansiosamente a oportunidade de comprar essa criança!

Mostrar todos os comentários
582 Compartilhado

O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site. Mais informações

Entendi